Author: Foto Repórter

Os bandidos não usam a burocracia e saem na frente matando mais policiais no RN

Sem ter que dá satisfação ao povo norteriogranse, ao Brasil e a lei, os bandidos conseguem sair na frente fazendo mais estragos contra o povo e contra a polícia de todo o Brasil, e não é diferente no Rio Grande do Norte.

Os bandidos não têm que esperar a votação do Congresso Nacional, de esperar interpretação constitucional do Supremo Tribunal Federal, nem que o Bolsonaro, eleito no último dia 28 tome posse. Eles seguem fazendo seus desmandos , atacando ao povo com práticas constantes de assaltos e latrocínios, contra a lei e contra todos.

Hoje,06, pela manhã o sargento aposentado da PM, com o nome de Dionísio havia ido em um terreno na redinha para colocar uma placa de informação, para que a população não colocasse lixo no terreno dele, quando foi surpreendido por dois marginais que atiraram contra ele, o acertando na cabeça. O sargento teve morte imediata.

Ainda ontem, 05, um sargento aposentado da Marinha do Brasil sofreu um tiro de arma de fogo no rosto. Ele foi levado para o hospital Santa Catarina, na Zona Norte da capital. Mas não temos maiores notícias sobre seu quadro.

Neste caso, o sargento estava em um bar que sofreu um assalto e na troca de tiros os bandidos saíram ilesos.

Em ambos os casos as armas dos policiais foram roubadas. Em ambos os casos a PM não tem os suspeitos, e mesmo fazendo as buscas não encontraram ninguém.

 

G1RN

No RN, 22,4% dos inscritos faltam ao primeiro dia de provas do Enem 2018

Primeiro dia de provas do Enem 2018 teve 22,4% de abstenção no RN — Foto: Pedro Vitorino

O primeiro dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018 teve uma abstenção no Rio Grande do Norte de 22,4%, segundo dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). O percentual corresponde a 27.787 candidatos que não fizeram o teste no estado. O número é um pouco menor do que o índice nacional que foi de 24,9%.

Neste ano, 124.047 estudantes se inscreveram para fazer o Enem no RN. Deste total, 96.260 compareceram.

As inscrições potiguares foram menores que no ano passado, quando o estado registrou 159.486 cadastros. Apesar disso, apenas no primeiro dia de prova, em 2017, foram registradas mais de 44 mil ausências, o que reduziu o número de candidatos para cerca de 115 mil.

Provas

O exame é dividido em dois fins de semana consecutivos, ao invés de um fim de semana com as duas provas. Em 2018, as provas serão nos dias 4 e 11 de novembro.

Neste primeiro dia, domingo (4), o candidato teve de fazer a redação e responder 90 questões de linguagens e ciências humanas. A maioria dos estudantes ouvidos pelo G1 achou a redação fácil e atual.

O segundo dia, com a prova de exatas, será no domingo seguinte (11), e terá 30 minutos a mais de duração.

As notas obtidas no Enem serão depois usadas pelos candidatos em um sistema do governo federal, o Sisu, que é a principal forma de acesso para vagas na rede pública de ensino superior. As notas também são aceitas em 27 instituições de Portugal. Para o Ministério da Educação (MEC), é a segunda maior prova do tipo no mundo, só perdendo para o “gao kao”, prova de admissão ao ensino superior da China, com 9 milhões de candidatos.

PFR prende suspeitos de matar criança de 1 ano em Mossoró

Anthony Calleb Bezerra da Silva tinha 1 ano e meio — Foto: Arquivo da família

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu na tarde desta segunda-feira (5) dois suspeitos de matar um menino de 1 ano e meio em Mossoró neste domingo (4).

De acordo com a PRF, os homens viajavam em direção a Natal quando foram presos na cidade de Angicos, na região Central potiguar. Eles estavam com a arma que possivelmente foi a usada no crime, munições e cocaína.

Os suspeitos foram conduzidos para a Delegacia Especializada de Homicídios de Mossoró (Dehom).

Fonte: https://g1.globo.com/

Campanha da Assembleia sobre autismo leva pai a entender o problema do filho

O motorista Rozinélio Matias vem há muitos anos sentindo-se angustiado pelo comportamento do filho de seis anos. A criança manifesta repentinos padrões de inquietação ou vai para o extremo oposto, a de cair em profunda introspecção com comportamentos repetitivos.

