Category: Notícias

Homem é assassinado dentro de carro em Nova Parnamirim, na Grande Natal

Com os tiros, o João Maria, que estava ao volante, perdeu a direção e bateu o automóvel no muro de uma casa. Ele morreu na hora. (Foto: Polícia Civil/Divulgação)
Com os tiros, o João Maria, que estava ao volante, perdeu a direção e bateu o automóvel no muro de uma casa. Ele morreu na hora. (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

G1 – Um jovem foi assassinado e outro ferido a tiros na noite desta sexta-feira (19) no bairro de Nova Parnamirim, em Parnamirim, cidade da Grande Natal. Segundo a Polícia Civil, os dois estavam dentro de um Gol, passando numa rua próxima ao shopping Ayrton Senna, quando foram atingidos pelos disparos. Os assassinos fugiram. João Maria Tales dos Santos, de 21 anos, morreu na hora. O amigo, socorrido com um tiro na perna, aparentemente não corre risco de morte.

Delegado da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Marcos Vinícius disse ao G1que os criminosos atiraram de dentro de um outro veículo, que emparelhou com o carro das vítimas. “Disseram que foi um Corola, mas não conseguimos ter certeza desta informação. O fato é que este outro veículo emparelhou e os ocupantes atiraram para dentro do Gol. Com os tiros, o João Maria, que estava ao volante, perdeu a direção e bateu o automóvel no muro de uma casa. Ele morreu na hora. O outro rapaz, que estava no banco do carona, foi levado para o hospital. O ferimento na perna não foi de muita gravidade”, relatou. Ainda de acordo com o delegado, foram disparados pelo menos seis tiros de pistola calibre 380.

Doméstica baleada juntamente com o irmão morre em hospital de Mossoró

Antônia Edinete de Oliveira tinha 37 anos (Foto: Arquivo Pessoal)
Antônia Edinete de Oliveira tinha 37 anos
(Foto: Arquivo Pessoal)

G1 – A empregada doméstica Antônia Edinete de Oliveira, de 37 anos, que foi baleada na última quarta-feira (17) em Governador Dix-Sept Rosado, cidade da região Oeste potiguar, não resistiu aos ferimentos e morreu na madrugada deste sábado (20). A mulher estava internada no Hospital Regional Tarcísio Maia, em Mossoró. O irmão dela, que tem 35 anos, também foi alvo dos disparos. Ele continua hospitalizado. A polícia ainda não tem pista dos criminosos.

Edinete e o irmão foram baleados quando chegavam em casa, no Sítio Ipueira, zona rural de Governador Dix-Sept Rosado. A cidade é vizinha a Mossoró. Os assassinos são dois homens que chegaram à comunidade de moto, obrigaram as vítimas a ficarem de costas e atiraram. Segundo a Polícia Militar, não houve anúncio de assalto.

Os irmãos receberam os primeiros atendimentos médicos em uma unidade de saúde do município. Em razão da gravidade dos ferimentos, foram transferidos para Mossoró.

Sete mulheres mortas em 10 dias
A violência contra a mulher tem marcado os últimos dias no Rio Grande do Norte. Contando com a morte registrada neste sábado, sete mulheres foram assassinadas nos últimos 10 dias no estado. A maioria, vítimas de feminicídio – que é quando uma pessoa é morta pela condição de ser do sexo feminino.

No primeiro caso, a vítima foi a técnica em enfermagem Ana D’Ávila Gomes de Oliveira, de 47 anos, esfaqueada dentro de casa. O crime aconteceu no dia 10. Ela trabalhava como socorrista do Samu. Ana ainda foi socorrida, mas morreu ao chegar ao hospital. Apontado como responsável pelo crime, o ex-companheiro dela fugiu. Porém, misteriosamente, apareceu morto dois dias depois. O corpo de Josinaldo Gomes da Silva, mais conhecido como ‘Vaqueiro’, foi encontrado na zona rural de Lajes Pintadas, a 130 quilômetros da capital. De acordo com o delegado Silva Júnior, o cadáver tinha marcas de dois tiros no peito. Uma pistola foi encontrada ao lado do corpo. O delegado solicitou perícia, mas afirmou que existem indícios de suicídio. A polícia acredita que Josinaldo matou a ex-companheira porque ela não aceitava retomar o relacionamento.

