Archive for junho 1st, 2020

RN tem 8.008 contaminados por Covid-19 e 323 morte pela doença

RN tem 323 mortes por Covid-19 e 8.008 pessoas infectadas pela doença — Foto: Tarso Sarraf/Estadão Conteúdo
RN tem 323 mortes por Covid-19 e 8.008 pessoas infectadas pela doença — Foto: Tarso Sarraf/Estadão Conteúdo

O Rio Grande do Norte tem 8.008 casos confirmados e 323 mortes pelo novo coronavírus. Os dados atualizados constam no boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) desta segunda-feira (1º). Além disso, outras 69 mortes estão em investigação para que se descubra se foram provocadas pela doença.

Segundo a Sesap, o RN tem ainda 16.526 casos suspeitos de coronavírus. No total, 1.824 pessoas estão recuperadas da Covid-19 em todo o estado. Ao todo, 22.108 exames para diagnosticar o vírus foram realizados no estado potiguar.

A Secretaria afirma no boletim que, atualmente, 498 pacientes estão internados com a doença no Rio Grande do Norte. Destes, 305 estão na rede pública de saúde e 190 nas unidades privadas. A Secretaria de Saúde revela que os leitos de UTI estão 93% ocupados na rede pública e 88,4% nos hospitais particulares.

G1RN

A Assembleia Legislativa do RN faz desinfecção nas sua dependências com apoio das Forças Armadas

A desinfecção do legislativo estadual na prevenção e combate ao novo coronavírus foi iniciada hoje (1) em parceria com técnicos das Forças Armadas que atuam no RN e na Paraíba – Comando do 3º Distrito Naval, Exército Brasileiro (7ª Brigada de Infantaria Motorizada) e Força Aérea Brasileira (ALA 10) – com ampla experiência na atividade de sanitização.

O processo de sanitização contempla ações de higienização e eliminação do vírus, responsável pela pandemia da Covid-19

A ação foi iniciada no espaço do Plenário, área de intensa circulação de deputados estaduais, servidores e população que acompanha o legislativo nas galerias.

A sanitização é feita na descontaminação de ambientes, material e pessoal, principalmente nas superfícies, paredes, teto, pisos e mobiliário de uso comum, como preconiza as autoridades em vigilância sanitária e saúde.

Covid-19: Índia é o país que tem menos mortes por população, Brasil está na 7ª posição de menos mortes

Segundo análise feita pelas informações colhidas no site infographics (dia 31/05) o Brasil está em 7ª posição de menos mortes pelo coronavírus por população, e em 6º lugar de óbitos por pessoas testadas positivas.

A Índia que é o país com a segunda população maior do mundo, com 1,352 bilhões de habitantes, registrou óbitos pelo Covid de apenas 5.164 vítimas, até o dia 31/05. Está em primeiro lugar em seu tratamento.

Segundo informação por uma senhora que atende pelo nome de Conceição, que mora em Recife/PE o tratamento holopático é uma boa saída da crise Covid. Ela perdeu um de seus irmãos para o Covid-19 no tratamento médico comum holopático – nada contra o tratamento médico comum – (seu irmão tinha outras patologias graves).

A senhora Conceição está, de boa fé, orientando as pessoas de sua família e amigos próximos, as que quiserem, a se tratarem no início dos sintomas com médicos homeopáticos que são coordenados por uma terapia da Índia. Os resultados estão surpreendendo a muitos. Ela afirma que um de seus irmãos, cunhada e sobrinha ficaram curadas 100% com o tratamento indiano.

A França é o país que registrou maior número de morte em comparação aos testados positivos, com 182.752 testados positivos, contabilizando 28.771 mortes até 31/05. 15% dos contaminados.

A Itália é o pais que mais registrou mortes pelo coronavírus quando comparado por sua população.

Lista dos países que registram menos mortes de Covid contado por população:

Covid-19: Médico Dr. Tadeu comemora recurso que deputado Beto Rosado viabilizou para Caicó

Foto cedida

O médico Dr. Tadeu (PSDB), que é pré-candidato a prefeito de Caicó, comemorou informação repassada pelo deputado federal Beto Rosado (PP), neste domingo (31), sobre emenda que deverá ser liberada para a cidade. O recurso será repassado para o fundo municipal da saúde de Caicó e pode ser investido em respiradores e equipamentos de combate a Covid-19 (novo coronavírus).

