Category: Notícias

Parte de teto desaba em escola no RN; aulas são suspensas e rua fechada

Parte de teto em escola municipal desaba em Natal (Foto: Reprodução/ Inter TV Cabugi)
Parte de teto em escola municipal desaba em Natal (Foto: Reprodução/ Inter TV Cabugi)

Parte do teto de uma quadra de esportes desabou nesta quarta-feira (2) na Escola Municipal Professor Zuza, no bairro do Alecrim, Zona Leste de Natal. Ninguém ficou ferido, mas o Corpo de Bombeiros interditou o prédio. As aulas desta quinta-feira (3) foram suspensas e uma rua fechada.

A escola fica na Avenida Coronel Estevam, uma das mais movimentas do bairro. Para evitar acidentes, a passagem de veículos foi interrompida entre as avenidas Miguel Castro e Amintas Barros. Em razão do feriado, não havia alunos ou funcionários no colégio. A Secretaria Municipal de Educação não deu previsão para o retorno das atividades na escola.

Segundo relatos da vizinhança, o desabamento foi causado por ventos fortes. Folhas de alumínio que revestem o teto estão caindo aos poucos.

G1RN

Comissão aprova projeto que determina identificação de crianças em hotéis

unnamed

Um importante projeto, na opinião do deputado Albert Dickson (PROS), para uma cidade turística como Natal, foi aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) em sua reunião nesta terça-feira (1). De autoria do deputado Ricardo Motta (PSB) o Projeto de Lei Ordinária 125/16 dispõe sobre a Obrigatoriedade de Estabelecimentos Hoteleiros Identificarem Crianças e Adolescentes Hospedadas.
“Essa é uma matéria muito importante, principalmente para Natal uma cidade turística. Muitas crianças e adolescentes circulam nos hotéis sem identificação. A identificação vai garantir mais segurança às crianças e adolescentes, aos seus pais e aos funcionários dos hotéis. O Rio Grande do Norte está dando um passo à frente. Em outros países essa prática já existe”, comentou o presidente da CCJ, deputado Albert Dickson.
Outra matéria destacada na relação das 10 matérias discutidas e votadas na sessão foi a que altera a Lei 10.075 que institui a obrigatoriedade de aposição do selo fiscal de controle em vasilhames acondicionadores de água mineral natural ou água adicionada de seis minerais, de autoria do deputado Carlos Augusto Maia (PSD).
Dois vetos do Governador do Estado a projetos aprovados foram rejeitados pela CCJ. Um deles foi o do Projeto de Lei que cria o Programa Pedagógico Hospitalar às Crianças e Adolescentes Hospitalizados, de inciativa do deputado Carlos Augusto. O outro foi da matéria de iniciativa do deputado Nélter Queiroz (PMDB) que obriga os estabelecimentos que comercializam bebidas alcoólicas a informar números de telefone de ponto de táxi da região ou de centrais de Rádio.
Além das matérias da pauta de votação, foram distribuídos quatro projetos para os relatores apresentarem os pareceres na reunião da próxima terça-feira (8).  Participaram da reunião os deputados Albert Dickson, Carlos Augusto, Kelps Lima (Solidariedade) e Márcia Maia (PSDB).

Suspeito de assalto é morto dentro de lanchonete na Grande Natal

Crime aconteceu na noite desta terça-feira (1º) dentro de uma lanchonete no conjunto Amarante (Foto: PM/Divulgação)
Crime aconteceu na noite desta terça-feira (1º) dentro de uma lanchonete no conjunto Amarante (Foto: PM/Divulgação)

G1 – Um homem foi morto dentro de uma lanchonete na noite desta terça-feira (1º) em São Gonçalo do Amarante, cidade da Grande Natal. Segundo a Polícia Militar, a vítima é suspeita de ter anunciado um assalto no local. Armado, um cliente que estava no estabelecimento reagiu e atirou. Nem o suposto assaltante nem o homem que o matou foram identificados até o momento.

Ainda de acordo com a polícia, o suspeito chegou ao local em uma motocicleta e sequer tirou o capacete da cabeça. Um outro homem, que seria o comparsa dele e estava do lado de fora, fugiu ao ouvir o disparo dentro da lanchonete.

A PM ainda fez buscas pela região, mas não encontrou o segundo suspeito. O homem que fez o disparo também não foi encontrado.

