Author: Foto Repórter

Covid-19: Cristiane Dantas sugere parceria com instituições e Forças Armadas

A deputada estadual Cristiane Dantas (Solidariedade) apresentou requerimentos sugerindo parcerias para o enfrentamento da Covid-19 no Rio Grande do Norte. O primeiro aponta parcerias e convênios com farmácias, drogarias, hospitais privados, clínicas médicas, cooperativas médicas, associações médicas e instituições de ensino superior atuantes no RN, públicas ou privadas, para que possam auxiliar em postos de vacinação. 

“Consta que o Governo Federal já adquiriu ou pelo menos firmou contratos de intenção de compras de imunizantes suficientes para toda população brasileira até o final de 2021, cabendo agora aos Estados e Municípios agilizar a logística de distribuição e aplicação das vacinas com a maior brevidade possível, para que assim possamos amenizar os efeitos da pandemia e evitar mortes. Infelizmente, o RN é o que se encontra em pior estágio de distribuição e aplicação das doses, ou seja, precisamos encontrar mecanismos para agilizar esse processo e assim salvar vidas”, justificou. 

A segunda proposta da deputada sugere parceria com as Forças Armadas para que forneçam suas instalações hospitalares e recursos humanos (enfermeiros, médicos, técnicos, etc.) para auxiliar no combate da pandemia de Covid-19. 

“No nosso Estado temos as instalações das Forças Armadas, com equipe técnica extremamente qualificada e excelente estrutura física capaz de auxiliar o Estado no combate a pandemia, seja com hospitais de campanha, abertura de leitos, atendimentos aos pacientes com sintomas, centros de testagem, auxílio na vacinação e outros
mecanismos capazes de frear a propagação do vírus”, listou Cristiane Dantas.

Alta procura de idosos e trabalhadores de saúde causa filas nos pontos de vacinação contra Covid-19 em Natal

NATAL, 29/03/2021 - Fila de vacinação contra Covid-19 no shopping Via Direta, em Natal.  — Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi
NATAL, 29/03/2021 – Fila de vacinação contra Covid-19 no shopping Via Direta, em Natal. — Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi

As filas ficaram longas nos pontos de vacinação contra a Covid-19 de Natal, na manhã desta segunda-feira (29). A capital começou a vacinação de idosos a partir dos 69 anos e trabalhadores de saúde que ainda não tinham sido atendidos pela campanha e a procura foi alta.

Outros profissionais de saúde que não estavam incluídos na atual fase também procuraram os pontos, aumentando ainda mais o número de pessoas nos locais.

No shopping Via Direta, a fila começava na porta da sala de vacinação e se estendia até a entrada do shopping, próxima à parada de ônibus na BR-101 – uma das maiores desde o início da vacinação. Muita gente não sabia quem podia ou não se vacinar nesta segunda (29).

O estudante de fisioterapia Felipe Rodrigues faz estágio em um lar de idosos e afirmou que recebeu a informação que seria vacinado, mas quando chegou ao local, descobriu que não. Ele não foi o único. “Acho absurdo, porque trabalho em um local com idosos, em uma instituição de longa permanência”, disse.

De acordo com o escalonamento divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde, serão vacinados nesta semana:

  • Dia 29/03 – Trabalhadores de Saúde com vinculo comprovado em hospitais, maternidades, laboratórios, farmácias e drogarias.
  • Dia 30/03 – Trabalhadores de Saúde com vinculo comprovado em clínicas especializadas (cardiologia, vascular, nefrologia e endocrinologia).
  • Dia 01/04 – Trabalhadores de Saúde com vinculo comprovado nas demais clínicas especializadas.

Os idosos ficaram em uma fila separada, mas bem perto dos trabalhadores da saúde. A dona de casa Linduina Almeida Lopes já tinha um “plano B” para a espera. “É o jeito, tem que esperar. Se eu não aguentar ficar em pé, vou procurar um lugar para sentar e botar minha filha para guardar o lugar”, disse.

Na unidade básica de Felipe Camarão, idosos tiveram que esperar vacinação no sol. No Ginásio Nélio Dias, a fila também começou cedo e dona Aurina André de Melo, de 71 anos, preferiu sentar no meio-fio para esperar.

Na unidade básica de saúde de Nazaré, a fila não era tão grande como em outras unidades, mas os idosos se aglomeraram para conseguir um local à sombra.

