Archive for Abril 10th, 2018

Bolsonaro é presidenciável com mais intenção de voto no Twitter

Jair Bolsonaro: mais menções no Twitter em março, segundo estudo da Scup
Jair Bolsonaro: mais menções no Twitter em março, segundo estudo da Scup (Patricia Monteiro/Bloomberg/Bloomberg)

São Paulo – Se o aquecimento da eleição é no Twitter, os fãs de Jair Bolsonarosão os que mais estão comentando sobre seu (pré) candidato predileto e já abrindo seus votos.

Estudo da Scup Social monitorou a rede social durante o mês de março para identificar as intenções de votos e as manifestações espontâneas dos usuários dos principais presidenciáveis na eleição de 2018.

Além de captar hashtags com os nomes dos políticos, a ferramenta de monitoramento captou expressões como  “Meu voto é”, “Vou votar em” ou “Jamais votaria”, “Não terá o meu voto”, dentre outras.

Segundo o levantamento da Scup Social, Lula (PT) e Bolsonaro (PSL) são os prováveis candidatos com mais comentários que indicavam intenções de voto.

O estudo aconteceu antes dos desdobramentos que levaram Lula à prisão.

No total, foram 7.727 interações com o tema.

Bolsonaro

3.237 tweets continham hashtags com seu nome. Dessas, 60,4% indicavam intenção de voto positiva (votariam nele) e 39,6% com intenções de voto negativas (não votariam nele).

Dentre o total de mensagens sobre Bolsonaro, 38,34% expressavam um sentimento positivo ao falar do político, contra 24,07% que postaram frases com um tom mais negativo e 37,58% em tom neutro.

Lula

Em seguida, na lista de mais menções de voto, vem Lula.

Foram 1.347 tweets com seu nome. 48,50% indicaram que votariam nele, contra 51,50% que não votariam.

Dos comentários, 42,66% eram neutros, 24,18% eram positivos e 33,15% eram negativos.

Outros votos

O terceiro “candidato” mais mencionado em março foi, na verdade, o voto nulo. Apareceram 740 mensagens com tal intenção.

Em quarto, aparece Manuela D’Ávila (PC do B). Quem a menciona, costuma ser porque vai votar nela. A intenção de voto positiva aparece em 88,4% dos tweets.

Outros possíveis candidatos citados e que aparecem no estudo são Marina Silva (Rede), João Amoêdo (Partido Novo), Ciro Gomes (PDT) e Guilherme Boulos (PSOL). Eleições de 2018: Marina Silva vê “pacto de impunidade” contra a Lava Jato. 

João Doria (PSDB), ex-prefeito de São Paulo, mesmo dizendo que vai concorrer ao governo e não à presidência, aparece citado nos tweets como um candidato. Mas de maneira bem negativa: dos 533 comentários,  65,80% afirmaram não ter intenção de votar no tucano.

O estudo da Scup Social frisa que a pesquisa tem como recorte a opinião de usuários do Twitter e não expressa necessariamente a vontade da maioria dos brasileiros. A ferramenta captou manifestações espontâneas. Não sendo, assim, uma pesquisa de abordagem do tipo “opinião”, como a do Ibope, feita nas ruas de cidades brasileiras.

 

Fonte: https://exame.abril.com.br/brasil/bolsonaro-e-presidenciavel-com-mais-intencao-de-voto-no-twitter/

Menina que foi, possivelmente, raptada na Redinha ainda não apareceu

Yasmin Lorena de Araújo tem 12 e está desaparecida desde a quarta-feira (28), em Natal (Foto: Arquivo da Família/cedida)
Yasmin Lorena de Araújo tem 12 e está desaparecida desde a quarta-feira (28), em Natal (Foto: Arquivo da Família/cedida)

Para tristeza nossa e de todos povo de nosso Estado do Rio Grande do Norte, a menina, adolescente, de apenas 12 anos de idade ainda não apareceu. A Polícia está em busca  do paradeiro da criança. Os pais estão desolados com a situação.

