Archive for janeiro 14th, 2022

EMPARN prevê chuvas em todas as regiões do RN até o dia 20; Defesa Civil irá monitorar precipitações

 Foto: Maria Lima

Várias cidades potiguares tem visto a chuva chegar e molhar terras e plantações. Segundo informações da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN), as precipitações devem continuar em todas as regiões do Rio Grande do Norte até o dia 20 de Janeiro.

Em todo o estado, a região Alto Oeste foi a que registrou a melhor quantidade de chuvas. São Miguel, Major Sales e Coronel João Pessoa, Venha Ver e Garganta são Algumas das cidades que estão presentes na região.

Na quinta 13, chuvas de granizo foram relatadas em cidades como Lagoa Nova, São José do Seridó, Jardim do Seridó, São Vicente e Acari. Segundo Gilmar Bristot, pesquisador da EMPARN, comentou sobre o fenômeno.

“Não é normal acontecer uma chuva de granizo nessa faixa equatorial, aqui no Nordeste. A temperatura média é elevada na atmosfera, então você precisa ter uma formação de nuvens que formam o relâmpago e a trovoada para que isso aconteça”, disse ele, em entrevista ao Bom Dia RN/Inter TV Cabugi.

Na mesma entrevista, Gilmar também explicou que “a gotícula de chuva precisa ultrapassar a linha de congelamento na atmosfera” para que chuvas de granizo se formem, o que faz do fenômeno algo realmente raro.

Defesa Civil irá monitorar chuvas

A Defesa Civil irá monitorar as regiões potiguares durante todo o período chuvoso. Conforme informações divulgadas pelo Bom Dia RN/ Inter TV Cabugi, o órgão prepara “planos de contingência” (como resgate e abrigamentos) em casos de deslizamentos e enchentes. Segundo a DC, a região semiárida, pode sofrer com “episódios extremos” causados pela chuva. Mas os planos de contingência ajudariam nesse caso.

Agora RN / BG

Em meio a ameaças de greve, Onyx critica pressão de auditores fiscais por reajuste salarial

Onyz Lorenzoni defende o aumento exclusivo para as categorias elencadas pelo governo federal e fala em busca de equilíbrio

O ministro do Trabalho e Previdência, Onyx Lorenzoni, entende que as mobilizações feitas por auditores fiscais, com paralisação marcada para a próxima terça-feira, 18, e ameaça de greve geral em fevereiro é uma “falta de sensibilidade” com a situação do país. Em entrevista ao Jornal da Manhã, da Jovem Pan News, o ministro criticou a pressão do que chamou de “elite do funcionalismo público” para a aprovação de reajustes salariais.  “É muita falta de sensibilidade, principalmente dos extratos mais altos. De todos os movimentos que vimos até agora, são todos servidores que ganham mais de R$ 25 mil, R$ 30 mil e alguns mais perto do teto. É a elite do funcionalismo público. Eles precisam colocar a mão na consciência”, afirmou Lorenzoni, que considera a situação desproporcional.

“Isso também tem acontecido com auditores do Ministério do Trabalho e espero que o bom senso e equilíbrio seja o final dessa conversa com parte alta do funcionalismo”, acrescentou. As pressões e cobranças dos servidores da Receita Federal acontecem após o presidente Jair Bolsonaro anunciar reajuste salarial exclusivo para policiais federais, policiais rodoviários federais e funcionários do Departamento Penitenciário, situação que gerou insatisfações em diversas categorias, que cobram igualdade. Entre os auditores da Receita Federal a principal reivindicação é a regulamentação do chamado bônus por eficiência, criado em 2016, mas que ainda não está em vigor. A estimativa é que os custos para o pagamento anual do benefício seriam de R$ 400 milhões. 

Embora o valor seja bem menor do que o reservado no Orçamento para os reajustes, Onyx Lorenzoni defende, no entanto, o aumento exclusivo para as categorias elencadas pelo governo federal e fala em busca de equilíbrio com as demais categorias do funcionalismo. “E tem uma questão adicional: qualquer um deles [policiais] sai de casa e não sabe se volta, porque enfrentam a criminalidade. Isso não acontece com o trabalho dos auditores fiscais, que fizeram uma reunião ontem [com o ministro Paulo Guedes]. É do cotidiano da atividade dos policiais esse risco que é permanente e eminente. Fazer com que esses servidores consigam ter condição de similaridade com carreiras que estão no topo da pirâmide do funcionalismo federal era algo justo”, reforçou o ministro.

