Category: Notícias

Tristeza: Teto de igreja desaba em Pendências, no Oeste potiguar

Teto de igreja metodista wesleyana desaba em Pendências, RN (Foto: Luciano Seixas)
Alguns instrumentos e o púlpito foram danificados (Foto: Luciano Seixas)

O teto de uma igreja metodista wesleyana desmoronou na manhã desta quinta-feira (2) em Pendências, município do Oeste potiguar. A igreja estava vazia na hora do desabamento e ninguém ficou ferido.

Segundo o radialista e blogueiro Luciano Seixas, o teto caiu por volta das 10h, horário em que normalmente acontecem ensaios na igreja. Ele, que esteve no local, afirma que alguns instrumentos sofreram danos e que o púlpito ficou destruído.

 

Fonte:http://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/2017/02/teto-de-igreja-desaba-em-pendencias-no-oeste-do-rn.html

Morre a ex-primeira dama do Brasil, esposa do ex-presidente Lula

Foi constatado que dona Marisa Letícia, ex-primeira dama do Brasil, esposa do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva, perdeu o fluxo cerebral causando a morte encefálica. Como a pessoa é considera morta caso tenha parada cerebral, dona Marisa se enquadra entre esses casos. A família está providenciando a doação dos órgãos.

Do G1,

O hospital Sírio-Libanês divulgou boletim médico nesta quinta-feira (2) no qual informa que Dona Marisa Letícia, 66 anos, mulher do ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva ficou sem fluxo cerebral. A família já autorizou a doação de órgãos, segundo um post publicado na página do Facebook do ex-presidente Lula.

“A família Lula da Silva agradece todas as manifestações de carinho e solidariedade recebidas nesses últimos 10 dias pela recuperação da ex-primeira-dama Dona Marisa Letícia Lula da Silva. A família autorizou os procedimentos preparativos para a doação dos órgãos”, diz o post. Depois, a página do Facebook do ex-presidente atualizou a foto de perfil e colocou uma imagem do casal sorrindo.

O boletim informa que um doppler transcraniano realizado na manhã desta quinta identificou a ausência de fluxo cerebral (leia boletim médico completo abaixo).

Lula muda foto de perfil no Facebook em homenagem a Dona Marisa (Foto: Reprodução/Facebook)

Lula muda foto de perfil no Facebook em homenagem a Dona Marisa (Foto: Reprodução/Facebook)
Lula muda foto de perfil no Facebook em homenagem a Dona Marisa (Foto: Reprodução/Facebook)

Post no Facebook do ex-presidente Lula sobre o estado de Dona Marisa (Foto: Facebook/Reprodução)

Post no Facebook do ex-presidente Lula sobre o estado de Dona Marisa (Foto: Facebook/Reprodução)
Post no Facebook do ex-presidente Lula sobre o estado de Dona Marisa (Foto: Facebook/Reprodução)
A mulher do ex-presidente Lula foi internada em 24 de janeiro, depois de ter sofrido um acidente vascular cerebral hemorrágico provocado pelo rompimento de um aneurisma.

Quando foi internada, dona Marisa passou por um procedimento de emergência que durou cerca de duas horas para conter a hemorragia no cérebro. Os médicos fizeram uma arteriografia cerebral para localizar a lesão e depois introduziram um cateter até a região afetada para estancar o sangramento.

Na quarta-feira (25), Marisa Letícia teve de passar por outro procedimento cirúrgico. Desta vez, para a “passagem de um cateter ventricular para monitoração da pressão intracraniana”, como informou o hospital. A decisão dos médicos ocorreu após “avaliação tomográfica de crânio para controle de sangramento cerebral.

Na sexta-feira (27), Dona Marisa passou por uma tomografia para verificar se tinha ocorrido melhora na infecção que havia se formado em seu cérebro. Ela foi acomodada em uma cama térmica. Com o auxílio dela, os médicos conseguiram baixar a temperatura do corpo, que normalmente fica perto dos 35°C, para até 25°C. O objetivo era diminuir o metabolismo e, junto com ele, a atividade cerebral, para que o cérebro conseguisse absorver de forma mais rápida o excesso de sangue acumulado na caixa craniana.

Um exame realizado na segunda-feira (30) detectou a presença de trombose venosa profunda nas veias das pernas. Os médicos realizaram a passagem de um filtro de veia cava inferior para prevenir a ocorrência de embolia pulmonar.

Na terça (31), os médicos tiraram a sedação. Na quarta (1º), ela teve uma piora no seu quadro clínico no início da noite e voltou a ser sedada. A pressão intracraniana e a inflamação no cérebro tinham aumentado.

Veja a íntegra da nota divulgada às 10h25 pelo Hospital Sírio-Libanês e assinada pelos médicos Antonio Antonietto, diretor de governança clínica, e Miguel Srougi, diretor-clínico:

“A paciente Marisa Letícia Lula da Silva permanece inalterada na UTI do Hospital Sírio-Libanês. Na manhã de hoje, foi realizado Doppler transcraniano, sendo identificada ausência de fluxo cerebral.

