Archive for novembro 5th, 2018

No RN, 22,4% dos inscritos faltam ao primeiro dia de provas do Enem 2018

Primeiro dia de provas do Enem 2018 teve 22,4% de abstenção no RN — Foto: Pedro Vitorino

O primeiro dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018 teve uma abstenção no Rio Grande do Norte de 22,4%, segundo dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). O percentual corresponde a 27.787 candidatos que não fizeram o teste no estado. O número é um pouco menor do que o índice nacional que foi de 24,9%.

Neste ano, 124.047 estudantes se inscreveram para fazer o Enem no RN. Deste total, 96.260 compareceram.

As inscrições potiguares foram menores que no ano passado, quando o estado registrou 159.486 cadastros. Apesar disso, apenas no primeiro dia de prova, em 2017, foram registradas mais de 44 mil ausências, o que reduziu o número de candidatos para cerca de 115 mil.

Provas

O exame é dividido em dois fins de semana consecutivos, ao invés de um fim de semana com as duas provas. Em 2018, as provas serão nos dias 4 e 11 de novembro.

Neste primeiro dia, domingo (4), o candidato teve de fazer a redação e responder 90 questões de linguagens e ciências humanas. A maioria dos estudantes ouvidos pelo G1 achou a redação fácil e atual.

O segundo dia, com a prova de exatas, será no domingo seguinte (11), e terá 30 minutos a mais de duração.

As notas obtidas no Enem serão depois usadas pelos candidatos em um sistema do governo federal, o Sisu, que é a principal forma de acesso para vagas na rede pública de ensino superior. As notas também são aceitas em 27 instituições de Portugal. Para o Ministério da Educação (MEC), é a segunda maior prova do tipo no mundo, só perdendo para o “gao kao”, prova de admissão ao ensino superior da China, com 9 milhões de candidatos.

PFR prende suspeitos de matar criança de 1 ano em Mossoró

Anthony Calleb Bezerra da Silva tinha 1 ano e meio — Foto: Arquivo da família

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu na tarde desta segunda-feira (5) dois suspeitos de matar um menino de 1 ano e meio em Mossoró neste domingo (4).

De acordo com a PRF, os homens viajavam em direção a Natal quando foram presos na cidade de Angicos, na região Central potiguar. Eles estavam com a arma que possivelmente foi a usada no crime, munições e cocaína.

Os suspeitos foram conduzidos para a Delegacia Especializada de Homicídios de Mossoró (Dehom).

Fonte: https://g1.globo.com/

Campanha da Assembleia sobre autismo leva pai a entender o problema do filho

O motorista Rozinélio Matias vem há muitos anos sentindo-se angustiado pelo comportamento do filho de seis anos. A criança manifesta repentinos padrões de inquietação ou vai para o extremo oposto, a de cair em profunda introspecção com comportamentos repetitivos.

O comportamento saiu dos contornos familiares e atingiu a escola. Nos primeiros dias de aula do filho, Rozinélio foi chamado pela diretoria da escola, que lhe reportou uma série de comportamentos disfuncionais do filho. O motorista tinha certeza de que algo estava errado, só não sabia o que e nem como procurar ajuda, até ver a campanha do autismo. Levado pela peça publicitária que chama atenção dos sinais do transtorno, o pai procurou a Assembleia Legislativa e durante o seu relato, recebeu ajuda do poder legislativo e nesta segunda-feira (5) iniciou o tratamento do seu filho, Augusto.

“Há algumas semanas, um neurologista disse que meu filho tem vários sintomas que caracterizam certo grau de autismo. Eu nunca tinha ouvido falar nisso e ainda estava sem saber como agir. E então veio essa campanha e mudou tudo”, explicou ele.

A campanha a que se refere é a nova ação institucional da Assembleia Legislativa e que foi lançada na semana passada. A campanha chama a atenção para a necessidade de intervenção precoce, pois quanto mais cedo o autismo for tratado, maiores as chances de uma melhor qualidade de vida.

