G20 traça cenários para retomada do setor de turismo de forma segura

G20 traçam cenários para retomada do setor de turismo de forma segura
G20 traçam cenários para retomada do setor de turismo de forma segura – Gilson Machado Neto – Ministro do Turismo – Foto Divulgação Mtur

G20 traça cenários para retomada do setor de turismo de forma segura.  Os Ministros do Turismo do G20 debateram nessa semana, por videoconferência, a retomada do setor de forma segura e traçaram cenários para a pós-pandemia. Representantes de várias regiões do mundo destacaram a necessidade de se pensar em políticas de mobilidade segura e turismo sustentável. O ministro Gilson Machado Neto reforçou a necessidade de se criar um protocolo único de saúde em todo o mundo.

Sem duvidas o turismo é responsável por cerca de um em cada dez empregos em todo o mundo e ajudou a criar um em cada quatro empregos entre 2014 e 2019, segundo dados do Conselho Mundial de Viagens e Turismo, citados pela atual presidência do G20, que atualmente é assumida pela Itália. Em 2020, o turismo era um dos setores mais afetados pela pandemia e ainda não se recuperou, pois muitos países ainda mantêm suas fronteiras fechadas para evitar a propagação do novo coronavírus.

O ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, destacou, durante sua participação no evento, que vivemos o momento de estabelecer parâmetros para reativar o turismo e unificar protocolos de saúde entre os países. “Vejo no desenvolvimento de um protocolo único, simples e objetivo entre todos os países, uma ótima maneira de recuperar e retomar o turismo em nossos países de forma segura e eficiente para todos”, afirmou. Por fim, o ministro brasileiro destacou a importância da sustentabilidade no turismo e as tendências para o período pós-pandêmico. “Nesse momento em que todo mundo aqui fala em sustentabilidade, quero dizer que somos o país mais preservado do mundo: 66% do nosso território e 87% da Amazônia é o mesmo de quando Jesus Cristo veio à terra. Apenas 3% da emissão de poluentes ocorre aqui ”, concluiu Machado Neto.

Um dos destinos de ciclo turismo mais fantásticos de Santa catarina, o Vale Europeu, faz parte do polo multicultural em Santa Catarina. O Estado conta com uma região singular conhecida como Vale Europeu, o que se deve à marcante característica dos colonizadores do local, entre eles alemães, italianos, austríacos, poloneses e portugueses. No total, 19 cidades fazem parte do Vale Europeu.

Um ponto em comum entre todas elas são as fortes características da cultura européia na arquitetura, na gastronomia, na música, nas festas típicas e na excelência em produtos, desde marcas de moda e confecção, até alimentos e bebidas especiais desde cervejarias, destilados e vinícolas. A região também possui infraestrutura turística para a prática de esportes de aventura, como rafting, rapel, cicloturismo e caminhadas. A entidade representativa do trade turístico, o Blumenau e Vale Europeu Convention Bureau, apoia, capta eventos, além de desenvolver ações fomentando o turismo da região.

O maior festival de turismo do norte/nordeste do Brasil, o Brazil Travel market, confirmou que a Masterop Operadora terá uma caravana de cerca de 250 agentes de viagens no evento deste ano, que acontece nos dias 22 e 23 de outubro, em Fortaleza (CE). A empresa recebeu o troféu de caravana mais antiga, pois participa do evento desde a primeira edição. Além da caravana, a Masterop estará presente no BTM 2021 com um estande de 100 m², participando das capacitações realizadas por 14 fornecedores. Para os deslocamentos já foram reservados 187 bilhetes aéreos e ônibus.  “É um evento que só vem crescendo, a Masterop está presente desde 2010, e o crescimento ano após ano é nítido, o que influencia a ser hoje um dos maiores eventos do país. A Masterop vem buscando nas edições anteriores agregar uma programação em paralelo ao evento, como capacitações, rodadas de negócios e confraternizações”, disse a empresa.