Incêndio na Califórnia desaloja mais de 80 mil

Incêndio: o incêndio já atinge uma área de 72 quilômetros quadrados e ameaça várias comunidades rurais do condado de San Bernardino
Incêndio: o incêndio já atinge uma área de 72 quilômetros quadrados e ameaça várias comunidades rurais do condado de San Bernardino

Exame – Incêndio com chamas de até 30 metros de altura está ocorrendo na Floresta Nacional de San Bernardino, uma região que fica a 135 quilômetros de Los Angeles, na Califórnia.

O fogo começou ontem (16) e foi chamado de Blue Cut Fire, porque teve início em uma trilha chamada Blue Cut.

O incêndio já atinge uma área de 72 quilômetros quadrados e ameaça várias comunidades rurais do condado de San Bernardino.

Os moradores mais atingidos são os que moram em área próxima à montanha Cajon Pass. Mais de oitenta mil pessoas tiveram que sair de suas casas. Muitas não têm para aonde ir e procuram abrigos.

Pelos menos doze prédios foram atingidos pelas chamas, incluindo casas e edifícios comerciais. O governador da Califórnia, Jerry Brown, declarou estado de emergência em toda a área do condado de San Bernardino.

Durante o verão americano, em uma extensa área da Califórnia ocorrem incêndios, todos os anos, por causa do clima seco e dos ventos fortes. Na região não chove há mais de cinco anos.

Mas o Blue Cut Fire está sendo um dos mais violentos. As autoridades acionaram milhares de bombeiros e socorristas para tentar conter o fogo. Centenas veículos de combate ao fogo estão na região.

Aviões e helicópteros jogam produtos químicos nas áreas mais afetadas. Segundo as autoridades, apesar dos esforços, a contenção ainda está em zero por cento: os bombeiros não conseguem conter o avanço das chamas.

Nas cidades próximas à montanha Cajon Pass, o incômodo é muito grandes para os moradores que ainda não abandonaram suas casas. As ruas estão cinzentas e cai uma grande quantidade de pó no interior das residências.

A rodovia Interstate 15, que é a principal via que liga Los Angeles a Las Vegas, maior cidade do estado de Nevada, foi fechada. Milhares de carros que estavam trafegando nessa rodovia ficaram parados no meio do caminho ou tiveram que retornar para os locais de destino.

Rota 66

O restaurante Summit In, que costumava ser frequentado por turistas e moradores que queriam evocar as valors culturais dos anos 60, ficou completamente destruído em razão do incêndio.

O Summit In ficava no alto de uma montanha, na antiga rodovia Rota 66, e era o lugar onde as pessoas costumavam exibir Cadillacs e outros carros antigos e também suas motociletas Harley Davidson.

A Rota 66 era a estrada que – no século passado – ligava a cidades de Chicago, no Leste dos Estados Unidos, a Santa Mônica, Califórnia, no Oeste.

A Rota 66 deixou de existir como rodovia federal em 1985, porque atravessava 217 cidades de vários estados, o que tornava demorada qualquer viagem entre um lado e outro dos Estados Unidos. Ela permaneceu, porém, como estrada secundária e como ícone histórico e cultural americano.

Morre filhote de baleia jubarte encalhada no litoral Norte do RN

Baleia encalhou na praia de Tourinhos, em São Miguel do Gostoso (Foto: Antônio Carlos Barbosa)
Baleia encalhou na praia de Tourinhos, em São Miguel do Gostoso (Foto: Antônio Carlos Barbosa)

G1 – O filhote de baleia jubarte (da espécie Megaptera Novaeangliae) que encalhou em uma praia de São Miguel do Gostoso, no litoral Norte potiguar, morreu na noite desta quinta-feira (18). O animal havia sido encontrado por pescadores pela manhã, na praia de Tourinhos.

O filhote, de aproximadamente 9 metros de comprimento, chegou a entrar no mar, mas se chocou contra as pedras da praia e morreu. Por quase 12 horas, populares e grupos de resgate tentaram manter a baleia viva. A remoção do corpo do animal deve ser feito na manhã desta sexta-feira (19).

