Author: Foto Repórter

Mãe busca ajuda para evitar cegueira de bebê adotada com microcefalia

Maria da Guia e a filhinha Maria Victoria (Foto: Maria da Guia/Arquivo Pessoal)
Maria da Guia e a filhinha Maria Victoria (Foto: Maria da Guia/Arquivo Pessoal)

Nathallya Macedo do G1 RN

A potiguar Maria da Guia dos Santos, de 42 anos, é consultora de vendas e mora em Natal, capital do Rio Grande do Norte. Há seis meses, ela adotou uma bebê com microcefalia que havia sido abandonada em uma maternidade da cidade. Agora, ela busca ajuda para conseguir arcar com os custos de uma cirurgia e evitar a cegueira da filha, que tem apenas 10% da visão.

A pequena Maria Victoria nasceu no dia 13 de outubro do ano passado, com seis meses de gestação. A bebê, que já havia sido diagnosticada com microcefalia, teve uma paralisia cerebral logo após o parto. Para sobreviver, ela precisou passar um período em coma induzido.

“Fui à maternidade quando fiquei sabendo do caso. Cheguei e vi a bebê prematura chorando, indefesa. Meu coração bateu mais forte e decidi naquele momento que iria adotá-la. Depois disso, eu passei 33 dias na maternidade com ela, para que pudesse se recuperar e se adaptar”, contou Maria da Guia. Foi assim que a história das duas Marias começou.

Desde então, Maria da Guia leva a filha para consultas e sessões de fisioterapia em Natal e Fortaleza. “Victoria vai fazer 10 meses neste sábado e ainda não consegue engatinhar, por isso precisa muito do tratamento”.

Maria Victoria foi diagnosticada com glaucoma no olho direito e herpes congênita no esquerdo (Foto: Maria da Guia/Arquivo Pessoal)
Maria Victoria foi diagnosticada com glaucoma no olho direito e herpes congênita no esquerdo (Foto: Maria da Guia/Arquivo Pessoal)

Em abril, Maria da Guia descobriu que a filha estava perdendo a visão. A bebê foi diagnosticada com glaucoma no olho direito e herpes congênita no esquerdo. “Hoje, ela só tem 10% da visão. Os médicos me falaram que ela precisa de uma cirurgia e de tratamento para voltar a enxergar, pelo menos com um dos olhos”, explicou.

A questão, para a mãe, é conseguir dinheiro para custear a cirurgia de Victoria, que só pode ser feita em São Paulo. “Fiz as contas e o custo vai ser de quase R$ 35 mil. Eu faço um apelo porque minha filha é uma guerreira. Victoria passou por muitas dificuldades, mas conseguiu sobreviver. Nunca tive coragem de deixá-la. Ela é linda, cheia de energia e merece viver muito”.

Ezequiel requer benefícios para Rio do Fogo e Carnaúbas dos Dantas

Crédito da Foto: Eduardo Maia
Crédito da Foto: Eduardo Maia

Ampliação dos serviços de segurança e da rede de distribuição de água para os municípios de Rio do Fogo, região do Mato Grande, e Carnaúba dos Dantas, região Seridó. Esses são os objetivos de um conjunto de requerimentos apresentados pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB).

“A segurança e as questões hídricas são áreas que merecem atenção permanente em nosso mandato. Nossos municípios estão vulneráveis e as estatísticas revelam um aumento considerável de vítimas em práticas criminosas como roubos, arrombamentos, homicídios e latrocínios. Por isso precisamos agir para diminuir essas estatísticas”, disse Ezequiel Ferreira.

O deputado solicitou a recuperação geral da delegacia, o aumento do efetivo policial militar e melhores condições de trabalho e a disponibilidade de uma nova viatura para o município de Rio do Fogo. “A Polícia Militar está sem condições de assistir uma população de mais de 10 mil e o único prédio disponível para delegacia na cidade foi incendiado, estando totalmente deteriorado”, justificou.

