Archive for setembro 5th, 2018

IBOPE: Bolsonaro continua na frente a espera do adversário do segundo turno, que pode ser Marina ou Ciro

Ibope Bolsonaro
Bolsonaro na periferia de Brasília. ERALDO PERES (AP)

Brasil.Elpais – Ciro Gomes (PDT) cresceu três pontos e empatou com Marina Silva (REDE) em segundo lugar, ambos com 12%, na corrida à Presidência, quando se considera o ex-presidente Luiz Inácio da Silva, vetado pela Justiça Eleitoral, fora da disputa.

Jair Bolsonaro, candidato de extrema direita do PSL, segue na liderança, com 22%. Esses são dados da pesquisa Ibope divulgada no Jornal Nacional, da TV Globo, nesta quarta-feira, 05, realizada já sem considerar a candidatura do petista, impugnado pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral), com base na Lei da Ficha Limpa, na madrugada de sábado.

O levantamento, que ouviu 2002 pessoas entre os dias 1º e 3 de setembro, é o primeiro realizada desde que começou a ser veiculada a propaganda eleitoral gratuita, em 31 de agosto.

Cenário sem Lula (entre parênteses o índice de cada candidato na pesquisa anterior entre 17 e 19/08)

Jair Bolsonaro (PSL):  22% (20%)

Marina Silva (Rede): 12% (12%)

Ciro Gomes (PDT): 12% (9%)

Alckmin (PSDB): 9% (7%)

Haddad (PT):  6% (4%)

Alvaro Dias (Podemos): 3% (3%)

João Amoêdo (Novo): 3% (1%)

Guilherme Boulos (PSOL): 1% (1%)

Henrique Meirelles (MDB): 2% (1%)

João Goulart Filho (PPL): 1% (1%)

Comissão fará carta de intenções em prol da revitalização da Ribeira

Resultado de imagem para Ribeira em Natal
Foto: José Aldenir / Agora Imagens

Uma audiência pública, proposta pela Comissão de Turismo da Câmara Municipal de Natal, reuniu nesta terça-feira (04) parlamentares, empresários, comerciantes, representantes de secretarias municipais e estaduais, entidades e pessoas interessadas em discutir projetos viáveis para o bairro que surgiu nos primórdios da capital potiguar, a Ribeira. Na ocasião, foram apontados os problemas que impedem a concretização de iniciativas a as possíveis soluções, entre elas, a formação de um grupo de trabalho, composto por integrantes de instituições e grupos interessados na revitalização do histórico bairro.

A Ribeira, um dos bairros mais antigos de Natal, tem sua história ligada ao rio e ao comércio. Sua localização estratégica tornou-a protagonista em eventos importantes da história da cidade, mas hoje sofre com o esquecimento. O bairro parece estar ilhado da vida moderna, mesmo sendo facilmente acessado de qualquer ponto da cidade.

“O debate foi muito produtivo e fundamentado. A próxima reunião será no bairro, com a participação da população, vendo de perto a situação. Depois de todos os encontros e discussões, vamos formatar uma carta de intenções para entregar ao prefeito e ao governador constando os pontos que podem levar a Ribeira ao lugar que ela merece. Esperamos, agora, concluir a fase teórica para começar a colocar as ideias em prática”

Laumir Almeida Barrêto, assessor da presidência da Fecomércio-RN, disse que a instituição está engajada na proposta. “Temos compromisso com o projeto de revitalização da Ribeira, pois sabemos de sua importância para a cidade de Natal. Todavia, nenhuma entidade sozinha conseguirá fazer absolutamente nada que contribua efetivamente para a recuperação da região. Precisa acontecer a união do poder público com a iniciativa privada, ou seja, um esforço coletivo. Faz-se necessário, também, elencar os desafios, as deficiências e tudo que impede que as pessoas invistam na Ribeira”.

Daniel Nicolau, secretário de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb), falou que a Prefeitura há anos realiza esforços para alavancar a região, entretanto, os empreendedores resistem em investir no local. “Em tempo: já flexibilizamos taxas de ocupação, oferecemos incentivos fiscais para empresas de tecnologia de informação; buscamos linhas de financiamento junto ao Governo Federal para realizar obras estruturantes. Contudo, ainda não conseguimos, ainda, avançar no processo. Esse trabalho é um processo contínuo e que requer muito planejamento visando valorizar as potencialidades sociais, econômicas e funcionais, melhorando a qualidade de vida da população residente ou usuária e mantendo a identidade do lugar”, explicou.