O aparecimento das baleias na costa do Rio Grande do Norte aumenta no segundo semestre porque é a época em que elas migram da Antártida para as águas quentes do Nordeste do Brasil.

Baleia encalhada atraiu muitos curiosos (Foto: Nilo Junior)
Baleia encalhada atraiu muitos curiosos (Foto: Nilo Junior)

LBV inicia entrega de cestas de alimentos às famílias do interior do RN

RN-JeanCarlos (2)
Fotos: Assessoria

A Legião da Boa Vontade – LBV, iniciou a entrega das cestas de alimentos às famílias que vivem em extrema pobreza e sofrem com a seca no Nordeste. A ação emergencial faz parte da campanha Diga Sim! e beneficiará mais de 10 mil famílias no país. No Rio Grande do Norte serão distribuídas mais de mil cestas, entre os dias 19, 20 e 21 de agosto, nas cidades de Macaíba, Pedro Avelino, Taipu, Jandaíra e Baía Formosa.

Jean Carlos_Foto

Nesta sexta-feira, 19, a primeira parada dos voluntários da LBV e do caminhão de doações é na cidade de Macaíba, por meio da Associação Centro Zumbi dos Palmares. No mesmo dia ocorre a entrega para às comunidades quilombolas do município de Pedro Avelino. No dia 20, é a vez das famílias de Taipu, moradoras do Sitio Matão, Boa Vista, Maria Tacaca e Pissarreira e do município de Jandaíra, povoados Tubibau e Guarapes. No dia 21, a Instituição conclui a entrega dos alimentos na cidade de Baia Formosa, comunidade Morro do Seu Pela.

Além de todo o trabalho em prol de crianças, jovens, adultos e idosos que a Instituição realiza diariamente em seus Centros Comunitários, ela mobiliza mais uma vez a sociedade nessa ação solidária em favor das famílias que sofrem com extremos climáticos. Além do Rio Grande do Norte, a iniciativa já beneficiou milhares de pessoas nos estados do Ceará, Piauí, Maranhão, Bahia, Paraíba e Pernambuco.

Em Natal/RN, a LBV mantém o Centro Comunitário de Assistência Social na Rua dos Caicós, 2148 – Dix-Setp Rosado. Informações (84) 3613-1655 ou pelo site www.lbv.org.

Mulher é morta com tiros na cabeça em Macaíba, na Grande Natal

Ao lado do corpo, ficaram as sandálias, a bolsa da vítima e uma latinha de cerveja (Foto: PM/Divulgação)
Ao lado do corpo, ficaram as sandálias, a bolsa da vítima e uma latinha de cerveja (Foto: PM/Divulgação)

G1 – Uma mulher de 21 anos foi assassinada na madrugada desta quinta-feira (18) em Macaíba, na Grande Natal. Natural da Paraíba, Andreza Diana de Freitas levou tiros na cabeça. Segundo a Polícia Militar, ninguém foi preso. Esta é sexta mulher morta no estado em uma semana.

De acordo com o sargento Danilo Moura Cavalcante, do 11º Batalhão da PM, o crime aconteceu pouco depois da meia-noite na rua Luiz Gonzaga, no Ferreiro Torto. “Como levou tiros na cabeça, a suspeita é de que tenha sido uma execução”, disse.

A polícia ainda não tem informações sobre os criminosos e nem sobre a motivação do crime.

Feminicídio
A Polícia Civil também investiga cinco casos de mulheres assassinadas no estado, todas supostamente vítimas de crimes passionais. Mykaella Ruanna Pereira Fagundes, de 21 anos, Ana D’Ávila Gomes de Oliveira, de 47, Franciscris Silva Fernandes, de 24, Josefa Ferreira da Silva, 41 anos, e Naiara Régia Noemi da Silva, de 18, foram mortas a facadas ou a tiros nos últimos dias.

