Após dois meses de quarentena hospital Walfredo Gurgel confirma primeira morte de Covid

Hospital Walfredo Gurgel é especializado em traumas — Foto: Inter TV Cabugi

O Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, maior do Rio Grande do Norte, confirmou a primeira morte de um paciente com o novo coronavírus, na quarta-feira (13). Apesar de não ser uma unidade especializada em tratamento da Covid-19, o Walfredo Gurgel contabiliza ainda pelo menos 30 profissionais da saúde infectados com a doença.

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap), o paciente chegou ao hospital em Natal com uma hemorragia intracraniana grave decorrente de um acidente doméstico no dia 5 de maio. O homem foi submetido a uma tomografia, que apresentou um resultado de padrão “vidro fosco” indicando assim uma alteração na estrutura pulmonar.

O resultado foi considerado “sugestivo” para a Covid-19 e o paciente foi encaminhado para uma ala de isolamento do Walfredo Gurgel. Foram colhidas duas amostras para exame de detecção do novo vírus. Durante o internamento, o homem piorou e faleceu na terça-feira (12).

O exame que testou positivo para diagnóstico do novo coronavírus chegou ao hospital, na noite de quarta (13). De acordo com a direção do Hospital Walfredo Gurgel, que é referência em traumatologia no estado, dos 30 funcionários infectados com a nova doença, “alguns” já se recuperaram e retornaram às atividades.

Ainda segundo os gestores do hospital, quando um funcionário apresenta qualquer sintoma de coronavírus, ele é encaminhado para o Núcleo de Assistência à Segurança e a Saúde do Trabalhador (NASST). Em seguida o servidor é afastado por sete dias e só passará por teste após o oitavo dia de afastamento, caso esteja assintomático há 72 horas.

G1RN

Leave a Comment