Faz 13 dias que a garota Yasmin Lorena de Araújo sumiu da comunidade da Africa, Redinha, e até o momento são poucas as expectativas de sinal de onde se encontra a garota. Ela foi vista pela última vez por volta das 13h da quarta-feira (28), próximo à casa onde mora, na comunidade da África, no bairro da Redinha, Zona Norte de Natal.

Segundo o delegado, várias informações chegaram à delegacia por meio da família e do Disque-Denúncia, pelo telefone 181. A polícia recebeu informações de que um carro passou várias vezes pela rua onde Yasmin mora no dia do seu desaparecimento.

A população pode continuar atenta, tentando ajudar a essa família e a garota desaparecida.

 

Álvaro Dias assume oficialmente a prefeitura de Natal

Álvaro Dias (MDB) assume a prefeitura de Natal após renúncia de Carlos Eduardo (PDT) (Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi)
Álvaro Dias (MDB) assume a prefeitura de Natal após renúncia de Carlos Eduardo (PDT) (Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi)

Do G1RN

O vice-prefeito Álvaro Dias (MDB) assumiu oficialmente a Prefeitura de Natal nesta terça-feira (10), em solenidade realizada no Centro Municipal de Referência em Educação (Cemure), na Zona Oeste. Carlos Eduardo (PDT) deixou a chefia do Executivo da capital potiguar na sexta (6), para disputar o cargo de governador do Rio Grande do Norte nas eleições deste ano.

Álvaro Dias deve permanecer prefeito de Natal pelo menos até as eleições de 2020. Durante a cerimônia de posse, Dias afirmou que pretende “dar continuidade à gestão de Carlos Eduardo”. Questionado sobre como conduzirá a greve dos servidores da Educação do Município, Álvaro Dias afirmou que pretende manter diálogo com os grevistas, a fim de chegar a uma solução para que a paralisação seja encerrada.

CCJ aprova modificação no estágio para pós-graduados no âmbito da PGE

Em meio às 20 matérias deliberadas nesta terça-feira (10) em reunião da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) – com 18 aprovadas, uma rejeitada e uma baixada em diligência, os deputados aprovaram o Projeto de Lei Complementar 13/2018 que dispõe sobre a Criação do Estágio para Estudantes de Pós-graduação, denominado PGE Residência, no âmbito da Procuradoria-Geral do Estado e Controladoria Geral do Estado.

Antes da votação dessa matéria, a convite da CCJ o Controlador Geral do Estado Alexandre Santos, representando a PGE prestou esclarecimentos aos integrantes da Comissão, sobre a importância da aprovação da matéria, para melhorar e agilizar o trabalho da Procuradoria Geral do Estado..

“O Programa PGE Residência vai possibilitar acelerar o trabalho de análise dos projetos. Por nosso convite, o Controlador do Estado veio prestar os esclarecimentos necessários para a discussão e votação da matéria. Alexandre Santos explicou que não haverá aumento de despesa para o Estado. A revogação de um artigo da Lei Complementar de dezembro de 2014 revoga apenas a limitação quantitativa da participação de estudantes de pós-graduação no Programa, que atualmente é de 20 estagiários para ser de acordo com o saldo orçamentário da PGE”, frisa o deputado Dison Lisboa (PSD), presidente da CCJ e relator da matéria.

O relator da matéria que institui o Plano de Cargos e Remuneração para Servidores Públicos da secretaria de Estado da Tributação, deputado Albert Dickson (PROS) pediu mais uma semana de prazo para apresentar o seu relatório,
Já a matéria que trata da instituição do cadastro informativo dos créditos não quitados de órgãos e entidades estaduais (CADIN-ESTADUAL) foi rejeitada pelos deputados, acompanhando parecer do relator George Soares (PR) por considerar o assunto uma prerrogativa do Executivo.