Diante do resultado, com autorização da família, foram iniciados procedimentos para doação de órgãos.

Fonte:http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/dona-marisa-fica-sem-fluxo-sanguineo-cerebral-e-familia-autoriza-doar-orgaos.ghtml

Delator da Odebrecht acusa Aécio de fraude em licitação

O senador Aécio Neves, do PSDB, teria se reunido com o ex-presidente de infraestrutura da empreiteira Odebrecht Benedicto Júnior para tratar de um esquema que fraudava licitações nas obras da Cidade Administrativa, a sede do governo mineiro, para favorecer grandes construtoras.

Fraudes teriam acontecido nas obras da Cidade Administrativa, quando Aécio era governador de Minas Gerais
Fraudes teriam acontecido nas obras da Cidade Administrativa, quando Aécio era governador de Minas Gerais Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil
A informação teria sido divulgada por Júnior, também conhecido como BJ, durante sua delação premiada da Lava Jato, de acordo com o jornal Folha de S.Paulo .

Segundo a publicação, com o acordo, Aécio, que na época ainda era o governador do Estado de Minas Gerais, orientou que as empreiteiras se reunissem com Oswaldo Borges da Costa Filho, o Oswaldinho, que foi um dos colaboradores da campanha do senador durante corrida eleitoral à Presidência e presidente da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codeming).

Seria ele que definiria a porcentagem de propina que as empresas receberiam que, também de acordo com Júnior, variava entre 2,5% e 3% dos valores dos contratos, e que negociaria com as construtoras como os pagamentos seriam feitos.

O jornal também descobriu que era o próprio Aécio que escolhia quais empreiteiras participariam do esquema de fraude e que as informações batem com as ditas na delação premiada do ex-diretor da Odebrecht de Minas Sergio Neves, que está nas investigações por estar por trás dos repasses a Oswaldinho e por detalhar os pagamentos ao senador tucano.

A Odebrecht era responsável por 60% da obra que construiu o Edifício Gerais, um dos prédios da Cidade Administrativa, que foi projetada pelo arquiteto Oscar Niemeyer e que ficou pronta em 2010.

Fonte:https://noticias.terra.com.br/brasil/politica/lava-jato/delator-da-odebrecht-acusa-aecio-de-fraude-em-licitacao,390dac9fb8f124b72a01ed1a454b4768m14c5xjy.html

Estado de ex-primeira-dama Marisa piora e é ‘irreversível’

A ex-primeira-dama Marisa Letícia, de 66 anos, teve uma piora drástica em seu quadro de saúde e se encontra em estado “irreversível”, informaram os médios que a atendem em São Paulo.

Ex-primeira-dama Marisa Letícia Lula da Silva
Ex-primeira-dama Marisa Letícia Lula da Silva Foto: Agência Brasil

De acordo com fontes próximas à família do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a pressão cerebral de Marisa aumentou, assim como seu edema, provocado em decorrência do derrame que sofreu há uma semana. O médico cardiologista Roberto Kalil Filho, que atende toda a família de Lula, confessou à imprensa na noite de ontem (1) que o quadro de Marisa é “irreversível”. Marisa Letícia está internada no Hospital Sírio-Libanês desde o dia 24 de janeiro, quando sofreu um acidente vascular cerebral.

Fonte:https://noticias.terra.com.br/brasil/estado-de-ex-primeira-dama-marisa-piora-e-e-irreversivel,aa57a64098d9cd00f660a84e4bd9b832q9e5w0o6.html

PF e MPF fazem operação para prender operador ligado a Sérgio Cabral

Resultado de imagem para sérgio cabral
Foto: Vagner Rosário

Agentes da Polícia Federal e do Ministério Público Federal realizam, na manhã desta quinta-feira (2), uma operação para cumprir um mandado de prisão preventiva contra Ary Ferreira da Costa Filho e oito mandados de busca e apreensão na Operação Mascate, que é mais um desdobramento da Operação Calicute, ação vinculada à Lava Jato no Rio de Janeiro.

Ele é um dos principais operadores financeiros da quadrilha ligada ao ex-governador Sérgio Cabral e começou a trabalhar com o político em 1980, quando Cabral era deputado estadual. Os mandados foram expedidos pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Criminal. A prisão foi pedida com base na delação do empresário Adriano Reis, que diz ter repassado R$ 10,8 milhões ao operador de Sérgio Cabral.

Os agentes da Polícia Federal realizam buscas em 10 endereços, mas até as 9h30 não tinham encontrado Ary. Segundo informações da TV Globo, ele entrou em contato com a Polícia Federal e informou que vai se entregar.

