Adolescente e mãe envolvidas no caso Gizela, são detidas

Gizela Mousinho foi assassinada na nopite deste sábado (2), em Natal (Foto: Arquivo Pessoal)
Gizela Mousinho, morta no dia 2, em Natal (Foto: Arquivo Pessoal)

Uma adolescente foi apreendida nesta sexta-feira (22) suspeita de participação na morte da turismóloga Gizela Mousinho, de 43 anos,baleada no pescoço quando tentava retirar a filha e o namorado da garota de dentro do carro para evitar que os adolescentes fossem levados pelos assaltantes. O crime aconteceu no dia 2 deste mês em frente a uma padaria no bairro de Lagoa Nova, na Zona Sul de Natal.

A apreensão da adolescente aconteceu em cumprimento a um mandado expedido pela 3ª Vara da Infância e da Juventude de Natal. A garota foi levada para o Ceduc Padre João Maria, na Zona Norte da cidade.

Segundo o juiz da 3ª Vara da Infância e Juventude de Natal, Homero Lechner, a adolescente teve participação ativa no crime pela receptação dos objetos da vítima, incluindo o cachorro da família. A mãe da adolescente também foi detida pelo crime de receptação. Na casa em que elas foram apreendidas, a polícia encontrou pertences de Gizela.

Prisões
No dia 11 de janeiro, a polícia já tinha prendido outros dois suspeitos de participação no assassinato: Wagner Almeida do Nascimento, de 23 anos, e Jully Shayonara Alves de Oliveira, de 18. Esta última, admitiu ser a autora do disparo que atingiu o pescoço de Gizela.“Foi sem querer. Não foi porque eu quis não. Aconteceu”, disse Jully após confessar o crime. “Fiquei louca do meu juízo”, acrescentou.

G1