Um quarto requerimento foi apresentado solicitando estudo de viabilidade técnica para extensão da rede de distribuição de água, nas ruas Vereador França e Chica Peba, no conjunto Seu Anísio, em Carnaúba dos Cantas, região Seridó. “Essas ruas ainda não dispõem de rede encanada nas residências e o município está sendo contemplado com o abastecimento de água da adutora Parelhas/Carnaúba”, destaca.

Precarização de serviços de odontologia na saúde básica é discutida na Assembleia

unnamed (8)

A situação da profissão de dentista no Rio Grande do Norte foi tema de debate na Assembleia Legislativa, na tarde desta quinta-feira (11). Por iniciativa do deputado Raimundo Fernandes (PSDB), o Legislativo recebeu profissionais da Odontologia, Poder Público e sociedade civil para uma audiência pública em que o tema foi tratado. Entre as principais reivindicações dos profissionais estão a valorização salarial e realização de concursos públicos nos municípios potiguares e no Estado.

Com nove mandatos na Casa Legislativa, Raimundo Fernandes afirmou que a categoria dos dentistas nunca havia sido tema de discussão sobre as condições de trabalho no Rio Grande do Norte. Para o parlamentar, os valores pagos atualmente aos profissionais da odontologia são insuficientes para as necessidades mínimas.

“Como querer que um dentista consiga sobreviver ganhando menos de R$ 2 mil para ir ao interior do estado ou áreas de periferia? É uma desmotivação total a uma categoria importantíssima e que estudou tanto para desempenhar suas funções”, disse Raimundo Fernandes.

O presidente do Conselho Regional de Odontologia, Gláucio de Morais, enalteceu a importância da discussão para que a sociedade tome conhecimento sobre a situação dos profissionais da área. Para ele, é fundamental que os dentistas potiguares tomem uma atitude.

“Caso deixemos o tempo passar, podemos ficar com nossa situação mais desvalorizada do que é. Ainda somos respeitados e a população sabe da nossa importância. Precisamos mostrar, no entanto, a situação precária para exercício de nossas atividades”, disse Gláucio de Morais.

Também representando a categoria, o presidente da Sociedade dos Odontologistas do Rio Grande do Norte (SOERN), Ivan Tavares, criticou diretamente os salários pagos e falou sobre a necessidade de se dar mais segurança aos profissionais que atuam na saúde pública dos município. Para ele, é preciso a realização de concursos públicos oferecendo salários justos.

“Confeccionamos junto ao Dieese uma proposta para a categoria no Rio Grande do Norte, que é um piso de R$ 6.300 para jornada de 40 horas semanais. Não existe prifissional mal tratado e mal visto que consiga dar uma resposta à sociedade. Há a necessidade da sociedade respeitar esse profissional”, disse Ivan Tavares.

Presidindo boa parte da audiênca, o deputado Carlos Augusto Maia (PSD) elogiou a postura dos profissionais e garantiu que a Assembleia permanecerá à disposição para colaborar com a categoria.

“Foi uma audiência muito boa e com certeza chamou a atenção da população à causa. Contem conosco”, disse o parlamentar.

Mulher é morta com tiros na cabeça em Natal; ex-namorado é suspeito

Mykaella Ruanna foi morta com 5 tiros na cabeça (Foto: Arquivo pessoal)
Mykaella Ruanna foi morta com 5 tiros na cabeça (Foto: Arquivo pessoal)

G1 – Uma mulher de 21 anos foi assassinada a tiros na noite desta quinta-feira (11) em frente a uma academia no bairro das Rocas, na Zona Leste de Natal. De acordo com a Polícia Militar, Mykaella Ruanna Pereira Fagundes estava conversando com uma amiga quando foi baleada na cabeça. O ex-namorado da vítima é o principal suspeito do crime.

