Archive for novembro 1st, 2019

Escola da Assembleia realiza curso nos municípios do Alto Oeste Potiguar

Localizados no Alto Oeste Potiguar, os municípios de Olho D´água dos Borges, Pau dos Ferros e Felipe Guerra terão nos próximos dias 5, 6 e 7 de novembro, respectivamente, a oferta do curso de ‘Relacionamento Interpessoal e inteligência Emocional’, ministrado pelo professor Flávio Emilio.

O curso é oferecido pela Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, por meio da Escola da Assembleia e faz parte do projeto ‘Conexão Parlamento’, em parceria com a Federação das Câmaras Municipais do Estado do Rio Grande do Norte – FECAM.

As aulas acontecem nas Câmaras Municipais de cada município e terão duração de 8h. As inscrições podem ser feitas via e-mail: fecam.rn.adm@hotmail.com ou pelo telefone: (84) 3211-0845.

Para mais informações acesse o site: http://www.fecamrn.com.br/inscricao/

Assessoria

Mulher é executada a tiros na Zona Oeste de Natal

Assassinato aconteceu na madrugada desta sexta-feira (1º) na comunidade Novo Horizonte, em Natal. — Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi

Uma mulher de 22 anos foi executada a tiros na madrugada desta sexta-feira (1º), enquanto voltava para casa com sua companheira, na comunidade Novo Horizonte, conhecida também como Japão, na Zona Oeste de Natal. Segundo o Instituto Técnico-Científico de Perícia, 22 perfurações de bala foram encontradas no corpo da vítima.

A vítima foi identificada como Josivania Silva de Santana, de 22 anos, que vivia da venda de milho em feiras, segundo sua companheira. Ainda de acordo com ela, o crime aconteceu por volta de 1h perto de uma galeria de águas pluviais, onde o corpo ficou até a chegada da perícia. Apesar de o caso acontecer no início da madrugada, a polícia só foi ao local no início da manhã.

De acordo com a companheira da vítima, as duas tinham saído para comprar bebidas e voltavam para casa quando quatro pessoas mascarada chegaram em um carro e, sem falar nada, começaram a atirar com pistolas. Ela correu.

Josivania foi atingida por vários tiros e morreu no local. Os peritos do Itep contaram 22 perfurações no corpo dela.

O caso ainda será investigado. Segundo a polícia, a vítima era usuária de drogas.

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/

Investigadores estimam que 2,5 mil toneladas de petróleo cru foram derramadas no mar; PF ainda não sabe se houve vazamento ou despejo

Trabalho de limpeza na praia dos Carneiros, em Pernambuco — Foto: BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM/ESTADÃO CONTEÚDO

Os investigadores estimam que 2,5 mil toneladas de óleo foram derramados no oceano pelo navio Bouboulina, de bandeira grega, suspeito do crime ambiental que atingiu praias dos nove estados do Nordeste. A Polícia Federal ainda não sabe, entretanto, se o houve um acidente ou vazamento do navio. Uma operação foi inciada pela PF na manhã desta sexta-feira (1º) para cumprir mandados na sede da empresa Lachmann Agência Marítima, responsável pelo navio.

“Nós temos a prova da materialidade e indícios suficientes de autoria. O que nos falta são as circunstâncias desse crime, se é doloso, se é culposo, se foi um descarte ou vazamento”, afirmou o delegado da Polícia Federal no Rio Grande do Norte, Agostinho Cascardo.

De acordo com a procuradora-chefe da Procuradoria da República no Rio Grande do Norte, Cibele Benevides, ainda não é possível dizer se novas manchas chegarão à costa potiguar. “Esse óleo que chegou na costa brasileira não representa todo o óleo que foi derramado. Uma parte do óleo pode ser evaporada, em torno de 40%; uma parte pode ficar decantada e vir devagar para a costa brasileira. Então, a gente ainda não tem como afirmar que parou, que cessou, ou quando vai cessar. (…) Estima-se que a mancha original foi de 2,5 mil toneladas de petróleo cru”, afirmou.

O navio carregou 1 milhão de barris de petróleo na Venezuela, segundo informações da empresa de geointeligência Kpler, ao G1.