“Essa é uma boa ideia do deputado e por isso sugiro que seja enviado um ofício ao Governo do Estado para que apresente esse Projeto”, sugeriu o deputado George Soares.
Participaram da reunião os deputados Dison Lisboa, Márcia Maia (PSDB), Larissa Rosado (PSDB), Albert Dickson e George Soares.

Assessoria

Viaduto interditado na BR 101 prejudica população de Goianinha, diz Dison

O deputado estadual Dison Lisboa (PSD) solicitou providências ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) para a situação do viaduto localizado na BR 101, em Goianinha, que está interditado desde 2015. De acordo com o parlamentar a interdição da estrutura prejudica o tráfego de veículos e impõe risco à população da cidade, uma vez que o fluxo de carros é elevado em função do acesso para a Praia da Pipa.

“Já tratamos desse assunto por diversas vezes. Há um transtorno muito grande provocado por esse viaduto. Quem volta de Pipa passa por dentro da cidade. E essa situação está posta há mais de três anos e o DNIT ainda não apresentou solução definitiva”, disse.

Além do apelo feito durante a sessão plenária desta terça-feira (10) na Assembleia Legislativa, o deputado Dison Lisboa registrou a realização da festa da padroeira do mesmo município. “Foi uma festa de muita paz, organização e o melhor, sem registro de ocorrências de violência. O prefeito está de parabéns. Foi uma festa aberta, mas com segurança para a população. Para quem é de cidade do interior, sabe da importância de uma festa da padroeira para seus filhos”, finalizou.

 

Assessoria

Lançamento de foguete marca primeiro dia da Campus Party em Natal

Foguete de Treinamento Básico lançado em 2013 na Barreira do Inferno. (Foto: Fernanda Zauli/G1)

Centro de Lançamento da Barreira do Inferno vai lançar um foguete, na tarde desta quarta-feira (12). Essa será a segunda operação do tipo, realizada neste ano pela base militar localizada Parnamirim, na região metropolitana de Natal. O lançamento do foguete de treinamento básico está marcado para 13h45 e será transmitido ao vivo na Campus Party, que acontece em Natal.

“A duração do voo, que compreende da decolagem até o impacto, está estimada em 2 minutos e 45 segundos, com apogeu e alcance aproximados de 32 e 17 km”, informou a base.

O foguete conta com carga útil tecnológica e não tem carga útil científica – será lançado apenas com finalidade de treinamento da equipe e operação dos equipamentos do centro.

Ao todo, 109 servidores civis e militares da Barreira do Inferno, Força Aérea Brasileira e Marinha do Brasil, vão atuar durante o lançamento. Haverá interdição do espaço aéreo e da área de navegação de embarcações, por motivo de segurança.

“A Operação Barreria XIX ratifica a condição técnica e operacional do Centro para ensaiar veículos não tripulados, e evidencia o protagonismo do CLBI como ator do segmento aeroespacial do país”, considerou o centro, por meio de nota.

Fonte: https://g1.globo.com/rn

Mineiro defende ex-presidente Lula e assegura candidatura de Fátima Bezerra ao governo

A prisão do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva pautou o pronunciamento do deputado Fernando Mineiro (PT) durante sessão plenária da Assembleia Legislativa, nesta terça-feira (10). O parlamentar questionou a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que negou o pedido de habeas corpus ao ex-presidente e criticou a determinação judicial que decretou a prisão de Lula.

“Destaco a minha opinião sobre esse momento histórico e perigoso no país. Semana passada a Suprema Corte tomou a posição de continuar a perseguição a Lula. O juiz, por sua vez, nem bem esperou a publicação do acórdão e já decretou a prisão do ex-presidente. Todos sabem o que aconteceu, mas os vitoriosos desse momento não terão como levantar o troféu que tanto desejam, pois a foto que circulou o mundo não foi a de Lula na prisão, mas sim a foto dele nos braços do povo”, disse Mineiro.

