Author: Foto Repórter

Caso Iasmin: após 56 dias, corpo de menina de 12 anos é identificado e sepultado em Natal

Corpo da menina Iasmin Lorena, de 12 anos, foi sepultado logo após ser liberado pelo Itep, em Natal (Foto: Julianne Barreto/Inter TV Cabugi)

Quase dois meses depois de a polícia encontrar um corpo enterrado em uma casa na mesma rua onde Iasmin Lorena de Araújo, de 12 anos, havia desaparecido no dia 28 de março, na comunidade da África, Zona Norte de Natal, um exame de DNA identificou oficialmente o cadáver como sendo o da menina. Um homem que trabalhava no imóvel foi preso em abril confessou o crime.

O laudo que confirmou a identidade do corpo saiu no final da semana passada. Após os trâmites, a família foi chamada para liberar o corpo nesta terça-feira (19) e o sepultamento aconteceu por volta das 11h no cemitério da Redinha.

“Hoje é o pior dia da minha vida. É o meu pior aniversário. No dia que em que completo ano, receber essa notícia logo cedo. Vão ficar só as lembranças da minha filha. Era uma menina exemplar”, disse Ingrid Araújo, mãe da menina, durante o enterro da filha.

De acordo com o diretor do Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep), Marcos Brandão, houve dificuldade na identificação da vítima por causa do estado em que o corpo foi encontrado, já em decomposição. Na primeira tentativa de exame de DNA foram usados tecidos da pele, mas o estudo não foi conclusivo. Ao todo, foram três tentativas. Na última, o perito do Itep, que fez o exame em parceria com um laboratório do Ceará, usou uma cartilagem do arco costal.

Fonte: https://g1.globo.com

Ezequiel solicita recuperação da RN-118, insumos e medicamentos para hospital em Jucurutu

O deputado e presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB) está solicitando do Governo do Estado que os trabalhos de restauração estrutural da rodovia RN-118, no trecho entre as cidades de Jucurutu e Caicó, na região Seridó sejam iniciados o mais rápido possível, atendendo assim a um pleito da população de Jucurutu. Ezequiel também pleiteou a destinação de medicamentos e insumos para o Hospital Maternidade Terezinha Lula de Queiroz Santos, em Jucurutu, referência na região.

Ezequiel solicitou ao Governador que começasse a estrada de Jucurutu/Caicó por duas frentes, sendo uma equipe em Caicó e outra em Jucurutu. A estrada está em péssima condição de tráfego, prejudicando o transporte de cargas entre municípios do Seridó e do Oeste do Estado. Os motoristas que percorrem o trecho diariamente estão tendo prejuízos com a danificação dos seus carros, em função dos grandes buracos no velho asfalto da rodovia.

“Temos recebido apelos do povo de Jucurutu para os trabalhos sejam iniciados o mais rápido possível, porque o trecho da rodovia está praticamente intransitável, prejudicando as relações comerciais não só entre Caicó e Jucurutu, mas entre municípios da região Oeste. Além do prejuízo que os motoristas e proprietários sofrem com a avaria dos seus carros há perigo iminente de acidentes, por causa da situação em que se encontra a rodovia”, justifica o deputado Ezequiel Ferreira.

A RN-118 é de grande importância para o desenvolvimento econômico do Seridó, do Vale do Açu e do Oeste do Estado, fazendo a ligação com a rodovia Federal BR-226, em Jucurutu.  O trecho é utilizado diariamente por moradores das cidades de Jucurutu, Caicó, São Rafael, Florânia, Assu e Triunfo Potiguar, entre outros.

Além da preocupação com a recuperação do trecho da rodovia, o deputado Ezequiel também requereu do Governo do Estado a possibilidade da realização de um convênio entre o Estado e o município de Jucurutu, para a aquisição de insumos e medicamentos para o Hospital Maternidade Terezinha Lula de Queiroz.

De acordo com a secretária municipal de saúde de Jucurutu, Marjorie Ovídio, aquela unidade hospitalar tem se tornado referência em saúde pública na região do Seridó, ocupando a posição de destaque em diversos serviços que são ofertados aos usuários do Sistema Único de Saúde – SUS.

Hoje a unidade atende os municípios que são pactuados: Florânia, Tenente Laurentino Cruz, São Vicente, Santana do Matos e Triunfo Potiguar, sem falar no serviço de transporte que é realizado diariamente pelas ambulâncias do município transferindo pacientes em alguns casos específicos.