Segundo a PM, o crime aconteceu por volta das 20h30. Mykaella e uma amiga estavam em frente a uma academia quando um carro prata se aproximou e o criminoso que estava no banco do passageiro atirou. A amiga não foi atingida, mas Mykaella levou cinco tiros na cabeça.

A vítima trabalhava como diarista. A mãe da jovem informou à polícia que a filha havia terminado recentemente com o namorado, que está preso. O detento teria ligado para Mykaella para avisar que mandaria dinheiro para o filho do casal, que tem 3 anos. Na hora marcada do encontro para receber a quantia, os criminosos atiraram na mulher.

A Polícia Civil vai investigar se o crime tem mesmo motivação passional. Até o momento ninguém foi preso.

Deputados estaduais aprovam modificação no FUNFIRN

unnamed
Com 14 votos a favor e 3 contra, os deputados aprovaram o Projeto de Lei que modifica o Fundo Financeiro e o Fundo Previdenciário do Estado (FUNFIRN). Uma emenda parlamentar foi apresentada pela Casa ao Projeto do Governo que altera a Lei Complementar Estadual 526 de 18 de dezembro de 2014. Com a nova redação, “os recursos do Fundo Previdenciário do Rio Grande do Norte, apurados e revertidos, terão escrituração contábil inserida e vinculado ao Fundo Financeiro do Estado do Rio Grande do Norte (FUNFIRN)”.

Os deputados estenderam o prazo de carência para o Governo começar a devolução dos recursos a partir de fevereiro de 2020. No projeto original, a devolução seria a partir de dezembro de 2018. Outra modificação é o encurtamento do prazo limite para novas retiradas ao fundo. Anteriormente o Governo poderia utilizar recursos do fundo até 2018, agora, com a nova redação, os saques só serão permitidos até fevereiro de 2017.

O assunto foi debatido em plenário pelos deputados. Getúlio Rêgo (DEM) falou da situação financeira do Estado. “Temos que tomar uma decisão madura para democratizar uma posição que diz respeito ao capital de outras pessoas”. José Dias (PSDB), designado relator da matéria, justificou constitucionalmente a mensagem encaminhada pelo Governo.

Fernando Mineiro (PT), Hermano Morais (PMDB) e Álvaro Dias (PMDB) declararam voto contrário ao projeto. O líder do Governo, Dison Lisboa (PSD) explicou que o dinheiro servirá para pagar aposentados e pensionistas. “Dessa forma, o Governo conseguirá manter em dia o pagamento dos inativos e ainda desafogar as contas para manter em dia a folha de pagamento e as aplicações nas áreas essenciais, como saúde e segurança”, afirmou.

FUNFIRN
A Lei Complementar Estadual nº 526, de 18 de dezembro de 2014 vinculou  todos os agentes públicos ao Fundo Financeiro do Estado do Rio Grande do Norte (FUNFIRN), estruturado em regime de repartição simples. O fundo é caracterizado pelo custeio dos benefícios dos aposentados e pensionistas atuais e pelos segurados que ainda estão na ativa, em sintonia com o constitucional “princípio da solidariedade.

Galeno Torquato solicita celeridade na conclusão da adutora do Alto Oeste

unnamed (7)

O deputado estadual Galeno Torquato (PSD) falou durante pronunciamento, na Assembleia Legislativa, nesta quinta-feira (11), sobre sua preocupação com os efeitos da seca no Alto Oeste. O parlamentar disse que as obras da adutora da região não estão concluídas e pediu celeridade.

“A Adutora do Alto Oeste, que contempla aproximadamente nove municípios, deveria ter sido inaugurada no mês de maio. As cidades de Antônio Martins e João Dias estão sofrendo com a seca que assola a região”, falou o deputado.

Galeno Torquato fez um apelo à Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) para que volte a abastecer o município de Antônio Martins e pediu ainda à Secretaria do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos celeridade para as obras da Adutora do Alto Oeste. “Gostaria também que a secretaria pedisse a liberação de recursos para a continuação da perfuração de poços na região”, acrescentou.