De acordo com as investigações, em 1996 ele começou a trabalhar em cargo comissionado no gabinete do Cabral e, posteriormente, teve passagens por várias secretarias quando Cabral estava à frente do governo do estado. Ary era assessor especial do ex-governador e pediu exoneração do cargo em dezembro, logo após o início da operação Calicute.

No pedido de prisão, os procuradores falam sobre esse esquema e ressaltam que Cabral pedia 5% de propina de todos os contratos assinados com o governo do estado. O pedido era intermediado pelo secretário Wilson Carlos e a função de Ary era entregar o dinheiro lavado por falsas consultorias. Os procuradores acompanharam a movimentação financeira dessas consultorias e identificaram que entre 2007 e 2015 arrecadaram milhões de reais

Entenda como funcionava o esquema
Em 2007, o faturamento dessa empresa de consultoria era R$ 770 mil. Três anos depois o faturamento passou para R$ 2,5 milhões e em 2015, época em que o ex-governador renunciou ao cargo, o faturamento da empresa foi de R$ 7 mil. Ainda segundo os procuradores, em 2010, no auge do faturamento, a empresa possuía apenas um funcionário. De 2011 a 2014, a empresa não tinha funcionários, sendo que em 2013 o faturamento da mesma foi de R$ 2,3 milhões.

Segundo as investigações, o que Ary fazia com essa empresa se repetia com vários empresários do estado. Por isso, não é possível dimensionar todo o dinheiro que foi lavado pelo grupo. Apenas através dessas concessionárias foi lavado mais de R$ 10,8 milhões.

Ary é suspeito de pegar o dinheiro vivo desse esquema e intermediar a lavagem de dinheiro e a ocultação de patrimônio. Ele entregava dinheiro para dono de concessionárias de veículos, que contratavam serviços de consultoria da empresa de Carlos Miranda, que também é operador de Sérgio Cabral nesse esquema. Quem delatou o esquema foi Adriano Reis, dono de uma dessas concessionárias.

Uma imobiliária também era usada para ocultar o patrimônio de Ari. O ex-assessor de Sérgio Cabral entregava dinheiro vivo para Adriano Reis, que comprava em nome da própria imobiliária casas e carros de luxo, que na verdade pertenciam a Ary, mas ficavam registrados como patrimônio da imobiliária. Foi identificada a compra de sete imóveis nesse esquema, que dava aparência de licitude para a compra dos bens.

Fonte:http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/pf-e-o-mp-fazem-operacao-para-cumprir-mandados-de-prisao-e-busca-e-apreensao.ghtml

Quadrilha explode caixas de banco, saqueia lojas e rouba carros no RN

Ação dos criminosos aconteceu na madrugada desta quinta (2) em Umarizal.Banco do Brasil foi alvo da quadrilha; na fuga, caminhonete foi incendiada. 

Pelo menos 10 homens, todos vestidos com roupas pretas e encapuzados, causaram terror em Umarizal, cidade da região Oeste potiguar. Na madrugada desta quinta-feira (2), a quadrilha usou dinamite para arrombar os terminais do Banco da Brasil, saqueou lojas e ainda roubou carros. Na fuga, grampos foram espalhados pelas estradas e uma caminhonete foi queimada sobre uma ponte para impedir que a polícia partisse em perseguição.

Segundo a PM, toda a ação durou quase uma hora. Começou logo após a meia-noite, quando os criminosos chegaram à cidade e explodiram os caixas do banco. Não há informações se os assaltantes conseguiram levar algum dinheiro dos terminais.
Na fuga, ainda de acordo com a polícia, parte do bando atirou contra a fachadas de duas lojas e saqueou roupas e calçados. Para escapar, carros de duas casas foram roubados. Um deles, uma caminhonete, chegou a ser incendiado sobre uma ponte para impedir uma eventual perseguição.
Grampos de ferro também foram espalhados pelas estradas que dão acesso à cidade. Pontiagudos, os grampos são usados para furar os pneus dos carros. Assim, a polícia também teve dificuldade de partir em busca dos bandidos, que conseguiram ir embora.
Do Blog http://boletimpolicialrn.blogspot.com.br/

Bandidos continuam desafiando o governo Robinson Farias

Com mais uma ação efetuada pelos bandidos, quando incendiaram uma base de Pelotão da PM na cidade de Arês/RN, eles reafirmam suas intenções de desafiar o governo do Estado, o governador Robinson Farias.

Do G1/RN

“Com coquetel molotov, bandidos incendeiam prédio da PM no RN”

Criminosos atearam fogo na delegacia de Arez (Foto: Divulgação/PM)
Criminosos atearam fogo na delegacia de Arez (Foto: Divulgação/PM)

O Pelotão Destacado da Polícia Militar na cidade de Arez, região Leste do Rio Grande do Norte foi atacada por criminosos na madrugada desta quarta-feira (1). De acordo com o capitão Cláudio Henrique, comandante do policiamento militar no município, o prédio e uma viatura foram incendiados. Dois suspeitos foram presos.