Enem é adiado para 3.990 candidatos do RN, segundo MEC

Escola Estadual Anísio Teixeira é uma das ocupadas por estudantes secundaristas em Natal (Foto: Reprodução/ Inter TV Cabugi)
Escola Estadual Anísio Teixeira é uma das ocupadas por estudantes secundaristas em Natal (Foto: Reprodução/ Inter TV Cabugi)

G1 – O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) informou nesta terça-feira (1º) que 191.494 dos 8,7 milhões de inscritos para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) não poderão fazer a avaliação no próximo fim de semana, em razão de 304 ocupações em colégios listados como locais de provas.

No Rio Grande do Norte, 3.990 candidatos serão afetados e as provas não serão aplicadas em cinco locais. As provas adiadas serão realizadas nos dias 3 e 4 de dezembro, segundo o Inep. Os inscritos afetados pelas ocupações serão avisados pelo Inep por meio de SMS, email e divulgação nos sites e redes sociais MEC e do Inep. Os inscritos podem acessar o aplicativo Enem 2016 e, ainda, se informar pelo 0800 616161.

A aplicação das provas do Enem não vai acontecer no próximo fim de semana no campus da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) de Caicó, no IFRN de Macau, no campus do IFRN da Zona Norte de Natal, e nas escolas estaduais Professor Anísio Teixeira e Desembargador Floriano Cavalcanti (Floca), na capital potiguar.

A assessoria do IFRN Zona Norte entrou em contato com o G1 e informou que os alunos garantiram que a unidade será desocupada ainda nesta terça-feira (1). Ainda de acordo com a assessoria, o Inep não comunicou oficialmente a unidade escolar sobre o adiamento da prova no local.

Segundo o Inep, a mudança dos locais de prova na véspera da aplicação colocaria em risco a segurança do Enem. “O exame exige um plano logístico de distribuição do material, com rotas pré-definidas, escoltas policiais e efetivo policial destacado para a operação. A alteração desses locais implica em reprocessar todo o material para readequação da nova logística. O local requer, ainda, estrutura mínima para receber a aplicação, ter acessibilidade para deficientes físicos (banheiros adaptados, mobiliário adequado para cadeirantes, surdos, cegos e à faixa etária), além de salas extras e estudo de plano de risco”.

Ocupações
As ocupações em escolas e universidades do Rio Grande do Norte começaram no início de outubro em protesto contra o Projeto de Emenda Constitucional (PEC) 241, aprovado em segundo turno pela Câmara Federal.

O Ministério da Educação pediu que os estudantes desocupassem escolas que seriam locais de prova do Enem. O MEC optou por adiar a prova apenas nos locais que estão ocupados.

Projeto de apoio a crianças com microcefalia e autismo é criado pela Assembleia

Crédito da Foto: Sumaia Villela/Agência Brasil
Crédito da Foto: Sumaia Villela/Agência Brasil

Cuidar das pessoas. Essa é uma das missões da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, indo além do seu papel de legislar. É dentro deste propósito que a Casa irá lançar o projeto “Quebrando Mitos” para garantir direitos e apoio às famílias que fazem parte da parcela da população portadora de patologias, síndromes e transtornos do neurodesenvolvimento. A primeira ação vai acontecer na próxima segunda-feira (7), quando profissionais da saúde e da educação receberão capacitação sobre microcefalia e outras doenças.

“Atualmente o Rio Grande do Norte enfrenta um crescimento de casos de microcefalia, já encarados como epidemia diante do frequente aumento de diagnósticos. Outro fator relevante que estimulou o lançamento do programa é o autismo, que hoje pode ser diagnosticado precocemente e assim possível de minimizar os danos no desenvolvimento. Por isso, é importante poder discutir aos olhos da legislação, onde as pessoas devem ser amparadas pelo Estado”, disse o presidente da Assembleia, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB).

O projeto tem previsão para acontecer durante dois anos e vai beneficiar crianças de 0 a 48 meses. A ação será levada para municípios do Rio Grande do Norte, contemplando assim as famílias que não podem deslocar-se aos grandes centros. “Há uma dificuldade de acesso a profissionais qualificados que visem um indivíduo integralizado na sociedade”, disse Helga Torquato, psicóloga e uma das coordenadoras do projeto.

