Category: Notícias

Sine oferece 23 vagas de trabalho para Natal, Parnamirim, Mossoró e Currais Novos

Vagas são para Natal, Parnamirim, Mossoró e Currais Novos — Foto: Divulgação

O Sistema Nacional de Empregos (Sine) está oferecendo 23 vagas de trabalho para Natal, Parnamirim, Mossoró e Currais Novos (veja lista completa no fim).

As vagas são para auxiliar mecânico de refrigeração, mecânico de refrigeração, recepcionista atendente, montador de móveis de madeira, consultor de vendas, eletricista de instalações de veículos automotores, vendedor e agente de microcrédito.

Para concorrer, os interessados cadastrados no sistema Emprega Brasil, do Ministério do Trabalho, podem se candidatar pelo site do órgão. Caso não tenham esse registro, os candidatos devem procurar uma agência do Sine nas Centrais do Cidadão espalhadas pelo estado. O Sine Matriz, em Natal, funciona na Rua Adolfo Gordo, na Cidade da Esperança, no prédio da Central do Trabalhador. O local funciona das 8h às 14h.

De acordo com o Sine, os documentos exigidos para inscrição são Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS), número do PIS/PASEP, comprovante de residência, documento de identidade, Cadastro da Pessoa Física (CPF) e email.

Veja as vagas

Natal e Grande Natal (15 vagas)

  • Auxiliar mecânico de refrigeração (8)
  • Mecânico de refrigeração (6)
  • Recepcionista atendente (1)

Parnamirim (2 vagas)

  • Montador de móveis de madeira (2)

Mossoró (5 vagas)

  • Consultor de vendas (1)
  • Eletricista de instalações de veículos automotores (1)
  • Vendedor pracista (3)

Currais Novos (1 vaga)

  • Agente de microcrédito (1)

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/

Receita Federal paga restituições do 6º lote do IR 2019 nesta segunda-feira

A Secretaria da Receita Federal paga nesta segunda-feira (18) as restituições do sexto lote do Imposto de Renda de Pessoas Físicas (IRPF) de 2019, e de lotes residuais de anos anteriores.

Segundo o Fisco, serão pagos R$ 2,1 bilhões a 1.365.366 contribuintes. Desse valor, R$ 1,79 bilhões são referentes ao IR 2019 — ano-base 2018.

As consultas podem ser feitas pelo site da Receita Federal na internet. Também é possível consultar pelo aplicativo para tablets e smartphones ou pelo Receitafone 146.

Neste ano, a Receita Federal recebeu 30.677.080 declarações até 30 de abril, prazo final para a entrega do documento sem multa. O órgão esperava receber 30,5 milhões de declarações.

Malha fina

Segundo o Fisco, é possível checar se a declaração foi processada. E se ela estiver já na fila de pagamentos, as informações prestadas estão coerentes com o banco de dados da Receita. Isso indica que a declaração, a princípio, não tem pendências (a Receita Federal tem até cinco anos para pedir esclarecimentos sobre as declarações).

A verificação pode ser feita pelo serviço Meu Imposto de Renda da Receita Federal. Para isso, é preciso gerar um código de acesso, a partir do número do CPF, data de nascimento e recibos de entrega das duas últimas declarações.

Fonte: https://g1.globo.com/economia/imposto-de-renda

Reinaldo, o príncipe do pagode, morre aos 65 anos

“Reinaldo, o Príncipe do Pagode” faz show no Sesc Campinas — Foto: Divulgação

O cantor Reinaldo, conhecido como “o príncipe do pagode”, morreu durante a madrugada desta segunda-feira (18). A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do artista.

Reinaldo, que lutava contra um câncer no pulmão havia cerca de quatro anos, chegou a ser levado ao hospital Albert Einstein, em São Paulo.

Fonte: https://g1.globo.com/pop-arte/musica/noticia

Lancha vira e cinco pessoas ficam feridas na Praia da Pipa, no RN

Lancha vira e cinco pessoas ficam feridas na praia da Pipa, no RN — Foto: Inter TV Cabugi/Reprodução

Uma lancha cheia de banhistas, entre eles turistas, virou na praia da Pipa, em Tibau do Sul, litoral potiguar, neste sábado (16). O Corpo de Bombeiro e a Marinha foram acionados para socorrer as vítimas. Cinco pessoas tiveram ferimentos leves, segundo o Corpo de Bombeiros.

