Archive for Fevereiro 16th, 2018

Temer usa ideia de Bolsonaro, de intervenção, no Rio de Janeiro para tentar ganhar popularidade

Desde há muitos anos que o deputado federal Jair Bolsonaro falava da necessidade de que o Exército Brasileiro fosse utilizado contra os bandidos do país; mas era hostilizado por muitos por falar em que entre o cidadão de bem e o bandido, quem tinha que levar a pior era o bandido.

No vídeo acima Bolsonaro mostra que o bandido tem que se dá mal, que caso alguém esteja com pena de algum estuprador, que leve o bandido pra sua casa, pra ser o motorista de sua mulher e de sua filha. 

 

Com seus modos ele usa a comunicação que hoje o povo quer ouvir, no auge da criminalidade, no Brasil; e como Bolsonaro vem em segundo lugar nas pesquisa para presidente do Brasil, o presidente Michel Temer adiantou parte das ideias do pré-candidato para tentar ganhar popularidade.

O Rio vai receber a Intervenção Federal após aprovação no Congresso Nacional. Um só comando que determinará sobre a segurança do Estado. A medida chegou à Câmara dos Deputados na tarde desta sexta e foi protocolada por um funcionário da Casa Civil na Primeira Secretaria da Câmara.

A medida prevê que o general do Exército Walter Souza Braga Netto, do Comando Militar do Leste, será o interventor no Estado. Ele assume até o dia 31 de dezembro de 2018 a responsabilidade do comando da Secretaria de Segurança, Polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros e do sistema carcerário no estado do Rio.

Temer assina decreto de intervenção federal na segurança do Rio de Janeiro
Por Guilherme Mazui, Bernardo Caram e Roniara Castilhos, G1 e TV Globo, Brasília 16/02/2018 13h31 Atualizado há 3 horas

Entre alguns políticos contra e a favor chaga-se dizer que a medida é necessária, mas que isso não aponta que vai dá certo, ou se dará resultados positivos.

Bolsonaro, que há muito alerta as autoridades, diz que deve-se fazer segurança com energia e força contra os bandidos. Mas na medida, hoje, tomada pelo presidente Michel Temer, ele não foi ouvido por nenhuma rede de televisão; nenhum jornal de projeção.

Temer tenta se reerguer para disputar a reeleição e tentar mais uma vez ser presidente do Brasil.

Fonte do G1

Márcia Maia cobra ações do Governo para combater a violência no RN

Frente aos números de homicídios no Rio Grande do Norte registrados nos últimos anos, a deputada Márcia Maia (PSDB) voltou a cobrar do Executivo Estadual ações articuladas de combate e redução à violência no Estado. Por meio de requerimento apresentado na Assembleia Legislativa e encaminhado à Secretaria da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed), a parlamentar solicitou informações sobre as medidas em execução.

“De acordo com dados da própria Secretaria, foram 39 mortes apenas no Carnaval. Em 45 dias, já são mais de 300 pessoas assassinadas. O Governo precisa encontrar alternativas de combate à violência e a população necessita de polícia na rua, equipada, motivada e com salário em dia, mas também de ações correlacionadas em outros segmentos, como Educação, Cultura, Esporte, Emprego e Renda. Violência não é causa, é consequência”, defendeu Márcia Maia.

Segundo o documento apresentado pela deputada, as estatísticas têm apontado, ano a ano, para uma crescente onda de violência letal e de outros aspectos, como agressões, roubos, assaltos, violência doméstica, exploração sexual, bullying e cyberbullying, miséria, dentre outras formas que se reproduzem em todo o país.

“A superação da violência no Estado e, claro, no país, só é possível a partir da conjunção de esforços e ações articuladas em diversos setores, além da Segurança Pública em si. Por isso, estamos cobrando informações, propondo alternativas e debatendo a questão, como deve ser”, frisou Márcia, que requereu ainda à Casa Legislativa a promoção de uma audiência pública para divulgar e debater o tema da Campanha da Fraternidade deste ano: “Fraternidade e Superação da Violência”.