O comportamento saiu dos contornos familiares e atingiu a escola. Nos primeiros dias de aula do filho, Rozinélio foi chamado pela diretoria da escola, que lhe reportou uma série de comportamentos disfuncionais do filho. O motorista tinha certeza de que algo estava errado, só não sabia o que e nem como procurar ajuda, até ver a campanha do autismo. Levado pela peça publicitária que chama atenção dos sinais do transtorno, o pai procurou a Assembleia Legislativa e durante o seu relato, recebeu ajuda do poder legislativo e nesta segunda-feira (5) iniciou o tratamento do seu filho, Augusto.

“Há algumas semanas, um neurologista disse que meu filho tem vários sintomas que caracterizam certo grau de autismo. Eu nunca tinha ouvido falar nisso e ainda estava sem saber como agir. E então veio essa campanha e mudou tudo”, explicou ele.

A campanha a que se refere é a nova ação institucional da Assembleia Legislativa e que foi lançada na semana passada. A campanha chama a atenção para a necessidade de intervenção precoce, pois quanto mais cedo o autismo for tratado, maiores as chances de uma melhor qualidade de vida.

Rozinélio soube da campanha através de uma reportagem que viu na televisão e o vídeo institucional. Ele conta que enxergou ali a oportunidade que lhe faltava. Mas as dificuldades estavam só começando.

“Eu estou desempregado e não tinha como vir aqui. Então pedi dinheiro emprestado. Agora espero conseguir respostas e uma forma de saber como tratar meu filho”, revelou.

Sua cruzada por ajuda o levou à sede da Assembleia Legislativa, onde ele foi recebido por Helga Torquato, psicóloga da Casa e que tem participado das ações técnicas da campanha. O filho do senhor Rozinélio Matias será atendido pela fonoaudióloga da Casa e após diagnóstico será encaminhado ao atendimento especialista.

“Eu fiquei muito contente em saber que posso fazer mais por meu filho. Vir aqui entender exatamente o que é que ele tem e poder até traçar uma forma de ajudá-lo. Nem tenho palavras para descrever minha gratidão”, disse com a voz embargada o motorista desempregado.

Assessoria

O Antagonista acusou grande imprensa por não divulgar escândalo que envolve o presidente do STF Dias Toffoli

Resultado de imagem para Dias Toffoli
Ministro Dias Toffoli / Crédito: Nelson Jr./SCO/STF

A revista Crusoé, segundo o Antagonista,  faz uma declaração de que a mulher do presidente do STF, Dias Toffoli, repassa para ele por mês o valor de cem mil reais, depositando em um bando sem ter chamado muito a atenção. O valor repassado ao ministro do STF já chega a um total de  4,5 milhões de reais.

Vejam a matéria:

Se Antagonista estiver certo das acusações o povo brasileiro precisa ficar de olho nas decisões do presidente do STF.

Continua: “O montante total desses repasses, no mínimo atípicos, já atingiu R$ 4,5 milhões. Além disso, a conta do magistrado é movimentada por um ex-bancário de confiança. No meio jornalístico chamamos isso de “pauta-bomba”. Invariavelmente, quando uma pauta dessas explode, toda a imprensa repercute. Foi assim quando estourou o escândalo do Mensalão, em 2005. ”

 

Fonte:  O Antagonista

 

 

Conexão Enem: João Maria de Lima acerta pela 5ª vez o tema da redação do Exame

O professor do Conexão Enem, João Maria de Lima, acertou mais uma vez o tema da redação do Exame Nacional do Ensino Médio que abordou na prova deste domingo (4) “Manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet”. De acordo com o professor de Redação e coordenador do projeto desenvolvido pela Assembleia Legislativa, essa é a 5ª vez nos últimos seis anos que o tema da redação é debatido durante os aulões transmitido pela TV Assembleia. “A colaboração que o Poder Legislativo dá para os alunos que vão fazer a prova do Enem é uma expressão desse compromisso”, disse o presidente da Assembleia, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB).

O esforço por educação é uma das metas que foi traçada pela Assembleia Legislativa dentro de seu planejamento estratégico.“O tema foi trabalhado exaustivamente no último aulão especial de redação, realizado na quinta-feira. Numa época que vivemos em que pessoas estão mais vulneráveis nas redes sociais, o assunto pertinente e de extrema relevância foi debatido por aproximadamente 30 minutos”, disse João Maria.

