Brasileiros veem fogo em turbina de avião e relatam pânico durante voo de Roma para Lisboa

No aeroporto de Roma, técnicos avaliam turbina de avião da TAP que teria apresentado problema durante voo (Foto: Padre Alcimário Pereira)

Um grupo de 65 potiguares que foi ao Vaticano para participar da canonização dos Mártires de Cunhaú e Uruaçu, tornados os novos santos da Igreja Católica no último domingo (15), sofreu um susto durante a programação religiosa no continente europeu, nesta terça-feira (17). De acordo com os passageiros, uma turbina do avião da TAP que levava o grupo de Roma a Lisboa pegou fogo cerca de 20 minutos após decolagem. A aeronave retornou a Roma e os passageiros só foram relocados em novos voos nesta quarta-feira (18)

A assessoria de imprensa da TAP confirmou o incidente, e em nota disse que “o voo TP843 Roma Lisboa de ontem à noite registrou uma anomalia técnica num dos motores logo após a decolagem do aeroporto de Fiumicino”, tendo regressado conforme procedimentos previstos. Disse ainda que o avião aterrizou “com inteira tranquilidade” e que “as causas da anomalia técnica serão agora alvo de perícia”.

Entre as pessoas que estavam no grupo, havia 11 padres do Rio Grande do Norte, além de mulheres grávidas e idosas. Pouco após a decolagem, pessoas que estavam do lado esquerdo da aeronave ouviram um barulho e viram a turbina pegando fogo, de acordo com o padre Alcimário Pereira, da Paróquia de Santa Rita de Cássia dos Impossíveis, no bairro Ponta Negra, em Natal.

Fonte:https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia

Leave a Comment