De acordo com a corporação, o motor da embarcação parou e, por isso, a lancha pendeu para o lado, ficando paralela às ondas.

Quando uma onda mais forte atingiu a lancha, ela virou. As vítimas foram tiradas da água em poucos minutos.

Pipa é uma das praias mais conhecidas do litoral potiguar e recebe turistas de várias partes do mundo.

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/2

No Dia da Amazônia Azul, Marinha troca celebrações por combate ao óleo no litoral

Marinha busca por óleo em estuários e no mar de Pernambuco — Foto: Reprodução/TV Globo

Em 2019, o Dia Nacional da Amazônia Azul é celebrado neste domingo (16). Anualmente, desde 2015, a Marinha do Brasil realiza uma comemoração para lembrar da importância do mar brasileiro. Neste ano, porém, diante do desastre ambiental causado pelas manchas de óleo no litoral, os esforços são concentrados no combate à substância, em uma ação chamada “Operação Amazônia Azul, Mar limpo é Vida!”.

A Amazônia Azul é uma zona econômica marítima exclusiva do Brasil. O país tem o direito de explorar cerca de 5,7 milhões de quilômetros quadrados de oceano, o que equivale a, aproximadamente, metade da massa continental brasileira.

Essa área passou a ser chamada de Amazônia Azul justamente para indicar à sociedade a importância dessa faixa do oceano, já que é dela que saem cerca de 85% do petróleo, 75% do gás natural e 45% do pescado produzido no país.

A comemoração, desta vez, será feita de uma forma diferente, de acordo com o comandante-em-chefe de Esquadra, vice-almirante José Augusto Vieira da Cunha de Menezes.

“É uma comemoração junto com a sociedade brasileira, outros órgãos, outras forças armadas e voluntários. Ao longo da costa Norte e Nordeste do país, do [município do] Oiapoque (AM) ao Norte do Espírito Santo, nós estamos irmanados com a população para nos contrapormos ao crime ambiental da poluição por óleo”, disse ele.

Cunha também destaca a relevância da Amazônia Azul.

“É de onde tiramos praticamente todo o nosso petróleo, o gás natural, metade do nosso pescado vem desse mar e as indústrias de lazer e turismo provêm da Amazônia Azul. Nosso transporte marítimo, tudo o que importamos e exportamos vem de lá. São 95% de itens transportados por essa área”, afirmou o vice-almirante em entrevista ao G1.

As manchas de óleo, que já atingem o litoral de dez estados brasileiros, começaram a aparecer no final de agosto. Das 111 cidades afetadas, 107 estão nos nove estados nordestinos, e quatro no Espírito Santo. Segundo órgãos federais, a substância é a mesma em todos os locais: petróleo cru. O fenômeno tem afetado a vida de animais marinhos e causado impactos nas cidades litorâneas.

De acordo com o balanço divulgado pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), na quarta-feira (13), chegou a 527 o número de locais afetados.

Fonte: https://g1.globo.com/pe/pernambuco/noticia/2

Casos de chikungunya crescem 546% no RN em 2019; estado tem maior número de registros no Nordeste

Fêmea do Aedes aegypti é responsável pela transmissão da febre amarela, dengue, chikungunya e zika vírus — Foto: Pixabay/Divulgação

Os casos da febre chikungunya atingiram números alarmantes no Rio Grande do Norte em 2019, segundo o Boletim Epidemiológico do Ministério da Saúde. Com 13.250 casos registrados em 2019, o estado lidera a região Nordeste em número de casos. São 377,8 casos a cada 100 mil habitantes.

Apesar do grande número de casos, oito óbitos foram registrados no Rio Grande do Norte, o equivalente a 42,11% dos óbitos na região Nordeste. O relatório diz que a Bahia também relatou oito mortes. Em 2018, no mesmo período, foram notificados 2.050 casos no RN; uma média de 58,9 casos por 100 mil habitantes. Neste período foram apenas dois casos com morte, segundo o relatório.