Segundo os investigadores, a embarcação é legal e o cumprimento dos mandados visa levantar documentações e informações sobre os dados da carga, tripulação, e o que aconteceu. O navio ainda está em alto mar.

“O navio está sendo monitorado e se dirigindo provavelmente pra Costa da África. Assim que ele aportar a gente tenta conseguir mais informações.No momento o foco são as empresas de representação do navio aqui (no Brasil). As empresas não são suspeitas, elas são simplesmente alvo na busca de documentos que possam ajudar a identificar o que aconteceu, mas elas em si não são investigadas”, reforçou a procuradora.

Segundo a PF, a embarcação deixou a Venezuela no dia 18 de julho e a primeira aparição da mancha ocorreu dia 29, às 11h55 da manhã. “A partir daí a mancha começa a se espalhar e se dirigir a Oeste”, pontuou o delegado.

Para os investigadores, apenas um navio mercante, carregado de petróleo, poderia ter deixado essa mancha, ressaltou o delegado. Cascardo ressaltou que o navio já havia ficado preso nos Estados Unidos, em abril, por causa de problemas no filtro de descarte da embarcação.

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/

Assembleia fará homenagem pelos 100 anos do Seminário São Pedro no RN

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte realizará nesta segunda-feira (04) uma sessão solene pelos 100 anos do Seminário de São Pedro no Estado. O evento será a partir das 9 horas e foi proposto pelos deputados Cristiane Dantas (SDD) e o presidente da casa, deputado estadual Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB). Na oportunidade, serão homenageados nomes de destaque na Igreja potiguar ou que fizeram parte da história da instituição.

“Será um momento para reconhecermos o trabalho realizado pelo Seminário nestes 100 anos de história, atuando na formação de grandes nomes da sociedade e da Igreja em nosso Estado e contribuindo com o Rio Grande do Norte”, disse Ezequiel Ferreira.

A criação do Seminário São Pedro se deu oficialmente em 15 de fevereiro de 1919 com o 2º bispo de Natal, Dom Antônio dos Santos Cabral. Sua primeira turma contava com 12 alunos no Colégio Santo Antônio, ao lado da Igreja.

Confira abaixo os nomes que serão homenageados pela Assembleia na solenidade.

LISTA DE HOMENAGEADOS – SESSÃO SOLENE ALUSIVA AOS 100 ANOS DO SEMINÁRIO

1. Dom Jaime Vieira Rocha (ex-aluno e ex-reitor do Seminário, foi Bispo de Caicó, Bispo de Capina Grande e é atual Arcebispo Metropolitano de Natal)
2. Dom Heitor de Araújo Sales (ex-aluno, foi Bispo de Caicó e é Arcebispo Emérito de Natal)
3. Dom Matias Patrício de Macedo (ex-aluno, foi Bispo de Cajazeiras, Bispo de Capina Grande e é Arcebispo Emérito de Natal)
4. Dom Francisco Canindé Palhano (ex-aluno, ex-reitor do Seminário, foi Bispo de Bonfim-BA, é atual Bispo de Petrolina – PE)
5. Dom Edilson Soares Nobre (ex-aluno, atual Bispo de Oeiras – PI)
6. Dom Antônio Carlos Cruz Santos – (Bispo Diocesano de Caicó – membro da Província
Eclesiástica de Natal)
7. Dom Mariano Manzana – (Bispo Diocesano de Mossoró – membro da Província Eclesiástica de Natal)
8. Pe. José Valquimar Nogueira do Nascimento (Reitor no período de 1998-2005 e atual Reitor)
9. Mons. Lucilo Alves Machado (ex-aluno e ex-reitor mais antigo, sacerdote mais experiente em idade. Na sua pessoa, homenageamos também Mons. Alfredo Pegado
(Primeiro reitor do Seminário no período de 1919 – 1924)
10. Pe. Robson Paulo de Oliveira (ex-aluno padre mais jovem)
11. Pe. Elielson Cassimiro de Almeida (ex- reitor no ano de 2011)
12. Maria Dulce Vilar (Grupo de Amigas do Seminário)
13. Iracema Lopes Mattos (Atual coordenadora do Grupo de Amigas do Seminário)
14. Daliana Maria Souza Peres (Coordenadora do Grupo das Madrinhas do Seminário)
15. Aluísio Alberto Dantas (Ecônomo do Seminário – homenagem pessoal e representando professores e funcionários da Instituição)
16. Manoel de Medeiros Brito (homenagem pessoal como ex-aluno e representando todos os ex-alunos leigos)
HOMENAGENS PÓSTUMAS
17. Dom Marcolino Esmeraldo de Souza Dantas (póstuma – construiu o prédio do Seminário da Campos Sales na década de 30)
18. Dom Eugenio de Araújo Sales (ex-aluno, Bispo-Auxiliar de Natal, Arcebispo de Salvador e do Rio de Janeiro, e Cardeal da Santa Igreja)
19. Dom Nivaldo Monte (ex-aluno Arcebispo de Natal)
20. Dom Alair Vilar Fernandes de Melo (ex-aluno e Arcebispo Emérito de Natal)
21. Dom Antônio Soares Costa (ex-aluno e Bispo-Auxiliar de Natal e Bispo diocesano de Caruaru)

