Carlos Eduardo pensa em trocar o certo pelo duvidoso, tentando deixar a prefeitura de Natal

O prefeito de Natal/RN, Carlos Eduardo Alves, PDT, está pensando em renunciar a prefeitura da capital, no próximo dia 07, para saí candidato ao governo do Estado do Rio Grande do Norte. Mas existe vário pontos negativos que podem fazer com que Carlos não chegue como vencedor na eleição de 07 de outubro de 2018.

Diferentemente dos tempos da ex-governadora Wilma de Faria (in Memoria), quando no ano de 2002 renunciou a prefeitura da capital, deixando o atual prefeito no cargo; ela  lutou contra tudo e todos, visto que na época os senadores Garibaldi Alves e José Agripino tinham candidatos contra ela. Mas Wilma tinha uma administração aprovada por todos do Estado, inclusive pelos natalenses. Ademais, a ex-prefeita tinha mais pontos percentuais apontados nas pesquisas do que o atual prefeito Carlos Eduardo Alves, que conta com os apoios dos senadores Garibaldi e Agripino. Wima estava na frente das pesquisas; enquanto Carlos Eduardo está em segundo lugar; muito distante da primeira colocada. Pelo menos no cenário atual.

Carlos Eduardo está com os alunos e funcionários da educação, de Natal, contra ele. Pois ainda ontem, 23, alunos e professores faziam paralisação em frente a prefeitura de Natal, como divulgado em vário blogs.

Alunos e professores protestam contra o prefeito Carlos Eduardo / Foto: da Internet

Há também salários atrasados; IPTUs altíssimos; péssimos transportes coletivos para a população; sendo apenas bem colocado nas arrecadações de multas contra os motoristas que circulam em Natal.

Resultado de imagem para mau atendimento em Upas de Natal RN
Prefeito reclama de arrecadação da receita em seu Tweets

O prefeito tem uma das cidades mais violenta do Estado e nada fez para conseguir colaborar com o governo do Estado na segurança pública. Pois mesmo que a segurança pública seja da competência dos Estados, não isenta o prefeito de ter também responsabilidades. Até hoje com toda violência vivida pelos natalenses, o prefeito não deu uma só palavra ou apresentou um só projeto de apoio a segurança da capital, nesses seis anos que está à frente da prefeitura. O que dirá para convencer o eleitor de que será um bom gestor na segurança?

Na infra estrutura em nada avançou. Os buracos estão a comprovar a situação caótica da capital. Basta um dia de chuva que tudo fica inundado, os lixos entope os esgotos impedindo o escoamento das águas. Na Zona Norte, basta os motoristas irem as Avenidas das Fronteiras, Itapetinga, Moema Tinoco, Conselheiro Tristão, uma passadinha em direção a Redinha. Não se ver o que foi feito em favor de Natal nesses últimos seis anos. Só descaso e muito buraco.

Cruzamento das Avenidas Prudente de Moraes com Nascimento de Castro ficou alagado / Foto: publicado no G1RN

Na saúde falta tudo nas UPAs que é um programa da União, com apoio aos municípios. A prefeitura não tem dado o devido suporte aos que mais precisam de atendimento. Causa que faz com que os planos de saúde privados se aproveitem da situação duvidosa do atendimento público, quando o usuário pobre, migra do atendimento público para o privado; muitos deixam de comprarem alimentos para pagar saúde privada, por medo de ter que ir a saúde pública de Natal. Faltam remédios e outros insumos em todas as áreas.

Resultado de imagem para Upas de Natal RN
As UPAs sempre lotadas / Foto: da Internet

Na política só se escuta que o povo está cheio de tantos caciques; que Garibaldi e José Agripino Juntos com Carlos Eduardo Alves representam o retrocesso. Ademais com Henrique Eduardo Alves preso, isso atinge em cheio os planos do prefeito que pode trocar o certo pelo duvidoso. O caso de Henrique será com certeza usado para atingir a família Alves, o que puxará o prefeito ainda mais para baixo.

Conselho antigo que deve ser muito bem observado para quem pretende ir a uma luta incerta, é que não se deve trocar o certo pelo duvidoso.

 

Leave a Comment