G1RN

Isolda Dantas apresenta Projeto de Lei que beneficia famílias circenses

A deputada Isolda Dantas (PT) apresentou Projeto de Lei na Assembleia Legislativa, direcionado à governadora Fátima Bezerra, solicitando que o Estado garanta espaços públicos destinados à instalação e funcionamento de circos, trupes, associações artísticas itinerantes garantindo o acesso de seus integrantes às  redes de  saúde, educação e  segurança no  Rio Grande do Norte.

“É preciso lembrar que a renda da família circense é resultante da bilheteria de seus espetáculos e que a mesma fora comprometida em razão da pandemia do Coronavírus reforçando a necessidade de proteção especial a esta classe artístico-cultural”, justificou.
Isolda relembrou o caso do Circo ‘Imperial do Brasil’ que ainda no mês de março do ano passado encontrava-se no interior da Bahia em regulares apresentações e, com o início da pandemia, teve suspensas suas atividades, e não obteve autorização para instalação em outro município ou permanência na localidade originária. “O que chega a ser um absurdo”, destacou.

A parlamentar reforçou a importância do Projeto de Lei ao observar as condições adversas vivenciadas pelas famílias circenses em todo o Brasil. “Geralmente as famílias circenses sobrevivem em condições adversas, especialmente diante da fragilidade da estrutura sanitária ofertada a estas comunidades pelas municipalidades que as sediam. Assim, considerando que os circenses e suas famílias são o elo mais frágil da cadeia da indústria do entretenimento, impõe-se a necessidade de buscarmos a estes, proteção administrativa especial para a  execução de  suas  atividades assegurando garantia de  direitos e  condições sanitárias dignas de sobrevivência”, finalizou Isolda.

Atualmente os registros informais desta atividade artístico-cultural contam que a mesma compreende cerca de 2.000 circos atuantes no país envolvendo milhares de famílias e artistas.

Frente Parlamentar da Assembleia Legislativa inicia campanha “Apoie as pessoas Idosas”

No lançamento da campanha “Apoie as pessoas idosas”, na manhã desta segunda-feira (29), feita de forma virtual pela TV Assembleia, todos os participantes defenderam a importância da criação, manutenção e boa gestão de um fundo específico para os brasileiros da terceira idade. A Frente Parlamentar em Defesa e Valorização dos Direitos da Pessoa Idosa, presidida pelo deputado Ubaldo Fernandes (PL), está incentivando a destinação do Imposto de Renda para Fundos do Idoso entre os potiguares.
 
“Temos um baixo percentual de cidadãos que conhecem essa possibilidade prevista por lei e aqui no Rio Grande do Norte temos 47 instituições de longa permanência para idosos, que necessitam de muito auxílio. Preciso que todos se engajem nesta luta, nesta campanha de cidadania, fazendo essa doação para fortalecer o trabalho dessas instituições em nosso estado”, destacou o parlamentar, na abertura do evento. A sugestão é que na declaração anual de ajuste do imposto de renda, cujo prazo se vence em 30 de abril, pessoas físicas e jurídicas possam destinar parte do imposto para os idosos.
 
A campanha pretende conscientizar um número maior de pessoas acerca dessa possibilidade. No caso de pessoa jurídica o percentual é de 1% e como pessoa física os potiguares poderão destinar 3%. “Estamos numa grande campanha solicitando aos familiares e amigos que se engajem, pois este é apenas um dos muitos desafios nesta área”, afirmou o parlamentar, que convidou para a abertura do evento especialistas ligados à causa do idoso de diversas partes do País.
 
O vice-presidente da Frente Parlamentar, André Arruda, destacou que o Fundo Municipal do Idosos tem um papel fundamental: “É uma das leis mais importantes do País para valorização da pessoa idosa”, disse. A presidente destituída do Conselho Nacional dos Direitos da Pessoa Idosa, Lúcia Seccoti, salientou a importância do trabalho conjunto dos conselhos e elogiou a campanha, por ampliar para a população a possibilidade de participação e auxílio. “Esse dinheiro será gerido pelo colegiado e a população pode participar, essa legislação é acima de tudo um mecanismo de defesa e promoção da pessoa idosa”, disse.
 
Para o presidente do Conselho Regional de Contabilidade do RN , Erivan Ferreira Borges, participar desse processo é um ato de cidadania. Ele falou sobre a facilidade de destinação dos recursos através da declaração do IR com o auxílio de um contabilista. “Somos mais de 500 mil profissionais no Brasil e mais de 6.500 contabilistas em atividade aqui em nosso Estado que podem estar participando deste trabalho”, afirmou.
 
Também participaram do evento a deputada federal Carla Dickson e a ex-vereadora de Natal, professora Eleika Bezerra. Carla lembrou que também é importante a captação de emendas e destinação de recursos para a causa dos idosos e colocou o seu mandato à disposição. A professora Eleika Bezerra disse que o respeito é condição básica para a dignidade e uma prioridade máxima junto aos idosos.
 