Ainda segundo o capitão, os criminosos jogaram um coquetel molotov no prédio, que foi parcialmente incendiado e uma viatura foi consumida pelas chamas.

De acordo om o coronel Elyause Moreira, comandante do Policiamento do Interior (CPI), os militares de plantão estavam dentro prédio, mas ninguém se feriu.

Pouco tempo depois, dois suspeitos foram presos. De acordo com o coronel Moreira, os homens foram levados para a delegacia de Goianinha, também na região Leste potiguar.

Ataques e facções
O Governo do Rio Grande do Norte diz que há possibilidade de que os ataques às agências bancárias tenham relação com facções criminosas que roubam “para se capitalizarem de forma a possibilitar ações contra o estado”. Esse é um dos cinco itens elencados no pedido de prorrogação da permanência das Forças Armadas na Grande Natal, conforme documento enviado pelo governador Robinson Faria ao ministro da Defesa, Raul Jungmann, na semana passada. No documento, Robinson destaca que “há indicativos de intensificação das ações dos faccionados contra agências bancárias”.

19/01 - Presos são vistos durante um confronto de facções na penitenciária de Alcaçuz, perto de Natal, no Rio Grande do Norte (Foto: Andressa Anholete/AFP)
Presos são vistos durante um confronto de facções na penitenciária de Alcaçuz (Foto: Andressa Anholete/AFP)

Forças Armadas
A atuação das Forças Armadas no Rio Grande do Norte foi prorrogada por mais cinco dias. A Operação Potiguar II, conforme decreto presidencial, tinha previsão para terminar nesta segunda-feira (30), mas com a renovação as tropas devem permanecer na capital potiguar e região metropolitana até dia 4 de fevereiro.

O Governo do RN enviou, na sexta-feira (27), documento ao Governo Federal solicitando prorrogação por mais dez dias. No entanto, a permanência foi renovada por apenas mais cinco dias.

Fonte:http://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/2017/02/com-coquetel-molotov-bandidos-incendeiam-predio-da-pm-no-rn.html

STF define hoje novo relator da Lava-Jato e Fachin deseja ser o escolhido

Jose Cruz/Agencia Brasil
Nome do sucessor do ministro Teori Zavascki será definido hoje pela presidente do STF, Fachin poderá ser o escolhido (foto: Jose Cruz/Agencia Brasil )

Praticamente duas semanas depois da morte do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki em um acidente aéreo, a Lava-Jato deverá ter, a partir desta quarta-feira, um novo relator. A expectativa é de que a presidente do Supremo, ministra Cármen Lúcia, defina antes do início da sessão plenária marcada o nome do magistrado que conduzirá o processo. O assunto será tratado em uma reunião pela manhã.

A tendência é que seja feito um sorteio na Segunda Turma, da qual Teori fazia parte. Outros quatro ministros compõem o colegiado e pode haver transferência de um magistrado de outra turma. Ao chegar a Brasília ontem, o ministro Edson Fachin se colocou à disposição para mudar de colegiado.

Segundo nota divulgada pelo gabinete do ministro, Fachin se apresentará para “possível transferência à Segunda Turma, caso não haja manifestação de interesse por parte de integrante mais antigo”. Há uma ordem de preferência para a transferência entre turmas, que respeita a dos mais antigos no colegiado.

Os outros componentes devem ser consultados antes da transferência ser autorizada por Cármen Lúcia. Segundo interlocutores do Supremo, a tendência é de que não haja oposição. Nas últimas semanas, há um entendimento sendo construído entre ministros para respaldar a mudança de Fachin.

Neste caso, o ministro participaria do sorteio na Segunda Turma, a principal tendência, que se baseia no procedimento adotado em 2009 pelo ministro Gilmar Mendes, quando morreu o colega Carlos Menezes Direito. Mendes se valeu do artigo 68 do regimento para redistribuir um processo, segundo o qual deve haver um sorteio dentro da própria turma.

Há ainda a possibilidade de a ministra redistribuir o caso entre todos os ministros. A fórmula será acertada na reunião informal entre os magistrados, que ocorrerá pela manhã. Segundo o Supremo, o sorteio é feito de maneira eletrônica e aleatória, por isso, não é possível haver interferência na distribuição se esse for o caminho escolhido.

Há uma outra possibilidade, aventada em alguns gabinetes, que facilitaria um eventual acordo para que Fachin fosse escolhido o relator do processo. Neste caso, uma interpretação do regimento faria de um ministro transferido para a segunda turma o relator da Lava-Jato, porque passaria a ocupar a cadeira de Teori.