O professor destacou ainda a importância do projeto social. “A nossa felicidade em acertar o tema da redação só não é maior que a satisfação e alegria de ajudar muita gente, pois o Conexão Enem tem o papel de levar oportunidade aos alunos da rede pública de ensino e jovens do interior que não têm acesso ao conteúdo”.
O próximo aulão do Conexão Enem será no dia 8, das 19h às 21h, e terá conteúdo voltado para Ciências da Natureza e suas Tecnologias / Matemática e suas Tecnologias.

Enem

Hoje (4) é o primeiro dia de prova do Enem. Os estudantes fizeram provas de linguagem, ciências humanas e redação em mais de 1,7 mil municípios. O exame segue no dia 11 de novembro, quando serão aplicadas as provas de ciências da natureza e matemática.

A nota do exame poderá ser usada para concorrer a vagas no ensino superior público pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), a bolsas em instituições privadas, pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e para participar do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Assembleia faz homenagem ao Dia do Aviador

O Dia do Aviador, criado em 23 de outubro de 1936 em homenagem ao primeiro voo da história, terá homenagem da Assembleia Legislativa. A data foi instituída há 112 anos marcando o feito histórico do brasileiro Santos Dumont e a sessão solene na próxima terça-feira (6), às 9h, é uma iniciativa do presidente da Casa, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB).

“A aviação tem forte impacto histórico no Rio Grande do Norte. Os pilotos que aqui são treinados incorporam o espírito daqueles que estiveram no teatro de operações durante a 2ª Grande Guerra e cunharam a expressão: Senta a pua. Que nas palavras de Austragésilo de Athayde: Sentar a pua é lançar-se contra o inimigo com decisão, golpe de vista e vontade de aniquilá-lo. Quem vai sentar a pua não tergiversa. Assim nossos pilotos são forjados para o combate”, disse Ezequiel Ferreira.

Aqui no Rio Grande do Norte, a Base Aérea de Natal com a nova concepção estratégica da FAB, passou a denominar-se Ala 10, organização militar voltada para a área operacional, com responsabilidade focada tanto nas atividades de preparo quanto nas ações de emprego da Força, quando assim for determinado. É hoje comandada pelo Brigadeiro do Ar, Luiz Guilherme Silveira de Medeiros, que também é Comandante da Guarnição de Aeronáutica de Natal, por ser a maior autoridade da Força Aérea em solo potiguar.

Foi em 1941, durante a Segunda Guerra Mundial, que a Força Aérea Brasileira (FAB) teve seu batismo de fogo. A partir da junção de equipamentos aéreos e pessoal da Marinha, do Exército e do então Departamento de Aviação Civil (DAC), instituiu-se o Ministério da Aeronáutica, que teve na FAB seu braço armado.

A Base Aérea de Natal, atualmente Ala 10, foi criada em 1942, durante o governo de Getúlio Vargas e ganhou um espaço na história durante a Segunda Guerra Mundial. Em novembro do mesmo ano, passaram a conviver no mesmo aeródromo, em “Parnamirim Field”, duas bases aéreas. A brasileira, localizada no Setor Oeste do aeródromo, e a americana, no Setor Leste, conhecida como “Trampolim da Vitória”, assim chamado por ser ponto obrigatório de passagem das aeronaves aliadas que se destinavam ao Teatro de Operações da África e da Europa.

Passada a participação em combates nos céus da Itália, ao lado das Forças Aliadas, a FAB tem hoje a missão de manter a soberania do espaço aéreo e integrar o território nacional, com vistas à defesa da pátria. Ao defender o Brasil, previne e impede a prática de atos hostis ou contrários aos interesses do país. Atua dia e noite para integrar o território nacional, cobrindo seus 12 milhões de quilômetros quadrados. E não envida esforços para controlar o espaço aéreo brasileiro, correspondente a 22 milhões de quilômetros quadrados, desde as fronteiras com os demais países da América do Sul a Leste, até o limite das águas internacionais a Oeste.

Assessoria

Márcia Maia se diz confiante na gestão de Fátima Bezerra

A deputada estadual Márcia Maia (PSDB) demonstrou confiança na capacidade de gestão da governadora eleita Fátima Bezerra (PT). Ela se pronunciou na sessão plenária desta quinta-feira (1) e pediu que o novo governo tivesse um olhar especial para quatro áreas: segurança, saúde, educação e geração de emprego e renda.