TurismoOnline

Ezequiel Ferreira encaminha ao Governo do RN ações estruturantes para Macau

O presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB), fez encaminhamentos junto ao governo do RN para ações efetivas para o desenvolvimento da cidade de Macau (RN), município polo da Região Salineira do Estado. O deputado solicitou um estudo de viabilidade técnica para a recuperação e aprimoramento da iluminação da RN-221, no trecho que vai do trevo da Cohab ao Campus do IFRN e a expansão do saneamento básico nos bairros Porto da Pescaria, Arnóbio Abreu e Praia Camapum. E, nestes tempos de pandemia, requereu a disponibilidade de um veículo modelo ambulância.

“Estes pleitos estão alinhados com as demandas que chegam ao prefeito José Antônio Menezes e do vice-prefeito Rodrigo Aladim, que rotineiramente apresentam sugestões de serviços a serem melhorados pelo poder público em virtude dos anseios do macauenses que cobram, com toda razão, melhorias constantes para a cidade”, justifica o deputado Ezequiel Ferreira, ao mesmo tempo em que encaminha os requerimentos ao presidente da Câmara Municipal de Macau, Civagno Patrese, para conhecimento e engajamento de todos pelos pleitos apresentados ao Governo do Estado.

Desse modo, o deputado solicitou iluminação do trecho que vai do trevo da Cohab ao IFRN, pois se trata de um bairro, cerca de sete quilômetros do centro de Macau, passando pela BR-406, onde diariamente transitam alunos da Instituição, incluindo o trecho na saída da BR-406 e entrada da RN-221, que encontra-se sem iluminação.

“Reitero essa solicitação, a qual está embasada no pedido dos munícipes, uma vez que se trata de uma medida de segurança principalmente de trabalhadores que precisam sair de madrugada e estudantes que transitam naquele local. Segundo os moradores muitas solicitações já foram feitas, mas até o presente momento o problema não foi solucionado. Os moradores de Macau já convivem diariamente com grandes problemas por falta de segurança pública, as pessoas vivem em constante estado de risco, que se agravam à noite, pois a escuridão é total e os assaltos são constantes”, detalhou o deputado.

Ezequiel Ferreira destaca que o saneamento básico é um item essencial para toda a sociedade para que sejam evitadas doenças que provém dos esgotos a céu aberto, assim incluindo a falta de conscientização das pessoas e falta de investimento do governo o que resulta nas pessoas jogarem lixo a céu aberto sendo que seria possível reciclarmos, e assim evitarmos muitas doenças e problemas para a nossa sociedade, como por exemplo viver com animais indesejáveis que procuram exatamente esse tipo de ambiente para viver.

O município de Macau não possui unidades de ambulâncias suficientes para atender à demanda da população, a qual é estimada em 32.039 habitantes (IBGE/2020). A proposta aqui sugerida tem como objetivo suprir a necessidade dessa população que necessita de serviços ambulatórios móveis para atender aos chamados de todo o município. “Boas condições de saúde é um fator fundamental para o melhor desenvolvimento social de um município, e sem um veículo apropriado para transportar seus enfermos ou acidentados para um hospital ou outro centro com melhores condições hospitalares, a saúde fica comprometida”, disse.

Autor de ataque em creche em SC passou por duas cirurgias, deve ter alta da UTI nos próximos dias e polícia prepara interrogatório

Arma que foi apreendida e irá passar por perícia no IGP — Foto: Jornal e TV A Sua Voz, reprodução

A Polícia Civil ouviu mais de 10 testemunhas na investigação sobre o ataque a creche em Saudades, no Oeste catarinense, até quinta-feira (6). O delegado Jerônimo Marçal Ferreira afirmou autor do crime, um jovem de 18 anos, será ouvido assim que o estado de saúde ele permitir.

O autor está internado em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Hospital Regional do Oeste, em Chapecó, cidade a cerca de 60 quilômetros de Saudades. Segundo o boletim médico da noite de quinta, ele passou por duas cirurgias e está se recuperando.

Ele deve ter alta da UTI nos próximos dias. A Polícia Civil quer descobrir a motivação por trás do ataque.