A possibilidade é polêmica e encontra resistência dentro do próprio Supremo. “Não há essa previsão no regimento”, disse um técnico do STF. Outra situação possível seria ministros se declararem impedidos de relatar o processo, visto como improvável porque, neste caso, eles também não poderiam julgar qualquer ação referente à Lava-Jato

O ministro a ser escolhido será o responsável por tocar a investigação sobre o maior escândalo de corrupção do país no Supremo. Caberá ao sucessor de Teori dar o ritmo às investigações no Ministério Público. Na condição de plantonista durante o recesso do Judiciário, a ministra Cármen Lúcia homologou na segunda-feira as delações premiadas de 77 executivos da Odebrecht. Os depoimentos foram encaminhados à Procuradoria-Geral da República (PGR), que pedirá abertura de novos inquéritos, inclusão de informações em investigações já existentes, encaminhamento de casos a outras instâncias e propor denúncias, O processo está sob sigilo, que pode ser quebrado a pedido do procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

Delações

O presidente Michel Temer decidiu que só indicará o novo ministro do Supremo somente após a definição do relator da Lava-Jato, para minimizar as críticas sobre uma eventual interferência. Teori pretendia homologar as delações na primeira quinzena de fevereiro, por isso Cármen decidiu validar as delações, após pedido de urgência de Janot.

Hoje, a sessão que marcará o fim do recesso não será solene. Tradicionalmente, há uma cerimônia de abertura dos trabalhos, com a presença de convidados de fora do Judiciário, até mesmo com a participação do presidente da República, o que não ocorrerá. O encontro começará às 14h. Na ocasião, o decano da Corte, Celso de Mello, fará um discurso em homenagem a Zavascki. Depois, será dado início à pauta de julgamentos, que inclui a discussão sobre réus na linha sucessória do Planalto.

Linha sucessória

O Supremo Tribunal Federal deve definir hoje que réus podem assumir as presidências da Câmara e do Senado, mas terão de ficar de fora da linha sucessória do Palácio do Planalto. Com isso, a maioria dos ministros vai repetir a decisão tomada em relação ao presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), em dezembro, quando foi analisada a liminar que afastava o peemedebista do cargo. O resultado do julgamento colocará uma espada na cabeça de quem for eleito para comandar as duas Casas do Legislativo. Nenhum dos dois favoritos até o momento — o senador Eunício Oliveira (PMDB-CE) e Rodrigo Maia (DEM-RJ) — é réu, mas ambos foram citados no depoimento dado pelo executivo da Odebrecht Cláudio Melo. Eunício, que aparece com o codinome Índio na delação de Melo, seria beneficiário de uma doação de R$ 2,1 milhões. Já Maia é chamado de Botafogo e teria recebido R$ 500 mil da construtora. Mas eles acabaram sendo beneficiados pelo resultado do julgamento de Renan, em dezembro.

 

Fonte:http://www.em.com.br/app/noticia/politica/2017/02/01/interna_politica,844009/stf-define-hoje-novo-relator-da-lava-jato.shtml

Após uma semana de internação, estado de Marisa Letícia ainda é grave

Resultado de imagem para Mulher de Lula

O quadro de saúde de dona Marisa Letícia, mulher do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, permanece estável e ela continua em coma induzido. Segundo boletim médico divulgado no início da tarde desta terça-feira (31), ela permanece com “controle neurointensivo, apresentando melhora progressiva dos parâmetros evolutivos neurológicos”.

De acordo com a assessoria de imprensa do hospital Sírio Libanês, ela continua internada na UTI (Unidade de Terapia Intensiva), sem previsão de alta. O quadro ainda é considerado grave.

Segundo boletim do hospital, “na tarde de ontem, em exame de rotina, foi detectada ao ultrassom a presença de trombose venosa profunda dos membros inferiores. Foi então realizada a passagem de um filtro de veia cava inferior com o objetivo de prevenir a ocorrência de embolia”. Do ponto de vista cardiovascular, ela permanece estável.

A ex-primeira dama está internada desde a última terça-feira (24), quando sofreu um AVC (Acidente Vascular Cerebral) do tipo hemorrágico.

As equipes médicas que a acompanham são coordenadas pelo cardiologista Roberto Kalil Filho, médico da família Lula há quase duas décadas, e pelos médicos Milberto Scaff, Marcos Stávale e José Guilherme Caldas.

 

Fonte:https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2017/01/31/apos-uma-semana-de-internacao-estado-de-marisa-leticia-ainda-e-grave.htm

PM é morto por assaltantes que roubavam dentro do shopping na ZN de Natal

Policial foi baleado durante assalto em shopping na Zona Norte de Natal (Foto: Lídia Pacce/Inter TV Cabugi)
Policial foi baleado e morto durante assalto em shopping na Zona Norte de Natal (Foto: Lídia Pacce/Inter TV Cabugi)

Um policial militar foi baleado durante um tiroteio em um shopping na Zona Norte de Natal na manhã desta terça-feira (31). De acordo com o assessor de comunicação da Polícia Militar, major Eduardo Franco, Daniel Oleiveira Pessoa foi atingido por três tiros, um na cabeça, um no pescoço e outro nas costas.