Assessoria

Supremo começa a julgar processo contra Gleisi Hoffmann nesta terça-feira

Resultado de imagem para Gleisi Hoffmann
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O primeiro julgamento da Lava-Jato no STF foi do deputado Nelson Meurer (PP-PR), há um mês. A Segunda Turma firmou algumas teses, mas o processo de Gleisi guarda algumas diferenças. Meurer foi denunciado pelo recebimento de propina desviada da Petrobras de três formas: recursos depositados em conta bancária, pagamento de valores em espécie e propina disfarçada de doação eleitoral oficial.

 

No caso de Gleisi, o dinheiro foi todo recebido em espécie. Há no processo indício forte de que o dinheiro foi mesmo pago por um intermediário do doleiro Alberto Yousseff a um empresário ligado à senadora, corroborando a versão dos delatores.

Quebras de sigilo telefônico revelaram que, nos dias do suposto pagamento das parcelas, foram feitas duas ligações para Gleisi e duas para o coordenador financeiro da campanha dela. O local de origem das ligações foi um escritório em um shopping, apontado como palco dos pagamentos.

A avaliação de integrantes da Corte é de que, depois disso, as provas ficam mais escassas. Ou seja: não haveria comprovação suficientes de que o empresário repassou o dinheiro à campanha da parlamentar. O dinheiro não foi declarado à Justiça Eleitoral e Gleisi nega ter recebido a cifra.

Outro ponto a favor da petista é o de que, em 2010, ela não tinha tanta projeção nacional. Não há provas, portanto, de que ela tinha poder suficiente para retribuir o favor a Paulo Roberto Costa, o ex-diretor da Petrobras que teria desviado o dinheiro em prol da senadora. No entanto, Paulo Bernardo era ministro do Planejamento do governo Lula na época.

Se no julgamento de Meurer a Segunda Turma debateu sobre corrupção travestida de doação eleitora, dessa vez os ministros vão discutir qual o tipo de comprovação necessário para condenar alguém por receber propina e transformar em caixa dois. No entanto, esse debate deve ficar para a semana que vem. O primeiro dia de julgamento deve ser dedicado apenas à sustentação oral da defesa e também à manifestação da Procuradoria-Geral da República (PGR).

 

 

Fonte: https://oglobo.globo.com/brasil/supremo-comeca-julgar-processo-contra-gleisi-hoffmann-nesta-terca-feira-22795933

Assembleia Legislativa apoia campanha do Judiciário contra trabalho infantil

A Frente Parlamentar Estadual da Criança e do Adolescente lançou na Assembleia Legislativa nesta segunda-feira (18), em reunião ampliada com órgãos de fiscalização, controle e justiça, a campanha de combate ao trabalho infantil que vem sendo nacionalmente promovida pela Justiça do Trabalho.

“É fundamental erradicar essa mazela que rouba de nossas crianças e jovens o direito a viverem um passo de cada vez, aprenderem e se desenvolverem de maneira adequada em cada fase de suas vidas”, destacou a presidente da Frente Parlamentar, deputada Márcia Maia (PSDB).

Juízes do Trabalho que participaram do debate destacaram a importância do engajamento do poder público na campanha que está disponível em vários formatos de multimídia.

“Que possamos despertar na sociedade os aspectos nocivos gerados pelo trabalho infantil. Temos também graves problemas de notificação. A sociedade civil tem que ser parceira”, destacou o juiz Cássio Oliveira.

A campanha “Não Leve na Brincadeira. Trabalho infantil é ilegal” procura estimular que as diversas formas de ilegalidade que violam o direito de criança e adolescente através do trabalho precoce sejam denunciadas. O telefone para denúncias é o Disque 100.

“As três formas de maior incidência do trabalho infantil apresentam uma dificuldade enorme para a fiscalização, que são a doméstica, rural e aquela cotidiana, nas ruas, para a qual muitas vezes nos tornamos insensíveis”, destacou o procurador Xisto Tiago Medeiros, do Ministério Público do Trabalho (MPT).

Representantes de órgãos sociais da Prefeitura do Natal, Governo do Estado e Ordem dos Advogados (OAB) reforçaram os posicionamentos, endossando os encaminhamentos que a Frente Parlamentar remeteu a órgãos de fiscalização e controle.