Medidas para combater as ocorrências de homicídios no Estado também pautaram debate proposta pela parlamentar em 2017, na Assembleia Legislativa, oportunidade em que foram sugeridas ações para prevenção à violência.

Violência no RN

De acordo com dados do Observatório da Violência Letal Intencional (OBVIO), apresentados pela deputada Márcia Maia em sua solicitação, o Rio Grande do Norte registrou nos primeiros 45 dias de 2018 um total de 314 assassinatos, o que aponta para uma média de nove homicídios diários. O número já supera os dados em relação ao mesmo período do ano passado, quando cerca de 294 pessoas foram assassinadas no Estado.

Ator é vítima de agressão e homofobia em shopping de São Paulo

Créditos: Reprodução / Facebook – O rapaz relatou a violência no Facebook

Um ator de 23 anos denunciou no Facebook ter sido agredido por duas coronhadas na cabeça com um revólver após ser vítima de homofobiano banheiro do Shopping Pátio Higienópolis, na região central de São Paulo. No post, o rapaz incluiu fotos que mostram o corpo e o sangramento provocado pelo golpe.

João Pedro Medeiros registrou o caso no 77º Distrito Policial, em Santa Cecília, que instaurou inquérito para apurar o crime. Por meio das imagens do circuito interno de segurança, a Polícia Civil informou que identificou o agressor, que seria um GCM (Guarda Civil Municipal) de Guarulhos, na região metropolitana.

Ao G1, o ator contou que as ofensas começaram quando ele usava o mictório. “Tinha dois caras usando os mictórios do lado do que eu estava usando quando ele saiu da cabine atrás de mim, olhou para o lado dos mictórios e falou: ‘Esse viado do caralho fica aqui no banheiro… Tem tudo que morrer, esses bandos de filho da puta’. Só pensei ‘que homofóbico babaca’, e imaginei que ele tivesse saído do banheiro”, disse.

 

 

Fonte: https://catracalivre.com.br/geral/cidadania/indicacao/ator-e-vitima-de-agressao-e-homofobia-em-shopping-de-sao-paulo/

Sem necessidade de exame psiquiátrico, Suzane Richthofen poderá ser solta ainda nesses dias

Suzane foi condenada em 2006 de assassinar seus próprios pais. Foto: Reprodução (Foto: Reprodução)
Suzane foi condenada em 2006 de assassinar seus próprios pais. Foto: Reprodução
Sem necessidade de exame psiquiátrico, Suzane Richthofen poderá ser solta ainda neste mês de fevereiro. A contestação do exame foi descartado pela juíza Wania Regina da Cunha, da Vara de Execucões Criminais (VEC) de Taubaté (SP), autorizando concessão do regime aberto à detenta.
Para a decisão do regime completamente aberto, o Ministério Público considerou necessário submeter a detenta a exames psiquiátricos, conhecido como o teste de Rorschach. Caso a magistrada decida favorável o pedido de defesa de Suzane, ela poderá deixar imediatamente a prisão, ainda neste mês de fevereiro ou início de março. A Defensoria, responsável pela defesa de Suzane, não comentou o assunto. O Tribunal de Justiça também não se manifestou sobre a decisão.
Suzane foi condenada em 2006 de assassinar seus próprios pais. O crime teve auxilio dos irmãos Cravinhos, um deles seu então namorado na época. Desde 2015, ela já atua em regime semiaberto, obtendo o direito de sair temporariamente cinco vezes ao ano.
Fonte: http://www.diariodepernambuco.com.br/app/noticia/brasil/2018/02/15/interna_brasil,741767/sem-necessidade-de-exame-psiquiatrico-suzane-richthofen-podera-ser-so.shtml

Discussão sobre a reforma da previdência começa nesta terça-feira no plenário da Câmara

De TALITA FERNANDES E MARINA DIAS de Notícias do Dia

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) – O Palácio do Planalto já admite um cenário mais pessimista para o avanço da reforma da Previdência neste ano, mas a ordem no governo é iniciar a discussão da proposta na Câmara na próxima semana, mesmo sem os votos suficientes para aprová-la.