Na manhã de terça (4), o jovem foi à escola infantil Aquarela e, armado com um facão, matou três crianças de um ano, uma professora de 30 e uma agente educativa de 20. Depois, golpeou o próprio corpo. Um bebê foi socorrido e se recupera no hospital. Ele passou por procedimentos cirúrgicos no pescoço, tórax, abdômen e pernas, conforme o hospital.

Blog do BG

Morre em Natal o ex-vereador Enildo Alves

Dr. Enildo Alves: “Cloroquina mata e não traz nenhum benefício" - Tribuna  de Noticias
Foto da Internet

Faleceu na manhã desta sexta-feira(07), no Hospital Promater, em Natal, o ex-vereador Enildo Alves.

Enildo vinha com problemas de saúde há um bom tempo. Nessa quinta-feira(06) passou mal e foi socorrido para o hospital.  Infelizmente não resistiu, provavelmente, a um câncer.

‘Pega Fogo Cabaré’: Renan Calheiros além de responder por vários inquéritos, é chamado de mentiroso em CPI da Covid

Foto da Internet

Em meio a mais um bate-boca durante a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid nesta quinta-feira (6), senadores subiram o tom contra o relator do colegiado, Renan Calheiros (MDB-AL).

nquanto ele fazia perguntas ao ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, os senadores Ciro Nogueira (PP-PI), Luis Carlos Heinze (PP-RS) e Fernando Bezerra (MDB-PE) o interromperam.

Segundo Renan Calheiros, os ex-ministros Luiz Henrique Mandetta e Nelson Teich afirmaram que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) solicitou a redução de entrevistas à imprensa sobre as ações do governo na pandemia. A fala, porém, foi rebatida por Ciro Nogueira.
”Não crie uma retórica que não existe”, disse.

O momento mais tenso da discussão ocorreu, porém, quando Renan Calheiros acusou o senador Luis Carlos Heinze (PP-RS) de recomendar uso de medicamentos animais para o tratamento humano da Covid-19. Heinze então rebateu a afirmação e chamou Renan de “mentiroso”.
“Vossa excelência mente. Vossa excelência é um mentiroso”, completou.

Coronel Azevedo questiona critério em licitação do Governo do Estado

Em pronunciamento durante a sessão plenária desta quinta-feira (6), na Assembleia Legislativa, o deputado Coronel Azevedo (PSC) questionou o edital licitatório aberto pelo Governo do Estado para a contratação de agência de publicidade para atender à Empresa Potiguar de Promoção Turística (Emprotur). De acordo com o parlamentar, o certame estabelece critérios que impossibilitam a participação de agências locais.  
 
“Somos novamente pegos por mais uma artimanha suspeita. Num ato da moralidade pública, a gestão abre licitação para contratar agência de propaganda com um critério muito estranho: cada agência concorrente só pode fazer parte da licitação se já tiver prestado, anteriormente, campanha de âmbito nacional para a empresa de turismo. Por qual razão esse critério foi determinado?”, questiona Azevedo.
 
Segundo ele, o Governo do Estado já gasta mais de R$ 20 milhões em propaganda. “É um estado que só existe na ficção televisiva criada pelo governo atual. Agora mais essa presepada. Infelizmente não há outro termo para denominar esse fato triste que tem toda conotação de um jogo de cartas marcadas”, disse Coronel Azevedo, cobrando a atenção do Ministério Público e Tribunal de Contas.
 
Na oportunidade, o parlamentar enalteceu nota divulgada em um jornal local que também questiona a impossibilidade de participação das agências potiguares no certame licitatório lançado.
 
Ao final do pronunciamento, Coronel Azevedo lamentou ainda a crise no setor turístico potiguar e novamente responsabilizou o Governo do Estado pela situação. “O RN tem uma sucessão de notícias catastróficas provocadas pela gestão estadual, que está falindo o turismo do Estado”, pontuou o deputado, citando notícia veiculada na imprensa que aponta que as demissões no setor turístico representam 40% do desemprego na capital.