Assessoria

Doadoras de leite materno terão isenção em taxas de concursos públicos no RN

img_3321

Agora é Lei. O Governo do Estado sancionou, na última terça-feira (9), o Projeto de Lei de autoria do deputado estadual Gustavo Fernandes (PMDB) que prevê a isenção de taxa dos concursos públicos realizados pelo Governo do Estado às candidatas que sejam doadoras regulares de leite materno.

De Heitor Gregório

Ezequiel lidera repasse de R$ 7,2 milhões para Segurança Pública e Sistema Carcerário

unnamed (6)

Os 24 deputados irão destinar R$ 300 mil de emendas impositivas, totalizando R$ 7,2 milhões para investimentos emergenciais, ainda neste ano, para a Segurança Pública e Sistema carcerário do Rio Grande do Norte. E para o orçamento de 2017 o conjunto dos senhores deputados irão destinar R$ 5 milhões que se somarão aos R$ 20 milhões emprestados pelo Tribunal de Justiça ao governo para a construção de um novo presídio. Estas foram definições da reunião convocada pelo presidente da Assembleia, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), com a presença do vice-governador Fábio Dantas (PCdoB) e de mais quatro secretários de Estado, Gustavo Nogueira (Planejamento e das Finanças), Wallber Virgolino (Justiça e Cidadania), General Ronaldo Lundgren (Segurança Pública e Defesa Social) e Tatiana Mendes Cunha (Gabinete Civil), no gabinete da presidência.

O presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira de Souza, iniciou o encontro enaltecendo a ação forte e conjunto das forças de segurança. “Parabéns ao governo pela ação firme. Parabéns à tropa de policiais militares, civis, bombeiros, agentes penitenciários e funcionários do ITEP. Deram orgulho à sociedade no enfretamento da bandidagem nos últimos dias. Agora a classe política se soma a este esforço por entender que sem recursos não se tem gestão eficiente. E num momento de crise os recursos tem que ser priorizados e o desafio presente é a crise na segurança pública”, salienta Ezequiel Ferreira.

Em ato da presidência também foi criada uma Comissão Especial de deputados formada por George Soares (PR), Cristiane Dantas (PCdoB) e Tomba Farias (PSB), para fazer o acompanhamento e encaminhamento das ações que serão colocadas em práticas a partir da utilização dos recursos remanejados pelo conjunto dos deputados.

Se somaram a fala do presidente da Assembleia, Ezequiel Ferreira de Souza, os deputados Gustavo Carvalho (PSDB), Cristiane Dantas (PCdoB), Getúlio Rego (DEM), Hermano Morais (PMDB), Ricardo Motta (PSB), Dison Lisboa (PSD), Kelps Lima (Solidariedade), Tomba Farias (PSB), Fernando Mineiro (PT), Márcia Maia (PSDB), Raimundo Fernandes (PSDB), José Dias (PSDB), Carlos Augusto (PSD) e Galeno Torquato (PSD).

O vice-governador, Fábio Dantas, parabenizou o presidente da Assembleia em reunir o conjunto dos deputados para que estes remanejassem emendas para a Segurança Pública e se somou ao elogio feito pelo presidente às forças de segurança. “Esta Casa Legislativa sempre esteve presente nas principais decisões da sociedade. E desta vez não seria diferente”, disse o vice-governador.

Ao se pronunciar o secretário de Planejamento e das Finanças, Gustavo Nogueira, considerou a atitude dos deputados na liderança do presidente Ezequiel Ferreira como meritória. “Num momento de crise financeira temos que ter prioridades. Constitucionalmente o repasse para segurança pública tem que ser de 9,5% das receitas do estado e o atual governo não tem investido menos de 12,5% por mês, chagando a 14,90% mais recentemente. E vamos unir esforços para na medida que os recursos forem sendo arrecadados e forem sendo repassados para atender às necessidade emergenciais da segurança pública via emendas parlamentes dos senhores deputados”, destaca Gustavo Nogueira.