No primeiro momento, a legislação americana, que é exemplo no que diz respeito aos direitos a portadores de deficiência, será analisada e poderá servir de base para a construção da legislação local. Na próxima segunda-feira (7), palestrantes de renome nacional ministrarão o Seminário para os profissionais envolvidos na ação, das 8h30 às 13h, no auditório da sede do Poder Legislativo.

Palestrantes

Meca Andrade
Maria América Andrade é analista do comportamento e tem 20 anos de experiência de trabalho em instituições Americanas com transtornos do desenvolvimento.

Renata Tibiryça
Renata Tibiryça é defensora pública do Estado de São Paulo, doutoranda em Distúrbios do Desenvolvimento, coordenadora do Núcleo Especializado dos Direitos do Idoso e da pessoa com deficiência.

Multas de trânsito ficam mais caras a partir desta terça

Foto exposta no Google
Foto exposta no Google

Portal Terra – A partir desta terça-feira (1º), as multas por infração de trânsito ficarão mais caras em todo o país. As regras mais rígidas para o Código de Trânsito foram estabelecidas com a Lei n.º 13.281 , sancionada em maio deste ano. Segundo o Ministério das Cidades, desde o ano 2000 as multas não eram reajustadas.

A infração gravíssima, que antes tinha multa no valor de R$ 191,54, passará a ter o valor de R$ 293,47. Já as multas por infração grave passarão para R$ 195,23 – anteriormente o valor era R$ 127,69. Para a infração média as multas passarão de R$ 85,13 para R$ 130,16. As infrações leves, que antes tinham o valor de multa de R$ 53,20, passarão a valer R$ 88,38.

A infração para quem for flagrado manuseando o telefone celular enquanto estiver ao volante, que atualmente é considerada média, passará a ser gravíssima. Com isso, o valor da multa subirá de R$ 130,16 para R$ 293,47.

De acordo com o Código de Trânsito, a receita arrecadada com a cobrança das multas de trânsito deve ser aplicada, exclusivamente, em sinalização, engenharia de tráfego, de campo, policiamento, fiscalização e educação de trânsito. O Fundo Nacional de Segurança e Educação de Trânsito recebe, para a mesma finalidade, 5% da receita arrecadada com as multas.

‘Cinquentinha’

Além do endurecimento das penalidades, a nova legislação prevê sanções para quem conduzir ciclomotores sem habilitação ou permissão na categoria A ou Autorização para Conduzir Ciclomotor. Não portar um dos documentos mencionados será caracterizado como infração gravíssima, com multa no valor de R$ 880,41, sete pontos na carteira e retenção do veículo até apresentação de condutor habilitado.

A exigência de formação para conduzir as chamadas “cinquentinhas” já estava prevista na Resolução nº 572 do Denatran, com início da fiscalização em 1º de junho de 2016. Entretanto, a resolução não trazia as sanções em caso de descumprimento, que foram inseridas na lei que estabeleceu as modificações no Código de Trânsito. Como a aplicação dessas sanções está prevista somente para o dia 1º de novembro, quem já foi multado poderá recorrer.

RN terá mais de 900 casos de câncer de próstata até o final do ano, diz Inca

medico
Ângelo Campos, médico urologista/arquivo pessoal

G1 – O Rio Grande do Norte deve chegar ao final do ano com 930 casos registrados de câncer de próstata, o que representa uma taxa de 57,8 casos para cada grupo de 100 mil habitantes. No Nordeste, o estado fica atrás apenas de Pernambuco (61,73) e Sergipe (58,48). Em Natal, capital potiguar, a situação é ainda mais preocupante: a estimativa é de 240 casos, com uma taxa de 59,77. Os dados são do Instituto Nacional do Câncer (Inca), que anualmente faz uma projeção sobre os casos de câncer no país.

Arte próstata (Foto: Editoria de Arte/G1)

Ainda segundo o Inca, mais de 61 mil novos casos de câncer de próstata serão diagnosticados no Brasil em 2016. Por ano, são mais de 13 mil mortes: uma a cada 40 minutos. Nesse contexto, anualmente é realizada no mês de novembro, a campanha Novembro Azul, cujo objetivo é orientar os homens sobre a importância de se fazer exames preventivos.