Rozinélio soube da campanha através de uma reportagem que viu na televisão e o vídeo institucional. Ele conta que enxergou ali a oportunidade que lhe faltava. Mas as dificuldades estavam só começando.

“Eu estou desempregado e não tinha como vir aqui. Então pedi dinheiro emprestado. Agora espero conseguir respostas e uma forma de saber como tratar meu filho”, revelou.

Sua cruzada por ajuda o levou à sede da Assembleia Legislativa, onde ele foi recebido por Helga Torquato, psicóloga da Casa e que tem participado das ações técnicas da campanha. O filho do senhor Rozinélio Matias será atendido pela fonoaudióloga da Casa e após diagnóstico será encaminhado ao atendimento especialista.

“Eu fiquei muito contente em saber que posso fazer mais por meu filho. Vir aqui entender exatamente o que é que ele tem e poder até traçar uma forma de ajudá-lo. Nem tenho palavras para descrever minha gratidão”, disse com a voz embargada o motorista desempregado.

Assessoria

O Antagonista acusou grande imprensa por não divulgar escândalo que envolve o presidente do STF Dias Toffoli

Resultado de imagem para Dias Toffoli
Ministro Dias Toffoli / Crédito: Nelson Jr./SCO/STF

A revista Crusoé, segundo o Antagonista,  faz uma declaração de que a mulher do presidente do STF, Dias Toffoli, repassa para ele por mês o valor de cem mil reais, depositando em um bando sem ter chamado muito a atenção. O valor repassado ao ministro do STF já chega a um total de  4,5 milhões de reais.

Vejam a matéria:

Se Antagonista estiver certo das acusações o povo brasileiro precisa ficar de olho nas decisões do presidente do STF.

Continua: “O montante total desses repasses, no mínimo atípicos, já atingiu R$ 4,5 milhões. Além disso, a conta do magistrado é movimentada por um ex-bancário de confiança. No meio jornalístico chamamos isso de “pauta-bomba”. Invariavelmente, quando uma pauta dessas explode, toda a imprensa repercute. Foi assim quando estourou o escândalo do Mensalão, em 2005. ”

 

Fonte:  O Antagonista

 

 

Conexão Enem: João Maria de Lima acerta pela 5ª vez o tema da redação do Exame

O professor do Conexão Enem, João Maria de Lima, acertou mais uma vez o tema da redação do Exame Nacional do Ensino Médio que abordou na prova deste domingo (4) “Manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet”. De acordo com o professor de Redação e coordenador do projeto desenvolvido pela Assembleia Legislativa, essa é a 5ª vez nos últimos seis anos que o tema da redação é debatido durante os aulões transmitido pela TV Assembleia. “A colaboração que o Poder Legislativo dá para os alunos que vão fazer a prova do Enem é uma expressão desse compromisso”, disse o presidente da Assembleia, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB).

O esforço por educação é uma das metas que foi traçada pela Assembleia Legislativa dentro de seu planejamento estratégico.“O tema foi trabalhado exaustivamente no último aulão especial de redação, realizado na quinta-feira. Numa época que vivemos em que pessoas estão mais vulneráveis nas redes sociais, o assunto pertinente e de extrema relevância foi debatido por aproximadamente 30 minutos”, disse João Maria.

O professor destacou ainda a importância do projeto social. “A nossa felicidade em acertar o tema da redação só não é maior que a satisfação e alegria de ajudar muita gente, pois o Conexão Enem tem o papel de levar oportunidade aos alunos da rede pública de ensino e jovens do interior que não têm acesso ao conteúdo”.
O próximo aulão do Conexão Enem será no dia 8, das 19h às 21h, e terá conteúdo voltado para Ciências da Natureza e suas Tecnologias / Matemática e suas Tecnologias.

Enem

Hoje (4) é o primeiro dia de prova do Enem. Os estudantes fizeram provas de linguagem, ciências humanas e redação em mais de 1,7 mil municípios. O exame segue no dia 11 de novembro, quando serão aplicadas as provas de ciências da natureza e matemática.

A nota do exame poderá ser usada para concorrer a vagas no ensino superior público pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), a bolsas em instituições privadas, pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e para participar do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).