A nível nacional, apenas o Rio de Janeiro teve mais registros. Foram 84.309 casos no estado carioca, média de 488,3 casos a cada 100 mil habitantes. Os dados divulgados pelo Ministério correspondem ao período de 30 de dezembro de 2018 a 2 de novembro de 2019.

Dengue e zika vírus

Foram registrados 31.264 casos de dengue no Rio Grande do Norte, uma incidência de 891,5 casos por 100 mil habitantes. O estado fica atrás de Bahia (65.132) e Pernambuco (36.698) e ocupa a terceira posição no número de registros na região Nordeste. Em 2018 foram 22.011 registros, média de 632,7 casos a cada 100 mil pessoas.

O relatório apontou que o RN foi o segundo estado da região Nordeste com mais casos de zika vírus, atrás apenas da Bahia. Foram 1.229 até 24 de outubro deste ano. No mesmo período de 2018, 522 casos prováveis foram notificados.

O G1 RN entrou em contato com a Secretaria da Saúde Pública do Rio Grande do Norte, mas não obteve retorno até o fechamento desta reportagem.

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/

Abertura do mercado chinês para melão brasileiro deve gerar 10 mil empregos no RN, diz Abrafrutas

Melão produzido no RN deverá ganhar mercado chinês, após acordo comercial (arquivo) — Foto: Anderson Barbosa/G1

O Rio Grande do Norte deverá ser o estado mais favorecido pelo protocolo assinado entre os governos do Brasil e da China, para exportação do melão brasileiro durante a cúpula do BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul). A reunião ocorre em Brasília. De acordo com os produtores do estado, que é o maior exportador do produto no país, a expectativa é dobrar as áreas de produção e gerar emprego nos próximos anos.

“Isso significa a abertura do maior mercado do mundo para o nosso melão. Claro que teremos desafios, como a distância e as variedades de melão que eles consomem, mas a nossa expectativa é pelo menos dobrar a área de produção e criar cerca de 10 mil empregos”, afirmou Luiz Roberto Barcelos, presidente da Associação Brasileira dos Produtores Exportadores de Frutas e Derivados (Abrafrutas) e diretor da Agrícola Famosa, maior exportadora de melão do país.

De acordo com ele, já nos próximos anos, o estado deverá passar dos atuais 20 mil para 40 mil hectares de produção. Porém, os produtores não sabem se a abertura já vai valer para a safra atual – que normalmente começa em setembro e vai até o início do ano seguinte.

“Nós questionamos o Ministério da Agricultura da China para saber se já poderemos exportar, apenas com a assinatura do protocolo, ou se eles ainda precisarão fazer uma visita técnica. Nossa ideia é mandar amostras”, pontuou.

Barcelos lembra que a China é um dos maiores produtores de melão do mundo, com cerca de 430 mil hectares. Porém, as oportunidades para os produtores internacionais se abrem no período de inverno do hemisfério norte, quando a produção é suspensa, e a do hemisfério sul está em alta. A ideia inicial dos brasileiros é atingir pelo menos uma pequena fatia desse mercado.

De acordo com o produtor, o principal melão consumido pelo país asiático é o Ramy, que não é cultivado em terras potiguares. A ideia é fazer testes com esse tipo de produto, para saber se a produção e exportação dele é viável. De toda forma, os chineses também serão apresentados a novos sabores e aromas de melão.

Balança comercial

De janeiro a outubro de 2019, o Brasil exportou 161,7 mil toneladas de melão, que representaram US$ 103,4 milhões. O volume representa crescimento de 29% em relação ao mesmo período de 2018, sendo que os principais mercados são a Holanda (38%), Reino Unido (30%) e Espanha (23%). Quase 75% do melão fresco exportado pelo Brasil é do Rio Grande do Norte – responsável pela comercialização de US$ 77,32 milhões, nesse período.

Barcelos considera que o estado é beneficiado por condições ambientais e climáticas que favorecem a produção do melão. Atualmente, ele explica, metade da produção local é exportada. Com a chegada do mercado chinês, a proporção da exportação deverá se tornar maior, passando a ser dois terços.

