Archive for outubro 24th, 2018

Vivaldo solicita manutenção de barragens e anestesista para hospital no Seridó

O deputado estadual Vivaldo Costa (PSD), externou nesta quarta-feira (24), durante sessão ordinária na Assembleia Legislativa, a preocupação dele com dois temas de interesse da região Seridó: Estiagem e Saúde Pública. Quanto à estiagem, Vivaldo Costa solicitou a manutenção da parede da barragem de Passagem das Traíras que apresenta rachaduras e precisa ser recuperada antes das próximas chuvas. Já na área da saúde Vivaldo Costa denunciou a ausência de médicos anestesistas no hospital de Currais Novos Padre João Maria.

Segundo o deputado, a barragem passagem das Traíras depois de 25 anos de construída precisa de manutenção. “A barragem ainda foi do meu tempo como governador. E o atual governo precisa se antecipar e fazer os reparos necessários”, cobrou Vivaldo Costa, salientando que a barragem atende as cidades de Jardim do Seridó, Caicó e São José do Seridó.

Ao se referir a ausência de médico anestesista no Hospital de Currais Novos, Vivaldo Costa disse que ouviu o problema em uma entrevista do médico Eduardo Pontes ao explicar que na unidade hospitalar só tem anestesistas às quintas-feiras. “Ou seja; só tem cirurgia nestes dias e nos demais dias da semana não poder ter urgência e emergência na cidade de Currais Novos devido à falta de anestesistas”, narrou.

Vivaldo disse que chegou a ligar para a Secretaria Estadual de Saúde, mas não conseguiu falar nem com o secretário, nem com o adjunto. “Sei bem o que é isto. Fim de Governo depois de um resultado desfavorável nas urnas os secretários já nem atendem mais. Por isto me dirijo diretamente ao Governador Robinson Faria quem deve ter conhecimento deste problema”, disse o deputado.

 

Assessoria

MP abre inquérito para investigar ‘prova da cachaça’ promovida pela Prefeitura de Rafael Fernandes, RN

Competição aconteceu durante comemorações pela emancipação de Rafael Fernandes, no Alto Oeste potiguar — Foto: Reprodução

O Ministério Público do Rio Grande do Norte abriu inquérito civil para apurar eventuais atos de improbidade administrativa cometidos pelo prefeito do município de Rafael Fernandes, na região Oeste potiguar, por causa de uma gincana cultural intitulada “Prova da Cachaça”, que acabou com participantes internados em coma alcoólico. Os secretários municipais de Esporte, Lazer e Cultura e o de Assistência Social também estão na ação.

A gincana foi promovida pela prefeitura no dia 18 deste mês em meio às comemorações pelos 55 anos de emancipação do município.

Segundo o MP, há a suspeita de que a prefeitura promoveu distribuição gratuita de bebidas alcoólicas em praça pública para menores de idade. Além disso, o inquérito também investiga a realização de uma corrida de motos com menores de 18 anos e adultos não habilitados.

Ao G1, o prefeito Bruno Anastácio confirmou que o evento foi promovido pelo Executivo municipal, e disse que iria apurar a responsabilidade pela realização das provas.

Evento foi divulgado nas contas oficiais da prefeitura nas redes sociais — Foto: ReproduçãoEvento foi divulgado nas contas oficiais da prefeitura nas redes sociais — Foto: Reprodução

Evento foi divulgado nas contas oficiais da prefeitura nas redes sociais — Foto: Reprodução

Portaria publicada

A portaria que instaura o inquérito civil foi publicada na edição desta quarta-feira (24) do Diário Oficial do Estado (DOE). No documento, a 1ª Promotoria de Justiça de Pau dos Ferros solicita ao diretor do Hospital Regional Dr. Cleodon Carlos de Andrade cópia dos prontuários de atendimentos dos pacientes que deram entrada no hospital no dia da gincana com suspeita de ingestão de grande quantidade de bebida alcoólica proveniente de evento realizado em Rafael Fernandes. O MP também pede que seja informado qual estado de saúde dos pacientes quando deram entrada no hospital e qual o procedimento adotado.

A Promotoria de Justiça ainda solicitou ao prefeito que informe se investiu recursos públicos na realização dos festejos alusivos à Semana Cultural e Artística de Rafael Fernandes (SECARF). Caso a resposta seja positiva, o prefeito deve informar o montante, se os recursos estão previstos na Lei Orçamentária Anual, identificar a fonte dos recursos (função, subfunção, programa, projeto/atividade/operações especiais), e esclarecer se as despesas estão vinculadas ao fomento da cultura.