“O diagnóstico precoce do câncer de próstata aumenta em 90% a chance de cura. Em geral, a partir dos 50 anos de idade, o homem deve fazer uma consulta. Quando existem fatores de risco, a recomendação é realizar a consulta um pouco antes, com 45 anos”, ressalta o urologista Ângelo Campos.

Além do exame de detecção e da consulta regular ao urologista, o médico enfatiza que a adoção de um estilo de vida saudável auxilia na prevenção. “O homem tem que cuidar da saúde, praticando atividade física e tendo uma vida saudável. Além de prestar atenção na rotina do câncer de próstata. Não custa nada fazer os exames anuais ou semestrais, às vezes basta uma consulta. É melhor fazer isso logo e prevenir do que evitar problemas maiores depois”, conclui.

Novembro Azul
Em 2011 nasceu a campanha Novembro Azul, que tem a missão de alertar os homens sobre a prevenção do câncer de próstata. A edição deste ano deve ampliar sua abordagem. Com o mote ‘De Novembro a Novembro Azul – Movimento permanente pela saúde integral do homem’, a campanha pretende orientar sobre o câncer de próstata e alertar o homem sobre a importância de cuidar de sua saúde.

Presidente do TSE, ministro Gilmar Mendes, abre votação no Rio

Ministro Gilmar Mendes acompanha a abertura da votação na Cidade de Deus, no Rio (Foto: Cristina Boeckel / G1 Rio)
Ministro Gilmar Mendes acompanha a abertura da votação na Cidade de Deus, no Rio (Foto: Cristina Boeckel / G1 Rio)

G1 – O presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Gilmar Mendes, acompanhou o começo da votação do segundo turno no Rio de Janeiro na manhã deste domingo (30). O magistrado foi até a Escola Municipal Avertano Rocha, na Cidade de Deus, na Zona Oeste da cidade. Ele ressaltou a importância do reforço na segurança nas cidades do estado que terão segundo turno.

“Atendendo à demanda, logo depois da Paralimpíada, nós mantivemos o efetivo da Força Nacional para não termos tumulto e insegurança em relação às eleições. E é possível que permaneça após as eleições para garantir a segurança,” destacou Gilmar Mendes.

O ministro ressaltou que as mortes de candidatos e os casos de violência relacionados ao processo eleitoral justificaram a presença das forças federais no RJ.

“O reforço se deve a toda preocupação com o quadro de insegurança no Rio de Janeiro. E o quadro de insegurança relacionado à temática eleitoral justificou a necessidade de forças federais no Rio de Janeiro”, explicou Mendes.

O ministro disse também que não espera que vá ocorrer qualquer problema nas escolas que estão ocupadas por estudantes no estado.

“As zonas eleitorais tomaram todas as providências para fazer as realocações de seções para evitar tumultos, para evitar conflitos. Todavia, devemos fazer ponderações para evitar que o direito livre de manifestação, de protesto, tumultue um direito que é importante que é o direito de participar do processo eleitoral. Não acreditamos que vá ocorrer conflitos nos locais onde acontecem as votações e estão ocupados,” ressaltou o presidente do TSE.

 

PM frustra arrombamento de caixa eletrônico em bairro nobre de Natal

Um dos terminais foi arrombado, mas os criminosos fugiram sem levar o dinheiro (Foto: PM/Divulgação)
Um dos terminais foi arrombado, mas os criminosos fugiram sem levar o dinheiro (Foto: PM/Divulgação)

G1 – Na madrugada deste domingo (30), criminosos tentaram saquear um caixa eletrônico da agência do Banco do Brasil da Av. Afonso Pena, no Tirol, um dos bairros mais nobres de Natal. Os assaltantes violaram o terminal, mas com a chegada da polícia fugiram sem levar nada. No local, segundo a PM, foram apreendidos um maçarico, um cilindro, ferramentas e bolsas. Houve perseguição, mas os bandidos conseguiram fugir.

De acordo com a assessoria de comunicação da Secretaria de Segurança Pública, a perseguição foi feita por policiais militares da Força Tática do 1º Batalhão, que realizavam um patrulhamento na área seguindo o plano da Operação Madrugada Segura. “Eles visualizaram uma movimentação suspeita perto da agência. Ao se aproximarem do local, alguns homens entraram em um Corolla de cor branca e fugiram. Foi realizado um acompanhamento para interceptar o veículo, porém sem sucesso”, relatou.