Jovem Pan

MPT lança campanha em prol da vacinação

O Ministério Público do Trabalho lançou, nesta quarta-feira (12), campanha institucional para conscientizar a população sobre a importância de se respeitar as normas de saúde e segurança no combate à covid-19, com destaque para a imunização completa da população com as duas doses e, assim que possível, a dose de reforço. O filme de 60 segundos foi realizado em Natal, pela Ginga Filmes, e é protagonizado pelos atores Titina Medeiros e Arlindo Bezerra.

A mensagem, publicada nas redes sociais da instituição, reforça os riscos para aqueles que não seguem as orientações das autoridades sanitárias mundiais e locais, especialmente os que ainda, por razão ideológica ou religiosa, refutam a vacinação. O vídeo também será veiculado em emissoras de televisão de todo o país.

A campanha também alerta para a necessidade do uso de máscara do tipo PFF2, especialmente em transporte público e ambientes fechados, além da manutenção do distanciamento social e a higienização, sempre que possível, das mãos. Além do vídeo, serão publicados outros quatro cards complementares, com destaque para a exigência do comprovante de vacinação e os dados alarmantes de UTIs ocupadas, em mais de 90%, por não vacinados.

“VACINA SIM. Ela é segura, eficaz contra as formas graves da covid-19 e um ato de amor com você mesmo e com o próximo” é o mote do vídeo que encabeça a campanha.

Assista, abaixo, o vídeo da campanha do Ministério Público do Trabalho:

Capa - Vacinao

Sancionada lei de Galeno Torquato que institui a política de detecção da Trombofilia em mulheres no RN

Crédito da Foto: Assessoria de Comunicação

A governadora Fátima Bezerra (PT) sancionou a Lei de autoria do deputado estadual Galeno Torquato (PSD) que institui a Política de Prevenção, Detecção e Controle da Trombofilia à toda mulher em idade fértil, entre 10 e 49 anos, no âmbito do Estado, sejam em estabelecimentos públicos ou privados, credenciados ao Sistema Único de Saúde, mediante guia de solicitação médica.
 
“Esse projeto beneficia mulheres grávidas a terem acesso a exame e diagnóstico precoce. O objetivo é evitar o abortamento precoce, é importante para sociedade. Uma paciente com abortos repetitivos precisa dessa atenção”, disse Galeno.
 
O exame vai permitir ao profissional conhecer o histórico familiar da paciente, principalmente com relação aos parentes de primeiro grau com diagnóstico de trombose ou gravidez com complicações e outros fatores hereditários.
 
Ainda de acordo com a Lei nº 11.053, serão realizadas campanhas de sensibilização dos profissionais de saúde, capacitando-os e aprimorando-os quanto a novos avanços nos campos da prevenção e da detecção precoce da trombofilia e as unidades integrantes do Sistema Único de Saúde, no Estado do Rio Grande do Norte deverão fixar em local visível à toda população o direito à realização dos exames.

Lei de Ezequiel é sancionada e Moinho de Vento de Macau vira Patrimônio Histórico do RN

Crédito das Fotos: João Gilberto

Agora é Lei. O Moinho de Vento de Macau é Patrimônio Imaterial, Histórico, Cultural, Paisagístico e Turístico do Rio Grande do Norte. O Diário Oficial do Estado desta quinta-feira (13) trouxe a sanção da governadora Fátima Bezerra (PT) ao projeto aprovado por unanimidade pela Assembleia Legislativa e de autoria do presidente da Casa, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB).

“O Moinho de Vento é uma tradição de Macau, uma estrutura que embeleza a entrada da cidade e encanta a todos que a visitam. Faz parte da história do município. Este projeto faz justiça com a região, fortalece o turismo e preserva ainda mais a cultura do nosso Estado”, disse o deputado Ezequiel Ferreira. 

Na justificativa do projeto, Ezequiel explicou um pouco da história que cerca o Moinho de Vento. “Após a mecanização das salinas no final dos anos sessenta os moinhos perderam sua utilidade e foram substituídos pelas bombas elétricas. Sob a ação do sol, do vento e da maresia foram se desmanchando ao longo do tempo. Restou o do aterro que chegou a ser totalmente reconstruído pela salineira Álcalis e vem recebendo manutenções periódicas do governo municipal, e se transformou no símbolo mais significativo, o cartão postal de Macau”, relata o deputado.