“Essas são áreas que afetam diretamente a população. Por isso, peço que a governadora eleita e sua equipe se debrucem nestas políticas públicas. Tenho certeza que Fátima está preparada e vai se dedicar ao máximo para tirar o Rio Grande do Norte da situação que está hoje”, afirma.

A parlamentar aproveitou para parabenizar Jean-Paul Prates (PT), que assumirá o mandato de senador a partir do próximo ano e também enalteceu o papel do vice de Fátima Bezerra, Antenor Roberto (PCdoB). “Ele é capacitado e tem condições técnicas de ajudar Fátima nessa missão de gerir o RN”, disse Márcia.

Sobre seu mandato que se encerra em janeiro de 2019, ela disse que irá cumprir até o final com a mesma disposição do início. “Até janeiro estarei aqui dialogando, trabalhando com muita honra nesse mandato que a mim foi confiado. Mas quero dizer que mesmo sem mandato, continuarei contribuindo com o Estado”, concluiu.

Assessoria

Confira o horário de funcionamento do comércio em Natal neste Dia de Finados

Nesta sexta-feira (2) o comércio vai funcionar em horário diferenciado em função do feriado o nacional do Dia de Finados. A Câmara de Dirigentes Lojistas de Natal (CDL) informou o funcionamento dos principais estabelecimentos comerciais da capital potiguar.

Confira:

Comércio de Rua

Alecrim: Fechado
Centro da Cidade: Fechado
Zona Norte: Fechado

Shoppings

Midway Mall:
Praça de alimentação e lazer: 11hs às 22hs /
Lojas de departamento: de 13h às 21hs
Demais lojas: de 15h às 21hs
Hipermercado EXTRA: de 7h às 22h
Academia Smart Fit: De 9h às 15h
Cinema: conforme a programação do site

Natal Shopping
Praça de alimentação e lazer: 11h às 22h
Quiosques de alimentação: 13h às 22h
Âncoras e megalojas: 13h às 21h
Fórmula Academia: 9h às 15h
Cinema: conforme a programação do site
Demais lojas e quiosques: 15h às 21h

Praia Shopping
Praça de alimentação e lazer: A partir das 11h
Lojas e quiosques: 15 às 21h
Cinema: conforme a programação do site

Shopping Cidade Jardim:
Praça de alimentação: A partir das 11h
Lojas e quiosques: 15 às 21hs

Shopping Via Direta
Praça de alimentação e lazer: 12h às 22h.
Lojas e quiosques: abertura facultativa das 14h às 20h

Partage Norte Shopping Natal
Lojas e quiosques: 15h às 21h
Praça de alimentação e lazer: 11h às 22h
Cinema: conforme a programação do site

Shopping 10
Fechado

Supermercados

Funcionamento das 7 às 21hs

 

Ezequiel apresenta Projeto de Lei que institui diretrizes para proteção ao autista

Em virtude da audiência pública e o lançamento da campanha sobre o Autismo, o deputado e presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira (PSDB) apresentou em sessão plenária o Projeto de Lei 181/18 que institui as diretrizes para a Política Estadual de Proteção dos Direitos da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista (TEA).

“Durante a audiência pública realizada na última terça-feira, depoimentos emocionados e as narrativas dos pais expuseram o amor incondicional que leva a buscar toda a ajuda de que podem precisar para o tratamento de seus filhos. Este projeto visa não deixar estes momentos ficarem somente na memória. Vamos colocar em prática os esclarecimentos sobre o distúrbio e a discussão em torno do atendimento cada vez mais acessível a todos”, explicou Ezequiel Ferreira.

Para efeitos da Lei será considerada pessoa com TEA aquela com prejuízo na comunicação e nas relações sociais, conforme critérios clínicos definidos na Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados com a Saúde – CID, na Organização Mundial de Saúde – OMS.

“Como é sabido, os Municípios, os Estados e a União são, solidariamente e concorrentemente responsáveis pela promoção da saúde, assistência pública de proteção e de garantia das pessoas portadoras de deficiência, conforme o artigo 23, II de nossa Constituição Federal. A Carta Magna incumbiu ainda o Poder Público, de forma expressa, de promover programas de assistência integral à saúde da criança e do adolescente”, justifica o deputado Ezequiel Ferreira.