O secretário Ronaldo Lundgren da Segurança Pública e Defesa Social, destacou o reconhecimento da sociedade potiguar diante das ações de resposta aos atos de vandalismo na capital e interior do estado nos últimos dias. “Uma prova disto é o total apoio e empenho da Casa do Povo. Vejo todos com boa vontade para debelar esta crise”, disse o secretário ao reivindicar a aprovação da Lei que cria o Sistema de Inteligência na Segurança Pública, em tramitação na Assembleia. Ele também cobrou armamento para a Polícia Civil, viaturas para os bombeiros, recursos para o laboratório de DNA do ITEP, aquisição de munição para a PM e uniforme para os militares.

Para Wallber Virgolino, Justiça e Cidadania, tem sido um orgulho defender a bandeira do Rio Grande do Norte. “É preciso ressaltar a união de esforços para sufocar o crime no Estado que tenta se organizar”, ressaltou e logo em seguida passou a listar suas prioridades para receber os recursos oriundos das emendas: Aquisição de arma letal para agentes penitenciários, reforma de CDP, investimento nos bloqueadores de celular em todos os presídios e CDPs e aquisição de mais viaturas. Ainda participaram da reunião os comandantes da PM, CBMRN, Polícia Civil e ITEP/RN.

Assessoria

Valores de multas aumentam em novembro

Quando estava à frente da Presidência, Dilma Rousseff sancionou mudanças no Código Nacional de Trânsito (CTB) que passam a valer a partir do dia 1º de novembro de 2016 e que alteram a categoria de algumas infrações para gravíssima, além de aumentar o valor das multas. Os valores das infrações vão aumentar entre 53% e 66%.

Entre as mudanças estão a inclusão do termo manipulação no artigo que diz respeito ao uso de celular para se aplicar também ao envio de mensagens ou redes sociais, passa a ser uma infração gravíssima (antes era média).

O uso de vaga de idoso ou deficiente sem a necessária identificação, que já foi infração leve e era grave desde o início do ano, passa a ser gravíssima com multa de Isso significa que em ambos os casos, a punição ao condutor passa a ser de 7 pontos na CNH.

Outra mudança é que quem se negar a fazer o teste de bafômetro ou exame clínico para constatar a embriaguez pode ser multado em R$ 2.934,70, ou seja, o valor da multa gravíssima multiplicada por dez, além da habilitação suspensa por 12 meses.

Confira quais são os novos valores de multa:

multa

 

 

De Robson Pires

Gustavo Fernandes solicita desassoreamento de açude em Riacho da Cruz

unnamed (5)

Em atendimento a uma reivindicação dos pequenos produtores rurais, o deputado Gustavo Fernandes (PMDB) encaminhou requerimento ao coordenador estadual do DNOCS, José Eduardo Alves Wanderley, solicitando obras de limpeza e desassoreamento do açude público do município de Riacho da Cruz, na região Oeste.

“Os pequenos produtores rurais e os moradores de Riacho da Cruz fazem esse apelo por entenderem que a fixação do homem no campo, especialmente na região do semiárido nordestino, depende de uma política pública que valorize a segurança hídrica das populações rurais. Nesse tema, o DNOCS é um grande parceiro da sociedade há mais de um século de existência institucional e por isso a solicitação dessa intervenção”, justifica o deputado.

O parlamentar acrescenta que a limpeza e o desassoreamento do açude serão a redenção para a comunidade, ao possibilitarem a geração de emprego e renda para o povo.

“Esses trabalhos precisam ser feitos periodicamente, dando condições de ocupação à região. Sem a remoção dos resíduos depositados no açude, a poluição prejudicará o uso do mesmo para toda a população de Riacho da Cruz. Para que os resultados sejam efetivos, é importante também a participação e a colaboração dos moradores para que não joguem entulhos no açude”, conclui Gustavo Fernandes.