Assessoria

Bandeira vermelha entra em vigor e contas de luz ficam mais caras a partir desta sexta

A partir desta sexta (1º), entra em vigor a bandeira tarifária vermelha patamar um. E com ela, um custo extra nas contas de luz dos brasileiros.

O período historicamente chuvoso voltou, mas a mudança na tarifa de energia está ligada a previsão de chuvas abaixo da média e a seca dos meses anteriores.

“A gente precisa de três meses de chuva boa pra gente conseguir uma redução de preço da energia elétrica”, diz Giordano Matos, gerente de tarifas da Cemig.

Em novembro, a tarifa entra na bandeira vermelha patamar um. A seca reduziu os níveis dos reservatórios das usinas hidrelétricas.

Fonte: https://blogdofelipesilva.com/2019

Saiba o que o chá de folha de louro pode fazer por sua saúde

Foto/Reprodução

A folha de louro é uma presença habitual nos pratos brasileiros. Dos mais simples, aos mais complexos, o louro ajuda a dar mais sabor de alimentos, sobretudo ao feijão e carnes. 

Símbolo de nobreza e de imortalidade, esta erva aromática tem propriedades terapêuticas há muito tempo reconhecidas.

A folha de louro contém propriedades diuréticas, anti-inflamatórias, antirreumáticas, digestivas, hepáticas, expectorantes e estimulantes. O ingrediente também possui minerais como o potássio e o magnésio e vitaminas como vitamina B6, vitamina B9 (ácido fólico/folato) e vitamina C.

O seu maior benefício é o seu poder relaxante. As folhas de louro podem amenizar o stress e a ansiedade, por exemplo.

A infusão de folha de louro pode beneficiar o sistema gastrointestinal porque promove a liberação da urina, o que contribui com o processo de liberação de toxinas do organismo. Os compostos orgânicos dentro das folhas de louro também carregam enzimas que podem colaborar no combate à perturbação estomacal e aliviar a síndrome do intestino irritável, diminuindo o inchaço e os gases.

Noticias ao Minuto


Honra, dor e revolta no enterro de PM morto por colegas de farda do RN

Do OP9 – O corpo do policial militar Edmo Tavares foi enterrado no fim da manhã desta quinta-feira (31) no Cemitério Campo Santo Parque da Paz, em Campina Grande, no Agreste da Paraíba. O cabo foi assassinado  na terça-feira (29) à tarde por policiais do Rio Grande do Norte na cidade de Tacima, no Curimataú paraibano. O crime está sendo investigado e os policiais potiguares envolvidos já foram afastados das ruas.

“É um momento de muita comoção, mas também não podemos deixar de falar das investigações. Ela está sendo feita de forma rígida e rigorosa para apurar a responsabilização daquelas pessoas que estavam na Paraíba e tiraram a vida de um ser humano. Saber que colegas de outro estado estabeleceram um fato dessa natureza é triste. Acreditamos que tudo será investigado e a justiça será feita”, comentou o comandante da Polícia Militar da Paraíba, Euller Chaves

Fonte: http://www.novacruzoficialrn.com.br/noticias/

ALRN homenageou Polícia Civil e deputado garante apoio a melhorias no orçamento

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte foi homenageada na Assembleia Legislativa, na tarde desta quinta-feira (31). Por proposição do deputado Coronel Azevedo (PSC), o Legislativo realizou sessão solene em alusão aos 38 anos de fundação da corporação. Para o parlamentar, a Polícia Civil é uma instituição de grande importância para o Rio Grande do Norte e merece ter melhores condições para prestar os serviços à população.