No parágrafo segundo, o Projeto de Lei registra que a Política Estadual de Proteção dos Direitos da Pessoa com Transtornos do Espectro Autista deve pauta no desenvolvimento das ações e das políticas de atendimento, aplicáveis através da intersetorialidade entre a saúde, educação e assistência social, procurando celebrar convênios com as universidades federais e estaduais e outras instituições como fundações e associações, sempre que possível.

O Projeto de Lei inclui quatro diretrizes que devem ser estabelecidas pelo Estado, quando da formulação e implantação das políticas públicas em favor da pessoa autista.

I – Utilizar profissionais, estudantes e docentes das instituições de ensino superior, de forma a auxiliar na formação de profissionais aptos a diagnosticar e tratar o TEA precocemente, por meio de cursos, palestras e programas de incentivo profissional em diferentes níveis;

II – Garantir parcerias com as instituições de ensino para a promoção de cursos, palestras e programas de incentivo ao profissional, nos diversos níveis;

III – Promover a inclusão dos estudantes com TEA nas classes comuns de ensino regular com o apoio e as adaptações necessárias da tecnologia da Educação;

IV – Incentivar a formação e a capacidade de profissionais especializados na pesquisa e no atendimento da pessoa com Autismo.

O projeto seguiu para as Comissões, onde será analisado e votado. O passo seguinte será a votação final no plenário da Assembleia Legislativa.

Assessoria

Homem é assassinado e jovem baleada dentro de carro em Tibau, RN

Trio atacado estava em um Palio, a caminho da Praia das Emanuelas, quando foi trancado por outro veículo — Foto: PM/Divulgação
Trio atacado estava em um Palio, a caminho da Praia das Emanuelas, quando foi trancado por outro veículo — Foto: PM/Divulgação

G1RN – Um homem foi assassinado e uma jovem baleada dentro de um carro na manhã desta quinta-feira (1º) na cidade de Tibau, na região Oeste potiguar. Um outro homem, que também estava no veículo, conseguiu fugir. Tibau fica a 40 quilômetros de Mossoró. Ainda não se sabe quem fez os disparos nem a motivação do crime.

Segundo a Polícia Militar, a mulher foi ferida na perna e socorrida para o hospital de cidade. Ela contou que ela e os dois homens são de Mossoró, e que estavam a caminho da Praia das Emanuelas, quando o carro em que estavam, um Palio, foi fechado por um outro automóvel. Foi quando um homem desceu deste carro e começou a atirar.

A mulher disse também que em meio aos disparos um dos homens conseguiu correr e fugiu, mas o outro acabou morto e ela baleada na perna.

Ainda de acordo com a PM, o caso aconteceu por volta de 1h.

Frio, calculista e sem arrependimento, diz delegado sobre segurança que confessou ter matado Rayane

G1GLOBO – Uma pessoa fria, calculista e sem arrependimento. Essa é a descrição que o delegado do Setor de Homicídios de Mogi das Cruzes, Rubens José Ângelo, faz de Michel Flor da Silva, de 28 anos, preso na noite de terça-feira (30), pelo assassinato de Rayane Paulino Alves, de 16 anos. “Ele é frio, tranquilo, pensa para falar, não toma medidas precipitadas”, disse o delegado.

No perfil em uma rede social, o segurança aparece com a família e segurando um berimbau.

Segundo a polícia, ele é praticante de capoeira e disse ter desacordado Rayane com um “mata-leão”.

Em outra foto, ele usa o uniforme de bombeiro civil. O delegado disse que ele tem curso de primeiros-socorros e percebeu a pulsação da adolescente depois do golpe e, por isso, a asfixiou com um cadarço.

Michel Silva, acusado de matar Rayane — Foto: Reprodução/Facebook

Michel Silva, acusado de matar Rayane — Foto: Reprodução/Facebook

Segundo a polícia, o segurança confessou que matou a jovem depois de ter oferecido uma carona para ela. Para polícia houve estupro, mas Michel Flor da Silva alega que relação sexual foi consensual e que depois adolescente “surtou”.

Ângelo, que é delegado da Delegacia de Homicídios, e o delegado seccional, Jair Barbosa Ortiz, deram uma entrevista coletiva na manhã desta quarta-feira (31), em Mogi. Eles detalharam todo o trabalho de investigação da Polícia Civil para solucionar o caso.

