Carlos Eduardo Alves vai conceder reajuste para tarifa de ônibus em Natal

O transporte coletivo de Natal terá aumento de passagem nos próximos meses. A confirmação foi dada ontem ao NOVO pelo prefeito Carlos Eduardo Alves, que esteve na Câmara Municipal para fazer a abertura dos trabalhos legislativos com a tradicional leitura da mensagem anual. Antes de entrar no plenário, o prefeito disse que o aumento da tarifa é inevitável e já está sendo analisado pela Secretaria de Mobilidade Urbana (STTU), mas que o valor ainda não foi definido.

O prefeito defendeu que a tarifa do transporte público em Natal, que hoje custa R$ 2,90, é uma das menores do país e que pretende manter o valor neste patamar. “Determinei à STTU para que examinasse a questão desse reajuste e os técnicos estão estudando informações com instituições e associações no sentido de apresentar uma tarifa”, declarou o prefeito.

O Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Natal (SETURN) já divulgou duas notas pedindo a compreensão da população para o pedido de reajuste tarifário e alegou que, caso não haja esse reajuste, o serviço será prejudicado, com risco até de ficar reduzido.

Os comunicados foram divulgados após as empresas anunciarem que protocolaram o pedido de reajuste junto à STTU no final do mês passado. Elas reivindicam que a tarifa suba 17%, passando de R$ 2,90 para R$ 3,40. Segundo alegam, houve uma queda de 10% no uso de transporte público da parte de usuários no último ano. Além disso, argumentam que houve aumento dos salários dos profissionais de transporte e do óleo diesel, sem que haja qualquer subsídio para as empresas.

O próximo aumento na passagem estava previsto para depois da licitação dos transportes. Contudo, o edital foi lançado em 9 de novembro de 2016 e os envelopes abertos no último dia 31, mesmo dia que as empresas protocolaram o pedido de reajuste. Nenhuma concorrente apareceu para apresentar a proposta na licitação, que foi considerada deserta.

O prefeito Carlos Eduardo disse que não interpreta o pedido de aumento da passagem como uma pressão das empresas. “Todo ano há majoração no preço da tarifa. João Pessoa/PB passou de R$ 3 para R$ 3,20. As demais cidades brasileiras do país também tiveram seus reajustes. Natal tem a tarifa mais barata do Brasil. Aqui se paga R$ 2,90”, frisou.

A previsão, segundo o próprio prefeito, é que mesmo com o novo reajuste, a tarifa do transporte público em Natal fique entre as menores do país. “Nossa pretensão é que fique sempre ganhando esse campeonato no Brasil porque sabemos que a população é muito sacrificada, sobretudo agora, com o aumento do desemprego, mas sabemos que precisamos dar esse reajuste”, declara Carlos Eduardo.

O último reajuste tarifário foi concedido em 31 de janeiro de 2016, quando os ônibus passaram a circular cobrando R$ 2,90; antes a passagem custava R$ 2,65. No próximo mês, os rodoviários devem cobrar o reajuste dos seus salários, fato que deve acelerar o processo para que a nova tarifa seja divulgada até lá. Já a licitação dos transportes, como foi considerada deserta, precisa de no mínimo 45 dias, a partir do último dia 31, para que um novo edital de convocação seja lançado. A nova sessão está marcada para 4 de abril, às 10h, no auditório do Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte.

 

Fonte:http://www.novojornal.jor.br/cotidiano/carlos-eduardo-alves-vai-conceder-reajuste-para-tarifa-de-onibus-em-natal