Criada em 21 de outubro de 1981, a partir da Lei nº 5.074/1981, a Polícia Civil, de acordo com Coronel Azevedo, realiza um papel de extrema importância para todo o estado, mas precisa de maior atenção por parte do Executivo para que os profissionais tenham condições de desempenhar suas atividades de forma ainda mais eficiente.

“Vocês, delegados, agentes, escrivães. Vocês, operadores da Segurança Pública e servidores públicos de uma área tão importante em nossa sociedade. Homens e mulheres com a missão de apurar, investigar, e elucidar os mais variados crimes praticados em nosso estado. Instituição da qual eu me orgulho de ter atuado em operação e também onde tenho amigos a quem tenho grande respeito. Uma missão honrosa, mas árdua, difícil em muitos momentos e que, nos últimos anos, tem ficado ainda mais tendo em vista os problemas enfrentados pela instituição, como déficit de pessoal e defasagem de material”, disse o deputado.

Na solenidade, Coronel Azevedo também garantiu que vai tentar contribuir para que a Polícia Civil tenha um orçamento mais amplo para o próximo ano, assim como também se comprometeu a cobrar a aplicação dos recursos. “Gostaria também de contar com a presença dos policiais aqui durante a discussão sobre o orçamento, que é uma forma de conseguirmos atender ainda melhor as demandas da categoria, principalmente na questão dos recursos”, explicou o deputado.

Em nome da Polícia Civil, a delegada geral Ana Cláudia Saraiva agradeceu ao deputado pela homenagem, que também concedeu placas a policiais que tiveram relevantes serviços prestados à população. Para a delegada, a união da classe política e das instituições em torno das melhorias no Rio Grande do Norte serão fundamentais para o desenvolvimento potiguar.

“Agradecemos e muito por, pela primeira vez, ouvirmos o hino da Polícia Civil nesta casa. Obrigada pelo registro e pela oportunidade de prestigiar a nossa instituição. É muito bom ouvir, ver e receber o reconhecimento da população potiguar nas pessoas de seus representantes. O importante é que todos estejamos irmanados, porque todos vivemos no Rio Grande do Norte. As divergências são naturais, mas temos que buscar sempre o melhor para o nosso estado”, disse a delegada.

Assessoria

Prefeitura quer que Governo do RN decida sobre tombamento do Hotel Reis Magos em até 72 horas

Hotel Reis Magos em Natal completou 24 anos de abandono em 2019 — Foto: Leonardo Erys/G1

A Prefeitura de Natal entrou com uma ação civil pública e pediu que a Justiça do Rio Grande do Norte determine um prazo de 72 horas para o Governo do Estado decidir se vai, ou não, tombar o antigo Hotel Reis Magos, na Praia do Meio, Zona Leste da capital. Segundo o município, o prédio em ruínas corre risco de desabamento e tem condições sanitária precária, que colocariam a saúde da população em risco.

De acordo com a procuradoria da capital, a medida foi tomada após esgotar as iniciativas de responsabilidade municipal. Como argumentos, ainda alegou que todos os prazos para a emissão do parecer do Poder Executivo Estadual foram esgotados, mas o processo não foi concluído.


A decisão foi informada na manhã desta quinta-feira (31) na sede da Procuradoria Geral do Município, pelo procurador-geral, Carlos Castim, acompanhado dos secretários de Obras Públicas e de Saúde, Tomaz Neto e George Antunes.

De acordo com o procurador-geral, o processo de tombamento foi pedido por uma entidade que defendeu o valor histórico, arquitetônico e cultural do antigo hotel, porém a tramitação já dura seis anos.