De acordo com o deputado, o ex-presidente Lula vem sofrendo uma perseguição política com precedentes ao longo da história do país. “A perseguição a Lula não é uma exceção na história do Brasil. A elite brasileira sempre perseguiu os que querem mudar a injustiça, os que enfrentam a profunda desigualdade social e defendem a democracia. É uma marca secular. Mas diferente de outros momentos e lideranças, nós temos alguém com profunda ligação e sintonia com nosso povo”, declarou o parlamentar.

Ainda questionando a decisão do STF, Fernando Mineiro criticou o posicionamento da ministra Rosa Weber, que foi determinante para a rejeição do habeas corpus da defesa de Lula. “Exponho um dado para ilustrar a dimensão da perseguição a Lula. Em março a ministra Rosa Weber livrou da prisão pessoas aqui do Estado, sendo contrária ao mérito da prisão em segunda instância. Agora, no caso de Lula, ela vota diferente da posição que tomou há quinze dias. Está claro que são dois pesos e duas medidas”, afirmou ele.

Na oportunidade, Mineiro anunciou a decisão do diretório nacional do Partido dos Trabalhadores pela manutenção do nome de Lula nas eleições para a presidência do Brasil e reafirmou a candidatura da senadora Fátima Bezerra (PT) ao governo do Estado. “No momento certo, a senadora apresentará seu nome à pré-candidata”, afirmou o deputado, acrescentando ainda que o partido irá “enfrentar o atual momento de pé, pois o país da verdade é maior que o da mentira. O da justiça é maior que o da injustiça. O da democracia é maior que o da ditadura”, concluiu.

Em aparte, o deputado Souza (PHS) também comentou a prisão do ex-presidente. “A condenação de Lula é uma afronta direta ao Estado Democrático de Direito. Ele é uma legenda em nossa política e na gestão do país. Que Lula não se torne um troféu nas mãos de eventuais justiceiros desse país”, argumentou Souza.

 

Assessoria

MP faz busca e apreensão em casa de familiares de vereador em Natal

 

Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) cumpriu um mandado de busca e apreensão na casa de familiares de um vereador de Natal, no início da manhã desta terça-feira (10). A ação está relacionada às investigações que surgiram como desdobramento da operação Cidade Luz, que apurou irregularidades nas contratações de empresas para serviço de iluminação pública na capital potiguar.

A ação confirmada pelo MP contou com a participação de três promotores da área de Defesa do Patrimônio Público. As investigações relacionadas à Cidade Luz seguem sob segredo de Justiça e os investigadores não divulgaram quem seria o alvo do mandado, nem o vereador.

Luz

A Operação Cidade Luz foi deflagrada em julho de 2017 e investigava o desvio de R$ 22.030.046,06 da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos de Natal (Semsur). Na época, a Justiça determinou a prisão de empresários e o afastamento do presidente da Câmara Municipal de Natal, vereador Raniere Barbosa, que negou as acusações. Em outubro do ano passado, o Ministério Público denunciou, à Justiça, o vereador e mais oito pessoas.

Segundo o MP, há indícios de que esse valor teria sido desviado por meio de superfaturamento e pagamento de propina relativos a contratos firmados entre empresas e a Semsur para a prestação de serviços de manutenção e decoração do parque de iluminação pública da capital potiguar.

Segundo o MP, dados da Controladoria Geral do Município de Natal demonstram que entre os anos de 2013 e 2017, oito empresas sediadas em Pernambuco foram beneficiárias de pagamentos no montante de R$ 73.433.486,86 de contratos coma Semsur. A estimativa é de que o superfaturamento médio foi de 30% no valor dos contratos celebrados.

Desdobramento

Apesar de já ter sido oferecida denúncia, a operação contou com desdobramentos, que investiga participação de outros agentes e mesmo atuação do grupo em outras cidades. Em agosto do ano passado, por exemplo a operação Blackout, foi deflagrada em Caicó, para investigar fraudes em contratos de iluminação pública no município. O valor desviado seria de R$ 1.138.970. Ao todo, foram expedidos 12 mandados de busca e apreensão em órgãos públicos, empresas e residências particulares, além de 6 mandados de prisão.