Assessoria

Seleção feminina de vôlei derrota Japão e segue invicta e sem perder nenhum set

b86894eabb5193d980339d680f3b2ee1-e1454021395706

Sem perder nenhum set na competição, a seleção feminina de vôlei confirmou o favoritismo e venceu no final da noite de ontem (10) o Japão em pouco mais de uma hora de jogo e segue firme no sonho da conquista do terceiro ouro olímpico.

Com nove pontos e liderando o Grupo A, a seleção do técnico José Roberto Guimarães não deu chances para as japonesas, com 25 a 18, nos dois primeiros sets e 25 a 22 no terceiro.

Antes, as brasileiras haviam atropelado as camaronesas e as argentinas também por 3 a 0. Na próxima sexta-feira (12), às 22h35, a seleção bicampeão olímpica vai a quadra contra as coreanas. No domingo (14), às 22h35, o Brasil fecha a primeira fase contras as russas.

Ivan Richard

Socorrista do Samu é morta a facadas no RN; ex-companheiro é suspeito

Ana D’ávila Gomes de Oliveira (Foto: Arquivo Pessoal)
Ana D’ávila Gomes de Oliveira
(Foto: Arquivo Pessoal)

Uma técnica em enfermagem de 47 anos foi assassinada a facadas na noite desta quarta-feira (10) em Santa Cruz, a pouco mais de 110 quilômetros de Natal. De acordo com a Polícia Militar, Ana D’ávila Gomes de Oliveira trabalhava como socorrista do Samu na cidade. O principal suspeito do crime é o ex-companheiro da vítima.

Segundo o sargento Juvanildo Camarão de Oliveira, do destacamento da cidade, o crime aconteceu por volta das 18h30 dentro da casa da vítima, que fica na rua Nossa Senhora dos Remédios, no conjunto Cônego do Monte. “As agressões começaram no primeiro andar da residência. Tinha muito sangue no corrimão. Eles desceram e Ana foi morta no andar de baixo”, informou o sargento.

Após o crime, o homem conseguiu fugir. A PM ainda fez buscas, mas ele não foi encontrado. A vítima foi levada para o hospital da cidade, mas não resistiu aos ferimentos. “Ela levou facadas no pescoço, abdômen, braços”, disse o sargento.

A polícia acredita que a motivação do assassinato é que o ex-companheiro tentava reatar o relacionamento com Ana, mas ela não aceitava.

Do G1

Parlamentares debatem na Assembleia desafios do legislativo em Encontro Regional Interlegis

unnamed (4)

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte sedia nesta sexta-feira (12), às 9h30min, o Encontro Regional Interlegis, que vai discutir em Natal temas relacionados ao papel do Legislativo. O presidente da Casa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB) participa da mesa que irá coordenar os trabalhos, ao lado do senador Garibaldi Alves (PMDB) e Helder Rebouças, diretor-executivo do Instituto Legislativo Brasileiro (ILB), órgão do Senado Federal ao qual está vinculado o Programa Interlegis, de modernização e integração do Legislativo. Outros parlamentares também participarão do encontro.

“Ao longo de semana a Assembleia promoveu juntamente com o ILB a capacitação de servidores da Casa Legislativa e de mais 14 Câmaras Municipais e todos estão estimulados em participar deste encontro que debaterá a modernização legislativa e o papel do legislativo no estado democrático de direito. São temática atuais e prática para o dia-a-dia de quem participou da capacitação”, enfatiza o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB).

A programação do evento prevê duas palestras. A primeira delas será ministrada pelo coordenador de formação e atendimento à comunidade do legislativo do Interlegis, Francisco Etelvino Biondo, que vai falar sobre o Programa Interlegis e a modernização legislativa. A segunda palestra vai abordar “O papel do Legislativo no estado democrático de direito – desafios atuais”, que vai ser proferida pelo professor-doutor do departamento de história da Universidade de Brasilia, Antônio José Barbosa.