MP recomenda que governador do RN corte servidores e comissionados

Recomendação do MP é direcionada ao governador Robinson Faria (Foto: Rayane Mainara/Assecom)
Recomendação do MP é direcionada ao governador Robinson Faria (Foto: Rayane Mainara/Assecom)

G1 – O procurador-geral de Justiça do Rio Grande do Norte, Rinaldo Reis, expediu uma recomendação para que o governador do Estado, Robinson Faria, reconduza as despesas do Governo “a patamar inferior ao limite prudencial previsto na Lei de Responsabilidade Fiscal”. A recomendação foi publicada na edição desta quinta-feira (18) do Diário Oficial do Estado (DOE). No documento, Rinaldo diz que Robinson deve, inclusive, reduzir em pelos menos 20%, das despesas com cargos em comissão, contratos temporários e funções de confiança; exonerar servidores não estáveis; e exoneração de servidores estáveis, ocupantes de atividades funcionais, órgãos ou unidades administrativas a serem delimitadas em ato normativo. O prazo para Robinson cumprir a recomendação é de 60 dias.

Na recomendação, Rinaldo lembra que “o Estado tem o dever de controlar e regular suas despesas e receitas, sob pena de desequilíbrio orçamentário e financeiro e, consequentemente, endividamento, o que desencadeia total insegurança em todas as instituições que o compõem”.

O documento cita que, a partir do Relatório de Gestão Fiscal elaborado em janeiro de 2015, foi verificado que o Governo do Rio Grande do Norte “gastava, já naquele mês, com pessoal, o total de 53,40% da sua receita corrente líquida, ultrapassando em muito o limite máximo de 49%”.

Rinaldo diz que na recomendação que, diante desse quadro, Robinson Faria deveria, “até o final do mês de abril de 2016 (dezesseis meses após ultrapassar o limite máximo de gastos com pessoal) reduzir os gastos com pessoal para valor abaixo do limite legal, bem como eliminar o porcentual excedente do limite, noutras palavras, reduzir os gastos com pessoal em patamar inferior ao limite previsto na LRF”.

O procurador-geral ressalta que houve uma redução dos gastos com pessoal no último quadrimestre, mas o Governo “além de não adequar os gastos com pessoal aos limites impostos pela Lei de Responsabilidade Fiscal, aumentou nominalmente tais gastos”.

Rinaldo Reis frisa que Robinson Faria, “na qualidade de gestor estadual, não tomou qualquer medida de impacto a fim de adequar-se aos limites legais de gastos com pessoal, deixando transcorrer integralmente o prazo de quatro quadrimestres sem cumprir o que é determinado” na Constituição Federal.

O chefe do Ministério Público lembra, no documento, o atual quadro histórico nacional marcado por crise financeira e estagnação econômica. Ele diz que os cortes devem ser feitos “sob pena de provocar um colapso, comprometendo-se o pagamento dos salários dos servidores públicos – situação verificada nos dias atuais nos estados do Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Pernambuco, Goiás, Minas Gerais e Amapá, por exemplo, que estão parcelando o pagamento da remuneração do funcionalismo público”.

Teori manda investigar Dilma e Lula por obstrução da Justiça

A presidente afastada Dilma Rousseff e o ex-presidente Lula Foto: Getty Images
A presidente afastada Dilma Rousseff e o ex-presidente Lula
Foto: Getty Images

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavascki, determinou a abertura de inquérito para investigar a presidente afastada Dilma Rousseff e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva por suposta obstrução das investigações da Operação Lava Jato. A investigação atende a pedido do procurador-geral da República, Rodrigo Janot. Também serão investigados os ex-ministros José Eduardo Cardozo e Aloizio Mercadante.

O pedido é baseado na delação premiada feita pelo então senador Delcídio do Amaral. Em uma das oitivas, o senador acusou a presidente afastada Dilma Rousseff e o ex-presidente Lula terem interesse em nomear, no ano passado, o ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Marcelo Navarro Ribeiro Dantas para barrar as investigações da Operação Lava Jato e libertar empreiteiros presos.

Segundo o ex-senador, a suposta tentativa contou com o apoio de José Eduardo Cardozo, que na época ocupava o cargo de ministro da Justiça, responsável por indicar informalmente à Presidência da República nomes de possíveis candidatos e do ex-ministro Aloizio Mercadante.

A Agência Brasil entrou em contato com a assessoria de Dilma Rousseff e aguarda retorno.

Em nota, a defesa de Lula afirmou que o ex-presidente jamais interferiu nas investigações da Lava Jato. Os advogados também sustentaram que Lula não se opõe a qualquer investigação, desde que o direito de defesa seja respeitado.