Integrante da  Frente de Fortalecimento dos Conselhos da Pessoa Idosa, Thiago Alvin lembrou que toda ação tem urgência, visto que num futuro de 20 a 30 anos essa população irá dobrar. “Precisamos priorizar os investimentos, que podem começar agora com essa contribuição do Imposto de Renda”, disse. O vereador de Natal Herberth Senna disse que a campanha precisa de ampla divulgação para que os potiguares tenham uma grande adesão.
 
Com a experiência de quem foi membro do Conselho Nacional dos Direitos da Pessoa Idosa e do Conselho Municipal da Pessoa Idosa em Maceió, Tereza Lins traçou um histórico sobre a lei que criou o fundo e alertou para a composição dos conselhos: “É importante conselheiros que conheçam a fundo a legislação e tenham a dimensão da gestão dos recursos do fundo”, disse.
 
Outra convidada com grande expertise no tema, Maria Vicente também foi do Conselho Nacional Nacional e incentivou a campanha. “Precisamos preparar as ações para o futuro. A lei trouxe transparência na aplicação do dinheiro e também a revelou a questão da competitividade, porque os melhores projetos são quem terão financiamento. Temos hoje várias instituições de longa permanência e esses recursos são importantes para prevenir a morte de pessoas institucionalizadas”, observou.
 
A abertura contou com apresentação do músico potiguar Chico Beethoven e também contou com a participação do presidente da Comissão dos Direitos da Pessoa Idosa da OAB no RN, Davi Nogueira Sales, que colocou a instituição à disposição; de José Araújo da Silva, do Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa Idosa do Paraná, que citou as experiência exitosas no seu Estado e do gestor Abel Moreno, integrante do Centro Integrado de Assistência Social da Igreja Evangélica Assembleia de Deus (Ciade).
 
A CAMPANHA
 
Os materiais de “Apoie as pessoas idosas” esclarecem como é fácil destinar o Imposto de Renda para os Fundos da Pessoa Idosa, explicando que a pessoa física pode destinar até 3% do IR na Declaração Anual de Ajuste e a pessoa jurídica até 1%. Divulgam a conta do Fundo Municipal de Apoio à Política do Idoso de Natal (CNPJ: 28.420.868/0001-60 BANCO DO BRASIL Ag: 3795-8 Cc: 11603-3) e esclarecem também que contribuindo com o Fundo do Idoso, não se pagará nada a mais do que já seria desembolsado no IR.

Covid-19: UE ameaça bloquear exportações da vacina AstraZeneca

EU Ursula von der Leyen PK zu COVID-19
A líder da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen.

A União Europeia (UE) poderá impedir a AstraZeneca de exportar a sua vacina Covid-19 do bloco se a empresa farmacêutica britânico-sueca não cumprir as suas obrigações de fornecimento, disse a Presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, neste sábado (20.03). 

“Temos a opção de proibir quaisquer exportações planeadas. Esta é a mensagem que estamos a enviar à AstraZeneca: respeitem o vosso contrato com a Europa antes de começarem a entregar a outros países”, disse Ursula von der Leyen numa entrevista com o grupo de comunicação social alemão Funke. 

Ela disse que a empresa tinha entregue apenas 30% das doses prometidas no primeiro trimestre de 2021. A líder europeia também salientou que embora o contrato com a AstraZeneca tivesse estipulado que a UE receberia vacinas de fábricas na UE e na Grã-Bretanha, “não recebeu-se nada dos britânicos, enquanto nós lhes entregamos vacinas”, disse.

DW

Alemanha: Manifestantes antilockdown registem contra a polícia na Alemanha

Deutschland | Demonstration gegen Corona-Maßnahmen in Kassel
Manifestantes em Kassel. Praticamente ninguém usou máscara

Manifestantes que se opõem às medidas de restrição contra a pandemia atacaram policiais neste sábado (20/03) em Kassel, na região central da Alemanha. A polícia foi forçada a responder com spray de pimenta, canhões de água e cassetetes para conter os manifestantes. Jornalistas também foram atacados por manifestantes.

Após uma pausa de três meses ao longo do inverno, a Alemanha voltou a registrar protestos contra medidas na última semana. As manifestações ocorrem em meio a um novo aumento de casos de covid-19 no país, após um relaxamento do lockdown imposto em dezembro.