Criado há 18 anos, o Programa Interlegis dedica-se a desenvolver ações, produtos e sistemas voltados à modernização e integração do Poder Legislativo em suas três esferas. Sem custos para as casas parceiras, o Programa disponibiliza cursos a distância (Saberes), treinamentos presenciais e ferramentas tecnológicas, sempre privilegiando o uso de sistemas não proprietários, ou seja, que possam ser gratuitamente customizados e aprimorados pela Comunidade Legislativa.

Durante toda essa semana a Escola do Legislativo, em parceria com o ILB, vem desenvolvendo um treinamento junto à quatorze Câmaras Municipais do RN, buscando modernizar seus processos internos. As atividades fazem parte do Programa Interlegis e seguem até amanhã (11) com oficinas de Apoio ao Processo Legislativo e Gerenciamento de Conteúdo na Internet.

Participam do treinamento representantes das Câmaras dos municípios de Barcelona, Cerro Corá, Coronel João Pessoa, Equador, Florânia, Januário Cicco, Jucurutu, Lagoa Nova, Passa e Fica, São Bento do Trairí, São Vicente, Serra Caiada, Tenente Ananias, Venha Ver e servidores da Assembleia Legislativa.

Evento:
Encontro Regional Interlegis
Data: 12 de agosto
Horário: 9h30min
Local: Auditório Cortez Pereira – Praça 7 de Setembro, s/n, Centro, Natal/RN (Sede da Assembleia Legislativa).
Informações: (84) 3232-5957
Inscrições: www.interlegis.leg.br

Vendas para “Dilma Ducheff” movimentam Teatro Riachuelo e internet

Dilma-Ducheff-1-300x225

Dilma Ducheff – Saudando a Mandioca”, encenado pelo humorista Márvio Lúcio o Carioca do “programa Pânico, está com venda acelerada de ingressos não só na bilheteria do Teatro Riachuelo como na internet. Com expectativa de casa cheia, “Carioca” sobe ao palco do Teatro Riachuelo no sábado (13), às 21h, trazendo a irreverente personagem que vai comandar um show com diversas tiradas cômicas imitando a figura mais comentada do país. Os ingressos continuam à venda na bilheteria do Teatro Riachuelo, nos sites www.teatroriachuelo.com.br e www.ingressorapido.com.br.

Queda nas vendas do comércio varejista do RN preocupa Hermano Morais

unnamed (3)

As vendas do comércio varejista potiguar registraram, em junho, queda de 11,2% em relação a igual período do ano passado, segundo dados do IBGE. Com isso, o acumulado do primeiro semestre de 2016 no Estado já mostra uma queda de 10,3%. O percentual, acima do 1,9% de queda registrado nos seis primeiros meses de 2015, preocupa o deputado Hermano Morais (PMDB), que se pronunciou nesta quarta-feira (10) na Assembleia Legislativa sobre o assunto.

“No Rio Grande do Norte, a queda assusta, pois o setor é um dos mais importantes por causa da geração de emprego e renda. O comércio varejista tem sido grande mantenedor das vagas de trabalho no RN”, disse Hermano.

O deputado defende que é preciso buscar alternativas para enfrentar as dificuldades e questiona o Governo do Estado sobre o que pode ser feito para vencer a crise enquanto a economia nacional ainda está sendo restabelecida.

“Não vejo medidas estimulantes para manter os empregos que ainda restam no Estado. Nosso quadro é desanimador e o segmento mais sofrido da cadeia produtiva é a juventude, que busca um espaço no mercado de trabalho e não consegue”, destacou o deputado.

Hermano Morais ressalta ainda que no interior do Estado, várias cerâmicas foram fechadas e o desemprego acentuado.

Assessoria