Tadeu disse que esta foi uma luta que travou junto ao deputado Beto Rosado e o diretório do PP/Caicó (Partido Progressista). “Sou conhecedor da dificuldade que a saúde de Caicó vem passando porque estou diariamente na luta, nos plantões, na linha de frente para salvar vidas. Como médico e como alguém que luta e torce pela minha cidade conversamos com Beto Rosado, que de pronto foi em busca do recurso”, contou Dr. Tadeu.

Beto Rosado disse que o valor de R$ 199,9 mil está garantido. “Nosso mandato foi em busca do auxílio para Caicó e o Seridó. Os recursos já estão na fase de empenho e em breve estarão na conta do município. Contem comigo e com o nosso trabalho nesse momento difícil”.

Santa Catarina já tem 28 dias com temperaturas abaixo de zero

O Estado catarinense já tem 28 dias com temperaturas abaixo de zero.  A princípio, tudo indica que teremos um inverno muito gelado. Portanto, segundo o Homem do Tempo, o engenheiro agrônomo Ronaldo Continho, direto lá do clima da terra em São Joaquim, tivemos o amanhecer mais frio do ano com a temperatura chegando a -7,2 em Bom Jardim da Serra. 

Foto cedida

Covid-19: Parnamirim anuncia abertura de hospital de campanha sem respiradores. É pra rir ou pra chorar?

Hospital de Campanha de Parnamirim — Foto: Quezia Oliveira/Inter TV Cabugi
Hospital de Campanha de Parnamirim — Foto: Quezia Oliveira/Inter TV Cabugi

Após mais de 70 dias sem conseguir administrar a calamidade causada pela a Covid, o Município de Parnamirim vai inaugurar hoje o seu hospital de campanha com apenas 14 leitos clínicos, sem nenhuma UTI, isto é, sem respiradores.

Ontem, 31, a UPA de Nova Esperança, naquele município fechou as portas por causa, segundo eles, da superlotação.

Na terça-feira (26), a prefeitura recebeu dois respiradores (possivelmente do governo federal) e três monitores que serão utilizados na unidade. “A função desses leitos é, justamente, manter o paciente estável, até que ele possa ser transferido com segurança para uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI)”, disse a titular da saúde de Parnamirim.

Todavia, se passarem a cumprir o protocolo de uso dos medicamentos anunciado pelo Ministério da Saúde, a cloroquina, azitromicina, agora também a ivermectina no estado inicial dos sintomas poderão salvar centenas de vidas de ter que ir para os respiradores, e evitar até que haja óbitos.

G1RN

Covid-19: Terror que era pregado pelo governo do Estado agora é pregado por governo de Natal

George Antunes, secretário de Saúde de Natal — Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi
George Antunes, secretário de Saúde de Natal — Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi

Antes, quando começou as histórias das quarentenas de 15 a 15 dias, coisa que já fazem mais de 70 dias da pregação do terror que antes era pregado pelo governo do Estado, agora está sendo pregado pelo governo da capital.

O secretário de saúde de Natal George Antunes foi à Inter TV Cabugi anunciar que o pico que no início seria em abril, depois em maio, adiado por duas vezes, agora será até o dia 15 de junho.

“Esqueçam decreto de governadora e de prefeitos. Esqueçam pelo amor de Jesus Cristo e fiquem em casa. Isso é o maior absurdo que a gente pode ver nos dias de hoje, se falar em flexibilização. O povo deve ficar em casa. Os poderes, os governantes, têm que ter a coragem de dizer o que são serviços essenciais nas suas cidades, o que é serviço essencial dentro desse estado, e não abrir comércio da forma como está sendo aberto, chamar o povo para a rua, distribuir máscara para causar sensação de falsa segurança”. A fala é do secretário de Saúde de Natal, George Antunes, na manhã desta segunda-feira (1º).

Em entrevista à Inter TV Cabugi, o secretário afirmou que a estimativa é que o pico da pandemia do novo coronavírus ocorra no estado próximo ao dia 15 de junho e se mantenha por pelo menos outros 15 dias. Por causa disso, ele afirmou que está “revoltado” com o apelo pela flexibilização do comércio e pela liberação em si, que já ocorre em algumas cidades do estado. “Estou completamente revoltado, você percebeu até o tom de voz meu que já mudou quando se fala nesse assunto. Para mim é um absurdo”, disse.

O problema que está bem claro é que eles não sabem de nada sobre o assunto, como não tem o que justificar pregam o “fique em casa” que já foi confirmado pelo governador de Nova Iorque, de que mais de 66% dos contaminados naquele Estado foram de pessoas que estavam confinados em suas casas, como também 85% dos que foram a óbitos.

G1RN