Alta procura de idosos e trabalhadores de saúde causa filas nos pontos de vacinação contra Covid-19 em Natal

NATAL, 29/03/2021 - Fila de vacinação contra Covid-19 no shopping Via Direta, em Natal.  — Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi
NATAL, 29/03/2021 – Fila de vacinação contra Covid-19 no shopping Via Direta, em Natal. — Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi

As filas ficaram longas nos pontos de vacinação contra a Covid-19 de Natal, na manhã desta segunda-feira (29). A capital começou a vacinação de idosos a partir dos 69 anos e trabalhadores de saúde que ainda não tinham sido atendidos pela campanha e a procura foi alta.

Outros profissionais de saúde que não estavam incluídos na atual fase também procuraram os pontos, aumentando ainda mais o número de pessoas nos locais.

No shopping Via Direta, a fila começava na porta da sala de vacinação e se estendia até a entrada do shopping, próxima à parada de ônibus na BR-101 – uma das maiores desde o início da vacinação. Muita gente não sabia quem podia ou não se vacinar nesta segunda (29).

O estudante de fisioterapia Felipe Rodrigues faz estágio em um lar de idosos e afirmou que recebeu a informação que seria vacinado, mas quando chegou ao local, descobriu que não. Ele não foi o único. “Acho absurdo, porque trabalho em um local com idosos, em uma instituição de longa permanência”, disse.

De acordo com o escalonamento divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde, serão vacinados nesta semana:

  • Dia 29/03 – Trabalhadores de Saúde com vinculo comprovado em hospitais, maternidades, laboratórios, farmácias e drogarias.
  • Dia 30/03 – Trabalhadores de Saúde com vinculo comprovado em clínicas especializadas (cardiologia, vascular, nefrologia e endocrinologia).
  • Dia 01/04 – Trabalhadores de Saúde com vinculo comprovado nas demais clínicas especializadas.

Os idosos ficaram em uma fila separada, mas bem perto dos trabalhadores da saúde. A dona de casa Linduina Almeida Lopes já tinha um “plano B” para a espera. “É o jeito, tem que esperar. Se eu não aguentar ficar em pé, vou procurar um lugar para sentar e botar minha filha para guardar o lugar”, disse.

Na unidade básica de Felipe Camarão, idosos tiveram que esperar vacinação no sol. No Ginásio Nélio Dias, a fila também começou cedo e dona Aurina André de Melo, de 71 anos, preferiu sentar no meio-fio para esperar.

Na unidade básica de saúde de Nazaré, a fila não era tão grande como em outras unidades, mas os idosos se aglomeraram para conseguir um local à sombra.

G1RN

Leave a Comment