Já há confirmação de que o policial morreu após dar entrada no hospital Walfredo Gurgel.

“O militar estava no shopping quando presenciou a ação de no mínimo três homens que tentavam assaltar uma joalheria no shopping. Ele reagiu e conseguiu atingir um dos homens, mas foi alvejado três vezes”, relatou o major Franco.

 

Fonte:http://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/2017/01/video-mostra-momento-em-que-pm-e-baleado-dentro-de-shopping-em-natal.html

 

PF investiga outra empresa suspeita de financiar compra de avião de Eduardo Campos

PF investiga outra empresa suspeita de financiar compra de avião de Eduardo Campos (Foto: Divulgação/PF)
PF investiga outra empresa suspeita de financiar compra de avião de Eduardo Campos (Foto: Divulgação/PF)

A polícia Federal em Pernambuco deflagra, na manhã desta terça-feira (31), a ‘Operação Vórtex’, que investiga mais uma empresa suspeita de ter financiado a compra do avião Cessna Citation, prefixo PR-FA, utilizado pelo ex-governador Eduardo Campos, morto em 2014. A ação é um desdobramento da‘Operação Turbulência’, que investigava uma organização criminosa suspeita de lavagem de dinheiro e de ter financiado a campanha do ex-governador.

Durante as investigações, foi notado que a empresa possui contratos milionários com o governo do Estado. Ela ainda teria aumentado, exponencialmente, suas doações a partidos e candidatos apoiados pelo ex-governador nos últimos anos em Pernambuco. Os investigadores não divulgaram o nome da empresa.

De acordo com a PF, ao analisar as contas bancárias de pessoas físicas e jurídicas usadas na compra da aeronave foi observado que um dos valores transferidos por uma das empresas investigadas na ‘Operação Turbulência’ havia sido, na verdade, repassado dois dias antes por uma terceira empresa. Até então, ela não tinha sido alvo das investigações.

Sendo assim, tendo em vista a quantia exata e o curto período de tempo envolvidos nas duas transações, levam a PF a crer que a conta investigada na ‘Operação Turbulência’ tenha sido “mera conta de passagem”.

Ao todo, 30 policiais federais cumprem dez ordens judiciais, sendo seis mandados de busca e apreensão e quatro mandados de condução coercitiva no bairro de Boa Viagem, Zona Sul do Recife. As buscas são feitas nos bairros de Boa Viagem e Pina, na capital pernambucana, e no município de Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife.

‘Operação Vórtex’

Ao todo, 30 policiais federais cumprem dez ordens judiciais, sendo seis mandados de busca e apreensão e quatro mandados de condução coercitiva no bairro de Boa Viagem, Zona Sul do Recife. As buscas são feitas nos bairros de Boa Viagem e Pina, na capital pernambucana, e no município de Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife.

Fonte:http://g1.globo.com/pernambuco/noticia/pf-investiga-outra-empresa-suspeita-de-de-financiar-compra-de-aviao-de-eduardo-campos.ghtml

Bandidos arrombam agência dos Correios e roubam cofre no RN

Agência dos Correios da cidade de Lajes Pintadas foi arrombada (Foto: Divulgação/PM)
Agência dos Correios da cidade de Lajes Pintadas foi arrombada (Foto: Divulgação/PM)

A agência dos Correios da cidade de Lajes Pintadas, na região Agreste do Rio Grande do Norte, foi arrombada na madrugada desta terça-feira (31). O crime aconteceu por volta de 3h30. De acordo com os moradores, os criminosos chegaram ao local atirando. A polícia foi acionada, mas os suspeitos não foram encontrados.

Segundo o coronel Elyause Moreira, comandante do Policiamento do Interior (CPI), a quadrilha invadiu a agência e roubou o cofre. Ainda segundo o coronel, o bando não usou explosivos. Arrombaram a porta com marretas e fugiram em uma caminhonete.

Na fuga, os criminosos espalharam grampos pelas ruas da cidade. Ninguém foi preso.

Ataques e facções
O Governo do Rio Grande do Norte diz que há possibilidade de que os ataques às agências bancárias tenham relação com facções criminosas que roubam “para se capitalizarem de forma a possibilitar ações contra o estado”.Esse é um dos cinco itens elencados no pedido de prorrogação da permanência das Forças Armadas na Grande Natal, conforme documento enviado pelo governador Robinson Faria ao ministro da Defesa, Raul Jungmann, na semana passada. No documento, Robinson destaca que “há indicativos de intensificação das ações dos faccionados contra agências bancárias”.

