Archive for maio 17th, 2020

Deputado Getúlio Rego diz que áudio que circulou nas redes sociais não dele

Getúlio Rego diz que Rosalba não disputaria reeleição no atual ...
Foto da Intternet

NOTA DE ESCLARECIMENTO
Deputado estadual Getúlio Rêgo

Bom dia, amigos!

Está circulando um áudio atribuído a mim, na rede social WhatsApp, sobre um possível tratamento do novo coronavírus.

É FAKE! A voz não é a minha e eu jamais prescreveria, de forma irresponsável e genérica, um tratamento específico para um vírus nebuloso, que não sabemos muito bem como se comporta.

O grande desafio dos cientistas do mundo é encontrar a cura para o coronavírus, mas não existe receita pronta ou resposta rápida.

Até o momento, não há vacinas ou medicamentos específicos para a COVID-19. Os tratamentos estão sendo investigados e serão testados por meio de estudos clínicos.

O isolamento social é a medida mais eficaz para conter o avanço do coronavírus, sobretudo neste momento em que as projeções matemáticas nos transparecem uma curva ascendente da doença.

Sejamos conscientes e responsáveis!

Grande abraço,

Getúlio Rêgo.

Covid-19: Colocar pacientes nos respiradores pode matar invés de salvar

Os hospitais da Espanha ficaram esperando por respiradores confiscados temporariamente pelas autoridades turcas — Foto: Getty Images via BBC
Os hospitais da Espanha ficaram esperando por respiradores confiscados temporariamente pelas autoridades turcas — Foto: Getty Images via BBC

A insegurança a cerca do tratamento da doença causada pelo coronavírus tem se torando um verdadeiro transtornos, e tem trazido muito pânico para a população brasileira.

O problema é que a princípio a busca pelos respiradores se tornou uma maratona em todo o mundo. Todos os países tentavam comprar o produto no mercado internacional. No Brasil, empresas montadoras passaram a produzir respiradores em quantidades.

O problema é que a dispneia que ataca o paciente com o Covid pode não ser causada por pneumonia. Em alguns pacientes o que acontece é um ataque ao vasos do sistema circulatório que como uma especie de trombos em todo pulmão pode ser a causa da falta de ar. Assim também como pode está acontecendo com pessoas que tem os rins atacados.

Segundo Dr. Anthony Wong, paciente com esses trobos no pulmão tem dificuldade na troca de oxigênios, os quais colocados em respiradores serão sufocados e levado a óbito. Isso foi advertido pela Itália. 80% dos pacientes em Nova Iorque e Reino Unidos que foram intubados morreram.

Então os médicos precisam administrar os remédios como a azitromicina e a hidroxicloroquina, que estão no protocolo para evitar que pessoas com o Covid tenham que ir para os respiradores.

A ciência falhou. Agora os grandes médicos terão que usar o que sabem e o que está a seu alcance para salvar vidas.

Covid-19: Homem de 29 anos morre em Natal: ‘Ele não acreditava na doença’, diz mãe

Rafael Michelson de Souza Gonçalves morreu na noite de sexta (15) com coronavírus — Foto: Arquivo da família
Rafael Michelson de Souza Gonçalves morreu na noite de sexta (15) com coronavírus — Foto: Arquivo da família

O motorista de aplicativo Rafael Michelson de Souza Gonçalves, de 29 anos, morreu com Covid-19 em Natal. Obeso, diabético e hipertenso, ele foi internado na última quarta-feira (13) e morreu na noite de sexta (15). Familiares de Rafael contaram que ele não acreditava na doença.

Na tarde deste sábado (16), amigos foram até a casa da mãe de Rafael prestar uma homenagem. Eles levaram fotos do amigo e fizeram uma oração. “Que Deus abençoe vocês e livre vocês dessa doença maldita que tirou o meu filho de mim. Eu aconselhava muito o meu filho sobre essa doença, mas ele não acreditava. Se cuidem, se previnam, para que a mãe vocês não venha a passar pelo que eu tô passando hoje”, disse Maria do Socorro de Souza Gonçalves, mãe de Rafael.

De acordo com dados da Secretaria Estadual de Saúde Pública, o Rio Grande do Norte registrava neste sábado (16) 3.004 casos confirmados e 136 mortes por Covid-19.

Segundo a família, Rafael sentiu os primeiros sintomas no dia 8 de maio. Ele procurou a UPA do Pajuçara, foi atendido e liberado. Ele disse para a família que estava com dengue. “Ele chegou a me dizer que estava com dengue, mas eu creio que ele já sabia o que era, mas não quis me dizer”, contou a mãe.

A prima de Rafael, Alice de Souza Honorato, conta que depois dessa primeira consulta ele continuou a vida normalmente, sem se isolar. Na quarta-feira (13) ele tomou café da manhã na casa dos tios, que são do grupo de risco, e seguiu para a UPA porque estava tossindo muito. “A partir daí ele não voltou mais pra casa. Foi transferido pro Hospital Municipal de Natal e morreu depois de uma parada cardíaca”, disse Alice.

Ainda de acordo com informações da família, Rafael ofereceu resistência pra ser entubado no hospital. “Eu conversava com ele por chamada de vídeo, ele não queria deixar os médicos entubarem ele”, contou Alice. “Ele não acreditava nessa doença. Antes dele ser internado nunca usou máscara, álcool em gel, nada disso”, disse a prima.

Rafael deixou uma filha de 8 anos. A declaração de óbito confirma a causa da morte como Covid-19.

G1RN

Exportações do RN caem 14% no primeiro quadrimestre de 2020; abril é o pior mês desde 2009

Formas de Exportação: Direta e Indireta – Efficienza – Comércio ...
Foto da Internet

Nos primeiros quatro meses de 2020, o Rio Grande do Norte registrou uma queda de 14,3% no valor das suas exportações, em relação ao mesmo período de 2019. Abril, já durante a crise do novo coronavírus, teve o pior valor de toda a série histórica iniciada em janeiro de 2009, com vendas de US$ 9 milhões para fora do país – valor quase 50% abaixo do registrado no ano anterior.

Os dados são do sistema ComexVis, do Ministério da Economia. Para se fazer uma comparação, até então, o valor mais baixo de exportações em 2020 tinha sido registrado em fevereiro e foi mais que o triplo de abril: US$ 30,2 milhões.

Já as importações aumentaram mais de 18% no quadrimestre. Ainda assim, o estado tem uma balança comercial – diferença entre o vendido e o comprado – com saldo positivo de US$ 51,9 milhões.

O único mês com saldo negativo foi abril, quando o volume de importações registradas no estado chegou a 11,6 milhões e, mesmo abaixo dos meses anteriores, ultrapassou o das exportações.

Ao todo, as exportações do estado em 2020 representaram US$ 109,3 milhões (dólares) – mais de R$ 633 milhões – enquanto as importações foram de US$ 57,4 milhões – mais de R$ 332 milhões.