Em Novembro, a Prefeitura Municipal de Macaíba, na Grande Natal, foi alvo da operação Alta Voltagem que apurava um contrato de iluminação pública celebrado com a empresa Enertec Construções e Serviços Ltda – também investigada em Natal e Caicó – no valor de R$ 4.100.432,14. A ação foi mais um desdobramento da Cidade Luz.

Monopólio

Em Natal, a investigação considerou que os empresários monopolizaram os contratos de serviços de iluminação pública da Semsur (pelo menos desde o ano de 2013) até o ano passado, mediante controle de mercado, corrupção de agentes públicos, peculato, lavagem de capitais e fraudes nas licitações e contratações diretas. Para o MP, eles integram o “núcleo empresarial” da organização.

A apuração constatou que, além das empresas referidas, os investigados também utilizam outras firmas na consecução das atividades da organização criminosa, seja mediante a formação de consórcios, através de empresas por eles próprios controladas, ou ainda utilizando-se de firmas que participam das licitações e processos de contratação direta apenas para simular a ocorrência de disputa. Algumas dessas empresas eventualmente são subcontratadas para prestar os serviços licitados e vencidos pelo cartel.

Os investigadores descobriram também que a organização criminosa seria integrada por um “núcleo de lavagem de capitais”. Os integrantes desse núcleo são os responsáveis pelo pagamento de propina a agentes públicos, seja em espécie ou através da aquisição de veículos.

Fonte: https://g1.globo.com/rn

PSDB ganha força do protagonismo no pleito de 2018

Partido cresceu com a chegada de políticos com atuação e presença marcante em todas as regiões do Estado tornando-se decisivo no pleito majoritário

Ao assumir a presidência do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), em maio do ano passado, o deputado Ezequiel Ferreira ressaltou em seu discurso que tornaria o partido capaz de influir no xadrez político do Estado dando a agremiação as condições de protagonista no cenário político potiguar. O fez em menos de um ano. O PSDB chega ao cenário político deste ano valorizado por ser o 2º maior partido do Rio Grande do Norte com musculatura eleitoral atuante e participativa em todos as regiões.

Atualmente três candidaturas majoritárias ao governo do Estado cortejam o PSDB. O atual governador Robinson Faria (PSD), o ex-prefeito da capital do Estado, Carlos Eduardo Alves (PDT) que quer ser candidato ao governo e Fábio Dantas (PSB), vice-governador do Estado e que pretende disputar as eleições deste ano como candidato a governador, também, com o apoio do PSDB.

Sem candidato ao governo, mas ouvindo e conversando muito com todos, Ezequiel Ferreira, quando procurado tem dito quem vem cumprindo as etapas prometidas ao assumir o partido. “Primeiro tínhamos que crescer em quantidade e qualidade de participantes no PSDB. Pois sendo um partido protagonista da política nacional era preciso tornar o PSDB estadual protagonista das decisões políticas no Rio Grande do Norte”, disse Ezequiel que reuniu no PSDB oito deputados estaduais, sendo a maior bancada do Legislativo Potiguar, 33 prefeitos e vice-prefeitos, 107 vereadores e está presente com diretórios municipais em 150 cidades das 167 do Estado. O partido tem o deputado federal Rogério Marinho que já disse que enxerga em Ezequiel Ferreira um presidente com força, desejo e aptidão para congregar e renovar o partido, em sintonia com o desejo que a sociedade brasileira e potiguar busca e vai exigir.

Neste momento, Ezequiel Ferreira, com as constantes conversas com demais partidos deixa claro que pretende influir na composição das chapas majoritárias. “Crescemos enquanto legenda. Fato conquistado nas eleições de 2016 e reconhecido nacionalmente. Até o pleito de 2018, unidos com os anseios da população, vamos construindo o partido que queremos, pensando em novas bandeiras para o Rio Grande do Norte e para um novo Brasil”, passou a convocar o deputado e presidente da Assembleia para a formulação de um conteúdo programático.