Assessoria

Concurso do Iphan abre inscrições com 4 vagas no RN

Iphan abre inscrições para concurso com 4 vagas para o Rio Grande do Norte (Foto: Iphan RN/Divulgação) 

Foram abertas nesta segunda-feira (18) as inscrições para o concurso público do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), que conta com quatro vagas de nível superior e técnico de ensino médio para o Rio Grande do Norte. Ao todo, são oferecidas 411 vagas em todo o país e os salários oferecidos variam de R$ 3.419,97 a R$ 5.035,29.

As inscrições devem ser feitas até 9 de julho, por meio do site da organizadora. As taxas são de R$ 84 para nível médio e R$ 117 para nível superior.

No Rio Grande do Norte, há uma vaga de Analista I, de nível superior para a área 5, que é administrativa. Para o cargo, cujo salário é de R$ 5.035,29, é exigida formação de nível superior em qualquer área.

Cargos no estado

No cargo de técnico I, de nível superior, estão disponíveis duas vagas, com o mesmo salário da oportunidade anterior. A primeira é para pessoa com formação em Ciências Sociais ou Antropologia, ou que tenha formação em qualquer área com pós-graduação em Antropologia.

A segunda oportunidade de nível superior técnico é para Arqueólogo ou pessoa formada em outra área com pós-graduação em Arqueologia.

O quarto caso disponível é para técnico de nível médio, com formação em Edificações. Para esse cargo, o salário é de R$ 3.419,97.

O concurso vai ser feito por meio de prova objetiva, prova discursiva e avaliação de títulos. As provas objetiva e discursiva estão marcadas para o dia 26 de agosto.

Serviço

O quê: Concurso do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan)
Vagas: 411, sendo 4 no RN
Salários: R$ 3.419,97 e R$ 5.035,29
Inscrições: de 18/06 a 09/07
Taxas: R$ 84 e R$ 117
Data: 26/08

Fonte: https://g1.globo.com

Deputado quer ações para aumentar quantidade de peixes em açudes do RN

A situação dos reservatórios de água do Rio Grande do Norte segue como ponto de preocupação dos deputados estaduais. Apesar do aumento nos níveis, outra consequência da estiagem prolongada tem prejudicado a população do interior do estado: a falta de peixes nos açudes. Para minimizar essa situação, o deputado Gustavo Carvalho (PSDB) propõe ações voltadas ao chamado “peixamento” dos reservatórios.

Na piscicultura, o peixamento consiste na operação que tem o objetivo de povoamento, repovoamento e a estocagem dos peixes em fase inicial de vida (alevinos) nos reservatórios. Esse repovoamento é feito através da transferência dos alevinos de viveiros para os reservatórios. No Rio Grande do Norte, vários açudes são também utilizados para a pesca e, segundo Gustavo Carvalho, três estão em situação bastante complicada com relação à ausência de peixes: o açude Morcego, em Campo Grande, e os Paulista e Tourão, em Patu.

“Depois de seis anos de uma seca severa, o povo do Rio Grande do Norte viu a esperança chegar através das chuvas que caíram em nosso Estado nesse começo de novo. Com os açudes cheios novamente, surge a possibilidade do sertanejo usar os mananciais para ajudar no seu sustento e, um dos melhores recursos para fomentar isso é o peixamento dos reservatórios para alimento e subsistência das famílias da zona rural”, justificou o deputado.

Para melhorar a situação, o deputado solicitou que à Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca e ao Departamento Nacional de Obras contra as Secas (Dnocs) procedam o peixamento, com a destinação de 10 mil alevinos para o peixamento do açude Morcego, oito mil para o açude Paulista e 10 mil alevinos para o açude Tourão.

Os requerimentos serão submetidos ao plenário e, após aprovação, serão encaminhados aos órgãos competentes em nome da Assembleia.

Assessoria

Potiguares enfeitam ruas e casas em dia de estreia da seleção brasileira na Copa

Fabiano Amaral e o filho, Miguel, de 5 anos, estão no clima da Copa, em Natal (Foto: Oscar Xavier/Inter TV Cabugi) 

As ruas de Natal já amanheceram prontas para a estreia da seleção brasileira na Copa do Mundo da Rússia, neste domingo (17). Quem passa na frente da casa do operador de máquinas Fabiano Amaral, no bairro Lagoa Nova, na Zona Sul de Natal, já sabe que ali mora um apaixonado pelo mundial.