A Polícia Civil e o Instituto Técnico de Perícia estiveram no local e coletaram informações para a investigação do caso.

Michelle Obama faz primeira aparição em campanha e apoia Hillary Clinton

José Romildo, da Agência Brasil

Michelle Obama faz primeira aparição em campanha e apoia Hillary Clinton (Foto: Reprodução/Instagram)
Michelle Obama faz primeira aparição em campanha e apoia Hillary Clinton
(Foto: Reprodução/Instagram)

A primeira-dama dos Estados Unidos, Michelle Obama, fez nesta quinta-feira (27) sua primeira aparição em comícios da corrida eleitoral para eleger o próximo presidente dos Estados Unidos, em eleições marcadas para 8 de novembro de 2016. Michelle, que apareceu ao lado da candidata do Partido Democrata, Hillary Clinton, em Winston-Salem, no estado da Carolina do Norte, é hoje uma das personalidades mais admiradas pelos norte-americanos.

Hillary Clinton disse, em seu discurso, que a “dignidade e respeito pelas mulheres e meninas também está nas urnas nesta eleição”, em uma referência ao candidato do Partido Republicano, Donald Trump, que vem sendo acusado de assédio sexual por dez mulheres. Hillary também se referia a uma conversa de Trump, gravada em um vídeo de 2005, em que ele usa palavras grosseiras em relação às mulheres.

A candidata do Partido Democrata elogiou a participação da mulher do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, no comício dos democratas. “Michelle veio para trabalhar duro, para manter-se fiel aos nossos valores e para nos lembrar que nunca devemos parar de lutar por aquilo em que acreditamos”, disse Hillary. “Ela passou oito anos como nossa primeira-dama incentivando as meninas ao redor do mundo a ir à escola”, acrescentou Hillary sobre o trabalho de Michelle Obama. E concluiu:  “Sério! Existe alguém mais inspiradora do que Michelle Obama?”.

Conhecida por sua aversão a campanhas eleitorais, Michelle Obama raramente participa de eventos públicos partidários. Durante a campanha deste ano, ela limitou-se a fazer um discurso, em horário nobre, durante a Convenção Nacional do Partido Democrata, em julho.

Michelle também é autora da seguinte frase: “Enquanto eles vão por baixo, nós vamos pelo alto”. A expressão foi uma dura crítica aos republicanos que constantemente atacavam a candidata do Partido Democrata, Hillary Clinton. A afirmação virou bordão e é constantemente usada nos discursos de Hillary Clinton.

A participação de Michelle Obama em comícios do Partido Democrata ocorre em um momento crucial da campanha: o partido está tentando arregimentar o maior número possível de eleitores para a votação antecipada. A votação antecipada é uma regra eleitoral norte-americana que permite que o eleitor envie seu voto pelo correio ou compareça a um local previamente determinado para votar. Muitas pesquisas de intenção de votos que colocam Hillary Clinton à frente de Donald Trump incluem esses votos antecipados.

Pesquisas
Ao participar de um programa na rede de televisão Fox News, Donald Trump disse que as pesquisas que mostram Hillary Clinton como a favorita para ganhar as eleições “estão fraudadas”. Em outro comício em Geneva, no estado de Ohio, Trump disse que as eleições deveriam ser canceladas para atribuir a ele, e não a Hillary Clinton, a vitória eleitoral.

“Sou bom [candidato], mas as pessoas ficam com raiva [de ouvir isso], por isso só vou dizer quando ganharmos em 8 de novembro”, disse Donald Trump em discurso.

Durante o discurso de Donald Trump, o jornal britânico The Guardian fez uma enquete informal entre as pessoas presentes para saber o que elas achavam das pesquisas que apontavam Hillary Clinton na liderança da corrida eleitoral. Segundo o jornal, as 18 pessoas entrevistadas não acreditam no resultado dos levantamentos. Todas creem firmemente que as pesquisas são manipuladas e não confiáveis e que, por isso, Donald Trump não deve abandonar a campanha.

Em bate papo com estudantes, nadador Gustavo Borges estimula carreira profissional

De Thaisa Galvão

img_6015-1

O nadador Gustavo Borges esteve em Natal para um encontro com pais e alunos da escola Nec/Pinguinho de Gente.