Considerado um lugar de manifestação artística, o bairro vem sofrendo com o abandono, assim, tem perdido sua popularidade e seu espaço no âmbito cultural da cidade . Artistas e mobilizadores sociais locais acreditam que a revitalização do espaço seja essencial para que eles possam continuar suas atividades na Ribeira. “Creio que com a ação coordenada de todos os atores envolvidos na questão a gente tem condições de reposicionar o bairro como polo econômico, turístico e cultural do Rio Grande do Norte”, afirmou o sambista Debinha Ramos.

 

Texto: Junior Martins

Prefeito de Bento Fernandes: “Voto em Carlos Eduardo por lealdade e capacidade administrativa”

O prefeito de Bento Fernandes, Júnior Marques (MDB) anunciou seu voto para governador em Carlos Eduardo (PDT), candidato da coligação 100%RN e disse que tomava essa posição por lealdade ao seu partido e por entender que Carlos Eduardo é um homem com “capacidade de gestão comprovada em Natal e que fará todo o esforço para tirar o Rio Grande do Norte do péssimo estado em que se encontra”.

Júnior Marques foi vereador e, em 2016, elegeu-se prefeito de Bento Fernandes com 59,10% da votação. “Vamos trabalhar firme com nosso povo para mostrar que temos um candidato com capacidade administrativa para salvar o Rio Grande do Norte“, afirmou o prefeito.

Assembleia aprova lei que proíbe canudos e propostas de iniciativa parlamentar

A Assembleia Legislativa do RN aprovou no início da tarde desta quarta-feira (5) o Projeto de Lei que proíbe a utilização de canudos de plástico em restaurantes, bares, quiosques, ambulantes, hotéis e similares no Estado. Com foco na preservação do meio ambiente e da vida marinha a partir da redução na produção de lixo pela sociedade, a proposta aguarda sanção governamental. A medida prevê, a partir do início de sua vigência, o prazo de 180 dias para que os estabelecimentos se adaptem. Aqueles que não cumprirem o prazo estarão sujeitos a aplicação de multa nos termos do Código de Defesa do Consumidor.

Resultado de imagem para canudos de plasticos na praia
Foto: da Internet

MPE-RN faz denúncia e pede cassação do registro de candidatura de Robinson Faria e Tião

Governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria (PSD). Foto: Frankie Marcone.

Do Seridó no ar – O Ministério Público Eleitoral (MPE-RN) ajuizou uma representação contra o governador e candidato à reeleição Robinson Faria (PSD), e contra o candidato a vice-governador Tião Couto (PR), ambos da coligação “Trabalho e Superação”, em virtude da instalação de nove outdoors institucionais, afixados no anel viário que serve ao aeroporto Internacional de São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal.

O próprio Estado também é alvo da ação. A representação, protocolada junto Juiz (a) Eleitoral Auxiliar do Tribunal Regional Eleitoral, destaca que a propaganda institucional é vedada no período das eleições, além de enaltecer o atual governo com claro efeito de promoção pessoal, tendo ainda sido veiculada mediante outdoor, meio proibido pela legislação.

“A ideia de se tipificar conduta vedada é exatamente garantir a isonomia do pleito eleitoral, para evitar que agentes públicos se favoreçam eleitoralmente, em detrimento dos demais candidatos ao usar e abusar da máquina pública”, destaca trecho da representação

O matador adolescente Champinha e o crime que chocou o Brasil

Arte: exposta na Internet

FICHA CRIMINAL
Nome – Roberto Aparecido Alves Cardoso (1987)
Local de atuação – Brasil
Mortes – 1

1. Champinha (Roberto Aparecido Alves Cardoso) nasceu em Embu-Guaçu (SP) em 1986. Teve uma infância pobre e, desde garoto, já apresentava sinais de psicopatia: uma professora relatou que presenciou o garoto maltratando animais com frieza. Ele também foi acusado de assassinar um morador de rua, mas o crime jamais foi comprovado

2. No início de novembro de 2003, Liana Friedenbach, de 16 anos, e Felipe Silva Caffé, de 19, decidiram passar um final de semana acampando perto de um sítio abandonado em Embu-Guaçu. Como a família de Liana não aprovava o namoro, ela mentiu seu destino. Champinha e seu amigo Pernambuco (Paulo César da Silva Alves) estavam saindo para pescar quando avistaram o casal e decidiram assaltá-lo

3. Ao descobrirem que o casal não tinha muito dinheiro, Champinha e Pernambuco decidiram sequestrar os dois. Liana sugeriu que os criminosos pedissem um resgate à sua família e os libertassem. Os quatro foram para a residência de Antonio Matias de Barros, outro comparsa, que foi o primeiro cativeiro do crime