Acordo

Em contrapartida à abertura do mercado chinês para o melão, os chineses poderão vender pera para o mercado brasileiro. Os protocolos sanitários foram firmados após reunião bilateral entre os presidentes Jair Bolsonaro e Xi Jinping, dentro da XI Cúpula do Brics, em Brasília. No encontro, foi firmado também plano de ação para colaboração agrícola, que prevê transferência de tecnologia, inovação, atração de investimentos e promoção comercial entre os dois países.

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/2

Governo do RN começa a pagar salários de novembro nesta sexta-feira (15)

Governo do RN começa pagamento dos salários de junho nesta sexta-feira (15). — Foto: Natalia Filippin/G1

O Governo do Rio Grande do Norte anunciou que vai começar nesta sexta-feira (15) o pagamento da folha salarial de novembro. Os servidores que recebem até R$ 4 mil, bem como todos os trabalhadores da Segurança Pública, independentemente de valor, deverão ter depositados os valores integrais.

Os outros servidores que ganham acima dos R$ 4 mil receberão 30% dos vencimentos nas suas contas. Os outros 70% serão pagos no dia 29 de novembro. A medida vale para servidores ativos, inativos e pensionistas.

Ainda de acordo com o governo, a antecipação não acontece para os servidores da Educação e dos órgãos com arrecadação própria, que só receberão o salário no dia 29.

Os valores depositados nesta sexta-feira (15) deverão representar R$ 250 milhões, que representa mais da metade da folha total de R$ 431,8 milhões para o mês.

O governo ainda garantiu, que o 13º salário de 2019 será pago neste ano. Sobre o pagamento de três folhas em atraso – de novembro, dezembro e 13º de 2018 – o Poder Executivo afirmou que trabalha para conseguir recursos extras e quitá-las.

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/

PRF reforça fiscalização em rodovias do RN durante feriado da Proclamação da República

Agente da Polícia Rodoviária sinaliza para motorista durante abordagem — Foto: PRF/Divulgação

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) vai reforçar a fiscalização e o policiamento nas principais rodovias federais do Rio Grande do Norte desta quinta-feira (14) ao domingo (17). De acordo com a PRF, o efetivo terá um acréscimo de 40% para o feriado da Proclamação da República, desta sexta-feira (15), e vai intensificar a fiscalização com o teste do bafômetro durante o feriadão.

Segundo a PRF, a operação tem como objetivo reforçar as ações de policiamento com foco na prevenção e redução dos acidentes graves, garantir a fluidez do tráfego, aumentar a percepção de segurança nas rodovias e enfrentar a criminalidade.

Serão priorizadas ações voltadas para combater o uso de bebida alcoólica para depois dirigir e ultrapassagens proibidas. A Polícia Rodoviária Federal também vai fiscalizar se motociclistas com a utilização do capacete com a viseira fechada. O uso de cinto de segurança e de cadeirinha para crianças também será fiscalizado.

Em 2018 foram registrados 25 acidentes em rodovias federais do Rio Grande do Norte. Foram 29 feridos e uma morte.

Restrição para veículos de carga

Para garantir a fluidez e a segurança do trânsito nas rodovias de pista simples, o tráfego de caminhões bitrem, veículos com dimensões excedentes e caminhões cegonha, será restrito em alguns momentos. Nos dias e horários de maior movimento, esses veículos não poderão transitar. O motorista que descumprir a determinação será multado e terá o veículo retido. Abaixo tabela de restrição:

14/11 – quinta-feira
16 h às 22 h

15/11 – sexta-feira
06 h às 12 h

17/11 – domingo
16 h às 22 h

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/

Quero que outros pacientes também possam lutar’, diz jovem que fez Enem dentro de hospital durante tratamento de câncer

“Foi uma prova mediana. Não foi tão fácil, mas também não foi muito difícil”, a avaliação sobre o Enem 2019 é do estudante Ezequiel Mateus da Rocha, de 18 anos – mais um candidato entre outros 119 mil inscritos no Rio Grande do Norte. A diferença entre o jovem e os demais é que ele fez a prova dentro do hospital, durante o tratamento contra um câncer ósseo. De acordo com o Inep, em 2019, 31 pessoas em todo o país fizeram a prova dentro de hospitais.