Decorar o lar também foi uma forma de transferir a paixão pela selação para o filho Miguel, de cinco anos de idade. “A gente é bem fã da Copa e essa ideia surgiu para incentivar ele”, diz o pai.

E deu certo. O garoto já está muito empolgado. E, independente do primeiro resultado, já deixou um recado para o jogador preferido. “Gabriel Jesus, faz um gol pra gente!”, pediu Miguel.

Na Rua Joana D’arc, no bairro Felipe Camarão, a festa está pronta há dias. Os moradores fizeram uma cotinha para arrecadar dinheiro e comprar o material. A mobilizaçao foi geral.

A dona de casa Cleone Cláudia confeccionou as bandeirinhas e os meninos partiram para a rua, para instalar tudo. O estudante Marcílio Silva foi um deles. “Faz uns 7 ou 8 dias que já está enfeitada. Foi trabalhoso, mas compensou. Tá tudo bonito e agora é só torcer”, comentou.

Algumas crianças vivem pela primeira vez clima da Copa do Mundo de 2018, em Natal (Foto: Oscar Xavier/Inter TV Cabugi)
Algumas crianças vivem pela primeira vez clima da Copa do Mundo de 2018, em Natal (Foto: Oscar Xavier/Inter TV Cabugi) 

O clima de Copa do Mundo encheu a rua de alegria. A maioria das crianças estão vivendo o momento de forma mais intensa pela primeira vez. Caso de Ana Sofia, de 8 anos. “Eu esto achando lindo”, disse.

Fonte: https://g1.globo.com/

 

 

Souza requer ampliação do Programa Pró-Moradia para municípios do interior do Estado

Ajudar famílias potiguares em situação de risco social e oferecer melhores condições de moradia e qualidade de vida. Esse é o pleito requerido pelo deputado Souza (PHS) ao Governo do Estado, solicitando a implantação do Programa Pró-Moradia nos municípios de Jaçanã, Governador Dix-Sept Rosado, São José de Campestre e Frutuoso Gomes.

“A nossa iniciativa busca proporcionar melhores condições de habitação e, consequentemente, condições adequadas de vida à população carente dessas cidades. A implantação do programa pode transformar a vida de muitas famílias”, justifica o parlamentar.

O Pró-Moradia utiliza recursos do FGTS e contrapartida do solicitante oferecendo financiamento para que entidades públicas atendam famílias com renda mensal de até R$ 1.395,00. O programa consiste em executar obras e serviços para construção de unidades habitacionais inseridas em parcelas legalmente definidas de uma área, dotadas de padrões mínimos de moradia, salubridade e segurança, definidos pela legislação do município.

Assessoria

Ministro do TSE diz que registro de Lula pode ser rejeitado de ofício

Admar Gonzaga, ministro do TSE – Ailton de Freitas / Agência O Globo 

CURITIBA — O ministro Admar Gonzaga, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), disse nesta sexta-feira que o pedido de registro do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pode ser rejeitado de ofício pela Justiça Eleitoral, porque entre os documentos que o candidato apresenta para se registrar está uma certidão que demonstra se ele está ou não condenado por órgão colegiado. Como o petista já foi condenado por corrupção e lavagem de dinheiro em segunda instância, ao apresentar essa “certidão positivada”, o ministro disse que o relator do Tribunal poderia imediatamente negar o registro, sem permitir a abertura de prazos recursais.

Leia mais: https://oglobo.globo.com/brasil/ministro-do-tse-diz-que-registro-de-lula-pode-ser-rejeitado-de-oficio-22785550#ixzz5IgroPEn5
stest

 

Na Grande Natal, Ezequiel prestigia evento tradicional em distrito rural de Maxaranguape

O deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), presidente da Assembleia Legislativa, prestigiou neste sábado (16), o “Arraiá do Marcolino”, tradição que reuniu uma multidão no distrito. O prefeito Luís Eduardo (PSDB), a vice-prefeita Professora Nira (PR), o presidente da Câmara, Crizaldo Meira (PCdoB), vereadores e a ex-prefeita Neidinha (PSDB) receberam o parlamentar.