O PSDB tem até as convenções partidárias para definir o caminho majoritário. Até lá muita conversa, reuniões dos diretórios municipais, encontros e atividades na agenda pelo interior do Estado, por toda as regiões. O partido é representado pela liderança do deputado Tomba, na região Trairi. Gustavo Carvalho reúne apoio no Potengi e Grande Natal. Gustavo Fernandes e Raimundo Fernandes no Alto Oeste. Larissa Rosado no Oeste/Mossoró. Márcia Maia na Grande Natal e demais regiões. José Dias no Agreste, Mato Grande, Vale do Açu e Natal. E Ezequiel Ferreira de Souza, presidente da Assembleia e presidente do PSDB tem atuação no Seridó, Grande Natal, Agreste, Trairi-Potengi, Mato Grande e Região Salineira.

Em seus quadros o PSDB também agrega a experiência do ex-governador e ex-senador Geraldo Melo, nome colocado para a composição majoritária no pleito deste ano, do empresário Haroldo Azevedo e do suplente de senador da República, Valério Marinho. Os vereadores em Natal, Aroldo Alves e Dickson Nasser Júnior (presidente do diretório municipal do PSDB) e o médico Thiago Almeida, pré-candidato a deputado estadual, com bases no Seridó.

Também chegou ao PSDB, durante o período da janela partidária, todo o grupo político liderado pela vereadora Sandra Rosado, que também se filiou a sigla tucana. O prefeito de Tangará, Jorginho Bezerra, vindo de família tradicionalmente política, Jorginho entrou no cenário político de Tangará e faz história na atual gestão. Os vice-prefeitos, Robenilson Júnior (Bento Fernandes) e Dejerlane Macedo (Pedro Velho), assim como as ex-prefeitas Neidinha (Maxaranguape) e Giza Rodrigues (Lagoa D´Anta) também chegaram ao PSDB. Os empresários Rubens Guilherme, empresário do setor farmacêutico e ex-presidente do ABC FC e Vijânio Filho, empresário e pré-candidato a prefeito de Acari, também são PSDB.

 

Cristovam ataca Lula e vira alvo da militância do PT

Resultado de imagem para Cristovam Buarque
Senador Cristovam faz critica o Lula por má formação no ensino médio (PDT-DF) Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado (Edilson Rodrigues/Agência Senado)

O senador Cristovam Buarque (PDT) aproveitou o discurso de 55 minutos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no último sábado (7/4) – pouco antes de o petista se entregar à Polícia Federal – para criticar o ex-aliado nas redes sociais. O tema da alfinetada não poderia ser outro: educação.

A fala de Cristovam não passou despercebida na rede. Defensores de Lula promoveram uma verdadeira enxurrada de respostas ao senador brasiliense. Até a publicação da nota, o texto contava com mais de 3 mil comentários.

Em um deles, um internauta vociferava: “É o oportunismo personalizado e sem caráter, rancoroso e incompetente”. Em outro, o seguidor advertia que “demagogia é você tentar colocar na conta do PT suas amarguras e ódio”.

O senador atribuiu a repercussão ao “clima de polarização” e disse que os ataques foram feitos por pessoas “manipuladas”.

 

Fonte: https://veja.abril.com.br/blog/me-engana-que-eu-posto/cristovam-buarque-disse-que-brasil-esta-em-intervencao-militar/

Ezequiel Ferreira faz reivindicações para beneficiar municípios do Mato Grande

Ao considerar que a falta de pavimentação em drenagem da estrada carroçável, que liga o município de Pedra Grande à comunidade Exu Queimado, prejudica o desenvolvimento do município e dificulta o acesso dos moradores, o deputado e presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB) requereu do Governo do Estado que seja firmado um convênio para beneficiar àquele município da região Mato Grande.