Um debate para estimular a carreira profissional.

“Caprichem. Façam o melhor. Quando meu técnico perguntava: Gustavo você caprichou desta vez? Eu pensava comigo mesmo; não. Então volta e faz novamente. Eu ia lá e caprichava. Ao final nossa recompensa pode ser uma medalha. Um abraço. Um sorriso de alguém. Não importa. O importante é ter caprichado e feito melhor”, sintetizou o nadador.

“Isto é o mais importante para a criança. Os valores que ela aprende na escola, com sua família, com os amigos e que vão sendo colocados em prática no dia a dia e vão formando sua personalidade”, concluiu a professora e diretora da escola, Aparecida Rocha.

Quadrilhas explodem caixas no RN; base e carro da PM são metralhados

Em Montanhas, alvo foi um terminal do Bradesco. Já em Tibau do Sul, além de explodirem o caixa do Banco do Brasil, os criminosos ainda metralham a base e um carro da PM (Foto: PM/Divulgação)
Em Montanhas, alvo foi um terminal do Bradesco. Já em Tibau do Sul, além de explodirem o caixa do Banco do Brasil, os criminosos ainda metralham a base e um carro da PM (Foto: PM/Divulgação)

G1 – Quadrilhas especializadas em arrombamentos de terminais bancários voltaram a agir na madrugada deste sábado (29) e causaram pânico a moradores de duas cidades no interior doRio Grande do Norte. Por volta das 2h45, o alvo foi um caixa eletrônico do Bradesco na cidade de Montanhas, que fica a 90 quilômetros de Natal. Menos de uma hora depois, foi a vez de o caixa eletrônico do Banco do Brasil de Tibal do Sul, a pouco mais de 70 quilômetros da capital potiguar, também ir pelos ares. Lá, os criminosos ainda cercaram a base da Polícia Militar e metralharam o prédio e um carro da corporação. Ninguém ficou ferido.

Por causa da distância entre as cidades, a PM não acredita que os ataques às duas agências tenham sido feitos por uma mesma quadrilha. “De Montanhas para Tibau do Sul dá uns 60 quilômetros. Pode até ser que um bando tenha se dividido, mas eu não acredito nessa possibilidade”, ressaltou o tenente Daniel Costa, comandante do policiamento militar em Tibau do Sul.

Na primeira explosão, em Montanhas, a PM ressaltou que são poucas as informações sobre como aconteceu o crime. Há apenas relatos de que os criminosos teriam usado dois carros na fuga.

Já em Tibau do Sul, a quadrilha abandonou um Ford EcoSport na saída da cidade. Os criminosos ainda jogaram grampos metálicos para dificultar qualquer possibilidade de perseguição. “No momento da explosão, parte do bando foi para a frente do destacamento da PM e começou a atirar no prédio e na viatura. Foram mais de 40 disparos. O objetivo foi evitar que os policiais que estavam na base saíssem”, explicou o tenente Daniel.

Nos dois casos, não há confirmação sobre os valores que tenham sido saqueados. A PM ainda fez buscas pela região, mas nenhum suspeito foi localizado.

Uma pessoa foi assassinada a cada 9 minutos no Brasil em 2015, diz estudo

Baleado após sair de um bar na Berrini em junho de 2015, diretor comercial Luiz Eduardo Barreto foi um dos milhares de mortos no país no ano passado (Foto: Glauco Araújo/G1 - 01/06/2015)
Baleado após sair de um bar na Berrini em junho de 2015, diretor comercial Luiz Eduardo Barreto foi um dos milhares de mortos no país no ano passado (Foto: Glauco Araújo/G1 – 01/06/2015)

G1 – No ano passado, cerca de 160 pessoas foram assassinadas por dia no Brasil, uma pessoa a cada nove minutos. No total, 58.383 pessoas foram mortas violentamente e intencionalmente no país, retração de 1,2% em relação a 2014, segundo dados inéditos do 10º Anuário Brasileiro de Segurança Pública. Já o número de pessoas mortas por policiais aumentou 6,3% (saiba mais aqui).

Os dados de homicídios dolosos, latrocínios e mortes provocadas por intervenção, que configuram as mortes violentas, foram obtidos via Lei de Acesso à Informação pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, autor do anuário que será divulgado no dia 3 de novembro.