“A cultura junina também predomina aqui. Maxaranguape é um município de muitos assentamentos e distritos, que juntos possuem uma população de quase 7 mil habitantes. Sempre que visitamos Maxaranguape, a população nos recebe com carinho e aproveitamos para prestar contas do nosso trabalho”, afirmou Ezequiel Ferreira.

Em conversas com populares e a classe política, Ezequiel Ferreira também lembrou sua atuação na Assembleia Legislativa. “A Casa tem sido uma caixa de ressonância dos anseios da população tanto da região metropolitana, como também das cidades do interior. Estamos solicitando ações que colaboram com o desenvolvimento de Maxaranguape, como melhores condições para a polícia trabalhar, inclusive chegou recentemente uma nova viatura policial. Uma ambulância para atender a população e equipamentos agrícolas como carro frigorífico para Emater e um trator equipado pleito realizado via emenda parlamentar”, enumerou o deputado.

Ainda Ezequiel Ferreira voltou a defender a construção da estrada, de aproximadamente 5 km, ligando as comunidades costeiras de Caraúbas e Maracajaú, para desenvolver o turismo local. A estrada vai beneficiar não só Maxaranguape, mas toda região do litoral Norte. “Esse trecho é uma estrada carroçável em péssimas condições de tráfego. O benefício que solicitamos é de extrema importância, tendo em vista que, o melhor acesso representa um avanço no desenvolvimento e na economia do município que tem na pesca e no turismo as suas principais fontes de renda”, justifica o deputado, que foi o mais votado da cidade.

Confronto entre facções criminosas deixa uma adolescente morta e para trânsito na Ponte de Igapó, diz polícia

Trânsito na Ponte de Igapó, em Natal, parou por causa da troca de tiros entre criminosos (Foto: Redes Sociais) 

Um confronto entre duas facções criminosas na comunidade Beira Rio, Zona Norte de Natal, deixou uma adolescente de 14 anos morta e parou o trânsito na ponte de Igapó na noite desta sexta-feira (15).

De acordo com a polícia, cerca de 15 homens armados chegaram à comunidade Beira Rio para tentar dominar o território de uma facção rival. Houve confronto e uma jovem de 14 anos foi morta à tiros.

Na fuga, os bandidos ainda teriam atirado numa viatura da Força Nacional que chegava pra atender a ocorrência. Os policiais não ficaram feridos.

Com a intensa troca de tiros o trânsito na ponte de Igapó parou nos dois sentidos. “O trânsito não foi interditado pelos criminosos, houve pânico e os próprios motoristas pararam por medo dos tiros”, informou o tenente-coronel da PM, Eduardo Franco. A ponte é a principal via de acesso à Zona Norte da capital.

Fonte: https://g1.globo.com

Os dois jovens que morreram no acidente de moto em Natal

Esses são os dois jovens que morreram no acidente na Avenida Abel Cabral com a Ayrton Sena, no final da manhã de ontem, 15.

Paulo Henrique Rodrigues Queiroz, de 20 anos, e Allan Douglas do Nascimento, de 19, estavam em uma motocicleta Hornet amarela, que acabou colidindo em outra moto, de cor branca.

Morreram na hora, antes da chegada da SAMU.

Paulo Henrique Rodrigues Queiroz tinha 20 anos, e Allan Douglas do Nascimento, 19 (Foto: Arquivo familiar)
Paulo Henrique Rodrigues Queiroz tinha 20 anos, e Allan Douglas do Nascimento, 19 (Foto: Arquivo familiar)

 

Campanha de combate ao trabalho infantil será lançada durante reunião da Frente Parlamentar

A Frente Parlamentar da Criança e do Adolescente da Assembleia Legislativa promove nova reunião ampliada nesta segunda-feira (18), às 9 horas, na sede da Casa Legislativa, oportunidade em que será lançada a campanha nacional “Não leve na Brincadeira”, de combate ao trabalho Infantil.

A campanha foi idealizada pelo Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região e nacionalizada pela Justiça do Trabalho, em parceria com o Ministério Público do Trabalho. Faz parte das ações do Programa de Combate ao Trabalho Infantil e de Estímulo à Aprendizagem da Justiça do Trabalho.

Presidente da Frente Parlamentar Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente, a deputada Márcia Maia (PSDB) destaca a importância da iniciativa e do debate sobre o tema, em razão dos prejuízos à formação cognitiva das crianças e até mesmo lesões causadas pelo trabalho infantil.