“Se o Procurador-Geral da República pretende investigar o ex-presidente pelo teor de conversas telefônicas interceptadas, deveria, também, por isonomia, tomar providências em relação à atuação do juiz da Lava Jato [Moro] que deu publicidade a essas interceptações — já que a lei considera, em tese, criminosa essa conduta”, diz a defesa.

Em nota, Mercadante negou que tenha obstruído as investigações. “A decisão do Supremo Tribunal Federal de abertura de inquérito será uma oportunidade para o ex-ministro, Aloizio Mercadante, demonstrar que sua atitude foi de solidariedade e que não houve qualquer tentativa de obstrução da justiça ou de impedimento da delação do então senador Delcídio do Amaral”, diz a nota.

Portal Terra

RN quer instalar bloqueadores de celular nos presídios em 30 dias

Robinson Faria, governador do Rio Grande do Norte (Foto: Divulgação/Governo do RN)
Robinson Faria, governador do Rio Grande do Norte (Foto: Divulgação/Governo do RN)

O governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria, declarou que pretende instalar bloqueadores de celular nos principais presídios potiguares nos próximos 30 dias. Além disso, ele também afirmou que já solicitou a presença da Força Nacional para suprir a ausência das Forças Armadas, que devem deixar o estado na terça-feira (23). A instalação de bloqueadores de celular na Penitenciária de Parnamirim, feita no dia 28 de julho, é apontada pelo próprio governo como a principal motivação para ataques criminosos que vêm ocorrendo no estado desde o dia 29.

Robinson Faria concedeu entrevista ao Jornal das Seis, da 96FM, na noite desta terça-feira (16). O G1 tentou entrevistar o governador na manhã da terça sobre o mesmo tema, mas a reportagem foi informada pela assessoria de imprensa do Governo do Estado que ele não comentaria o assunto.

O governador afirmou que o processo já está em andamento. “Estamos tratando da questão legal, de apressar a tramitação. Temos toda boa vontade do Ministério Público Estadual e do Tribunal de Contas. Nossa intenção é de, no máximo 30 dias, concluir [a instalação] nos principais presídios”. Ele também disse que não vai recuar. “Foi uma decisão inédita, ao mesmo tempo que era fundamental para ter um Estado com padrão de segurança que o povo deseja e tem direito. Está comprovado que a violência parte de dentro dos presídios. Os líderes das facções criminosas, através dos celulares, comandam o crime aqui fora. Quando você tira esse instrumento, você passa a ter um maior padrão de segurança”.

Faria também declarou que já solicitou o retorno da Força Nacional para suprir a ausência das Forças Armadas, que devem deixar o estado na próxima terça. “Já falei com o ministro [interino da Casa Civil] Eliseu Padilha para que, quando acabar as Olimpíadas, a Força Nacional venha porque vamos precisar de um reforço em nossas polícias. Também falei com o ministro Raul Jungmann, [interino da Defesa]. Já solicitei e já está sendo tratado”.

Tropas federais iniciam 'operação Potiguar' em Natal (Foto: Fabiano de Oliveira/ G1)
Tropas federais na ‘Operação Potiguar’ em Natal (Foto: Fabiano de Oliveira/ G1)

Nesta terça, o presidente da República em exercício, Michel Temer, autorizou que as tropas federais permaneçam na região Metropolitana de Natal por mais 8 dias, ou seja, até a próxima terça (23). Na segunda, o governador havia solicitado a prorrogação da permanência dos militares por mais 30 dias. Conforme o governador, apesar de a situação na região de Natal ter apresentado “significativa melhora, persistem indicativos de rebeliões a serem deflagrados em unidades do Sistema Penitenciário”. Além disso, Faria pediu a liberação de efetivo extra para atuar na cidade de Mossoró, no Oeste potiguar. Contudo, o pedido não foi atendido.