Além disso, o prefeito também deve apresentar toda a documentação relativa às regras objetivas para o patrocínio do evento Semana Cultural e Artística, “informando qual a receita adquirida por meio de patrocínios para a realização do evento, juntando a documentação comprobatória”.

O prefeito será notificado para comparecer em audiência na Promotoria de Justiça para prestar esclarecimento sobre os fatos investigados. O mesmo vai acontecer com os secretários de Esporte, Lazer e Cultura e o de Assistência Social do Município.

Clique AQUI para ver a íntegra da portaria.

Fonte: https://g1.globo.com/rn

Kelps pede convocação de secretário para explicar atraso de salários na Fundase

Assembleia Legislativa para convocação do secretário de Estado de Planejamento e Finanças, Gustavo Nogueira. O parlamentar quer que o gestor preste esclarecimentos sobre o atraso salarial dos servidores celetistas da Fundação de Atendimento Socioeducativo do Estado (Fundase), que estão há quatro meses sem receber salários.

“Muitos deles, quando receberem os vencimentos, como o receberão em parcela única correspondente à soma dos atrasados, vão entrar na malha do Imposto de Renda e terão que pagar 27,5% à Receita Federal. Além do constrangimento do atraso, esse pessoal ainda vai perder parte de seus vencimentos”, disse Kelps, lamentando a situação dos servidores, cerca de 400 pessoas.

O deputado noticiou que a convocação formal do secretário de Planejamento se faz necessária diante da gravidade do tema e das informações de que ele se tornou pessoa de acesso difícil, não atendendo telefonemas e não prestando explicações sobre o assunto ao grupo de servidores que reclamam seus vencimentos.

 

Assessoria

Secretaria de Saúde de Natal convoca 42 novos profissionais temporários

Prefeitura de Natal convoca 42 novos profissionais temporários. — Foto: Divulgação/ SMS

A Secretaria Municipal de Saúde de Natal está convocando 42 novos profissionais de vagas remanescentes do Processo Seletivo Simplificado de 2015, para contratação temporária. A lista dos convocados está disponível no Diário Oficial do Município desta quarta-feira (24).

As categorias são para agente administrativo, técnico de enfermagem, enfermeiro, técnico de radiologia, bioquímico e psicólogo.

Os candidatos deverão comparecer ao Setor de Acolhimento da Secretaria Municipal de Saúde de Natal, localizada na Rua Fabrício Pedrosa, 915, Areia Preta, Natal, no prazo de 72 horas, a contar os dias úteis, a partir da publicação do Diário Oficial do Município desta quarta-feira, no horário das 8h às 14h.

Os interessados devem ficar atentos ao Diário Oficial do Município, no site da prefeitura, porque em caso do não comparecimento, dentro do prazo de 72 horas dos dias úteis, imediatamente os próximos classificados da lista serão chamados.

Documentos e exames necessários

a) Diploma ou de declaração de conclusão do Curso para o cargo pretendido;
b) 02 (duas) fotografias 3 x 4 (iguais). Não serão aceitas fotografias reproduzidas por scanners ou qualquer meio eletrônico semelhante;
c) Carteira do respectivo Conselho;
d) Comprovante de regularidade junto ao Conselho Regional de sua categoria;
e) Carteira de identidade;
f) CPF;
g) Título de Eleitor com declaração de quitação eleitoral;
h) PIS; i) Carteira de Trabalho (CTPS);
j) Certificado Militar (para candidatos do sexo masculino);
k) Comprovante de Residência;
I) Termo de Ciência, Concordância com o Edital e Declarações Negativas (Anexo I) e Declaração de Vínculo Empregatício (Anexo II).

Levar os seguintes exames de saúde: hemograma completo, sumário de urina e VDRL, dosagens bioquímicas de glicose, triglicerídeos, colesterol total, HDL, LDL e RX de tórax, todos com validade de até 90 dias.

A critério da avaliação da junta médica do Município do Natal, poderá ser solicitado exames complementares e avaliação de especialistas da área.