“Erradicar o trabalho infantil precisa ser uma ação permanente e esta é a preocupação do nosso mandato e da atuação da Frente Parlamentar na Casa. Essa luta deve ser permanente, assim como a batalha pelo direito à saúde, educação e dignidade. Por isso, mais uma vez, a Frente reforça o debate quanto ao tema”, explica Márcia Maia.

O Brasil possui 2 milhões e 700 mil crianças e adolescentes, na faixa de 5 a 17 anos, trabalhando irregularmente. No Rio Grande do Norte, elas são 40 mil. Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad 2016), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A solenidade contará com a presença de representantes da Justiça do Trabalho, do Ministério Público do Trabalho, do Ministério do Trabalho e Emprego, da UFRN e de entidades que atuam no combate ao trabalho infantil no Rio Grande do Norte.

Trabalho Infantil

Segundo o Observatório Digital de Saúde e Segurança no Trabalho, entre 2012 e 2017, foram registrados 15.848 casos envolvendo pessoas com menos de 18 anos, trabalhando em condições de insalubridade, perigosas e de risco.

Entre as atividades consideradas perigosas para crianças e adolescentes estão as de empregados domésticos, do comércio, da agricultura, da construção civil, em oficinas e carvoarias, entre outras. As notificações consideradas graves indicam amputações, traumatismos, fraturas e ferimentos nos membros, principalmente nos superiores.

A campanha “Não Leve na Brincadeira” foi desenvolvida pela Audi Comunicação e doada pela Associação Brasileira de Agências de Publicidade (Abap). É composta por banners, cartazes, faixas, jornal, outdoors, revistas, spots e vídeos.

 

Assessoria

Manifestantes bloqueiam BR-406 em Ceará-Mirim, na Grande Natal

Manifestantes bloqueiam BR-406, em Ceará-Mirim, na Grande Natal (Foto: Flank Willk da Silva )

Manifestantes bloquearam a BR-406, na altura de Ceará-Mirim, região metropolitana de Natal, na manhã desta sexta-feira (15). As duas faixas da rodovia foram fechadas com galhos e pneus queimados em protesto por causa da falta de água na região. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, houve negociação e as faixas foram liberadas por volta das 11h20.

Segundo a PRF, a interdição começou por volta das 9h15. “Cerca de 50 moradores de um conjunto residencial às margens da rodovia reivindicam abastecimento de água em suas casas”, informou.

Fonte: https://g1.globo.com

Carlos Augusto quer recuperação de vias que ligam municípios em três regiões

As chuvas recentes no Rio Grande do Norte trouxeram alento a parte da população que sofria com a escassez de água. No entanto, problemas estruturais ficaram ainda mais evidentes nas rodovias que cortam o estado. Para amenizar a situação, o deputado Carlos Augusto Maia (PCdoB) cobra ações para recuperação de vias estaduais e federais.

Através de requerimentos, o deputado solicitou ao superintendente do Departamento Nacional de Insfraestrutura de Transportes (Dnit), Willy Saldanha Filho, restauração e melhoramento no trecho de 29,8km da BR-226 que liga os municípios de Campo Redondo e Santa Cruz. A melhoria, além da própria estrutura, também é necessária na sinalização vertical e horizontal, segundo o deputado.

Já para as rodovias estaduais, a solicitação foi para o diretor do Departamento Estadual de Estradas de Rodagens (DER), Jorge Pinto Fraxe. Carlos Augusto Maia cobrou reparos e melhorias na RN-288, no trecho de 28,7km que liga os municípios de São José do Seridó a Acari, assim como também pediu ações para um trecho de 83km entre os municípios de Touros e João Câmara, na RN-023. Para o parlamentar, as ações precisam ser imediatas.

“O objetivo primodrdial é atender a demanda de quem trafega por essas rodovias, visto que os trechos necessitam de conservação e melhoramento, contemplando ainda a sinalização vertical e horizontal de todo trecho devido aos buracos nas vias. Portanto, com a efetivação desta obra, haverá melhorias no deslocamento da população que precisa trafegar por essas vias com mais segurança”, justificou o deputado nos requerimentos.

Os requerimentos serão analisados pelo plenário da Casa e, após aprovação, serão encaminhados aos respectivos órgãos responsáveis pelas obras.

 

Assessoria