Suspeito de matar Rayane Paulino é preso em Mogi das Cruzes — Foto: Natan Lira/G1

Suspeito de matar Rayane Paulino é preso em Mogi das Cruzes — Foto: Natan Lira/G1

Ortiz explicou que a tecnologia foi grande aliada da polícia no esclarecimento do caso. “O mundo está monitorado. Nós deixamos rastros por onde passamos por conta das redes sociais e celulares. E há câmeras espalhadas por todo o canto. Também teve a boa vontade e experiência dos policiais. Nesse caso houve uma junção desses dois fatores.”

Rayane desapareceu após festa em sítio de Mogi — Foto: Reprodução/TV Diário

Rayane desapareceu após festa em sítio de Mogi — Foto: Reprodução/TV Diário

Onyx entrega a Padilha os primeiros 22 nomes da equipe de transição

Valter Campanato/Agência Brasil/Agência Brasil

O deputado federal Onyx Lorenzoni (DEM-RS) entregou hoje (31) os primeiros 22 nomes da equipe de transição, por parte do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), para o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, durante reunião no Palácio do Planalto. São nomes, em sua maioria, das áreas econômica e de infraestrutura. Porém, os nomes são mantidos sob sigilo.

“Tivemos a possibilidade de conversar com as áreas técnicas da Casa Civil, que nos permitiu uma visão dos avanços obtidos e vai permitir que o presidente Jair Bolsonaro tenha condições de decidir o que será implementado no curto, médio e longo prazo”, disse Onyx.

O parlamentar foi confirmado pelo presidente eleito para assumir a Casa Civil e também tem sido o interlocutor da equipe de Bolsonaro com o governo do presidente Michel Temer. Ao lado de Padilha, Onyx conduzirá os trabalhos de transição.

De acordo com Onyx, Bolsonaro virá a Brasília na próxima semana para conversar com o presidente Michel Temer e dar continuidade à definição da estrutura ministerial. “Ele já vai na próxima semana dar as primeiras sinalizações em relação tanto à estrutura ministerial quanto aos principais programas, projetos ou áreas que ele vai determinar que a equipe de transição se foque prioritariamente.”

A reunião de Padilha e Onyx começou por volta das 16h30, no gabinete da Casa Civil, no quarto andar do Planalto. É a primeira vez que representantes dos governos atual e eleito se encontram.

Nomes

Os nomes serão submetidos à análise da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), como é praxe em caso de contratações pela União. Em seguida, as nomeações serão publicadas no Diário Oficial. Os trabalhos entre técnicos dos dois governos ocorrerá no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) de Brasília. No local, há 22 salas.

Ainda não há definição se o presidente eleito vai indicar nomes paras todas as 50 vagas a que tem direito.

Processo

Padilha afirmou que o processo de transição começou oficialmente hoje ao receber os primeiros nomes da equipe de Bolsonaro. “Iniciamos hoje oficialmente o processo de transição. Queremos fazer uma transição com tranquilidade e dando condições as maiores possíveis para o novo governo.”

O presidente Michel Temer e seus ministros já haviam manifestado a intenção de realizar uma transição “tranquila” e “transparente”, informando todos os atos que o governo já realizou e que ainda estão em andamento, as receitas e despesas do Estado e as propostas para reduzir o déficit nas contas públicas.

A reforma da Previdência é uma dessas propostas, que poderá ser encampada ainda este ano, caso o atual governo concorde com o texto atual, em trâmite no Congresso. Bolsonaro indicou que quer dar continuidade ao tema no Congresso.

 

Fonte: https://moneytimes.com.br/onyx-entrega-a-padilha-os-primeiros-22-nomes-da-equipe-de-transicao/

Mineiro agradece confiança dos potiguares na eleição de Fátima Bezerra

Durante o primeiro pronunciamento que fez após o resultado do segundo turno das eleições, o deputado Fernando Mineiro (PT) agradeceu a expressiva votação e a confiança dos eleitores que optaram por Fátima Bezerra, com o vice Antenor Roberto. Na sessão plenária desta quarta-feira (31), o deputado também se referiu às alianças políticas.

“Quero agradecer aos que estiveram conosco desde o início desta caminhada. A indicação da senadora Fátima Bezerra como candidata ao governo foi muito mais do povo do que do Partido dos Trabalhadores”, disse Mineiro. O parlamentar citou as lideranças políticas, como os deputados, prefeitos e vereadores que se somaram à campanha, seja no primeiro ou no segundo turno.