Fonte: https://g1.globo.com

Cristiane enaltece atuação de instituições filantrópicas no apoio a pacientes com câncer

O trabalho de acolhimento e suporte aos pacientes com câncer que é realizado por diversas instituições filantrópicas no Rio Grande do Norte foi o destaque no pronunciamento da deputada Cristiane Dantas (PPL) durante a sessão plenária desta quarta-feira (24). A parlamentar enalteceu a atuação das entidades que vêm contribuindo para amenizar as dificuldades dessa parcela da população.

“Visitei a Associação Onco e Vida que faz um trabalho muito importante na assistência a pacientes com câncer, acolhendo, oferecendo apoio psicológico e suporte àqueles que não têm condições de comprar medicamento. Esse trabalho merece ser divulgado e quem está à frente é uma assistente social que faz um trabalho de louvor”, ressaltou Cristiane.

A deputada afirmou que outras entidades também fazem um trabalho essencial, como a Liga Contra o Câncer e a Casa da Irmã Gabriela, que necessitam de apoio pois atendem um grande número de pacientes.

Cristiane Dantas também reforçou a necessidade de apoio: “Muitas dessas associações vivem somente de voluntários e das arrecadações, mas têm um alto custo para se manter”, afirmou Cristiane Dantas, citando a logística de alimentação, transporte e outros no acompanhamento do tratamento.

 

Assessoria

Esquema de corrupção usou Brasil desde 2014 para enriquecer cúpula chavista da PDVSA

O conteúdo de dois tanques com uma capacidade total de 10 mil barris de petróleo vazou em El Tigre, Venezuela Foto: The New York Times

Estadão: Dirigentes chavistas usaram um esquema no Brasil para desviar mais de R$ 80 milhões para contas secretas na Suíça. Documentos obtidos pelo Estado mostram que o esquema envolvia a exportação de insumos e máquinas agrícolas superfaturados para a Venezuela. A diferença de valores foi parar no bolso de diretores de estatais venezuelanas e alimentou pelos menos quatro empresas offshore.

No centro do esquema está a PDVSA Agrícola, braço da gigante do setor de petróleo que expandiu sua atuação para outros setores da economia durante a presidência de Hugo Chávez. O dinheiro obtido com as vendas foi enviado para contas secretas em Genebra. Agora, procuradores de Porto Alegre e de Berna cooperam para rastrear e bloquear a quantia.

Investigadores suspeitam que a fraude seja apenas “a ponta de um iceberg”. Novas análises, ainda sigilosas, indicam mais dois esquemas de fraude que repetem o mesmo padrão.

O processo começou em 2014, quando a Receita Federal suspeitou de um súbito crescimento de uma empresa de Passo Fundo (RS). Entre 2010 e 2011, a receita da América Trading aumentou de R$ 13 milhões para R$ 251 milhões com exportações de produtos agrícolas para a Venezuela.

Enem 2018: 10 temas de redação que podem cair na prova, segundo professores

G1RN – Faltam poucos dias para o Enem 2018, que ocorre nos dias 4 e 11 de novembro, mas ainda dá tempo de revisar uma parte do que foi estudado ao longo do ano – inclusive os temas que poderão ser cobrados na redação.

Tão importante quanto ter domínio sobre o tema que poderá ser avaliado é saber qual o formato da redação. Maurício Soares Filho, professor de redação do Sistema Anglo de Ensino, diz que “a prova está completando 20 anos, é consolidada, tem mais de três milhões de inscritos e tem um formato previsível”.

Segundo Filho, o texto pretende avaliar se o aluno tem condições de compreender o que chamou de “texto híbrido ou não verbal”, ou seja, uma imagem, um texto, uma charge, um infográfico, uma tabela.

Além disso, a redação sempre precisa ter três elementos: a contextualização do tema, o apontamento de causas e consequências para o problema apresentado pela prova e a construção de uma proposta de intervenção, de solução.

G1 ouviu professores e coordenadores de cursinhos para montar uma lista com dez temas que poderão ser cobrados na redação do Enem 2018Veja abaixo:

1. Preconceito linguístico

O Brasil é um país extenso, formado por diferentes povos de diferentes origens – e que têm formas distintas de falar, se expressar. Por isso, Daniela Martins, coordenadora de Redação do Curso Poliedro de Campinas, aposta que este tema possa ser o escolhido para os alunos. Ela avalia que “o Brasil é um país miscigenado, extenso e diversificado. É um problema ético discriminar alguém em função de seu linguajar”.