 

 

Fonte:http://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/2017/01/bandidos-arrombam-agencia-dos-correios-e-roubam-cofre-no-rn.html

Desemprego fica em 12% no 4º trimestre de 2016 e atinge 12,3 milhões

Fila de desempregados é registrada no Amazonas. (Foto: Reprodução/Rede Amazônica)
Fila de desempregados é registrada no Amazonas. (Foto: Reprodução/Rede Amazônica)

O desemprego seguiu em alta no final do ano passado e subiu para 12% no quartro trimestre, segundo dados divulgados nesta terça-feira (31) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), por meio da pesquisa Pnad Contínua. Esse é o maior índice da série histórica do indicador, iniciada em 2012. No ano de 2016, a taxa média de desocupação ficou em 11,5%.

No trimestre de outubro a dezembro, o Brasil tinha 12,3 milhões de pessoas desocupadas. O número representa um aumento de 2,7% em relação ao trimestre de julho a setembro e de 36% na comparação com o último trimestre de 2015.

Já a população ocupada somou 90,3 milhões de pessoas. Em relação ao trimestre anterior, esse número cresceu 0,5%, mas frente ao quarto trimestre de 2015, caiu 2,1%.

Desse total, 34 milhões de pessoas que estavam empregadas no setor privada tinham carteira de trabalho assinada. Do terceiro para o quarto trimestre, não houve alteração no contingente, no entanto, recuou quase 4% na comparação com o final do ano anterior.

Com o aumento do desemprego, a categoria dos trabalhadores por conta própria chegou a 22,1 milhões de pessoas, registrando um aumento de 1,3% em relação ao trimestre de julho a setembro, mas caiu 3,4% diante do quarto trimestre de 2015.

Quanto aos trabalhadores domésticos, não houve aumento nem diminuição da quantidade, estabilizada em 6,1 milhões de pessoas.

O desemprego aumentou, mas o rendimento médio dos trabalhadores não subiu nem caiu em relação ao trimestre anterior e ao quarto de 2015, ficando em R$ 2.043.

Em relação ao trimestre de julho a setembro, a categoria dos empregados no setor privado sem carteira viu seu rendimento cair, em média, 3,7%. Na outra ponta está a dos empregados no setor público, cujos rendimentos cresceram 2,2%.

Frente ao ano anterior, os trabalhadores por conta própria tiveram queda de 3,5% no rendimento. De acordo com o IBGE, as outras atividades não tiveram variação significativa.

Taxa média em 2016

Em 2016, a taxa média de desemprego ficou em 11,5%, depois de atingir 8,5% no ano anterior. O número desempregados subiu de 8,6 milhões, na média de 2015, para 11,8 milhões, em 2016 – uma alta de 37%. Por outro lado, a população ocupada caiu de 92,1 milhões de pessoas para 90,4 milhões. O número de empregados com carteira assinada no setor privado recuou caiu 3,9%, chegando a 34,3 milhões em 2016.

O rendimento médio recuou 2,3%: de R$ 2.076 em 2015 para R$ 2.029, no ano seguinte.

De acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), apresentados no final de janeiro, a economia brasileira voltou a fechar um grande número de postos de trabalho com carteira assinada em 2016, ano ainda marcado pela forte recessão que atinge o país. No ano passado, as demissões superaram as contratações em 1,32 milhão de vagas formais.

Fonte:http://g1.globo.com/economia/noticia/desemprego-fica-em-12-no-4-trimestre-de-2016.ghtml

Empresário Eike Batista é preso ao desembarcar de avião no Aeroporto Galeão

Resultado de imagem para eike batista
Eike Batista teme pela vida na cadeia no Brasil

O empresário Eike Batista foi preso por agentes da Polícia Federal logo após desembarcar no Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Rio de Janeiro, por volta das 10h. O avião que trouxe o empresário Eike Batista de volta ao Brasil pousou no Galeão às 9h54 da manhã desta segunda (30). O empresário chegou ao Instituto Médico Legal (IML) por volta da 10h30 para ser submetido ao exame de corpo de delito. Ele permaneceu no local por cerca de meia hora, de onde saiu às 11h, em direção ao presídio Ari Franco.

Segundo passageiros que estavam no voo, Eike Batista foi algemado quando ainda estava dentro da aeronave. O empresário teve a prisão preventiva decretada depois que dois doleiros disseram que ele pagou US$ 16,5 milhões a Sérgio Cabral, ex-governador do Rio, o equivalente a R$ 52 milhões, em propina. A prisão do empresário foi decretada pelo Juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Criminal, na operação Eficiência, um desdobramento da Lava Jato no Rio de Janeiro.

Carro levando Eike Batista chegou ao IML por volta das 10h30 desta segunda (30) (Foto: Fernanda Rouvenat)
Carro levando Eike Batista chegou ao IML por volta das 10h30 desta segunda (30) (Foto: Fernanda Rouvenat)

O empresário, considerado foragido após ter viajado a Nova York dias antes da operação policial para tentar prendê-lo, embarcou de volta ao Rio neste domingo (29). Antes do embarque, ele disse que ‘está à disposição da Justiça’.