O projeto passou na esfera municipal, mas o pedido foi indeferido pelo conselho municipal de Cultura – entendimento que também foi seguido pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). Depois, o Conselho Estadual de Cultura foi outro órgão a se manifestar de forma contrária ao tombamento do prédio, mas o caso ainda precisa ser finalizado pela Secretaria Estadual de Educação e Cultura, que deve emitir o seu parecer.

Ainda segundo Castim, por causa da demora na tomada de decisão, a gestão municipal decidiu buscar as vias jurídicas para encerrar o processo.

“Pedimos em nossa ação que a Justiça determine que em um prazo de 72 horas o Estado decida se vai tombar ou não o equipamento e caso siga o caminho da preservação do prédio que arque com os custos para recuperar o espaço e dar segurança a sociedade”, afirmou.

Prefeitura de Natal afirma que relatório aponta risco de desabamento do Hotel Reis Magos — Foto: Rafael Lopes/Inter TV Cabugi
Prefeitura de Natal afirma que relatório aponta risco de desabamento do Hotel Reis Magos — Foto: Rafael Lopes/Inter TV Cabugi

Secretário de Obras do município, Tomaz Neto apontou que o laudo contratado pela empresa Pernambuco S/A, proprietária do hotel, mostra uma a “situação calamitosa” na estrutura do prédio. Segundo ele, a fundação está comprometida, há ferragem aparente e desgastada, vigas rompidas e uma parte da marquise do prédio já desabou. O titular da pasta informou que vai pedir para os donos cercarem com tapumes o que restou do hotel para oferecer uma “mínima proteção” a quem passa pelo local.

“O risco de desabamento é real. Para se ter uma ideia, o custo para recuperar a estrutura e toda a parte de instalações, alvenaria, revestimentos e outros serviços é de R$ 40 milhões, ao passo que a demolição total do prédio e a remoção dos resíduos tem um valor de R$ 1 milhão. É inviável do ponto de vista financeiro executar uma reforma. A Prefeitura está alertando e buscando tomar as providências necessárias para evitar uma tragédia de grandes proporções, mas está de mãos atadas na espera desse parecer do Governo Estadual. Isso precisa acontecer o mais rápido possível, pois estamos falando de vidas”, considerou.

Ainda segundo o município, o terreno do antigo Hotel Reis Magos reúne as condições propícias para a proliferação de insetos – inclusive do Aedes Aegypti, que transmite dengue, zica e chikungunya – além de ratos, cobras e outros organismos que causam risco a saúde pública.

Apesar disso, o secretário de Saúde, George Antunes, informou que nenhuma equipe da SMS está autorizada a inspecionar o local em virtude do risco de desabamento.

“Não há como se fazer um trabalho de prevenção na área, pois não colocarei a minha equipe em risco. A realidade é que a situação existente fere de morte o código sanitário da cidade de Natal e infelizmente não podemos fazer muita coisa em virtude desse cenário perigoso”, disse.

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte


Segurança Pública será tema de audiência pública em São Gonçalo do Amarante

A Segurança Pública será tema de discussão na manhã da sexta-feira (1), às 9h, na Câmara Municipal de São Gonçalo do Amarante. A audiência pública, proposta pelo deputado Francisco do PT, tem como foco buscar soluções para a situação no município, que apresenta altos índices de violência e é uma das mais importantes do Estado.

Situado na Região Metropolitana de Natal, São Gonçalo do Amarante é o quarto maior município do Rio Grande do Norte e tem grande importância para a economia do RN. Contudo, nas últimas duas décadas, a cidade observa o crescimento populacional e econômico serem acompanhados pela elevação nos índices de insegurança, inclusive de violência.

“É para debater e encontrar soluções para esse gravíssimo problema que requeremos a audiência pública, na expectativa que contribua para amenizar a qualidade de vida de milhares de norte-riograndenses que vivem nesse município”, explica Francisco do PT.

Em agosto deste ano, o Atlas da Violência publicou levantamento referente a 2017, onde São Gonçalo do Amarante foi apontada como a terceira cidade mais violenta do Brasil proporcionalmente, ficando atrás somente de Maracanaú, no Ceará, e Altamira, no Pará. A cidade potiguar apresentou taxa de 132,2 homicídios para cada grupo de 100 mil habitantes. Na opinião de Francisco do PT, para solucionar a situação é preciso um esforço conjunto do poder público, sociedade civil e demais setores da população.