2. Bullying nas escolas

Este é um tema que sempre está em discussão nas salas de aula. Crianças e adolescentes praticam e são vítimas de agressões, xingamentos, ofensas que se travestem de brincadeira. Daniela Martins diz que “são registrados casos de agressão entre alunos e contra professores. É importante abordar na redação as causas de quem pratica o bullying, e trazer exemplos concretos, como o caso do menino de Goiás que atirou nos colegas, um assunto de relevância nacional e cronologicamente próximo”, avalia Thiago Braga, professor e autor de Redação do Sistema de Ensino pH.

3. Envelhecimento populacional

As pessoas estão vivendo cada vez mais não só no Brasil, como em todo o mundo. Isso é consequência, entre outros fatores, do desenvolvimento da medicina e das famílias que optam por ter menos filhos. “A questão que se apresenta é: o país está preparado para essa inversão na pirâmide etária? O Estado preparou-se para atender a esse brasileiro?”, questiona Daniela Martins, coordenadora de Redação do Poliedro.

4. Analfabetismo no Brasil

Segundo o IBGE, em 2017, 11,4 milhões de brasileiros não sabiam ler nem escrever no Brasil. A coordenadora de Redação do Poliedro coloca a questão: “Se o acesso à educação é um direito constitucional, como explicar essa situação?”

“É importante o candidato perceber e comentar em sua redação que tais números reforçam os índices de desigualdade no Brasil, que ultrapassam a questão da leitura e atingem outras fragilidades sociais”, sugere Romulo Bolivar, professor de português e redação do ProEnem.

5. Legalização do aborto

O aborto vem sendo discutido há tempos por diversos setores da sociedade. Alguns especialistas acreditam que o aborto é uma questão de saúde pública. Neste ano, o Senado da Argentina chegou a votar a legalização do aborto, mas o Congresso do país decidiu que prática ainda deve ser considerada ilegal. Para Adriano Chan, professor de Redação da Oficina do Estudante, a prática “mata mulheres pobres sem condições de pagar pelo serviço em clínicas clandestinas”.

6. Fakes, mentiras e boatos

Nunca o Brasil falou tanto sobre as chamadas “Fake News”, ou melhor: relatos com informações falsas que circulam principalmente nas redes sociais. Thiago Braga, professor e autor de Redação do Sistema de Ensino pH, sugere que “o aluno pode falar sobre a irresponsabilidade de quem produz as fakes”.

Quais são as consequências causadas por quem espalha essas informações falsas? Romulo Bolivar, professor de português e de redação do ProEnem, diz que “uma boa possibilidade de abordagem do tema na redação é demonstrar como a baixa qualidade de leitura e interpretação aliada ao fácil acesso às fakes por meio da tecnologia figuram como alguns dos principais fatores que motivam esse fenômeno”.

7. Desmatamento da Amazônia

Entre agosto de 2017 e julho deste ano, o desmatamento cresceu 39% em relação ao período anterior segundo dados do Imazon, instituto que monitora a Amazônia. A área destruída chega a quase 4 mil quilômetros quadrados – 13 vezes o tamanho da cidade de Belo Horizonte. “Essa é uma discussão importante porque mostra que não há consciência ambiental no Brasil, tanto no governo quanto na população”, avalia Thiago Braga, professor e autor de Redação do Sistema de Ensino pH.

8. Lixo, consumismo e sustentabilidade

Esse é outro tema relacionado ao meio ambiente. Para onde vai o lixo que produzimos, o que acontece com os produtos, o que consumimos cada vez em maior quantidade? “Essa questão envolve responsabilidade política e conscientização das esferas públicas e sociais. Na verdade, o lixo produzido não é apenas responsabilidade do Estado, mas também do cidadão”, segundo o ponto de vista de Daniela Martins, coordenadora de Redação do Poliedro Campinas.

9. Mobilidade urbana no Brasil

Nas grandes cidades, ainda é muito forte a cultura do transporte individual. As ruas e avenidas estão cheias de carros que formam filas enormes de congestionamento. Por outro lado, a qualidade dos transportes coletivos é criticada por muitos usuários. Na opinião de Thiago Braga, professor e autor de Redação do Sistema de Ensino pH, pouco se investe em políticas de deslocamento no país. “As pessoas perdem tempo de vida dentro do transporte”, explicou.