Em Currais Novos, no Seridó potiguar, quatro carros da Secretaria de Saúde foram incendiados (Foto: PM/Divulgação)
Atentados começaram no dia 29 de julho (Foto: PM/Divulgação)

Ataques
Os ataques mais recentes aconteceram na madrugada desta segunda-feira (15). Foram dois casos na Zona Oeste de Natal e outro no interior do estado. Primeiro, um caminhão foi incendiado em frente a uma oficina no bairro Felipe Camarão. Em seguida, um carro foi queimado no bairro Bom Pastor. Em Venha-Ver, no Alto Oeste potiguar, um ônibus escolar foi incendiado no conjunto Santo Expedito. O veículo era antigo e havia sido arrematado em um leilão. O dono disse que o objetivo era transformar o ônibus em uma lanchonete no estilo food truck.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (Sesed), até esta segunda-feira (15) já haviam sido contabilizados 118 atos criminosos em 42 cidades potiguares. Ainda segundo a Sesed, 112 pessoas já foram presas suspeitas de envolvimento nos crimes.

Bloqueadores de celular foram instalados nesta quinta-feira (28) na Penitenciária Estadual de Parnamirim; fotos foram feitas pelos próprios presos, que espalharam as imagens pelas redes sociais (Foto: Reprodução)
Bloqueadores de celular foram instalados na Penitenciária Estadual de Parnamirim (PEP); fotos foram feitas pelos próprios presos, que espalharam as imagens pelas redes sociais (Foto: Reprodução)

Uma facção, formada dentro dos presídios, reivindica os ataques. O primeiro aconteceu na tarde de 29 de julho, quando um micro-ônibus foi incendiado em Macaíba, também na Grande Natal. Desde então, as forças de segurança vêm registrados atentados a ônibus, carros, prédios da administração pública e bases policiais em todo estado. Um dos acessos ao Aeroporto Internacional Aluízio Alves, e até mesmo a vegetação do Morro do Careca – um dos principais cartões-postais do RN – também foram alvos dos atentados.

Avião da Polícia Federal decolou com 21 presos; destinos são presídios federais no Paraná, Mato Grosso do Sul e Rondônia (Foto: Clayton Carvalho/Inter TV Cabugi)
Avião da Polícia Federal decolou com 21 presos; destinos são presídios federais no Paraná, Mato Grosso do Sul e Rondônia (Foto: Clayton Carvalho/Inter TV Cabugi)

Transferências
Apontados como chefes da facção, 21 detentos foram transferidos para as penitenciárias federais de Catanduvas (PR), Campo Grande (MS) e Porto Velho (RO). Outros cinco presos, também apontados como chefes da facção, foram transferidos no início do mês para a Penitenciária Federal de Mossoró.

Em Natal, grupo protesta por direitos trabalhistas e contra o ajuste fiscal

Grupo protesta contra a privatização da Petrobras (Foto: Clayton Carvalho/Inter TV Cabugi)
Grupo protesta contra a privatização da Petrobras (Foto: Clayton Carvalho/Inter TV Cabugi)

G1 – Um grupo formado por representantes de sindicatos e trabalhadores realizou um ato nesta terça-feira (16) cobrando a defesa de direitos trabalhistas e contrários ao ajuste fiscal proposto pelo Governo Federal. A manifestação causou congestionamento na Avenida Salgado Filho, na Zona Sul de Natal. O ato é nacional e é organizado por centrais sindicais por conta do Dia Nacional de Luta em Defesa do Emprego e dos Direitos Trabalhistas.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, cerca de 800 integrantes das centrais sindicais participaram da manifestação. Os organizadores do ato divulgaram que 3 mil pessoas protestaram.

O grupo caminhou até o Centro Administrativo do estado em protesto contra a projeto de ajuste fiscal proposto pelo Governo Federal e pediu a saída do presidente interino Michel Temer.

O protesto seguiu pacífico e gerou algum congestionamento na Avenida. O ato foi encerrado por volta das 12h30.