De janeiro de 2011 a dezembro de 2015, 278.839 pessoas foram mortas no país, número maior do que o de mortos na guerra da Síria, onde 256.124 morreram no mesmo período, segundo o Fórum. Os números do país do Oriente Médio são do Observatório de Direitos Humanos na Síria e da ONU.

Para a socióloga Samira Bueno, diretora executiva do fórum, a retração de 2014 para 2015 deve ser vista com cautela. “Eu sempre falo de redução com muito cuidado, porque os estados retificam os dados. Então, na verdade, o que aconteceu não foi uma redução, mas um empate”, disse. “Não dá pra dizer que tem uma tendência de redução nacional.”

As regiões Nordeste e Norte, por exemplo, seguem com altas taxas de assassinatos. Os primeiros cinco colocados são das duas regiões: Sergipe, Alagoas, Rio Grande do Norte,Ceará e Pará.

Pela primeira vez o estado de Sergipe encabeça a lista, com 57,3 mortes violentas intencionais a cada 100 mil pessoas (aumento de 18,2% em relação aos dados do ano anterior).

Já o estado de Alagoas, que por anos encabeçou a lista, teve redução de 20,8% na taxa, saindo dos 64,1 mortos por 100 mil habitantes para 50,8, a maior queda entre todas as unidades da federação. Mesmo assim, ele é o segundo colocado no ranking.

O crime está se organizando e tem cara de briga de facção, por isso o mata-mata” – Samira Bueno, socióloga

Ainda no Nordeste, o terceiro colocado, Rio Grande do Norte, é o que teve maior crescimento na taxa: 39,1%. O estado passou de 34,9 para 48,6 por 100 mil habitantes.

“No ano passado, estourou o número de homicídios no Rio Grande do Norte. E em março deste ano, o governo decretou calamidade pública por conta do sistema prisional. O crime está se organizando e tem cara de briga de facção, por isso o mata-mata”, disse Samira.

A capital do estado, Natal, foi a que teve o maior aumento proporcional de casos de homicídios entre as capitais: a taxa quase dobrou na cidade, de 39,8 para 78,4 por 100 mil habitantes.

Quedas
Para Samira, as taxas aumentam ou diminuem conforme a prioridade da gestão pública. Os estados que têm programas estaduais de redução de homicídios e da violência letal ativos foram os que tiveram maior queda nas taxas.

“O Espírito Santo, que já figurou entre os mais violentos, por exemplo, tem um dos melhores programas de redução da violência letal”, disse a diretora. Vitória foi a capital que teve a maior redução: 43,6%. “Ceará está investindo pesado nisso e também saiu do topo do ranking.”

Samira ainda avalia que o recente conflito entre as facções que agem dentro e fora dos presídios, manifestadas em recentes rebeliões, “pode piorar ainda mais o cenário se o governo federal não agir rapidamente em relação a isso”.

Os estados que registraram as menores taxas de mortes violentas intencionais foram São Paulo (11,7), Santa Catarina (14,3) e Roraima (18,2).

Outro lado
Em nota, a Secretaria da Segurança Pública de Sergipe (SSP/SE) disse que “a metodologia entre os estados não obedece critérios e protocolos definidos e é muito discrepante”.

“Em Sergipe, a análise é rigorosa e definida por número de vítimas –e não por ocorrências, o que gera uma diferença considerável na comparação com outros estados. A coleta em Sergipe é feita caso a caso e realizada diretamente no Instituto Médico Legal, com informações confrontadas de forma rigorosa. Sergipe não ignora qualquer informação e não permite que haja pendências de dados que devem ser repassados periodicamente à Secretaria Nacional da Segurança Pública (Senasp).”

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Rio Grande do Norte afirmou que “ainda não teve acesso ao anuário”, mas que “em 2015 o RN superou a meta de redução de CVLI [Crimes Violentos Letais Intencionais] indicada pelo Ministério da Justiça, com uma redução de 6,3% no quantitativo de CVLIs quando comparado a 2014”.

Em comunicado, o governo do Rio Grande do Norte acrescenta que “os índices do estado voltaram a cair após 10 anos de crescimentos consecutivos”. “Isso significa que em 2015 obtivemos o melhor resultado da última década, com recorde de redução de CVLIs no RN.”