CCJ aprova projeto que inclui professores no grupo prioritário da vacinação

Os membros da Comissão de Constituição, Justiça e Redação da Assembleia Legislativa reuniram -se de forma extraordinária nesta quinta-feira (06) para apreciar dois Projetos de Lei. O primeiro, aprovado à unanimidade, foi o Projeto de Lei N° 75/2021, de autoria do deputado Francisco do PT, que inclui os trabalhadores em educação, no grupo prioritário, da fase 1 do Programa Emergencial de vacinação contra a Covid-19.

“Essa é uma luta que travo desde o início da vacinação. É urgente a necessidade de inclusão dos trabalhadores da educação nessa fase inicial da imunização”, justificou Francisco do PT.

A segunda matéria apreciada e aprovada à unanimidade foi o Projeto de Lei N° 96/2021, de autoria do deputado Albert Dickson (PROS), que reformula o texto da Lei, já aprovada em plenário, e estabelece que as igrejas e templos de qualquer culto sejam reconhecidos como atividade essencial.
“Na verdade, esse projeto está tendo o seu texto reformulado para permitir que idosos e crianças possam ter acesso aos templos, entre outros pontos”, disse o autor do projeto.

Participaram da reunião os deputados Raimundo Fernandes (PSDB), Kleber Rodrigues (PL), Hermano Morais (PSB) e Albert Dickson (PROS). As matérias seguem a tramitação normal até chegar ao plenário, onde os deputados irão apreciar e votar.

Bolsonaro afirma que ‘sem voto impresso e auditável não haverá eleição em 2022’

Foto da Internet

presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou nesta quinta-feira, em tom de ameaça, que não vai ter eleição em 2022 no Brasil caso o Congresso aprove uma regra que valide o voto impresso, mas eventualmente a mudança não entre em vigor, após tecer duras críticas ao presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), ministro Luís Roberto Barroso.

Em sua transmissão semanal ao vivo pelas redes sociais, Bolsonaro citou trecho de entrevista recente dada por Barroso na qual o magistrado disse que seria um “caos” a adoção do voto impresso. Ele chamou o presidente do TSE de “dono do mundo”, “homem da verdade absoluta” e que “não pode ser contestado”.

“Ninguém aceita mais este voto que está aí, como vai falar que é preciso, é legal, é justo e não é fraudado? Única republiqueta do mundo, acho que talvez a única, é a nossa que aceita essa porcaria desse voto eletrônico, isso tem que ser mudado”, disse.

“E digo mais, se o Parlamento brasileiro, por maioria qualificada, em três quintos na Câmara e no Senado, aprovar e promulgar, vai ter voto impresso em 2022 e ponto final. Não vou nem falar mais nada. Vai ter voto impresso, porque se não tiver voto impresso, sinal de que não vai ter a eleição. Acho que o recado está dado”, ameaçou.

Bolsonaro disse que os defensores da democracia, que querem que o voto “valha de verdade”, têm de ser favoráveis a adotar a medida para tornar o voto auditável. Ele parabenizou a presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, Bia Kicis (PSL-DF), e o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), por darem prosseguimento à tramitação de uma proposta de emenda à Constituição nesse sentido.

Sem ter apresentado provas, o presidente tem dito que as eleições de 2018 -realizadas no sistema de voto eletrônico- foram fraudadas e que não fosse isso teria vencido ainda no primeiro turno.

Desde então, Bolsonaro tem feito a defesa da adoção de um voto eletrônico em que posteriormente haja um comprovante impresso para que seja auditável, mesmo diante do fato de o Brasil ter um dos sistemas de votação mais seguros do mundo, conforme especialistas.

O presidente insinuou que os contrários à adoção do voto impresso poderiam estar com medo do resultado da votação, ironizando que podem acreditar em “Papai Noel” ou que teriam interesse em se beneficiar com o resultado.


r7

Óbitos por Covid diminui em no RN, a média cai de 30 para 19 mortes por dia

RN tem 228.077 casos confirmados de Covid-19 — Foto: Edemir Rodrigues/Subcom
RN tem 228.077 casos confirmados de Covid-19 — Foto: Edemir Rodrigues/Subcom

O Rio Grande do Norte registrou 228.077 casos confirmados de Covid-19 desde o início da pandemia. A doença vitimou 5.599 pessoas no estado. Os dados estão no boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) desta quinta-feira (6). Outros 1.137 óbitos estão sob investigação.