Segundo a PRF, cerca de 200 manifestantes participaram do ato  (Foto: Clayton Carvalho/Inter TV Cabugi)
Segundo a PRF, cerca de 200 manifestantes participaram do ato (Foto: Clayton Carvalho/Inter TV Cabugi)

Assembleia entrega título de cidadania a empresários do agronegócio

Crédito da Foto:João Gilberto
Crédito da Foto:João Gilberto

Um paulista – o empresário Luiz Roberto Maldonado Barcelos – e um mineiro,  o presidente da Federação da Agricultura do Estado (FAERN),  José Álvares Vieira, são os dois mais novos cidadãos do Rio Grande do Norte. Os títulos foram entregues em sessão solene realizada no plenário da Assembleia Legislativa, na manhã desta segunda-feira (15), por proposição do deputado George Soares (PR).
“Eles agora passam a ser nossos irmãos, pelos relevantes serviços prestados ao Rio Grande do Norte, numa justa homenagem desta Casa. São dois senhores que nasceram em outros estados e estão dando uma grande contribuição para o desenvolvimento do nosso RN”, destacou o deputado George.
O empresário Luiz Maldonado, novo cidadão potiguar, é sócio fundador da empresa agrícola Famosa, maior exportador de frutas do Brasil e maior exportador de melão, no mundo. Ao agradecer pelo título recebido ele destacou o tratamento que é dado aos trabalhadores da empresa, que hoje chega a 8 mil e 200.
“Hoje é um dia de muita alegria e orgulho para mim por receber essa homenagem. Há 21 anos viemos para o Rio Grande do Norte e temos contribuído para o desenvolvimento sócio econômico do Estado, pois geramos emprego e renda em pleno semiárido do Nordeste. Contamos atualmente com mais de oito mil colaboradores, o que nos dá uma satisfação muito grande”, disse o empresário Luiz Roberto Maldonado.
O outro homenageado, José Vieira fez um histórico das suas atividades no agronegócio do Rio Grande do Norte, destacando a capacidade de produção da área rural do Estado.
“Esta honraria reforça um pensamento que frequentemente expresso aos meus amigos. Não se escolhe onde se nasce. Escolhe-se onde se quer viver. Quis e quero viver no Rio Grande do Norte, esta maravilhosa terra que me acolheu de braços abertos. Aqui estou em casa, estou na minha terra”, afirmou Vieira.
O secretário de Agricultura do Estado, Guilherme Saldanha, que na solenidade representou o governador Robinson Faria (PSD), parabenizou o deputado George pela iniciativa para “homenagear os lutadores pelo agronegócio no semiárido do Nordeste, uma coisa que não é fácil”.
A Mesa dos trabalhos contou com a presença de George Soares, Hermano Morais (PMDB), secretário de Agricultura, Guilherme Saldanha, dos homenageados Luiz Roberto Maldonado e José Vieira e do presidente  da Fecomércio, Marcelo Queiroz.

Assembleia Cidadã leva serviços à comunidade escolar de São José de Mipibu e Parnamirim

unnamed

As escolas estaduais Clóris Trigueiro, em São José de Mipibu e Presidente Roosevelt, em Parnamirim, recebem o projeto Assembleia Cidadã nesta segunda-feira (15). As ações estão voltadas para os pais e alunos das referidas escolas e o projeto segue durante toda a semana, se encerrando na próxima sexta-feira (19).

Na Clóris Trigueiro, pela manhã, está acontecendo o projeto Semear, com a oficina Cidadania, ministrada pela psicóloga Tabita Silva. Para a tarde, está reservada palestra com a psicóloga Helga Torquato, dirigida aos pais, com o tema “A importância dos pais na educação dos filhos”.

Mais ações complementares, beneficiando os alunos, dentro do Projeto Saúde e Saber, tem foco na saúde preventiva e irá contemplar os estudantes com testes de visão e atendimento bucal, durante todo o dia.

Em Parnamirim, o projeto Semear terá palestra Prevenção às Drogas, com o psicólogo Bruno Pereira.

Segundo o balanço da Secretaria Legislativa, 1.243 requerimentos com solicitações de benefícios para a população foram registrados. Os parlamentares apresentaram ainda 113 Projetos de Leis Ordinárias, 18 Projetos de Leis Complementares, 18 Projetos de Resolução e 1 Projeto de Emenda à Constituição (PEC).

De acordo com o balanço apresentado, 43 projetos foram avaliados pelos deputados nas comissões permanentes e aprovados em plenário. Os projetos foram promulgados e se transformaram em Lei, como é o caso da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) que recebeu 5 emendas do Parlamento.