Mineiro citou nominalmente vários deputados e os apoios recebidos em todas as regiões do Estado. Ao presidente do Legislativo do RN, Ezequiel Ferreira, o apoio “e o papel fundamental na construção da aliança em defesa do Rio Grande do Norte”.

Mineiro afirmou que está convicto de que na história política do Rio Grande do Norte se começa a escrever uma nova página “com a vitória consagradora, a capacidade de diálogo e pelo conjunto de forças que se uniram quando o Estado estava em jogo”.

“Acreditamos que a despeito das nossas diferenças, a gente possa exercer na prática aquilo que nos move para fazer política, que é criar condições para que hajam transformações fundamentais na qualidade de vida do nosso povo. E é pra isso que a gente faz política, para mudar a vida, a sociedade e as condições de vida do nosso povo”, afirmou.

Os deputados Raimundo Fernandes (PSDB) e Ezequiel Ferreira (PSDB) apartearam o colega. Ezequiel afirmou que Mineiro tem compromisso com a palavra e construiu não apenas sua liderança, mas criou forte amizade com os demais parlamentares. Demonstra competência no estudo das matérias, na defesa do interesse público e na participação nas comissões. “Mineiro ao longo da sua atuação parlamentar foi fortalecendo a amizade, a confiança de forma que foi capaz de unir cores partidárias completamente diferentes em torno de um projeto para o Rio Grande do Norte”, disse. Raimundo Fernandes destacou o reconhecimento, por parte da senadora Fátima, da união das forças.

Quem é Onyx Lorenzoni, aliado de primeira hora de Bolsonaro

Conhecido pela contundência de suas opiniões contrárias aos governos do PT, o deputado federal Onyx Dornelles Lorenzoni (DEM-RS) deve assumir um dos principais cargos do governo de Jair Bolsonaro (PSL). Anunciado como ministro Casa Civil, ele trabalhará, a partir de janeiro, no Palácio do Planalto, no fundo do quarto andar, bem acima do gabinete da Presidência, que ocupa todo o terceiro andar. A pasta é responsável por acompanhar, de forma integrada, as principais políticas públicas dos demais ministérios, coordenar os balanços de ações governamentais, publicar nomeações e exonerações, além de auxiliar na tomada de decisões do Chefe do Executivo.

Nascido no dia 3 de outubro de 1954, Onyx Lorenzoni tem 64 anos e construiu carreira política ao longo de vários mandatos parlamentares. Deputado federal desde 2003, ele está finalizando o quarto mandato na Câmara. Nestas eleições, foi reeleito com mais de 180 mil votos, sendo o segundo deputado mais votado do Rio Grande do Sul.

História

Entre 1995 e 2003, ele foi deputado estadual durante duas legislaturas. Formado em Veterinária e nascido em Porto Alegre, Onyx iniciou a sua atuação política como presidente do Sindicato dos Médicos Veterinários do estado, na década de 1980. Antes da vida pública, ele trabalhou no Hospital Veterinário Lorenzoni, empresa de que é sócio.

O parlamentar gaúcho está há 21 anos no DEM, que até o ano de 2007 se chamava Partido da Frente Liberal (PFL). Antes, era filiado ao PL. Onyx é defensor da flexibilização do Estatuto do Desarmamento e de outras posições do campo liberal e conservador, como redução da maioridade penal, contra as cotas raciais e a favor de projetos ligados à pauta ruralista.

Recentemente, foi o responsável por relatar o projeto que reunia dez medidas de combate à corrupção, que chegou ao Congresso por meio de iniciativa popular. Na atuação parlamentar, o deputado é conhecido como uma pessoa acessível à imprensa e que consegue atuar nos bastidores. “Ele é estudioso, tem dinamismo, coragem e procura estudar [os temas que precisa discutir]”, disse à Agência Brasil o deputado Darcísio Perondi (MDS), que também é do Rio Grande do Sul.

Onyx faz parte da Frente Parlamentar da Segurança Pública, conhecida como Bancada da Bala, que conta com dezenas de deputados. O grupo é coordenado pelo deputado Alberto Fraga (DEM-DF), que também é cotado para assumir algum cargo no governo Bolsonaro. Crítico ao Estatuto do Desarmamento, costuma argumentar que a posse e o uso de armas de forma legalizada não está relacionada ao aumento ou redução da criminalidade no país.

Em 2014, quando a doação empresarial a campanhas eleitorais ainda era permitida, o deputado recebeu R$ 100 mil de duas das maiores empresas de armas e munições do Brasil:  a Companhia Brasileira de Cartuchos (CBC) e a Forjas Taurus S.A. Quatro anos antes, a Taurus repassou R$ 150 mil para a campanha de Onyx, mesmo valor doado pela Associação Nacional da Indústria de Armas e Munições.

Onyx Lorenzoni acompanha senadores chilenos em visita a Jair Bolsonaro – Fernando Frazão/Agência Brasil

Posições

O deputado Efraim Filho (DEM/PB), que foi líder do Democratas na Câmara em 2017 e 2018, dez anos após ter sido liderado por Onyx, ainda no PFL, elogia a firmeza com que ele defende as posições em que acredita. Ele afirma que o parlamentar aliado de Bolsonaro teve a capacidade de se antecipar nos últimos anos a movimentos que posteriormente ganharam força a nível nacional, como as críticas ao petismo, a defesa do impeachment e o sentimento de “renovação da política” que vinha da sociedade.

Foi dessa forma que ele convenceu colegas e abriu um canal de comunicação com grupos como o Movimento Brasil Livre (MBL), ainda na época das manifestações contra Dilma Rousseff. “O Onyx sempre foi um político muito convicto dos seus princípios e valores. É um visionário em termos de estratégia e articulação política. É um cara que tem uma profunda formação liberal, tendo feito diversos cursos com o partido liberal alemão”, disse.

De acordo com Efraim, as posições do futuro ministro na própria bancada do DEM são até hoje reconhecidas – como o momento em que o partido avaliava se fundir a outro para evitar a extinção. Na época, Onyx avaliou que a legenda colheria os frutos de se manter de forma firme na oposição.

“Ele conseguiu capitanear, capitalizar esse sentimento da sociedade. Acreditou nesse projeto Bolsonaro e, com justiça, hoje é apontado com articulador. Enquanto o PSDB às vezes vacilava na condução da oposição, o Onyx quando liderou o DEM nunca titubeou e sempre previu que essa agenda que ele sempre defendeu seria acolhida pela sociedade brasileira”, afirmou.

Dez medidas

Após intensas negociações, o plenário da Câmara aprovou em novembro de 2016 o texto que continha dez medidas de combate à corrupção, que chegou ao Congresso com dois milhões de assinaturas. Ony foi o relator da medida. Durante a tramitação, seis medidas sugeridas pelo MPF foram retiradas, após críticas dos parlamentares. A proposta, que está parada no Senado à espera de um relator, manteve a criminalização do eleitor pela venda do voto, a transformação em crime hediondo para certos tipos de corrupção e a tipificação do caixa 2 como crime eleitoral.

Mesmo antes da relatoria, Onyx  já era apontado pelo Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (DIAP) como um dos parlamentares mais influentes, tendo participado de 12 Comissões Parlamentares de Inquérito (CPIs), com destaque para a dos Correios e a da Petrobras.

Coordenador de campanha

Desde que a candidatura de Jair Bolsonaro ganhou força, Onyx se tornou um aliado de primeira hora. Ainda durante a pré-candidatura à Presidência de Rodrigo Maia (DEM-RJ), atual presidente da Câmara, a avaliação do deputado gaúcho e de outros integrantes do DEM era de que o partido não deveria apoiar o candidato do PSDB, Geraldo Alckmin. O DEM acabou compondo a coligação do presidenciável tucano, mas a cúpula do Democratas soube que haveria integrantes da sigla trabalhando pela campanha do PSL.

Nas últimas semanas, o trabalho de Onyx junto à campanha se intensificou. Foi ele o responsável, na semana passada, por organizar encontros de Bolsonaro com diferentes grupos, dentre eles a bancada da bala e integrantes do agronegócio. No último domingo (28), o próprio Bolsonaro confirmou o nome do deputado para a Casa Civil. A partir desta quarta-feira (31), o processo de transição do governo se iniciará com uma reunião entre Onyx e o atual ocupante do cargo, ministro Eliseu Padilha.

 

Fonte: https://moneytimes.com.br/quem-e-onyx-lorenzoni-aliado-de-primeira-hora-de-bolsonaro/