Com a divulgação dos númeors do dia 05, em comparação com o dia 06, as morets que vinham sendo diariamente em torno de 30 vítimas por dia, caiu para 19 mortes. Sendo 13 ocorridas nas últimas 24 horas em Natal (4), Parnamirim (2), Mossoró (2), Jucurutu (1), Campo Redondo (1), Areia Branca (1), Várzea (1) e Pedro Velho (1).

De acordo com a Sesap, 851 pessoas estão internadas por causa da Covid-19 no RN – 627 na rede pública e 206 na rede privada (apenas 8 dos 10 hospitais privados atualizaram os dados, de acordo com a Sesap). Com 351 pacientes, a taxa de ocupação dos leitos críticos (semi-intensivo e UTIs) é de 81% na rede pública; com 127 internados, a rede privada tem 83% de ocupação.

Produção leiteira e situação das estradas são debatidas em plenário

O deputado Vivaldo Costa (PSD) fez um apelo, na sessão desta quinta-feira (06), na Assembleia Legislativa, para que a governadora Fátima Bezerra (PT) destine atenção maior de sua gestão para os pequenos produtores de leite. O deputado recebeu o pedido de produtores do município de Jucurutu e lembrou que o gado leiteiro garante emprego e renda durante todo o ano.
 
 
“Em uma pequena vacaria tem trabalho o ano todo”, ressaltou Vivaldo, comparando com outros serviços sazonais na agricultura. O deputado chamou a atenção para a Secretaria de Agricultura e Emater, lembrando que o ex-governador José Agripino Maia lançou, à época de sua gestão, o ‘Projeto Curral’, que financiava a compra de três vacas para cada produtor, e que o projeto que foi bem aceito pelos pequenos trabalhadores, teve continuidade quando ele, como vice-governador, assumiu a chefia do executivo com o afastamento do titular para disputar o Senado.
 
 
Vivaldo Costa também reiterou em seu discurso o apelo ao Governo para garantir o curso de formação para policiais penais, abrindo 200 vagas em vez das 100 atuais. O apelo nesse sentido também foi feito pelo deputado Souza (PSB), que ainda falou sobre a situação das estradas no Rio Grande do Norte. “Sei que é mais uma herança que a governadora recebeu de governos anteriores”, disse o parlamentar, citando a importância de um ‘programa urgente’ de recuperação.
 
 
Segundo Souza, um programa ‘tapa-buracos’ não resolve em casos de estradas que escoam a produção de sal, de camarão, petróleo e energias renováveis. A situação das estradas também foi tema do discurso do deputado Ubaldo Fernandes (PL). “As estradas precisam, sim, o mais rápido possível, de alguma ação de recuperação”, disse Ubaldo, reiterando que o problema é antigo, e que governos anteriores não fizeram programas de recuperação.
 
 
“Os governos não tiveram o cuidado de destinar recursos para recuperar estradas”, disse o deputado Ubaldo. Ele afirmou que tem circulado pelo interior do Rio Grande do Norte, tem conferido a situação das rodovias e tem recebido em seu gabinete, muitas reclamações.

Assembleia Legislativa do RN lança novo portal com foco no internauta

O portal da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte foi reformulado e ganhou novo visual que é lançado nesta quinta-feira (6), atendendo ao cronograma do Planejamento Estratégico estabelecido pela Mesa Diretora da Casa para 2021. O novo layout contempla nesta nova versão uma necessidade atual, integrando redes sociais, acessibilidade e transparência onde o cenário aponta a busca cada vez mais transparência e informações nas fontes dos órgãos oficiais. Por isso o novo portal da Assembleia foi feito utilizando técnicas atuais de UX (User Experience ou Experiência do Usuário, em português), para melhorar a navegação e uso do internauta. O site está mais dinâmico e de fácil navegação.
 