Outro dado relevante do trabalho da Assembleia Legislativa é o número de audiências Públicas promovidas pela Casa. No primeiro semestre, 18 audiências debateram temas importantes como a Microcefalia, o endividamento do Governo e prefeituras com empresas terceirizadas, a cardiopatia congênita, a cultura do estupro contra mulheres e a situação das UTIs infantis. Nessa última, a solução veio dos próprios deputados com a destinação de emendas individuais somando quase R$ 3 milhões para a criação de novas vagas de leitos de UTIs.

Ex-bispo acusa Igreja Universal de esquema ilegal

 

maxresdefault

Um ex-bispo da Igreja Universal do Reino de Deus acusa a igreja de ter mantido um esquema ilegal para operar milhões de dólares no exterior por pelo menos sete anos.

O dinheiro, segundo a versão dele, teria sido utilizado para financiar a instituição e sua emissora de TV, a Rede Record, na Europa.

Alfredo Paulo Filho, 49, afirma ter sido responsável pela Universal em Portugal entre 2002 e 2009 e um dos principais auxiliares do bispo Edir Macedo, fundador da igreja, por mais de dez anos.

Resposta

Procurada, a Igreja Universal do Reino de Deus disse, por meio da assessoria, que “prepara um processo judicial contra o ex-bispo” por calúnia e difamação.

“Portanto, não se pronunciará sobre o assunto fora dos tribunais”, afirmou.

“Confiamos que a Justiça brasileira, mais uma vez, revelará onde está a verdade nesta mais nova tentativa de manchar a imagem da Universal, punindo exemplarmente o mentiroso”, ressaltou a nota.

A Rede Record não quis se manifestar.

 

Folha de S.Paulo

Justiça proíbe repasse de dinheiro público para Rio-2016

Abertura das Olimpíadas do Rio de Janeiro, no estádio do Maracanã: governo prometeu 270 milhões de reais para cobrir gastos com abertura e encerramento dos Jogos
Abertura das Olimpíadas do Rio de Janeiro, no estádio do Maracanã: governo prometeu 270 milhões de reais para cobrir gastos com abertura e encerramento dos Jogos

Talita Abrantes, de EXAME.com

A Justiça Federal do Rio de Janeiro determinou, nesta sexta-feira (12), que governo federal e municipal estão proibidos de transferir dinheiro público para o Comitê da Rio-2016. A informação é do jornal Folha de S. Paulo.

Com isso, a verba só poderá ser repassada a partir do momento em que os organizadores derem “ampla publicidade de todas as receitas e despesas ao público em geral” e explicarem a necessidade do dinheiro público para a Olimpíada 2016. Caso os recursos já tenham sido transferidos, o comitê não poderá usá-los até nova decisão.

A pena para o descumprimento da ordem é uma multa diária de 100 mil reais, de acordo com a decisão da juíza Marcia Maria Nunes de Barros, da 13ª Vara Federal do Rio de Janeiro.

Na véspera da abertura dos Jogos, o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, anunciou a liberação de 270 milhões de reais dos cofres da União e cidade do Rio de Janeiro para cobrir o rombo nas contas do comitê organizador dos Jogos com as cerimônias de abertura e encerramento.

A decisão é uma resposta a ação do Ministério Público Federal, que pedia a transparência dos gastos de recursos públicos do Comitê Organizador Rio 2016.

Mecânico é executado com 12 tiros dentro de carro em Natal

14001893_580148462155251_1645562295_o
Mecânico levou 12 tiros, segundo a polícia (Foto: Eduardo Rodrigues/Inter TV Cabugi)

G1 – Um mecânico de 22 anos foi assassinado a tiros na manhã desta sexta-feira (12) dentro do carro no bairro Bom Pastor, na Zona Oeste de Natal. De acordo com a Polícia Militar, Robson Souza da Silva levou 12 tiros. Até o momento ninguém foi preso.

O crime aconteceu na travessa da rua dos Paiatis. Robson estava dentro do carro estacionado na frente de casa quando dois homens em uma motocicleta se aproximaram e atiraram. Os criminosos conseguiram fugir.

Robson trabalhava como mecânico mas estava desempregado há 1 mês porque o dono da oficina foi assassinado. A Polícia Civil vai investigar se os casos têm relação. Segundo a polícia, Robson tinha passagem pela polícia. Ele havia sido preso no carnaval deste ano após roubar um celular, mas respondia em liberdade.