“É como se fosse em uma escola. Tem fiscal e até policial”, comparou. Essa é a terceira participação dele no Exame Nacional do Ensino Médio. Uma vez, foi por experiência. Na segunda, conseguiu a vaga no curso de Ciência e Tecnologia da Universidade Federal Rural do Semiárido (Ufersa), em Angicos, mas o sonho foi interrompido pela descoberta da doença.

Tudo começou com uma pancada no joelho durante uma partida de futebol. Dias depois, ele ainda continuava a inchar e a família resolveu procurar ajuda médica. No dia 28 de fevereiro, após uma ressonância na perna, a notícia mudou os projetos de Ezequiel. Os profissionais encontraram um osteossarcoma – tumor maligno – no fêmur do estudante.

“O momento mais difícil é o inicio do tratamento, quando a gente descobre. É um impacto forte. Superei graças a Deus e à minha família”, conta o filho, entre os sete de um casal de agricultores do Sítio Trapiá, na zona rural de Assú, região Oeste potiguar.

A partir daí, Ezequiel sequer começou o curso de graduação. O foco passou a ser a saúde. Ele realiza o tratamento na Liga Mossoroense Contra o Câncer, onde já passou por 18 sessões de quimioterapia – ainda faltam mais duas e uma cirurgia, marcada para o próximo dia 21, quando ele terá a perna amputada. “A gente está muito consciente de toda a situação”, diz.

Apesar da luta diária e do tratamento cansativo, Ezequiel não queria abrir mão de fazer novamente o Enem. O objetivo é cursar primeiro Ciência e Tecnologia e, depois, Engenharia Civil.

“Achei uma experiência incrível, ainda mais vendo a batalha que as pessoas do hospital tiveram para poder me inscrever. Também recebi muita ajuda para conseguir estudar. Quero que outros pacientes vejam meu exemplo e também possam lutar”, afirmou o estudante, agradecendo aos profissionais e também aos familiares e amigos pelas orações.

Para fazer as provas, o estudante contou com a presença da equipe do Inep – realizador do Enem – no hospital. No primeiro domingo de provas, passou 5 horas e meia na prova, para poder ficar com o caderno de questões. Neste domingo (10), passou cinco horas nas provas de ciências da natureza e matemática.

Agora, o jovem espera as notas para saber se vai conseguir ingressar na faculdade. Se não der certo dessa, vez, pretende não desistir.

Mãe de Ezequiel, a agricultura Maria Gorete da Rocha, de 55 anos, ficou emocionada com o gesto das pessoas que ajudaram seu filho. “É emocionante, porque é uma doença muito difícil, mas as pessoas ajudaram muito. Fiquei muito feliz por ele. É um filho maravilhoso, não tenho o que falar”, pontuou.

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/

Trecho da Rua João Pessoa é interditado até 7 de janeiro para o ‘Natal em Natal’

Rua João Pessoa, na Cidade Alta, em Nata, será interditada de 13 de novembro a 7 de janeiro — Foto: Divulgação/Prefeitura de Natal

Um trecho da Rua João Pessoa, na Cidade Alta, em Natal será interditado de quarta (13) até 7 de janeiro em decorrência dos festejos do Natal em Natal 2019. A interdição acontece no trecho entre a Rua Felipe Camarão e Avenida Deodoro da Fonseca para a implantação de um túnel luminoso de 100 metros.

Para garantir um melhor trânsito de pessoas e veículos, a Rua José de Alencar, perpendicular a Rua João Pessoa, se tornará mão dupla durante o período da interdição. A Secretaria de Mobilidade Urbana informa que o trânsito nesta área (Rua José de Alencar) será permitido apenas entre às 7h e 18h30.

O túnel natalino de Cidade Alta está dentro das ações adotadas pela Prefeitura para a valorização do centro de Natal. Todo o centro histórico da cidade está sendo decorado para o período natalino.

Além do túnel luminoso, a prefeitura instalou iluminação especial nas igrejas tombadas de Cidade Alta (Igreja do Galo, Nossa Senhora da Apresentação e Nossa Senhora do Rosário dos Pretos), além do Palácio Felipe Camarão e Catedral Metropolitana.