A tecnologia usada por trás do novo visual busca não só entregar o melhor conteúdo, como também garantir que ele seja consumido da forma mais agradável possível. O conteúdo, que pode ser acessado através do endereço http://www.al.rn.gov.br/portal/ é entregue ao usuário em um design organizado, intuitivo e responsivo, ou seja, não importa qual a resolução da tela do dispositivo que o visitante está utilizando, o layout irá se adaptar. De acordo com o diretor de Gestão Tecnológica, Mário Sergio Gurgel, o novo modelo prioriza o acesso às informações de forma mais objetiva, clara, com uso de cores brancas e tons de azul, com exposição dos 24 deputados estaduais e informações sobre projetos e questões administrativas da Casa.
 
Com informações atualizadas constantemente, o portal da Assembleia do RN publica diariamente notícias sobre o trabalho do legislativo potiguar, as ações dos parlamentares, além das campanhas institucionais e serviços oferecidos com agilidade e transparência, elementos essenciais quando se trata da Administração Pública. A novidade reforça a busca incessante da Assembleia do RN de cada vez mais aproximar o cidadão do Legislativo. “A adição de ferramentas de acessibilidade como o contraste e a transcrição em libras incrementam o novo formato”, destaca o diretor-geral da Assembleia Legislativa, Augusto Carlos Viveiros.
 
Para o presidente da Assembleia, Ezequiel Ferreira, o lançamento do novo layout do site institucional cumpre o cronograma do planejamento estratégico estabelecido para 2021. “A Assembleia do RN assegura mais um passo para a aproximação da Casa com as pessoas, em qualquer lugar do Estado, do País ou do mundo fortalecendo a transparência através da divulgação das informações do legislativo potiguar e que são de interesse de todos. Abrir a Assembleia à sociedade potiguar tem sido a marca da nossa gestão e o novo modelo do portal prioriza o acesso às informações de forma mais objetiva”, destaca o presidente.

Galeria de fotos dos deputados atuais

Ao acessar o portal pelo computador, smartphone ou tablet, o internauta pode acompanhar as transmissões ao vivo das sessões plenárias, sessões solenes e audiências públicas. As notícias do dia estão listadas em ordem cronológica com as imagens ilustrativas, como no modelo anterior. A mudança deu-se em face de questões de funcionalidade que poderão ser experimentadas pelos usuários da rede mundial de computadores a partir de hoje. “A busca pelos perfis dos deputados estaduais também foi otimizada, com os nomes, as fotos e a disposição deles apresentados alfabeticamente. Neste espaço, o cidadão pode acompanhar vídeos de pronunciamentos feitos pelos deputados durante as sessões plenárias, bem como ter acesso às imagens do que ocorre dentro da Casa, às leis elaboradas pelos parlamentares, além de ter acesso às notícias das atividades produzidas diariamente na Casa”, comenta a jornalista e Diretora de Comunicação da Assembleia, Marília Rocha. Ela comenta que a cada biênio são planejados novos formatos de site, seguindo avanços de gestão e estratégia de marketing para meios eletrônicos.
 
As mudanças provocaram ainda ganhos para quem gosta de acompanhar as sessões de casa. Em tempos de pandemia da Covid-19, tornou-se mais simples acompanhar a Ordem do Dia – a pauta de projetos que serão votados pelos deputados na sessão plenária; a pauta da Comissão de Redação, Constituição e Justiça (CCJ) e a agenda semanal das atividades e audiências públicas.
 
“Outra inovação é a Pesquisa Legislativa, implantada na tela principal do site que irá destacar ainda mais a transparência no processo legislativo da Casa”, explica a Diretora Legislativa da Assembleia, a advogada Tatiana Mendes Cunha. Para isso, o internauta precisa digitar o número do projeto de lei ou o nome do deputado que o propôs para conhecer os encaminhamentos da proposta. A regra também vale para a transparência com as receitas, despesas e licitações, disponíveis no Portal da Transparência da Assembleia, implantado em 2016 e modernizado sistematicamente.
 