10. Vício em games e sua classificação como doença pela OMS

É muito comum ver crianças e adolescentes que passam horas na frente do computador ou do videogame. Muitos pais e mães sentem que precisam ser rígidos para controlar os filhos para que estudem, pratiquem esportes, leiam, durmam. O vício em jogos eletrônicos passou a ser considerado uma doença pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Romulo Bolivar, professor de português e redação do ProEnem, acredita que essa questão pode ser cobrada na redação do Enem 2018 porque “o uso da tecnologia para jogar protagonizou matérias e noticiários em 2018”.

Detalhe da página de prova do Enem que detalhava o pedido para redação sobre formação educacional de surdos no Brasil. — Foto: Arquivo/G1

Detalhe da página de prova do Enem que detalhava o pedido para redação sobre formação educacional de surdos no Brasil. — Foto: Arquivo/G1

STF recebe denúncia contra deputado do RN acusado de desviar recursos públicos do Idema

Ricardo Motta deputado  — Foto: João Gilberto/ALRN
Ricardo Motta deputado — Foto: João Gilberto/ALRN

A 1ª Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) recebeu, nesta terça-feira (23), denúncia contra o deputado estadual pelo PSB do Rio Grande do Norte Ricardo Motta, que é acusado de desviar recursos públicos do Instituto de Desenvolvimento Sustentável do Rio Grande do Norte (IdemaRN), além de responder pelos crimes de peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

O inquérito foi remetido pelo Tribunal de Justiça do RN ao STF por falta de quórum para a análise do processo, já que a maioria dos desembargadores potiguares alegou suspeição para julgar o caso.

Em nota, a defesa do deputado disse que “o que ocorreu foi apenas a determinação do início de um processo, etapa natural do procedimento, onde terá oportunidade de exercer plenamente sua defesa e provar sua inocência”.

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/2018/10/24/stf-recebe-denuncia-contra-deputado-do-rn-acusado-de-desviar-recursos-publicos-do-idema.ghtml

Mega-Sena, concurso 2.090: ninguém acerta e prêmio acumula em R$ 20 milhões

A Caixa Econômica Federal realizou nesta terça-feira (23) o sorteio do concurso 2.090 da Mega-Sena, em Jequié, na Bahia.

As dezenas sorteadas foram: 08 – 11 – 18 – 37 – 40 – 51.

Ninguém acertou as seis dezenas, e o prêmio acumulado para o próximo sorteio está estimado em R$ 20 milhões. Próximo concurso será realizado na quinta-feira (25).

A Quina teve 43 apostas ganhadoras, e cada vencedor receberá R$ 32.027,59. Outras 2659 pessoas acertaram a Quadra, com prêmio de R$ 739,90 para cada uma.

Resultado de imagem para foto mega sena
Foto: da internet

“Domingo mudam o RN e o Brasil”, diz Carlos Eduardo em Ceará-Mirim e Extremoz

O candidato a governador pelo PDT, ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo, declarou que o domingo (28) será o marco inicial das mudanças no Rio Grande do Norte e no Brasil com sua vitória e a do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL). “PT não, vamos fazer nascer um novo Brasil que o nosso Estado vai referendar”.

Na noite de segunda-feira (22/10), Carlos Eduardo participou de carreatas em Ceará-Mirim, onde recebeu o apoio do prefeito Marconi Barreto e em Extremoz, com o ex-prefeito Klaus Rêgo. Participaram o prefeito de Natal Álvaro Dias, o deputado estadual Hermano Morais, o deputado estadual eleito Coronel Azevedo e líderes locais da campanha de Jair Bolsonaro.

Prefeita do MDB anuncia apoio do seu grupo em Serra de São Bento à Fátima

Mais adesões do MDB para a campanha da governadora Fátima Bezerra (PT), no Agreste Potiguar. A prefeita Wanessa Morais (MDB) preferiu apoiar a candidata que lidera todas as pesquisas neste 2 Turno no Rio Grande do Norte.

Com a prefeita do MDB, acompanham a decisão os ex-prefeitos Chico de Erasmo (MDB) e Ricardo Araújo (MDB). Também a vice-prefeita Solange (PSDB), o presidente da Câmara Municipal, João Paulino (PP) e vereadores vão engrossar o caldo da campanha de Fátima Bezerra no Agreste Potiguar.