4. Na primeira noite do cativeiro, Pernambuco violentou sexualmente Liana, enquanto Felipe permanecia em outro quarto. Champinha não se envolveu nessa ação. Na manhã seguinte, os bandidos concluíram que Liana era a única peça importante do sequestro e Pernambuco executou Felipe no matagal com um tiro na nuca. O corpo foi abandonado na mata. Liana foi levada para outro local, de um novo comparsa, Antônio Caetano da Silva

5. Pernambuco fugiu para São Paulo e Champinha retornou para o cativeiro com Liana – momento em que a estuprou pela primeira vez. Ao mesmo tempo, o pai da garota descobriu que ela havia ido acampar e, acreditando que o casal poderia ter se perdido, acionou o COE (Comando de Operações Especiais), que deu início a uma busca na região. Eles acharam a carteira e o celular de Liana e as roupas dos estudantes

6. No terceiro dia de cativeiro, Liana foi estuprada coletivamente por Champinha, Antônio Caetano e também por Aguinaldo Pires (outro comparsa). Mesmo sem saber do sequestro, o irmão de Champinha, que conhecia seus problemas comportamentais, o alertou sobre a movimentação de policiais na região. Champinha disse a ele que Liana era sua namorada e que a levaria para a rodoviária, mas esse não era seu plano

7. Na madrugada do dia 5 de novembro, Champinha levou a vítima para o mesmo matagal em que matou Felipe. Ele tentou degolá-la e, ao falhar, desferiu golpes de faca nas costas e no tórax. Mas ela morreu de traumatismo craniano, quando Champinha golpeou sua cabeça com o lado cego da faca. Os corpos das vítimas só foram encontrados cinco dias depois – e os suspeitos foram localizados e presos em 10 de novembro

8. Aguinaldo Pires foi condenado a 47 anos e três meses de reclusão por estupro. Antônio Caetano da Silva recebeu 124 anos de reclusão por diversos estupros e Antonio Matias foi sentenciado a seis anos de prisão e um ano, nove meses e 15 dias de detenção por cárcere privado, favorecimento pessoal, ajuda à fuga dos outros acusados e ocultação da arma do crime. Pernambuco pegou 110 anos e 18 dias por homicídio qualificado, sequestro, estupro e cárcere privado. Champinha, menor de idade, foi condenado a três anos na Fundação Casa

QUE FIM LEVOU?

Um laudo apontou transtorno de personalidade antissocial e leve retardo mental em Champinha, que, hoje, vive em uma Unidade Experimental de Saúde, sob os cuidados do Estado.

 

Do Blog: devemos ser a favor da redução da menor idade penal. Haja vista, os menores de 18 anos estão cometendo crimes com o objetivo de alvorar a bandeira da impunidade, o que não é interessante para a sociedade brasileira.

 

FONTES: Redenews360, Tribunal de Justiça de São Paulo, Tribunal de Justiça do Distrito Federal, Folha, Globo e Terra

Ezequiel Ferreira recebe apoio de Dr. Tiago que reuniu amigos e correligionários em Parelhas

O deputado estadual Ezequiel Ferreira (PSDB) participou de um encontro com amigos e correligionários em Parelhas, região Seridó do Estado, na terça-feira (4), para manter o diálogo contínuo que tem estabelecido durante o exercício do mandato com as comunidades. Em Parelhas, Ezequiel contou com a mobilização do médico, Tiago Almeida, das vereadoras Romiselia Filha de Formiga Preta e Galega do Ulissinho. Também contou com o vereador Neto e os suplentes de vereador: João Grandão, Valquíria de Piuba e Ildécio.

“Não se estabelece uma ação continuada de representatividade das diversas camadas da sociedade e em todas as regiões do Rio Grande do Norte sem que se tenha um permanente vínculo com a população. Estas reuniões neste processo eleitoral servem para que as ações realizadas sejam demonstradas e retomar os pleitos encaminhados em nome da sociedade, em especial da querida cidade de Parelhas”, disse Ezequiel Ferreira.

Durante a reunião Ezequiel prestou contas do serviço prestado como o recapeamento asfáltico da BR-427, as chegadas de duas viaturas policias e do programa de microcrédito. “Efetivamente vamos manter nossas iniciativas do mandato voltadas por melhorias na Segurança, Saúde, Educação, Geração de Emprego e Renda e convivência com a seca”, salientou.