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/

Entenda o Seguro DPVAT, que deverá ser extinto a partir de 2020

Acidente em Trindade, Goiás — Foto: Divulgação/Polícia Militar

O presidente da República, Jair Bolsonaro, anunciou nesta segunda-feira (11) a extinção do seguro obrigatório DPVAT a partir de 2020. A medida provisória nº 904 foi publicada nesta terça-feira (12) no Diário Oficial da União. Veja perguntas e respostas sobre a medida.

O que é o Seguro DPVAT?

Também conhecido como “seguro obrigatório”, o Seguro DPVAT (Danos Pessoais causados por Veículos Automotores de Via Terrestre) cobre casos de morte, invalidez permanente ou despesas com assistências médica e suplementares por lesões de menor gravidade causadas por acidentes de trânsito em todo o país.

Ele foi instituído por lei em 1974. Até agora, o pagamento era anual e obrigatório para todos os proprietários de veículos e era feito junto com o IPVA. O seguro era um requisito para o motorista conseguir renovar o licenciamento do veículo.


Em 2007, com a proposta de centralização de gestão envolvendo o atendimento ao usuário, além de representações nas esferas administrativa e jurídica, foi criada a Seguradora Líder, que administra o DPVAT até então.

Assim como as demais seguradoras particulares, a Líder é fiscalizada pela Superintendência de Seguros Privados (Susep), uma autarquia federal vinculada ao Ministério da Economia.

Quem pode pedir o DPVAT e quanto recebe?

Qualquer pessoa que sofreu um acidente de trânsito, seja pedestre, motorista ou passageiro. O seguro cobre despesas médico-hospitalares e dá indenização por morte ou invalidez permanente (veja os valores abaixo). A vítima ou familiares dela podem pedir o seguro até três anos depois da data do acidente ou da ciência da invalidez ou da morte.

Fonte: https://g1.globo.com/carros/noticia/

Protesto contra secretário da Previdência tem confusão em Natal

Manifestantes bloquearam as entradas principal e lateral da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, na manhã desta sexta-feira (8), em protesto contra a sessão solene que homenageará Rogério Marinho, secretário Especial da Previdência e do Trabalho, do Ministério da Economia.

Com o bloqueio das entradas, Rogério Marinho não chegou ao local para a sessão que estava prevista para às 10h30. A sessão foi proposta pelo deputado estadual Gustavo Carvalho (PSDB). O G1 RN entrou em contato com a assessoria de Marinho, que não se manifestou até o fechamento desta matéria.

Em nota, a Assembleia Legislativa disse que vai manter a sessão. “O poder legislativo respeita a livre manifestação de qualquer grupo, partido ou movimento político e assegura o diálogo com a população”, diz o comunicado.

Marinho atuou na condução das reformas trabalhista e previdenciária aprovadas neste ano, no Congresso Nacional. Pelo twitter, o secretário comentou notícia de um portal que falou sobre a manifestação. “Estamos no caminho certo”, disse.

Secretário se manifestou em rede social — Foto: Reprodução/Twitter
Secretário se manifestou em rede social — Foto: Reprodução/Twitter

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia

Com paralisação de policiais civis, atendimentos à população são transferidos para o Comando da PM em Natal

Com paralisação, Polícia Civil vai atender população no comando da PM em Natal — Foto: Assessoria Sinpol

Os atendimentos da Polícia Civil serão realizados no Quartel do Comando Geral da Polícia Militar, na Zona Leste de Natal, enquanto durar a paralisação da categoria. A informação foi confirmada pela Delegacia Geral de Polícia Civil através de nota nesta sexta-feira (8). Com relação às ocorrências do interior do estado, ainda está sendo definido o local que vai concentrar esses registros.

Agentes e escrivães da Polícia Civil paralisaram as atividades desde as primeiras horas da manhã desta sexta (8). Na terça-feira (5), eles já haviam cruzado os braços, em um primeiro protesto. Porém voltaram ao trabalho. Como não houve uma reunião que era esperada com o Governo do Estado, a mobilização foi retomada.

A categoria cobra uma nova proposta do Poder Executivo referente ao projeto de reestruturação de carreira, promoções atrasadas que não foram implantadas, previsão de pagamento dos salários atrasados e melhorias nas condições de trabalho.

Com a paralisação, a Central de Flagrantes, as delegacias especializadas e as delegacias dos bairros estão fechadas. Os policiais querem ser recebidos pela governadora Fátima Bezerra (PT) e essa é a condição para retomar as atividades.