O G1 procurou também as assessorias dos governos dos demais estados, mas não obteve retorno até a última atualização desta reportagem.

Anuário Brasileiro de Segurança Pública em 2015 (Foto: Editoria de Arte/G1)

 

RN tem maior crescimento na taxa de homicídios, diz anuário de segurança

Em números absolutos, o RN é o terceiro do país, mas é o que registrou maior taxa de crescimento na taxa de homicídios (Foto: Matheus Magalhães/G1)
Em números absolutos, o RN é o terceiro do país, mas é o que registrou maior taxa de crescimento na taxa de homicídios (Foto: Matheus Magalhães/G1)

G1 – Em números absolutos o Rio Grande do Norte é o terceiro do país, mas é o estado brasileiro que registrou o maior crescimento na taxa de homicídios em 2015. Passou de 34,9 para 48,6 o número de assassinatos para cada grupo de 100 mil habitantes. E das capitais, Natal foi a cidade que teve o maior aumento proporcional: saltou de 39,8 para 78,4. Os dados, inéditos, estão no 10º Anuário Brasileiro de Segurança Pública, divulgados nesta sexta-feira (28).

O estudo revela ainda que, no ano passado, cerca de 160 pessoas foram assassinadas por dia no Brasil, uma pessoa a cada nove minutos. No total, 58.383 pessoas foram mortas violentamente e intencionalmente no país, retração de 1,2% em relação a 2014.

Pela primeira vez o estado de Sergipe encabeça a lista, com 57,3 mortes violentas intencionais a cada 100 mil pessoas (aumento de 18,2% em relação aos dados do ano anterior). Já o estado de Alagoas, que por anos encabeçou a lista, teve redução de 20,8% na taxa, saindo dos 64,1 mortos por 100 mil habitantes para 50,8, a maior queda entre todas as unidades da federação.

RN
“No ano passado, estourou o número de homicídios no Rio Grande do Norte. E em março deste ano, o governo decretou calamidade pública por conta do sistema prisional. O crime está se organizando e tem cara de briga de facção, por isso o mata-mata”, disse a socióloga Samira Bueno, diretora executiva do Fórum Brasileiro de Segurança Pública. O fórum é o autor do anuário, que será divulgado na íntegra no dia 3 de novembro.

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública do RN ressaltou que ainda não teve acesso ao anuário, mas informou que em 2015 o estado superou a meta de redução de CVLI (sigla para Crimes Violentos Letais Intencionais) indicada pelo Ministério da Justiça, com uma redução de 6,3% quando comparado a 2014. “Com isso, os índices do estado voltaram a cair após 10 anos de crescimentos consecutivos. Isso significa que em 2015 obtivemos o melhor resultado da última década, com recorde de redução de CVLIs no RN”, destacou.

Polícia identifica quatro dos seis mortos em chacina no RN

Local da chacina atraiu curiosos em João Câmara (Foto: Divulgação/ PM)
Local da chacina atraiu curiosos em João Câmara (Foto: Divulgação/ PM)

Quatro dos seis homens mortos a tiros na chacina ocorrida na tarde desta quinta-feira (27) em João Câmara já foram identificados. Segundo o Instituto Técnico de Perícia (Itep), já foram reconhecidos os corpos de José Cesário Alves, de 36 anos; Paulo Márcio da Silva, de 21;  Wdeilsom de Oliveira de Araújo, 24; e Emanoel Messias Lima da Silva, de 20. As outras duas vítimas ainda não foram identificadas.

A polícia acredita que os seis foram mortos em um acerto de contas envolvendo facções criminosas.

A chacina
Além dos seis mortos, uma sétima pessoa ainda ficou ferida e foi socorrida ao hospital. De acordo com o capitão da PM João Batista Fonseca Neto, testemunhas afirmaram que seis suspeitos chegaram até o local e atiraram nas vítimas. “A informação é que seriam quatro homens em um carro branco e outros dois em uma moto, todos eles armados. A suspeita é que tenha sido um acerto de contas entre facções criminosas, porque algumas das vítimas tinham passagem pela polícia”, informou.

No local do crime, a polícia se deparou com os corpos espalhados entre uma residência e a rua. Um homem foi morto dentro da casa. Outros três foram baleados na calçada. Uma quinta vítima foi atingida na lateral da residência e outro foi morto no meio da rua.