Archive for dezembro 23rd, 2017

Governador Robinson não consegue o dinheiro para pagamento dos funcionários do Estado

Resultado de imagem para Robinson faria e Temer
Foto: da Internet

Segundo notícias de Thaísa Galvão o governador do Estado do Rio Grande do Norte, Robinson Faria, não conseguiu o dinheiro para pagamento do restante da folha de novembro, nem o mês de dezembro, e pior ainda, nem o décimo terceiro salário. Diz a blogueira que Temer estava assinado a ordem para o despacho do dinheiro, quando teve que suspender a caneta…

O que aconteceu foi que o Ministério Público Federal interviu contra a Medida Provisória do presidente Michel Temer, dizendo que a liberação do dinheiro para o Estado do RN com o carimbo para pagamento da folha de funcionários públicos abriria precedentes para que outros Estados da Federação se valesse do mesmo procedimento trazendo dificuldades para a União.

Agora Robinson com as mãos na cabeça e sem ter como solucionar politicamente a situação, no RN, só vai agravar mais a crise. No entanto isso pode ter a mão de forças bem ocultas para fortalecer mais ainda os nomes do PT nas eleições de 2018 no Estado, os aliados ocultos de Temer. Aliados na corrupção.

Rodrigo Maia concede quase 10 mil de aposentadoria a José Dirceu

Resultado de imagem para Dirceu preso
Foto: da Internet

A Câmara dos Deputados concedeu a aposentadoria ao ex-deputado federal José Dirceu (PT-SP). Em publicação no Diário Oficial da União, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), autorizou nesta quinta-feira, 21, a concessão do benefício de R$ 9.646,00 ao ex-parlamentar.

Parece que isso faz parte da reforma destes calhorda corruptos.

O que o povo via fazer? É claro que o candidato de Temer é o Lula com apoio de todos os corruptos do Congresso. Pois só um grande acordo entre o executivo e o legislativo podem deter a Lava Jato.

 

Do Em.com.br

Suzane Richthofen e Anna Carolina Jatobá são liberadas na saída temporária de fim de ano

Anna Carolina Jatobá deixou a prisão em um carro importado (Foto: Peterson Grecco/TV Vanguarda)
Anna Carolina Jatobá deixou a prisão em um carro importado (Foto: Peterson Grecco/TV Vanguarda)

Do G1SP

As detentas Suzane von Richthofen, condenada pela morte dos pais, e Anna Carolina Jatobá, condenada pela morte da enteada Isabella Nardoni, foram liberadas da prisão na manhã desta sexta-feira (22) na saída temporária de Natal e Ano Novo. Elas devem voltar no dia 3 de janeiro.

As duas cumprem pena no regime semiaberto na penitenciária Santa Maria Eufrásia Pelletir, a P1 feminina de Tremembé.

A primeira a sair foi Anna Carolina. Ela deixou o local em um carro importado preto, sem dar entrevista. (veja vídeo abaixo)

Já Suzane, que saiu em seguida, e foi embora com o namorado – um empresário de Angatuba (SP). Ela carregava uma sacola e também não falou com a imprensa.

Resultado de imagem para Suzane von Richthofen
Jefferson Coppola/VEJA)

Raquel Dodge chama reforços para grupo de trabalho da Lava-Jato

Resultado de imagem para Raquel Dodge
Foto: da Internet

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, assinou portarias para nomear mais dois procuradores para o grupo de trabalho da Lava Jato e outros dois para a pasta que cuida das demais ações criminais perante o Supremo Tribunal Federal. Com o reforço, o grupo que atua na Lava Jato terá dez integrantes.

Os procuradores Victor Riccely Lins Santos, do MPF no Amazonas, e o procurador Galtienio da Cruz Paulino, do MPF no Maranhão, vão se juntar aos procuradores com dedicação exclusiva à Lava Jato. O chamado “GT” fica subordinado à Secretaria de Função Penal, chefiado pela procuradora Raquel Branquinho.

Já os procuradores Leonardo Sampaio de Almeida e Lucas de Morais Gualtieri vão integrar a Secretaria Penal – a pasta tem como função cuidar dos demais assuntos criminais relacionados a autoridades com foro privilegiado, que tramitam no STF.

De acordo com a secretaria de comunicação da Procuradoria-Geral da República (PGR), o objetivo dos reforços é “garantir celeridade e o devido aprofundamento das investigações criminais contra pessoas com prerrogativa de foro”.

Os procuradores foram selecionados por meio de edital e podem atuar em investigações e negociações de delação premiada, por exemplo. A PGR atua em mais de 400 inquéritos, segundo dados da instituição, perante o STF.