Os links para as redes sociais (Facebook, Twitter, Instagram e Youtube) e para a Tv Assembleia e Rádio Assembleia também estão na tela principal. “O internauta fica a um click de ouvir ou assistir notícias atualizadas diariamente pelo jornalismo da Casa”, conta o diretor da Tv e Rádio Assembleia, Bruno Giovanni. Além dos projetos especiais implantados pelo Legislativo, como a Escola da Assembleia; o Procon Legislativo; a Revista Anual da Assembleia e ainda as campanhas institucionais da Casa.
 
O trabalho de atualização do site envolveu jornalistas, webdesigners, analistas de sistemas e técnicos de informática da Assembleia Legislativa do RN. Juntos, os servidores traçaram um plano de trabalho em fases que resultaram no lançamento em maio do novo portal de notícias da Assembleia com elaboração de nova identidade visual e migração da estrutura tecnológica e de conteúdo já existentes, implantando novos sistemas e páginas, com acesso rápido e prático ao conteúdo.

Mais 64,5 mil doses da vacina de Oxford chegam ao Rio Grande do Norte

Novo lote de vacinas chegou ao RN — Foto: Raiane Miranda
Novo lote de vacinas chegou ao RN — Foto: Raiane Miranda

O Rio Grande do Norte recebeu nesta quinta-feira (6) mais 64,5 mil doses da vacina de Oxford/AstraZeneca para continuação da campanha de imunização contra a Covid-19 no estado.

A carga foi encaminhada para a Unidade Central de Agentes Terapêuticos (Unicat) e será distribuída, pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), aos municípios na sexta-feira (7).

Esse é 18º lote de vacinas desde o início da campanha de vacinação, em janeiro. Seguindo o Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 (PNO), as doses vão ser destinadas para a continuação da vacinação de:

  • forças de segurança e salvamento e Forças Armadas
  • pessoas com comorbidades
  • gestantes, puérperas
  • pessoas com deficiência permanente – cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC)
  • continuidade da vacinação para idosos entre 60 a 64 anos.

Com esse novo lote, o RN ultrapassa a marca de 1,1 milhão de vacinas recebidas. O monitoramento da plataforma RN + Vacina aponta que, até o fim da tarde desta quinta-feira (6), foram registradas 795.547 pessoas que já receberam pelo menos uma dose das vacinas contra a Covid-19.

A Sesap informou que aguarda sinalização do Ministério da Saúde quanto a novos carregamentos, em especial da CoronaVac, para a finalização do esquema vacinal dos potiguares que estão em atraso. Segundo a pasta, 87 mil potiguares estão nessa situação atualmente.

Por falta de vacina, a aplicação da segunda dose de CoronaVac foi suspensa em NatalParnamirim, Mossoró e São Gonçalo do Amarante.

G1RN

Secretaria de Segurança registra redução de 58% nos assaltos a ônibus em Natal no primeiro quadrimestre de 2021

Ônibus foi assalto na Ponte Newton Navarro, em Natal — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi
Ônibus foi assalto na Ponte Newton Navarro, em Natal — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

Um ônibus da linha N-43 – que faz o percurso entre os bairros Nova Natal e Lagoa Seca – foi alvo de assaltantes na noite desta quinta-feira (6) em Natal. Os dois criminosos se fingiram de passageiros e pagaram a tarifa ao embarcar na descida da Ponte Newton Navarro, no sentido à Zona Norte, mas fizeram um arrastão e tomaram objetos dos 30 passageiros e do motorista.

Embora ocorrências como essa continuem acontecendo, a Secretaria de Segurança Pública do Estado afirma que o número de assaltos a ônibus caiu e teve o melhor resultado em quatro anos, com uma redução de 58% na comparação com o mesmo período de 2020. O número caiu de 93 para 39 crimes de um ano para o outro.