Apesar de os principais auxiliares do presidente Michel Temer reconhecerem que hoje não há o apoio de 308 dos 513 deputados às mudanças nas regras de aposentadoria, a ideia é colocar a medida para apreciação dos parlamentares e sinalizar que o governo se esforçou até o limite.

Escalado para fazer o discurso oficial, o ministro Carlos Marun (Secretaria de Governo) disse nesta quinta (15) que a discussão da reforma no plenário da Câmara começará na terça-feira (20), mas evitou comentar sobre o número de votos que tem sido monitorado pelo governo.

 

Resultado de imagem para Plenário da Cãmara federal com Carlos Marun
Foto: da internet no link

Vivaldo Costa lembra centenário do caicoense Manoel Torres

O deputado estadual Vivaldo Costa (PROS) lembrou, na sessão ordinária desta quinta-feira (15), na Assembleia Legislativa, o caicoense Manoel Torres de Araújo, que se vivo fosse, estaria completando 100 anos em 2018. Torres foi prefeito de Caicó duas vezes e deputado estadual por quatro mandatos.

“Caicoense da gema, liderado de Aluízio Alves e respeitado inclusive por seus adversários”, disse Vivaldo, ressaltando que manteve o respeito ao político, mesmo tendo sido por ele derrotado. “Ele foi duas vezes prefeito de Caicó, inclusive uma delas me derrotando, em 1972”, disse o parlamentar, complementando que, além de grande político, Manoel Torres foi “um grande empresário”.

Em seu discurso, o deputado Vivaldo Costa reafirmou as virtudes de Manoel Torres, citando-o como um político capaz, decente e digno de ser considerado um homem moderno, caso ainda estivesse vivo. “Se ele estivesse vivo e fosse candidato, estaria na modernidade”, explicando que os políticos apontados como modernos não são os novos de idade, mas os decentes e que não tem envolvimento com corrupção. “O eleitorado novo quer um candidato decente e capaz”, reforçou Vivaldo.

O deputado anunciou que às 19h30 desta quarta-feira será celebrada uma missa na Igreja do Rosário, em Caicó, e logo depois uma sessão solene na Câmara Municipal. Já em Natal, a homenagem ao ex-deputado acontecerá na Assembleia Legislativa, durante sessão solene na sexta-feira (23). Ele foi aparteado pelo deputado Hermano Morais (PMDB), que reiterou as qualidades do homenageado, reforçando que ele sempre foi coerente em sua posição política e deixou lições, tendo sido sempre ouvido em assuntos políticos no Rio Grande do Norte.

Justiça suspende depoimento de Lula previsto para terça-feira

Resultado de imagem para Lula
Foto: Mauro Pimentel

Brasília – O desembargador Néviton Guedes, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1), sediado em Brasília, suspendeu os interrogatórios do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e de seu filho Luís Cláudio, previstos para a próxima terça-feira (20). O magistrado atendeu a um pedido feito pela defesa de Lula, e não há previsão para novo depoimento.

De acordo com a decisão, Lula só pode ser ouvido após o depoimento de testemunhas que foram arroladas pela defesa e estão morando fora do país.

Na ação penal, Lula e seu filho foram investigados na Operação Zelotes, da Polícia Federal, e são acusados dos crimes de tráfico de influência, lavagem de dinheiro e organização criminosa, sob a acusação de integrarem um esquema que vendia a promessa de interferências no governo federal para beneficiar empresas.

 

Fonte: https://exame.abril.com.br/brasil/justica-suspende-depoimento-de-lula-previsto-para-proxima-semana/