“O Governo do Estado precisa levar investimentos para pavimentação de estradas no interior, bem como a drenagem de ruas, para melhoria da qualidade de vida da população. Acredito que o Governo tem total interesse em investir em uma melhor infraestrutura na região”, justifica o deputado Ezequiel Ferreira.

As reivindicações de Ezequiel naquela região se estendem ao município de Bento Fernandes, com solicitações encaminhadas ao seu gabinete parlamentar no sentido de que sejam perfurados e instalados poços tubulares. Bem como a construção de uma quadra poliesportivo na sede do município; recuperação geral da delegacia de Polícia; reforma da escola estadual Senador João Câmara.

A perfuração e instalação de poços estão sendo solicitadas para as comunidades Espinheiro I e II e Quintururé, na zona rural do município, com o objetivo de prevenir problemas, caso o sistema de abastecimento de água entre em colapso. Essa providência é necessária porque grande parte da população de Bento Fernandes mora na zona rural e nos distritos.

Ranieri pode ser o vereador que a maioria pensa ser o não citado o nome por reportagem do G1

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) cumpriu um mandado de busca e apreensão na casa de familiares de um vereador de Natal, no início da manhã desta terça-feira (10). A ação está relacionada às investigações que surgiram como desdobramento da operação Cidade Luz, que apurou irregularidades nas contratações de empresas para serviço de iluminação pública na capital potiguar.

A ação confirmada pelo MP contou com a participação de três promotores da área de Defesa do Patrimônio Público. As investigações relacionadas à Cidade Luz seguem sob segredo de Justiça e os investigadores não divulgaram quem seria o alvo do mandado, nem o vereador.

Do Blog: a maioria das pessoas pensam que o vereador não citado pelo o MP, nem pela a reportagem do G1RN é o vereador Ranieri Barbosa.

Ranieri foi afastado há poucos meses do presidência da Câmara Municipal de Natal por causa dessa Operação Cidade de Luz. Outra autoridade citada em uma delação foi o ex-prefeito Carlos Eduardo Alves.

Vamos aguardar pra vê que é este vereador que tem os seus familiares sendo investigados.

Deputado Ezequiel Ferreira prestigia evento de pescadores em Rio do Fogo

O deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB) foi recebido neste domingo, em Rio do Fogo, pelo ex-prefeito Egídio Dantas, os vereadores Wanderleia Firmino e Anderson Lemos, e o ex-vereador Igor Dantas.

Ezequiel foi a Rio do Fogo para assistir à 1ª Corrida de Jangada em comemoração aos 88 anos da Colônia de Pescadores Z3 de Rio do Fogo.

O presidente da Federação dos Pescadores do Rio Grande do Norte, Manoel Lourenço Ferreira, também participou do evento.

Como presidente da Assembleia Ezequiel requereu ao Governo do Estado a construção complementar da estrada que liga a RN 064 a BR 101, na altura do Distrito de Punaú.

Também solicitou a construção da estrada que liga um trecho de 5k de Rio do Fogo à praia de Zumbi, além do aumento de efetivo e outras ações de segurança para a região.

 

Fonte: http://www.thaisagalvao.com.br/2018/04/09/deputado-ezequiel-ferreira-prestigia-evento-de-pescadores-em-rio-do-fogo/

Justiça aceita denúncia contra amigos de Temer e integrantes do MDB

Resultado de imagem para Temer
Foto: Ueslei Marcelino/Reuters

A Justiça Federal, em Brasília, aceitou denúncia contra dois amigos do presidente Michel Temer presos em março, na Operação Skala. Eles são acusados de participar de um esquema de desvio de dinheiro público.

Os amigos do presidente se tornaram réus no processo em que integrantes do MDB da Câmara são acusados de integrar uma organização criminosa. A decisão é do juiz Marcus Vinicius Reis, da 12ª Vara da Justiça Federal de Brasília.

Entre os réus estão José Yunes – que chegou a ser preso na Operação Skala, que investiga se empresas do setor de portos foram beneficiadas por um decreto assinado pelo presidente Michel Temer em troca de propina; e o coronel João Baptista Lima Filho, que também foi preso.