Ele chegou sozinho ao aeroporto JFK, nos EUA, por volta de 21h50 (horário de Brasília) do último domingo (30), fez check-in e, minutos depois, passou pelo controle de passaporte. Às 22h15, já aguardava o voo dentro da sala de embarque e pouco depois da meia-noite foi rumo a aeronave.Eike Batista desembarca no Rio nesta segunda-feira (30)

Entrevista antes de embarcar
Dentro da área de embarque, o empresário deu uma breve entrevista ao repórter Felipe Santana, da TV Globo. Questionado se tem algo a dizer aos brasileiros, ele declarou que está à disposição da Justiça: “Estou voltando para responder à Justiça, como é meu dever”. Eike destacou que este é o momento de “passar as coisas a limpo”.

“Estou voltando, porque sinceramente vou mostrar como é que são as coisas, simples assim”, reforçou Eike. Questionado sobre se mostraria algo que ainda não se sabe, ele evitou o assunto. “Como eu estou nessa fase, me entregando à Justiça, melhor não falar nada. Depois a Justiça e o que for permitido falar, vai acontecer depois, agora não dá”, afirmou.

O empresário negou que tenha cogitado fugir para a Alemanha (por conta de também ter cidadania alemã, o que evitaria uma deportação ao Brasil) e disse que viajou a Nova York a trabalho.

Segundo a reportagem, os advogados do empresário tentaram negociar a ida dele para um presídio especial mas não tiveram êxito.

Eike Batista é acusado, pelo Ministério Público Federal, de corrupção ativa. Segundo os procuradores , em 2011, o empresário pagou R$ 16 milhões e meio de dólares a Sérgio Cabral, o equivalente a R$ 52 milhões.

Na sexta-feira (27), o Jornal Nacional mostrou imagens da saída de Eike do país. Nelas, aparece de calça jeans e paletó preto chegando para embarcar no aeroporto Internacional Tom Jobim (Galeão).

Como Eike tem passaporte alemão e o país europeu não tem acordo de extradição com o Brasil, havia a preocupação de que o empresário fugisse da Justiça brasileira.

Os investigadores afirmam que o pagamento feito a Cabral por Eike se deu pela “boa vontade” do então governador do Rio com os negócios do empresário. Mas ainda não sabem, ao certo, que vantagens o empresário recebeu em troca dos milhões.

Fonte:http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/aviao-que-trouxe-o-empresario-eike-batista-pousa-no-aeroporto-galeao.ghtml

RN vê ‘indicativos’ de relação entre ataques a bancos e facções

Bandidos explodiram agência bancária em Lajes  (Foto: Francisco Coelho/Focoelho.com)
Segundo o governo do estado, existe a possibilidade de ataques a agências bancárias no RN terem ligações com facções criminosas (Foto: Francisco Coelho/Focoelho.com)

O Governo do Rio Grande do Norte diz que há possibilidade de que os ataques às agências bancárias tenham relação com facções criminosas que roubam “para se capitalizarem de forma a possibilitar ações contra o estado”. Esse é um dos cinco itens elencados no pedido de prorrogação da permanência das Forças Armadas na Grande Natal, conforme documento enviado pelo governador Robinson Faria ao ministro da Defesa, Raul Jungmann, na semana passada. No documento, Robinson destaca que “há indicativos de intensificação das ações dos faccionados contra agências bancárias”.

Nesta segunda-feira (30), criminosos invadiram a agência e explodiram um caixa eletrônico do Banco do Brasil na cidade de Lajes, na região Central potiguar.
De acordo com a Polícia Militar, pelo menos 10 homens metralharam a delegacia, atacaram a agência bancária e bloquearam as entradas da cidade.

Agência bancária ficou destruída com a explosão (Foto: Divulgação/PM)
Agência bancária em Tangará ficou destruída com a explosão (Foto: Divulgação/PM)

Somente em 2017, cinco agências bancárias foram alvo de bandidos em quatro ataques. A rebelião na Penitenciária Estadual de Alcaçuz começou no último dia 14, após o início, dois ataques foram registrados, um na cidade de Tangará, na região Agreste e outro na cidade de Cerro Corá, na região Central potiguar.

No último dia 28, duas bases da Polícia Militar foram atacadas em Natal. De acordo com o major Eduardo Franco da assessoria de comunicação da PM, a suspeita é de são ataques orquestrados contra a corporação. “Os dois têm as mesmas características e aconteceram em horário próximo”, ressaltou. Ninguém ficou ferido.

Militares do Exército, Aeronáutica e Marinha estão atuando nas ruas de Natal e de cidades da Grande Natal, com objetivo de coibir novas ondas de ataques a ônibus ou instituições públicas.

 

Fonte:http://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/2017/01/rn-ve-indicativos-de-relacao-entre-ataques-bancos-e-faccoes.html