Para o encontro foram convidadas autoridades das áreas de segurança pública do Rio Grande do Norte e do município, além de deputados estaduais e parlamentares do município, que irão discutir alternativas e necessidades para a melhoria no quadro.

Assessoria

Onze anos depois, Brasil recebe bronze do 4x100m masculino da Olimpíada de Pequim 2008

Foto: Reprodução/Twitter

Foram onze anos de uma espera que chegou ao fim nesta quinta-feira. O Brasil recebeu a medalha de bronze do revezamento 4x100m rasos masculino da Olimpíada de Pequim 2008, herdada após o doping do jamaicano Nesta Carter. Em cerimônia na sede do Comitê Olímpico Internacional, na cidade suíça de Lausanne, José Carlos “Codó” Moreira, Sandro Viana e Bruno Lins entraram para o seleto grupo de brasileiros medalhistas olímpicos, e Vicente Lenílson colocou no peito sua segunda medalha – ele foi prata também no 4x100m de Sydney 2000.

– Pra vocês entenderem a dor de tanto tempo sem essa medalha, é como se a gente tivesse um filho e só o conhecesse 11 anos depois. Foi muito difícil e ainda está sendo passar por tudo isso – disse Sandro Viana.

– Passou o vídeo da final. Eu ainda garotão, magrinho. É surreal, magnífico. Foi muito engraçado, porque naquela hora não veio na cabeça apenas o momento do pódio, veio tudo o que fiz para estar ali. Foram quatro anos de muita ralação, muita dedicação, muito empenho, ausência da família, viagem, estresse com colega de trabalho. Foram onze anos de espera. Eu tive um prejuízo financeiro grande. A gente tinha um clube grande, que tinha uma premiação alta. Isso não volta mais. O mais importante é que o erro foi corrigido e voltamos para casa com nossa medalha – completou Vicente Lenílson.

José Carlos “Codó” Moreira, Sandro Viana, Bruno Lins e Vicente Lenílson recebem bronze do revezamento 4x100m de Pequim 2008 — Foto: Marcelo Courrege
José Carlos “Codó” Moreira, Sandro Viana, Bruno Lins e Vicente Lenílson recebem bronze do revezamento 4x100m de Pequim 2008 — Foto: Marcelo Courrege

Campeã na China, a Jamaica perdeu o ouro em 2017 após reanálise do exame antidoping de Nesta Carter apontar o uso de substância proibida metilhexaneamina, um estimulante encontrado em alguns suplementos alimentares e descongestionantes nasais – o time caribenho também contava com Usain Bolt, Michael Fraser e Asafa Powell. Carter chegou a entrar com um recurso no Tribunal Arbitral do Esporte (TAS), mas teve negado o seu pedido de desconsideração da punição. Com a reclassificação, o ouro ficou Trinidad e Tobago e a prata com o Japão. Quarto colocado em 2008, o Brasil subiu para o pódio.

– Tem uma foto que eu estava olhando para o telão e senti que havia alguma coisa errada. Não consegui acreditar. Hoje se concretizou esse erro. O Nestar cometeu um erro muito grande, machucou nosso trabalho, por ambição acabou não se lembrando do espírito olímpico – disse Vicente Lenílson.

– Prefiro olhar para o agora. Do que ficou para trás, prefiro ver o que aprendi. Se eu não fui medalhista naquele momento, cresci como homem. Foram anos que eu pude crescer mentalmente e também fisicamente. Prefiro pensar que hoje sou medalhista e faço parte da história do atletismo e dos Jogos Olímpicos, em especial de Pequim 2008 – completou Bruno Lins.

O bronze do revezamento 4x100m rasos masculino é a 17ª medalha olímpica da história do atletismo brasileiro, ficando atrás apenas do Judô (22 medalhas) e da vela (18). É também a 129ª do país nos Jogos. Agora o Brasil conta com 372 atletas medalhistas olímpicos em quase cem anos de participação em Olimpíadas.

Fonte: https://globoesporte.globo.com/