Os dois já estão soltos porque os mandados eram de prisão temporária.

A Procuradoria da República no Distrito Federal afirma que existem novos e robustos elementos que apontam que eles integraram uma organização criminosa. O delator Lucio Funaro, conhecido por ser um dos operadores do partido, contou ter recebido dinheiro do esquema em troca de pagamento de propina à cúpula do MDB.

Funaro disse que foi ao escritório de Yunes pegar R$ 1 milhão da Odebrecht, dinheiro que teria como destino final o ex-ministro Geddel Vieira Lima, em Salvador.

Yunes afirmou à Polícia Federal que o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, pediu a ele em 2014 para receber apenas um documento em seu escritório. Mas Funaro disse na delação que Yunes sabia que se tratava de uma entrega de dinheiro.

Funaro: Mas que ele tinha certeza que era dinheiro, ele sabia que era dinheiro. Tanto que ele perguntou se o meu carro estava na garagem porque ele não queria eu corresse o risco de sair com a caixa para a rua. E até pelo próprio peso da caixa, né? Para um volume de R$ 1 milhão, é uma caixa bem pesada.

Funaro também foi denunciado à Justiça Federal.

Esse caso começou em 2017, quando o então procurador-geral da República, Rodrigo Janot, denunciou o presidente Michel Temer por organização criminosa. A denúncia foi barrada pela Câmara, ou seja, em relação a Temer o andamento foi suspenso. Mas em relação aos demais denunciados, não. Por isso, o caso foi parar na Justiça Federal em Brasília.

O que dizem os citados
A defesa do coronel Baptista Lima disse que só vai se pronunciar após ter acesso ao teor da denúncia e acesso completo aos autos do processo.

O presidente Michel Temer não quis comentar.

O advogado de Lucio Funaro afirmou que o cliente segue colaborando com a Justiça e respeitando integralmente o acordo celebrado.

O JN não teve resposta do ministro Eliseu Padilha e não conseguiu contato com as defesas de José Yunes e de Geddel Vieira Lima.

 

Fonte: http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2018/04/justica-aceita-denuncia-contra-amigos-de-temer-e-integrantes-do-mdb.html

Parlamentares solicitam benefícios para estudantes da Rede Estadual

Os deputados Tomba Farias (PSDB) e Larissa Rosado (PSDB) apresentaram requerimentos cobrando investimentos na segurança dos alunos e melhoria da infraestrutura de escolas estaduais. Tomba solicitou escolta da Polícia Militar para ônibus escolares que se deslocam, à noite, da capital para os municípios de São Miguel do Gostoso, Touros e Rio do Fogo. Já Larissa requereu a aquisição de ventiladores para a Escola Estadual Professor Abel Freire Coelho, em Mossoró, bem como a adequação da rede elétrica da Escola Estadual Professor Anísio Teixeira, localizada em Natal.

Em relação ao seu pleito, o deputado Tomba Farias justifica que “os constantes assaltos na BR-101 têm causado pânico entre os usuários da via, em especial aos quase 200 estudantes que são transportados diariamente, distribuídos por quatro veículos escolares”, argumenta ele.

Quanto a solicitação de Larissa Rosado para aquisição e instalação de ventiladores na Escola Abel Freire Coelho, que oferta ensino médio a cerca de 930 estudantes de Mossoró, a deputada explica que “os atuais aparelhos das salas de aula estão quebrados, deixando alunos e professores extremamente incomodados. O calor se torna uma distração e acaba prejudicando o rendimento de todos”, justifica a deputada.

Sobre o seu outro requerimento, cobrando o ajuste da rede elétrica da Escola Anísio Teixeira, Larissa alega que “os professores e estudantes da instituição têm sofrido muito com o calor, não por falta de equipamentos, mas por ausência de rede elétrica capaz de suportar o funcionamento dos aparelhos de ar condicionado instalados desde 2015”, revela a parlamentar.