Segundo a pasta, há uma tendência de queda, ao longo dos últimos quatro anos. De 2018 para 2021, a redução foi de 79,5% nos casos – considerando sempre o primeiro quadrimestre do ano.

G1RN

Lula encontra Molon e fala em aliança para derrotar Bolsonaro em 2022

Lula dá início a série de encontros em Brasília e discute aliança no RJ com  Freixo para 2022 - Folha PE
Foto da Internet

Na tarde desta segunda-feira (4/5), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva teve uma reunião com o deputado Alessandro Molon (PSB-RJ), líder da oposição na Câmara. O encontro foi mais um dentro da agenda de compromissos com políticos de diferentes partidos montada pelo petista mirando uma estratégia para as eleições do ano que vem.

Não à toa, um dos principais tópicos da conversa com Molon foi a construção de uma aliança entre os partidos de oposição para derrotar o presidente Jair Bolsonaro na corrida para o Palácio do Planalto.

De acordo com o deputado do PSB, Lula disse que o PT está disposto a abrir mão de disputar as eleições em alguns estados e compor alianças com legendas de esquerda para enfraquecer eventuais candidatos apoiados por Bolsonaro.

Molon também comentou que, caso os partidos progressistas queiram ter sucesso contra o mandatário em 2022, será fundamental derrotá-lo no Rio de Janeiro.

“Falamos da importância de derrotar o bolsonarismo, sobretudo em seu berço, o Rio de Janeiro. É preciso construir uma frente ampla de partidos para a disputa eleitoral no estado, mesmo que esta aliança seja de partidos que apoiem diferentes candidatos à Presidência da República. Lula manifestou apoio a este tipo de iniciativa e disse que o PT está disposto a abrir mão de lugar nas chapas estaduais em favor de nomes de outros partidos”, frisou o deputado.

Correio Brazilense

“Não citei a China”, diz Bolsonaro depois de falar em “vírus de laboratório”

O presidente falou sobre o caso ao recepcionar o motorista Robson Oliveira, no aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro

O presidente Jair Bolsonaro afirmou na noite desta 4ª feira (5.mai.2021) que o Brasil é “muito importante” para a China e negou ter citado o país asiático em declaração sobre a origem do novo coronavírus.

Mais cedo, em evento no Palácio do Planalto, o chefe do Executivo levantou a possibilidade de a covid-19 ter sido criada em “laboratório”. Não há indícios de que isso tenha acontecido. “Os militares sabem o que é guerra química, bacteriológica e radiológica. Será que não estamos enfrentando uma nova guerra? Qual o país que mais cresceu o seu PIB? Não vou dizer para vocês”, afirmou.

A China, com 2% de crescimento, teve o 2º melhor desempenho econômico em 2020 entre 50 países analisados pela Austin Rating. O 1º foi Taiwan (3,1%).

A declaração repercutiu negativamente. O presidente da CPI da Covid, Omar Aziz (PSD-AM), disse que a fala de Bolsonaro pode “piorar” a chegada de insumos chineses para produção de vacinas. O presidente da Frente Parlamentar Brasil-China, Fausto Pinato (PP-SP)disse que o presidente pode ter uma “grave doença mental” que o faz “confundir realidade com ficção”.

À noite, Bolsonaro se justificou, afirmando não ter citado diretamente o país asiático em seu discurso.

“Eu sei o que é guerra biológica, o que é guerra química, guerra nuclear. […] Só falei isso e mais nada. Agora, vocês da imprensa não falam onde nasceu o vírus. Falem. Ou estão temendo alguma coisa. Eu não falei a palavra China. […] Muita maldade para atrair atrito com um país que é muito importante para nós. E nós somos muito importantes para ele”, afirmou.

A matéria-prima para produção das duas vacinas produzidas no Brasil é o IFA (Insumo Farmacêutico Ativo), cujo o maior exportador é a China.

O presidente falou sobre o caso ao recepcionar o motorista Robson Oliveira, que foi indultado pela Rússia por porte de medicamento ilegal no território. No Brasil, a substância é permitida.

Poder360