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/no

Mostra de Cinema de Gostoso começa nesta sexta-feira; confira programação

Filme Bacurau será exibido em sessão especial na 6ª Mostra de Cinema de Gostoso — Foto: Reprodução

Começa nesta sexta-feira (8) e segue até a terça (12) a Mostra de Cinema de Gostoso, que ocorre anualmente no município e São Miguel do Gostoso, litoral Norte potiguar. O evento chega em 2019 à sua 6ª edição. Toda a programação é gratuita (confira no final do texto).

A sala de cinema ao ar livre será montada mais uma vez na Praia do Maceió, à beira-mar. Uma tela de 12 metros de largura por 6,5 metros de altura com projeção com resolução 2K e som 5.1 aguarda o público que deve comparecer à praia nos quatro dias de evento. A média diária é de 2 mil pessoas assistindo aos filmes no festival.

Os filmes da Mostra Competitiva, exibidos na Praia do Maceió, concorrem ao Troféu Luís da Câmara Cascudo, concedido pelo voto popular ao melhor curta e longa-metragem. Também será concedido o Prêmio da Imprensa, a partir da votação de jornalistas e críticos de cinema presentes na Mostra. Os filmes da Mostra Competitiva concorrem também aos prêmios de finalização das empresas Mistika e DOT Cine; aos prêmios de recursos de acessibilidade das empresas ETC Filmes e Video Shack e de aquisição da distribuidora Elo Company.

Para este ano, as atrizes Maria Flor, Karina Telles, Marcelia Cartaxo e Helena Ignez e o ator Anderson Müller confirmaram presença na Mostra de Gostoso. No sábado (9), haverá exibição do premiado Bacurau, dirigido por Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, entre os filmes da Sessão Especial.

A Mostra de Cinema de Gostoso mobiliza os moradores da cidade, que participam ativamente do evento. De acordo com a direção-geral do festival, a curadoria dos filmes leva em conta a realidade local e a eficácia das obras em dialogar com a população.

Pé na areia e espreguiçadeiras montam o cenário da Mostra de Cinema de Gostoso, que acontece à beira-mar — Foto: Rafael Barbosa/G1
Pé na areia e espreguiçadeiras montam o cenário da Mostra de Cinema de Gostoso, que acontece à beira-mar — Foto: Rafael Barbosa/G1

Gostoso Lab

O evento também promove debates com produtores, diretores e atores dos filmes exibidos e, um seminário sobre o mercado audiovisual. Inclusive, neste ano, a Mostra de Cinema de Gostoso, em parceria com o BrLab, criou a 1ª edição do Gostoso Lab, laboratório para projetos de longa-metragem em fase de desenvolvimento, voltado aos realizadores do Rio Grande do Norte.

De acordo com a organização, o Gostoso Lab foi criado com o intuito de dinamizar a produção audiovisual do estado, buscando aproximá-la de novos colaboradores que darão suporte para o enriqueci mento do processo criativo de novos projetos.

Confira a programação completa:

08/11 (Sexta-feira)

Centro de Cultura

Mostra Infantil8h(6 a 10 anos)

  • As Invenções De Akins (Ulísver Silva, Ficção, 32min, MS, 2018)
  • O Véu de Amani (Renata Diniz, Ficção, 15min, DF, 2019)
  • Os Chocolix (Elizabeth Mendes, Animação, 7min, SP, 2018)
  • Parabéns a você (Andréia Kaláboa, Ficção, 20min, PR, 2019)
  • Não Acorde (Roberto Rogato, Ficção, 2min, SP, 2018)10h
  • (11 a 14 anos)
  • Os Três Primos (Bruno Pereira, Ficção, 11min, RJ, 2019)
  • Lily’s Hair (Raphael Gustavo da Silva, Ficção, 15min, GO, 2019)
  • Um Beijo Para Sofia (Calleb Jangrossi, Ficção, 16min, SP, 2018)
  • Cascudos (Igor Barradas, Ficção, 18min, RJ, 2018)
  • Macaco Albino: Siso (Leandro Robles, Animação, 6min, SP, 2019)
  • Os Dois Lados da Moeda (Everton Pereira, Felipe Machado, Juliana Vieira, Nathalia Amorim, Rodrigo Xavier e Thais Fraga, Ficção, 4min, RJ, 2006)

Gostoso Lab

O evento também promove debates com produtores, diretores e atores dos filmes exibidos e, um seminário sobre o mercado audiovisual. Inclusive, neste ano, a Mostra de Cinema de Gostoso, em parceria com o BrLab, criou a 1ª edição do Gostoso Lab, laboratório para projetos de longa-metragem em fase de desenvolvimento, voltado aos realizadores do Rio Grande do Norte.