O protesto em Kassel foi o maior registrado no país neste sábado. Inicialmente, as autoridades concederam autorização para que 6.000 pessoas se reunissem nas imediações da cidade. Mas os organizadores não respeitaram as determinações, e passaram a marchar pelo centro de Kassel.

O número de pessoas que tomou parte do protesto também foi mais alto do que autorizado. A polícia estimou que mais de 15.000 pessoas participaram. Na multidão, poucas pessoas usavam máscaras ou faziam questão de manter distanciamento mínimo.

Os choques com a polícia ocorreram quando grupos de manifestantes tentaram romper violentamente os cordões humanos de isolamento montados pela polícia. “Não toleramos tais ataques. Isso não é um protesto pacífico”, escreveu a polícia no Twitter. Mas em geral, apontou a imprensa local, os policiais evitaram escalar o confronto, permitindo que a manifestação seguisse por boa parte do centro da cidade, mesmo que os organizadores não tivessem permissão para tal.

Jornalistas também foram alvo de violência. Com manifestantes tentando arrancar máscaras de profissionais da imprensa. Outros jornalistas foram agredidos e alvos de insultos.

A manifestação em Kassel foi convocada pelo movimento Querdenken 711 (“pensamento lateral”, seguido do prefixo telefônico de Stuttgart, onde o grupo originalmente se formou), que organizou outros grandes protestos similares em 2020. Os participantes da manifestação em Kassel incluíam uma composição diversa: extremistas de direita, propagadores de teorias conspiratórias, adeptos de tratamentos alternativos, negacionistas, militantes antivacinas, algumas famílias com filhos pequenos e até membros da cena de extrema esquerda.

O discurso predominante dessas manifestações tem sido de denunciar as restrições impostas pelo governo como uma medida contra os direitos individuais, mas muitos manifestantes também aproveitam os protestos para disseminar mensagens antissemitas e slogans de extrema direita, afirmando que a quarentena seria um complô da indústria farmacêutica, do bilionário Bill Gates e até mesmo dos “sionistas”. Sem qualquer base histórica, muitos manifestantes costumam traçar paralelos entre as medidas e as ações da ditadura nazista (1933-1945).

Além de Kassel, também ocorreram neste sábado protestos em Potsdam e Berlim, mas em escala reduzida. Algumas centenas de manifestantes de extrema direita, empunhando bandeiras do antigo Império Alemão (1871-1918) se reuniram em frente ao Portão de Brandemburgo, mas logo foram dispersados pela polícia. Inicialmente, a polícia alemã esperava que mais manifestantes aparecessem. Cerca de 1.800 policiais foram deslocados para bloquear o acesso a prédios do governo na região central. Antecipando violência, a polícia chegou a criar áreas de escape para jornalistas que fossem alvo de agressões por parte de manifestantes.

Em Potsdam, houve uma cisão entre os manifestantes, com um grupo de 500 pessoas preferindo se distanciar de um grupo de 300 neonazistas que também estavam protestando contra as medidas de restrição.

A Alemanha voltou nas últimas semanas a registrar um aumento significativo de novos casos de covid-19 após o relaxamento de medidas de restrição no início do mês. Diante do aumento, alguns estados e distritos já estão revertendo a flexibilização. Desde o inicio da pandemia, o país registrou mais de 2,6 milhões de casos da doença e 74.565 mortes.

Dw

Conselho de Enfermagem apura 14 denúncias de fraude de vacinação no estado de SP

Vacinação contra a Covid-19 no Brasil: veja perguntas e respostas | Vacina  | G1
A enfermeira Mônica Calazans, de 54 anos, recebe uma dose da vacina CoronaVac contra a Covid-19 no Hospital das Clínicas, em São Paulo / Foto simbólica – de Amanda Perobelli/Reuters

O Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo (Coren-SP) está apurando 14 denúncias de fraude da vacinação no estado. Destas, seis são na capital paulista. Alguns casos são as chamadas “vacinas de vento”, quando a seringa está vazia na hora da aplicação.

Tatiane Vidal, filha do aposentado Márcio Vidal, de 70 anos, levou o pai na UBS Vila das Mercês, no Sacomã, na Zona Sul de São Paulo, e filmou a aplicação da vacina contra a Covid. Ao mostrar o vídeo para a família, eles perceberam que a agulha foi introduzida, mas a profissional de saúde não pressionou o êmbolo, parte da seringa que “empurra” o líquido.

Com isso, a família voltou à UBS. A supervisora da unidade de saúde permitiu que outra dose fosse aplicada. Renata Vidal, outra filha de Márcio, contou que monitorou cada passo da aplicação.

“Foi bem traumático para nós, principalmente para o meu pai”, disse a filha.

A família registrou um Boletim de Ocorrência por “infração de medida sanitária preventiva”.

A Secretaria Municipal de Saúde disse que o conteúdo do vídeo “vai ser avaliado com critério e rigor pelo técnico de imunização da Prefeitura”.

G1SP

Morre PM que foi baleado após atirar para cima e contra policiais no Farol da Barra, em Salvador

Policial militar que disparou tiros para cima na região do Farol da Barra, em Salvador era lotado na 72ª CIPM — Foto: Reprodução / Redes Sociais
Policial militar que disparou tiros para cima na região do Farol da Barra, em Salvador era lotado na 72ª CIPM — Foto: Reprodução / Redes Sociais

policial militar que foi baleado após atirar para cima e contra policiais na tarde deste domingo (28) na região do Farol da Barra, em Salvador, morreu horas depois no Hospital Geral do Estado (HGE). A informação foi confirmada pela Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) na noite de domingo.

De acordo com a secretaria, o homem apresentava descontrole emocional quando começou a efetuar disparos. 

Equipes do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) tentaram negociar com ele por 3 horas e meia, mas o homem acabou atingido por tiros depois de disparar com fuzil contra os policiais.

A família informou que Wesley Góes nunca tinha apresentado surtos. O policial tinha o rosto pintado de verde e amarelo quando começou a efetuar tiros no Farol da Barra.

O PM, identificado como Wesley Soares Góes, era noivo e trabalhava na 72ª CIPM havia pelo menos quatro anos. Ele chegou a ser socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) e levado para o hospital. Segundo o major da 72ª CIPM, Hosannah Santos Rocha, o soldado chegou a ficar intubado, mas não resistiu.

Depois que o soldado foi baleado, jornalistas foram alvos de tiros de borracha quando tentavam se aproximar do policial.

Em nota, o Sindicato dos Jornalistas da Bahia (Sinjorba) afirmou que “condena veementemente o comportamento dos policiais envolvidos neste lamentável episódio”. A instituição também contou que “não havia qualquer necessidade de agir daquela maneira pois os jornalistas estavam trabalhando e não representavam qualquer ameaça aos PMs ou à operação”.

Equipes da Superintendência de Trânsito do Salvador (Transalvador) desviaram o trânsito no Farol da Barra para a Rua Barão de Itapuã.

Confira a ordem cronológica dos fatos:

  • 14h: A ocorrência iniciou quando o militar chegou armado com fuzil e pistola, na Barra. Imediatamente ele iniciou disparos de fuzil para o alto. Ele foi cercado por unidades policiais do CPR Atlântico e especializadas, que isolaram o local;
  • 15h: de acordo com a SSP, uma equipe do Bope iniciou a negociação. O soldado alternava momentos de lucidez com acessos de raiva, acompanhados de disparos. De acordo com o órgão de segurança pública, além dos tiros de fuzil, o soldado arremessou grades, isopores e bicicletas, no mar;
  • 18h35: O soldado teria falado que havia chegado o momento, fez uma contagem regressiva e iniciou os disparos contra as equipes do Bope. Após pelo menos 10 tiros, o soldado foi baleado e socorrido para o Hospital Geral do Estado (HGE);
  • Depois das 18h40: Jornalistas tentaram se aproximar do policial e foram afastados com balas de borracha;
  • 23h: A Secretaria de Segurança Pública da Bahia confirma a morte de Welsey Góes no hospital.

G1BA

Enem 2020 divulgará resultados nesta segunda, a partir das 18h

Enem digital foi aplicado em laboratórios de Informática contratados pelo Inep — Foto: Milca de Oliveira
Enem digital foi aplicado em laboratórios de Informática contratados pelo Inep — Foto: Milca de Oliveira

Os resultados do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 serão divulgados nesta segunda-feira (29), na página do participante.

Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), as notas das provas objetivas e da redação estarão disponíveis após as 18h.

Nesta data, serão publicados os boletins de desempenho das seguintes versões do Enem:

  • impressas (primeira e segunda aplicação);
  • digital;
  • PPL (para pessoas privadas de liberdade).

Os treineiros só poderão consultar os resultados em 28 de maio.

Como consultar a nota

Os candidatos só conseguem ter acesso ao próprio resultado — as notas dos demais alunos não são divulgadas publicamente.

Para conferir o boletim de desempenho, é preciso entrar na página do participante e digitar os dados do login único do governo federal.

Caso o aluno tenha esquecido a senha, é possível recuperá-la. Basta seguir os seguintes passos:

  • informar o CPF;
  • clicar em avançar e, em seguida, em “esqueci minha senha”;
  • escolher uma das formas de recuperar o acesso à conta (validação facial, celular, e-mail ou internet banking);
  • aguardar o envio do código de verificação;
  • gerar uma nova senha.

Para que serve a nota do Enem 2020?

O Enem 2020, previsto inicialmente para novembro do ano passado, foi adiado para janeiro e fevereiro de 2021, em razão da pandemia.

Consequentemente, programas do governo que costumam utilizar a nota da prova — como o Prouni e o Fies — aceitaram apenas os resultados das edições anteriores do exame. Não daria tempo de aguardar até o fim de março para iniciar os processos seletivos.

O único programa de acesso ao ensino superior que conseguiu reorganizar o calendário para usar as notas do Enem 2020 foi o Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Ele seleciona alunos para universidades públicas.

As inscrições ocorrerão de 6 a 9 de abril. Segundo o Ministério da Educação (MEC), serão ofertadas 209.190 mil vagas, distribuídas em 5.685 mil cursos de graduação.

Cronograma do Sisu

  • Inscrições: de 6 a 9 de abril
  • Resultado da chamada única: 13 de abril
  • Matrícula ou registro acadêmico: de 14 a 19 de abril
  • Manifestação de interesse em participar da lista de espera: de 13 a 19 de abril

G1RN

Presidente do TJ suspende liminar que determinava vacinação de veterinários contra a Covid-19 em Natal

Voluntária para vacinação contra Covid-19 em Natal, Joyce Ferreira mostra seringa com dose da vacina Coronavac, aplicada inicialmente em trabalhadores da linha de frente contra a pandemia, na Arenas das Dunas. — Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi
Voluntária para vacinação contra Covid-19 em Natal, Joyce Ferreira mostra seringa com dose da vacina Coronavac, aplicada inicialmente em trabalhadores da linha de frente contra a pandemia, na Arenas das Dunas. — Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi

A pedido do Ministério Público, o presidente do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN), desembargador Vivaldo Pinheiro, suspendeu os efeitos de uma decisão liminar que determinava a vacinação de veterinários contra a Covid-19 em Natal. A decisão foi publicada na manhã deste domingo (28).

Desde a sexta-feira (26), após publicação de decisão liminar da 2ª Vara da Fazenda Pública, o município vinha imunizando os médicos veterinários. Porém na nova decisão, o desembargador considerou que o grupo havia sido retirado da prioridade pelo município e que “não pode o Poder Judiciário, no afã de solucionar a controvérsia, subverter as ordens emanadas das autoridades sanitárias quanto à fila de vacinação”.

No pedido de suspensão, o MP alegou grave risco de lesão à ordem e saúde públicas na “burla ao Plano Municipal de Vacinação estabelecido pelo Poder Executivo Municipal, dentro de sua discricionariedade técnica e de acordo com as diretrizes estaduais e nacionais expedidas a respeito do tema”.

A Procuradoria Geral do MP ainda alegou que a medida geraria “insegurança jurídica e aviltamento das demais categorias”, causando “potencial risco à saúde pública, uma vez que os profissionais preteridos estão mais sujeitos ao risco de contrair e disseminar a Covid-19, tendo em vista que lidam direta e diuturnamente com pacientes”.

A defesa do Conselho de Medicina Veterinária, disse que o médico veterinário é profissional da saúde, que também trabalha na linha de frente, “colaborando, sobretudo, para que outras zoonoses não acometam os humanos”. Afirmou ainda que os profissionais atuam várias áreas “não se podendo resumir a gama desses profissionais tão essenciais ao cuidado de animais em clínicas, consultórios e até nos serviços públicos de zoonoses”.

O conselho de classe também afirmou que há “incongruência” entre a Nota Informativa da Secretaria Municipal de Saúde que tirou os veterinários da vacinação “e todas as diretrizes nacionais e estaduais”, porque em nenhum momento o Ministério da Saúde teria excluiu os médico veterinários. Para a defesa do conselho, o município “interpretou erroneamente”, um ofício do Ministério, no qual seria clara a “diferença entre trabalhadores de estabelecimento de saúde animal e profissionais de saúde médicos veterinários”.

O presidente do TJ seguiu o pedido do MP, suspendeu a decisão liminar e determinou cumprimento imediato.

G1RN

Em agenda no Seridó, Ministro Rogério Marinho conversa com prefeito Luciano Santos de Lagoa Nova

O prefeito de Lagoa Nova, Luciano Santos, acompanhou a agenda do Ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, na cidade de Currais Novos. A visita, que aconteceu neste domingo (28), teve como objetivo apresentar aos prefeitos e lideranças o Projeto Seridó, que será executado pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf). A obra beneficiará 24 municípios potiguares e está orçado em R$ 280,6 milhões. Com a assinatura do contrato, será possível iniciar a elaboração do projeto executivo.

Luciano apresentou algumas demandas de Lagoa Nova ao Ministro Potiguar, Rogério Marinho. O prefeito falou do sonho da construção de obras estruturantes para a potencializar o desenvolvimento da Serra de Sant’Ana. Marinho disse que podia contar com o seu apoio e o do Governo Federal.

Após a conversa, o Ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, participou da gravação do Programa TV Cidade da Sidys, com o jornalista Ismael Medeiros. Luciano acompanhou toda a agenda.

Covid-19: Govenro Bolsoanro manda 160 cilindro de oxigênio para o Rio Grande do Norte

Rio Grande do Norte recebe 160 de cilindros de oxigênio — Foto: Julianne Barreto/Inter TV Cabugi
Rio Grande do Norte recebe 160 de cilindros de oxigênio — Foto: Julianne Barreto/Inter TV Cabugi

O governo Bolsoanro tomando conhecimento de uma possibilidade de falta de oxigênio no Estado do Rio Grande do Norte, atende pedido da governadora Fátima Bezerra, sua adversária política, do PT, e mandou neste último sábado (27) 160 cilindros de oxigênio medical por intermédio do Ministério da Saúde.

O oxigênio vai auxiliar no abastecimento em unidades hospitalares que atuam no combate à Covid-19 por todo o estado. O avião Hércules, da Força Aérea Brasileira, responsável pela condução da carga, pousou na Base Aérea de Natal por volta das 12h40.

Na verdade, o presidente Bolsoanro pode ser considerado o maior governador do estado do Rio Grande do Norte, todavia a gestora adversária continua lhe atacando, e sem prestar contas dos mais de R$ 18 bi que foi destinado ao RN.

Os cilindros serão distribuídos para 49 municípios, de acordo com a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap). No total, o governo do estado solicitou 450 unidades ao Ministério da Saúde, que já sinalizou o envio das outras 290 nas próximas semanas.

O reabastecimento desses cilindros ficará a cargo do estado e será realizado por meio do aditivo contratual que foi feito com a White Martins.

Com informações do G1

Natal passa marca de 100 mil doses aplicadas de vacinas contra Covid-19

Idoso recebe vacina contra Covi-19 em ponto de drive-thru, em Natal (Arquivo) — Foto: Anna Alyne Cunha/Inter TV Cabugi
Idoso recebe vacina contra Covi-19 em ponto de drive-thru, em Natal (Arquivo) — Foto: Anna Alyne Cunha/Inter TV Cabugi

A Prefeitura de Natal que a cidade ultrapassou a marca de 100 mil doses aplicadas da vacina contra a Covid-19. Desde o início da campanha de vacinação foram aplicadas 101.124 doses no município. Somente neste sábado (27), as equipes aplicaram 4.413 doses dos imunizantes.

As informações foram publicadas nos perfis oficiais do município em redes sociais. A imunização dos idosos com 70 anos ou mais e profissionais da saúde continua neste domingo (28) no Shopping Via Direta, Ginásio Nélio Dias (drive-thru e sala de pedestre), Arena das Dunas e Palácio dos Esportes (apenas drive-thru), das 8h às 16h.⁣

A aplicação de 100 mil doses não significa que 100 mil pessoas foram imunizadas na capital, porque a vacina é aplicada em duas doses.

Segundo o RN Mais Vacina, onde os municípios cadastram os dados de vacinação, mas os números ainda estão defasados, ⁣⁣ Natal teria 77.597 doses aplicadas e 60.873 pessoas vacinadas com pelo menos a primeira dose.

A capital tem uma população estimada em 890.480 habitantes, portanto 6,8% dos moradores estariam imunizados.

Ao todo, ainda de acordo com o RN + Vacina, a capital recebeu 125.603 doses de vacinas desde o início da campanha de imunização.

G1RN

Números de turistas estrangeiros no Brasil vem caindo desde 2019

Números de turistas estrangeiros no Brasil vem caindo desde 2019
Foto cedida

Os números de turistas estrangeiros no Brasil vem caindo desde 2019. Sem duvidas, é ínfimo, é nada, principalmente em relação, por exemplo, a Ilha da Capri (Itália), destino badalado de veraneio na Europa, na disputada Costa Amalfitana, que é um pouco maior que a metade de Fernando de Noronha: são apenas 6 km de extensão e 2 km de largura e com apenas 12 mil habitantes, recebeu 2 milhões de turistas somente em 2020. Sem dúvidas isso se chama infraestrutura turística. Já o Brasil recebeu a a visita de apenas 6,3 milhões de turistas internacionais em 2019.

A saber, mais da metade desses visitantes (3,6 milhões) veio dos países vizinhos. Naturalmente, os argentinos seguem liderando a lista dos principais emissores (1,9 milhão), seguido dos Estados Unidos (590 mil) e Paraguai (406 mil). Atualmente, os dados são da 2ª edição do Anuário Estatístico de Turismo 2020, desenvolvido pela Coordenação-Geral de Dados e Informações do Ministério do Turismo. Além disso, o número é menor ainda que em 2018, com uma redução de 4%. Ainda, segundo o documento produzido pelo Ministério do Turismo, os meses mais procurados pelos turistas internacionais foram janeiro e fevereiro, meses de alta temporada.

De acordo com Ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, “A queda nos números pode ser explicada pela redução dos visitantes do nosso principal emissor, a Argentina, que viveu um ano de muitas mudanças políticas em razão da eleição presidencial. De fato, acredito que temos trabalho em todas as frentes para desenvolver todo o potencial turístico do nosso país no período pós-pandemia. Sem dúvidas o Brasil reúne todas as condições para atender o novo perfil de viajante: foco na biossegurança e destinos de natureza”, comentou.  Certamente temos todas as potencialidades. Só nos falta infraestrutura, conectividade, segurança e explorarmos o turismo de fato e não o turista. Assim, ir de um destino a outro no Brasil demanda pagar muito caro, encarar conexões absurdas e demoradas. Temos belezas naturais? Naturalmente que sim! Chegar lá é que é o grande problema.

Turismo online

Março se torna o mês com mais mortes por Covid-19 no RN desde o início da pandemia

Gráfico do G1

Mesmo antes de ter terminado, o mês de março já se tornou o mais fatal da Covid-19 no Rio Grande do Norte desde o início da pandemia. Ao todo, 792 pessoas morreram com a doença até esta sexta-feira (26). O levantamento é do G1, com dados dos boletins epidemiológicos da Secretaria de Estado da Saúde Pública do RN (Sesap).

Antes, o maior número de mortes confirmadas havia sido registrado no mês de julho do ano passado: 767. Em junho, foram 751. Aqueles dois meses representavam um período de pico da primeira onda da Covid-19 no estado.

No último dia 19, ao ultrapassar a marca de 35,5 mil mortes por Covid-19, março já havia se tornado o mês mais letal da pandemia em todo o Brasil, também ultrapassando o mês de julho, que havia registrado 32.912 mortes.

Já tinham chegado também a essa marca os estados de Minas GeraisSão PauloParanáSanta CatarinaRio Grande do SulRondôniaTocantinsGoiásBahia e Mato Grosso.

Segundo a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), o estado registra 191.752 casos confirmados de Covid-19 e 4.354 mortes pela doença desde início da pandemia.

Momento crítico

O estado vive um momento crítico da pandemia. Segundo o Regula RN, na noite de quinta-feira (25), o estado tinha mais de 96% de ocupação dos leitos críticos. Cerca de 100 pessoas aguardavam por um leito crítico na fila, com apenas 13 disponíveis.

Segundo a Sesap, 99 municípios do estado tiveram a situação da pandemia agravada entre os dias 12 e 23 de março. Um levantamento do G1 também apontou que 32 cidades do RN registraram mais casos de Covid-19 nos três primeiros meses deste ano do que em todo o ano de 2020.

O número de internados também ultrapassou os 1 mil neste mês, com os maiores índices desde o início da pandemia. Atualmente, de acordo com a Sesap, são 1.098, sendo 603 em leitos críticos (de UTI e semi-intensivo).

Por conta desse aumento, que também afeta unidades de saúde e de pronto atendimento, o consumo de oxigênio em todo o Rio Grande do Norte cresceu 90%, segundo a empresa White Martins, que fornece o insumo para a Sesap.

Mais de 60 cidades potiguares, inclusive, já notificaram dificuldades para abastecimento do insumo. O estado recebeu do Amazonas nesta semana 70 compressores de oxigênio.

Março se torna o mês com mais mortes por Covid-19 no RN desde o início da pandemia — Foto: Elisa Elsie/Governo do RN/Divulgação

Março se torna o mês com mais mortes por Covid-19 no RN desde o início da pandemia — Foto: Elisa Elsie/Governo do RN/Divulgação

G1RN