De acordo com a organização, o Gostoso Lab foi criado com o intuito de dinamizar a produção audiovisual do estado, buscando aproximá-la de novos colaboradores que darão suporte para o enriqueci mento do processo criativo de novos projetos.

Confira a programação completa:

08/11 (Sexta-feira)

Centro de Cultura

Mostra Infantil 8h 06 a 10 anos)

  • As Invenções De Akins (Ulísver Silva, Ficção, 32min, MS, 2018)
  • O Véu de Amani (Renata Diniz, Ficção, 15min, DF, 2019)
  • Os Chocolix (Elizabeth Mendes, Animação, 7min, SP, 2018)
  • Parabéns a você (Andréia Kaláboa, Ficção, 20min, PR, 2019)
  • Não Acorde (Roberto Rogato, Ficção, 2min, SP, 2018) 10h
  • (11 a 14 anos)
  • Os Três Primos (Bruno Pereira, Ficção, 11min, RJ, 2019)
  • Lily’s Hair (Raphael Gustavo da Silva, Ficção, 15min, GO, 2019)
  • Um Beijo Para Sofia (Calleb Jangrossi, Ficção, 16min, SP, 2018)
  • Cascudos (Igor Barradas, Ficção, 18min, RJ, 2018)
  • Macaco Albino: Siso (Leandro Robles, Animação, 6min, SP, 2019)
  • Os Dois Lados da Moeda (Everton Pereira, Felipe Machado, Juliana Vieira, Nathalia Amorim, Rodrigo Xavier e Thais Fraga, Ficção, 4min, RJ, 2006)

Sessão Acessibilidade

15h

  • A Parteira (Dir.: Catarina Doolan, Documentário, 20min, RN, 2018)
  • Em Reforma (Dir.: Diana Coelho, Ficção, 20min, RN, 2019)
  • Marie (Dir.: Leo Tabosa, Ficção, 25min, PE, 2019)

Praia do Maceió

20h

Cerimônia de Abertura

Mostra Coletivo Audiovisual

  • Júlia Porrada (Dir.: Igor Ribeiro, Documentário, 15min, RN, 2019)

Mostra Competitiva

  • Em Reforma (Dir.: Diana Coelho, Ficção, 20min, RN, 2019)
  • Pacarrete (Dir.: Allan Deberton, Ficção, 97min, CE, 2019)

09/11 (Sábado)

Escola Estadual Olímpia Teixeira

  • 9h – Curso Cinema na Escola

Pousada Ponteiros

  • 11h – Debate com realizadores

Centro de Cultura

Mostra Panorama

15h30

  • Crua (Dir.: Diego Lima, Ficção, 20min, PB, 2019)
  • Diz a ela que me viu chorar (Dir.: Maíra Bühler, Documentário, 86min, SP, 2019)

Praia do Maceió 20h

Mostra Coletivo Nós do Audiovisual

  • Labirinteiras (Dir.: Renata Alves, Documentário, 15min, RN, 2019)

Mostra Competitiva

  • Plano Controle (Dir.: Juliana Antunes, Ficção, 15min, MG, 2018)
  • A Parteira (Dir.: Catarina Doolan, Documentário, 20min, RN, 2018)
  • Casa (Dir.: Letícia Simões, Documentário, 93MIN, PE, 2019)

23h

  • Sessão Especial – Bacurau (Dir.: Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, Ficção, 131min, PE, 2019)

10/11 (Domingo)

Escola Estadual Olímpia Teixeira

  • 9h – Curso Cinema na Escola

Pousada Ponteiros

  • 11h – Debate com realizadores

Centro de Cultura

Mostra Panorama

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte