Category: Notícias

Natal encerra Campanha de Vacinação Antirrábica neste sábado (30)

cartão-pronto2 - Copia - CopiaO município de Natal realiza nesta sábado (30) um novo Dia D da Campanha de Vacinação Antirrábica. Ao todo, serão 128 postos espalhados pelos cinco distritos sanitários de Natal, que funcionarão das 8h às 13h.

A gerente técnica do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), Úrsula Torres, explica que para tentar atingir um maior número de animais vacinados a secretaria está realizando agendamentos para quem possui a partir de três animais e realizando vacinação casa a casa nos bairros onde há alto risco de transmissão.O CCZ funciona como posto fixo de vacinação nos horários de 7h às 11h e das 13h às 17h, de segunda-feira a sexta-feira.

Este ano, Natal adotou uma estratégia diferenciada para a campanha de vacinação. Foram quatro formas de vacinação: postos itinerantes, agendamento de vacina domiciliar (a partir de três animais) e agendamento de condomínios, além do Dia D de vacinação.

O Centro de Controle de Zoonoses disponibiliza o telefone 3232.9788 para agendamentos de acumuladores de animais e para os condomínios.

Natal é a segunda cidade mais violenta do Brasil

43

Em dois anos, o Brasil passou a ter cinco cidades a mais na lista das 50 mais violentas do mundo, divulgada pela ONG mexicana Conselho Cidadão para a Segurança Pública e Justiça Penal nesta segunda-feira (25). O país aparece agora com 21 cidades na lista. Em 2014, 16 cidades brasileiras faziam parte da lista mundial.

O ranking apontou Caracas, capital da Venezuela, como a cidade mais violenta do mundo. Fortaleza, que ficou na 12ª colocação geral, foi a líder em mortes violentas no Brasil. Natal ficou em segundo lugar, na 13ª posição.

Para fazer o cálculo do ranking, a entidade usa a taxa de número de homicídios por cada 100 mil habitantes. A pesquisa avalia apenas os municípios com mais de 300 mil habitantes.

Mudanças
No levantamento de 2014, Maceió era a líder nacional. A capital alagoana agora é a quinta menos segura do país.

Belo Horizonte foi a única cidade nacional a deixar a lista de 2014. A outra diferença positiva é que, em 2014, o Brasil tinha três das 10 mais violentas, e agora nenhuma aparece nesta faixa.

Na lista divulgada nesta segunda, Fortaleza aparece com taxa de homicídio de 60,77 –praticamente a mesma de Natal (60,66) e da Grande Salvador (60,63).

A região Nordeste, por sinal, é a que tem mais cidades no ranking –além das nove capitais, completam a lista Campina Grande (PB) e Feira de Santana e Vitória da Conquista (ambas na Bahia). Em 2014, eram nove cidades nordestinas na lista: Teresina, Feira de Santana e Vitória da Conquista não estavam.

No ranking mundial, a capital venezuelana (com taxa de 119,8 assassinatos por cada 100 mil habitantes) tomou o lugar de San Pedro Sula, em Honduras, que liderava o ranking desde 2012 e, agora, tem índice de 111,03 mortes por 100 mil pessoas.

O relatório cita que, apesar de o Brasil ser o país com mais cidades na lista, as taxas das oito da Venezuela chamaram mais a atenção. “O nível de violência nas cidades de 300.000 ou mais habitantes é maior na Venezuela. No Brasil, a taxa média foi de 45,55 homicídios por 100 mil habitantes, enquanto isso na Venezuela foi 74,65”, destaca José Antonio Ortega Sánchez, presidente da ONG mexicana.

Além dos munícipios do Brasil e da Venezuela, completam a lista cinco cidades do México, quatro da África do Sul e dos Estados Unidos, três da Colômbia e duas de Honduras.

Cidades mais violentas no Brasil*:
12º Fortaleza – 60,77
13º Natal – 60,66
14º Salvador (e Região Metropolitana) – 60,63
16º João Pessoa – 58,40
18º Maceió – 55,63
21º São Luís – 53,05
22º Cuiabá – 48,52
23º Manaus – 47,87
26 Belém – 45,83
27º Feira de Santana (BA) – 45,50
29º Goiânia (e Aparecida de Goiânia) – 43,38
30º Teresina – 42,64
31º Vitória – 41,99
36º Vitória da Conquista (BA) – 38,46
37º Recife – 38,12
38º Aracaju – 37,70
39º Campos dos Goytacazes (RJ) – 36,16
40º Campina Grande (PB) – 36,04
43 Porto Alegre – 34,73
44º Curitiba – 34,71
48º Macapá – 30,25

*taxa por cada 100 mil habitantes do mundo

Fonte: UOL

Tarifa de ônibus sobe para R$ 2,90 neste domingo em Natal

Tarifa será reajustada no domingo (31)
Tarifa será reajustada no domingo (31)

A tarifa de ônibus em Natal será reajustada de R$ 2,65 para R$ 2,90 a partir do próximo domingo (31). O valor foi definido na reunião do Conselho Municipal de Transporte e Mobilidade Urbana (CMTMU) nesta quinta-feira (28) e confirmado pelo prefeito Carlos Eduardo. O novo valor representa um aumento de 9,14% .

A meia-passagem, paga pelos estudantes, passa a ter o valor de R$ 1,45 e a tarifa da linha Norte Fácil (600 – Parque dos Coqueiros/Partage Norte Shopping) passa para R$ 2,20. Já a tarifa social, cobrada nos feriados, passa para R$ 1,45.

O Sindicado das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros do Município do Natal (Seturn), propôs uma tarifa de R$ 3,20, mas este valor não chegou a entrar em votação devido a aprovação da tarifa de R$ 2,90 por 16 votos a 2.

Segundo Elequicina dos Santos, secretária de Mobilidade Urbana da capital e presidente do CMTMU, o reajuste é necessário para manter o equilíbrio econômico do sistema. “Houve aumento de vários insumos utilizados pelo sistema de transporte, como o óleo diesel. Se o valor da tarifa não fosse aumentado, a população seria prejudicada”, afirmou.

Contrapartidas
Como contrapartidas para o aumento, as empresas de ônibus terão que substituir 70 ônibus antigos por novos, reforma de 56 abrigos especiais, implantação de wi-fi nas estações de transferência e em 5% dos ônibus, a disponibilização de aplicativo gratuito para informar a previsão de horário do ônibus, modificar o itinerário da linha 10/29 (Nova Natal/Nova Descoberta, via Campus) para atender o conjunto Cidade Praia, a volta dos micro-ônibus das linhas 54 (Rocas/Ponta Negra, via Alecrim) e 56 (Rocas/Ponta Negra, via Via Costeira) para a Vila de Ponta Negra e a modificação do itinerário da linha 84 (Soledade II/Petrópolis, via Ponte Newton Navarro) para atender os conjuntos Pajuçara I e II.

Histórico
O último reajuste na tarifa do transporte público de Natal ocorreu em 20 de julho de 2015, quando o valor subiu de R$ 2,35 para R$ 2,65. Um aumento de 12,7%. Como contrapartidas, foi exigido a substituição de 30 ônibus antigos por novos, implantação da linha 64A, implantação das máquinas leitoras dos cartões nas Estações de Transferência, acréscimo de um veículo nas linhas 588 (Circular UFRN) e 599 (Guarapes/Mirassol, via Rodoviária) e extensão da linha 48 (Santos Reis/Nova Descoberta, via Alecrim) até o Campus da UFRN. Todas as condições foram cumpridas pelas empresas.

G1

Petrobras anuncia corte de pelo menos 30% de funções gerenciais

Jornal do Brasil – O Conselho de Administração da Petrobras aprovou, em reunião realizada nesta quarta-feira (27), uma nova estrutura organizacional e um novo modelo de gestão e governança da companhia, que deve garantir maior celeridade e controle à estatal. As mudanças devem significar uma redução de custos de até R$ 1,8 bilhão por ano. Em coletiva de imprensa na manhã desta quinta-feira (28), a companhia destacou o corte de pelo menos 30% do número de funções gerenciais em áreas não operacionais, entre outras mudanças.

petrobras

A reestruturação envolve a redistribuição de atividades, a fusão de áreas e a revisão do modelo decisório. Um dos objetivos centrais é ampliar mecanismos de controle e conformidade e elevar a performance do gerenciamento dos projetos, com menores custos e cumprimento dos prazos.

“É um passo muito importante para a companhia, não só para o presente, mas notadamente para o futuro da companhia”, disse o presidente da estatal, Aldemir Bendine, à imprensa. “Chegamos a um modelo que eu julgo que é algo revolucionário para a empresa”.

Bendine ressalta que estatal conseguiu se adaptar a situação negativa com barril de Brent a US$ 30
Bendine ressalta que estatal conseguiu se adaptar a situação negativa com barril de Brent a US$ 30

A companhia possui cerca de 7,5 mil funções gerenciais aprovadas, das quais 5,3 mil estão em áreas não operacionais. De acordo com o presidente da companhia, Aldemir Bendine, as mudanças já passaram a valer com a aprovação do Conselho na véspera, e o segundo passo agora é a designação de executivos que vão tocar o novo projeto. Bendine informou ainda que a ideia é que em 30 dias a primeira fase da mudança esteja estabelecida.

Os efeitos da nova estrutura, disse Bendine, devem ser bem pequenos no primeiro trimestre deste ano, mas devem se aplicar “gradualmente”.

“O resultado operacional da companhia teve um grande avanço no ano de 2015, a companhia está respondendo muito bem a tudo aquilo que ela imaginou”, garantiu o presidente da estatal, chamando a atenção para o fato de que a Petrobras soube se adaptar à queda brusca nos preços do barril de Brent, que chegou a US$ 30 enquanto em 2014 era cotada em torno dos US$ 100, em um momento de crise global no setor.

“O barril de Brent a US$ 30 preocupa? Lógico. Mas a companhia não se baliza a Brent a US$ 30, ela tem que olhar para o planejamento de longo prazo e saber ter eficiência nos projetos”, ressaltou Bendine. “O que a gente busca, acima de tudo, é, primeiro, a preservação da competência técnica da Petrobras, que é inegável.”

A reformulação é parte da resposta da empresa à nova realidade do setor de óleo e gás, que tem levado a Petrobras a priorizar atividades mais rentáveis, em busca de maior competitividade. Ela entra em sintonia com o estabelecido pelo Plano de Negócios 2015-2019, cujas metas fundamentais são a  geração de valor e a desalavancagem, e ainda ampliar o esforço para fortalecer mecanismos de controle, conformidade e transparência.

Fases das mudanças na estrutura

A Petrobras declarou que a primeira fase da reestruturação vai gerar a redução de 14 funções na alta administração. O número de diretorias vai cair de sete para seis com a junção das diretorias de Abastecimento e Gás e Energia. Já o total de funções gerenciais ligadas diretamente ao Conselho de Administração, ao presidente e aos diretores será reduzido de 54 para 41.

A segunda fase, prevista para fevereiro, vai abranger as demais funções do corpo gerencial. As nomeações e a alocação de equipes vão ocorrer a partir de março.

Responsabilização e conformidade

A estatal vai criar seis Comitês Técnicos Estatutários, compostos por gerentes executivos que terão a função de analisar previamente e emitir recomendações sobre os temas a serem deliberados pelos diretores, que serão corresponsáveis nos processos decisórios. Os atos desses comitês estarão sujeitos à fiscalização da Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Para a designação de gerentes executivos, haverá novos critérios de análise de integridade e de capacitação técnica e de gestão. Além disso, caberá ao Conselho de Administração aprovar as nomeações e desligamento para estas funções.

Ao reforçar o compromisso com a conformidade às regras, a reestruturação prevê mudanças nos controles internos de contratações e investimentos. As atividades de contratação de bens e serviços serão concentradas na nova Diretoria de Recursos Humanos, SMS e Serviços.

A execução dos projetos de investimento será centralizada na nova Diretoria de Desenvolvimento da Produção & Tecnologia (DP&T). Essa nova estrutura concentrará a gestão e as competências técnicas de implantação de empreendimentos.

As contratações para projetos de investimentos envolverão, como regra, três diretorias: a diretoria demandante, que concebe o projeto técnico básico; a DP&T, que desenvolve o projeto; e a Diretoria de RH, SMS e Serviços, que licita e contrata bens e serviços. O redesenho do processo de contratação de projetos e serviços evita a concentração excessiva no processo decisório.

Para aumentar a rentabilidade dos negócios, o novo modelo promove a fusão de áreas para melhor aproveitamento das sinergias entre elas. Desta forma, Abastecimento e Gás & Energia passarão a compor a Diretoria de Refino e Gás Natural.

A Diretoria de Exploração e Produção será organizada por classes de ativos, com a criação de estruturas para Águas Profundas, Águas Ultraprofundas, Terrestre e Águas Rasas, para melhor gestão do valor agregado pelos ativos e otimização da produção de óleo e gás.

As mudanças que resultam em alterações no Estatuto Social da Petrobras serão submetidas à aprovação da Assembleia Geral de Acionistas que ainda será convocada. Há 40 grupos de trabalho detalhando e debatendo o novo modelo que será submetido ao Conselho.

Sethas reabre 10 Restaurantes Populares e inaugura unidade da UERN

restaurante-popular

A Secretaria de Trabalho, Habitação e Assistência Social (Sethas-RN) publicou no Diário Oficial do Estado, desta quarta-feira (27), renovação excepcional dos contratos de 10 Restaurantes Populares do Estado. Estas unidades são responsáveis pelo fornecimento de 6.500 almoços/dia de segunda a sexta-feira.

O prazo das renovações segue até o dia 30 de junho próximo garantindo a reabertura das unidades de Mossoró (Alto de São Manoel), Assú (Frutilândia), Areia Branca, Macau, João Câmara, Santa Cruz, Canguaretama, Santo Antônio, Apodi e Ceará-Mirim.

Com a renovação dos contratos entra em funcionamento também uma nova unidade do restaurante popular em Mossoró, no Campus Central da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), que oferecerá 650 refeições para alunos e moradores dos bairros vizinhos. Essa unidade atende a um pleito antigo dos estudantes, servidores e público da região.

Simultaneamente à renovação contratual temporária, a nova licitação do programa Restaurante Popular já está em tramitação na Sethas-RN, aguardando a abertura do orçamento para realização do processo licitatório que será em modalidade de pregão eletrônico.

IBGE abre 26 vagas temporárias no RN para o Censo Agropecuário 2016

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) abriu divulgou edital para processo seletivo simplificado com 26 vagas para a realização do Censo Agropecuário 2016 no Rio Grande do Norte. A Fundação Cesgranrio será a organizadora do processo seletivo e as inscrições podem ser feitas até o dia 22 de fevereiro pela internet. Confira AQUI o edital.

download

Das 26 vagas, 2 são para Analista Censitário, para atuação em Natal; 10 para Agente Censitário Administrativo, também para atuação na capital potiguar; e 14 vagas para Agente Censitário Regional, para atuação em Açu, Alexandria, Apodi, Caicó, Jardim do Seridó, João Câmara, Lajes, Pedro Velho, Santa Cruz, São José do Campestre, São Miguel, São Paulo do Potengi e Umarizal.

O valor da inscrição é de R$ 120 para a função de Analista Censitário; R$ 35,00 para a função de Agente Censitário Administrativo e R$ 50,00 para a função de Agente Censitário Regional.

As vagas de Analista Censitário requerem nível superior em diversas áreas, com retribuição de R$ 7.166,00. Já os cargos de Agente Censitário Administrativo e Agente Censitário Regional são de nível médio, com retribuições de R$ 1.560,00 e R$ 3.000,00, respectivamente. Os contratados farão jus, ainda, a auxílio-alimentação e auxílio-transporte.

A previsão de duração do contrato é de até 31 meses para o Analista Censitário; 22 meses para o Agente Censitário Administrativo; e 16 meses para o Agente Censitário Regional.

A realização das provas está prevista para o dia 22 de maio e a divulgação do resultado final para o dia 14/ de julho.

Jornalista José Claudino lança livro de crônicas

Do Novo Jornal – O jornalista José Claudino Leite Filho lança amanhã, dia 27, o livro “Crônicas, Fatos, Memórias e Reflexões”. A publicação é uma visão panorâmica da experiência de vida do escritor, com artigos sobre a cena urbana brasileira dos últimos dois anos. As análises falam sobre o atual panorama político nacional, os desafios do cristianismo e o futuro do jornalismo.
“Procurei fazer uma abordagem ampla dos principais assuntos do meu interesse. Muitos amigos me incentivavam a escrever um livro com meus escritos e, depois de muito trabalho, consegui finalizá-lo”, diz o jornalista. O lançamento acontece às 18 horas na sede da Academia Norte-Rio-Grandense de Letras (ANL), no bairro de Petrópolis.
Este é o segundo livro de José Claudino Leite Filho. Também é a segunda publicação feita através de crônicas e artigos de opinião. “A nova obra está dividida em sete capítulos e apresenta uma visão panorâmica da experiência da minha vida. São crônicas pluridimensionais. Escrevi sobre fatos marcantes do cotidiano potiguar e também tracei perfis de diversas personalidades para a história do Rio Grande do Norte”, relata.
 O livro é também uma reunião de crônicas escritas por José Claudino no jornal “Potiguar Notícias”. “Tenho uma coluna semanal. Por lá, eu escrevo sobre assuntos relacionados à bíblia e a vida cristã”, diz.  Mas o livro não é só republicações. “Maior parte é feita por escritos inéditos”, ressalta. A inspiração do autor para costurar as crônicas foram os escritos dos jornalistas Wooden Madruga e Carlos Lyra.
Um dos capítulos que ganharam especial atenção do autor compreende textos de análise teológica. “É um assunto de grande interesse. Gosto de falar sobre a evolução do cristianismo. No livro, eu também faço uma reflexão sobre os chamados livros apócrifos (os livros escritos por comunidades cristãs e pré-cristãs e que não foram incluídos no cânon bíblico)”, detalha. O autor já passou pelas redações de vários periódicos de Natal. Foi repórter dos jornais “Dois Pontos”, “O Grande Natal”, “Jornal de Natal” e “Correio da Tarde” – todos já extintos. “O jornalismo é uma das minhas paixões. Dediquei um capítulo do meu livro para falar sobre a história da imprensa no Rio Grande do Norte”, discorre.
O primeiro livro do autor foi publicado em 1988. A obra reúne artigos acadêmicos de professores e escritos feitos para o jornal “O Azulão”, uma publicação editada pelo Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes (CCHLA) da UFRN. “Eu era assessor de imprensa do centro. Exerci esta função até me aposentar”, diz ele. Para reunir as crônicas que permeiam os sete capítulos do novo livro, o autor teve que trabalhar por dois anos. “Foi bem difícil concluir, mas nenhum ideal é alcançado sem sacrifício”, relato.
O lançamento será na Sede da Academia Norte-Rio-Grandense de Letras, no bairro de Petrópolis, hoje (27) às 18 horas

Polícia Federal deflagra a 22ª fase da Lava Jato e cumpre 23 mandados

Adriana Justi e Camila Bomfim do G1 PR e da TV Globo, em Brasília

A Polícia Federal (PF) cumpre a 22ª fase da Lava Jato na manhã desta quarta-feira (27) em São Paulo e Santa Catarina. Serão cumpridos 23 mandados judiciais, sendo seis de prisão temporária, 15 mandados de busca e apreensão e dois de condução coercitiva, quando a pessoa é obrigada a prestar depoimento. Em São Paulo, a ação ocorre na capital, Santo André e São Bernardo do Campo e, em Santa Catarina, em Joaçaba.

João-Vaccari-Neto1A operação foi batizada de Triplo X e tem como alvo investigados suspeitos de abrir empresas offshores e contas no exterior para ocultar e disfarçar o crime de corrupção com o pagamento de propina.

A ação também mira negócios da Cooperativa Habitacional dos Bancários de São Paulo (Bancoop). São negócios relacionados a apartamentos que não foram entregues e estão de propriedade da empreiteira OAS, uma das investigadas na Lava Jato.

Há uma suspeita de que unidades imobiliárias da Bancoop/OAS teriam sido utilizadas para repasse de propina. Inclusive no prédio onde OAS tem um apartamento que, segundo investigações, seria destinado ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Um dos apartamentos investigados, segundo a PF, seria de familiares do ex-tesoureiro do Partido dos Trabalhadores (PT) João Vaccari Neto. Ele já foi preso pela Lava Jato e está detido no Complexo Médico-Penal em Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba.

Segundo o Ministério Público Federal (MPF), a empreiteira OAS participava do chamado “clube” de empresas que, por meio de um cartel, fraudava as licitações da Petrobras. Para conquistar os contratos, as empresas pagavam propina a diretores da Petrobras e a partidos políticos, com a intermediação de operadores.

Entre os crimes investigados na atual fase estão corrupção, fraude, evasão de divisas e lavagem de dinheiro. Oitenta policiais participam da ação.

A prisão temporária tem prazo de cinco dias e pode ser prorrogada pelo mesmo período ou convertida em preventiva, que é quando o investigado fica preso à disposição da Justiça sem prazo pré-determinado. Os presos serão levados para a Superintendência da PF, em Curitiba.

21ª fase
Deflagrada no dia 24 de novembro e batizada de “Passe livre”, a 21ª fase prendeu o pecuarista José Carlos Bumlai sob a suspeita de envolvimento no esquema de corrupção na Petrobras.

O nome do empresário, que é amigo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, apareceu em depoimentos de colaboração premiada de Eduardo Musa, ex-gerente da Petrobras, e do lobista Fernando Baiano.

De acordo com o juiz Sérgio Moro, que autorizou a prisão de Bumlai, Eduardo Musa relatou que recebeu 720 mil dólares de propinas em depósitos feitos em conta na Suíça, com pagamentos feitos por Fernando Schahin, ex-executivo do grupo.

Além disso, o delator declarou que foi utilizado um argumento tecnicamente falso para o direcionamento da contratação da Schahin para operar o navio-sonda Vitória 10.000.
Baiano afirmou que Bumlai recebeu R$ 2 milhões em propina. O dinheiro, conforme colaboração premiada do lobista, era o pagamento em virtude da intermediação de Bumlai junto ao ex-presidente Lula para um contrato com a petrolífera.

Em novembro de 2015, Bumlai foi chamado a depor na CPI da Câmara para falar da suspeita de que teria intermediado empréstimo de R$ 60 milhões do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para o Banco Schahin, mas o pecuarista ficou em silêncio diante das perguntas dos deputados.

Bumlai conseguiu um habeas corpus no Supremo Tribunal Federal (STF) para exercer o direito de ficar calado.

O empresário está preso na carceragem da Polícia Federal (PF) em Curitiba.
No dia seguinte, a PF também prendeu o sócio do banco BTG Pactual André Esteves. Ele é suspeito de planejar obstruir as investigações da Operação Lava Jato, de acordo com a Procuradoria-Geral da República (PGR). O banqueiro já foi o 13º mais rico do país e cumpre prisão domiciliar desde dezembro do ano passado.

Além dele, também foram presos o senador Delcídio Amaral (PT-MS), o chefe de gabinete dele, Diogo Ferreira, e o advogado Édson Ribeiro.

Operação verão consciente orienta motoristas no litoral potiguar

Operação Verão Consciente segue até o final de fevereiro (Foto: Divulgação)
Operação Verão Consciente segue até o final de fevereiro (Foto: Divulgação)

O Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema) e Departamento Estadual de Trânsito (Detran) deram início à Operação Verão Consciente no litoral potiguar. A ação iniciada na última sexta-feira (22), visa orientar motoristas sobre segurança no trânsito e medidas simples de preservação das praias do estado, como o descarte adequado do lixo produzido nesses locais.

Durante os finais de semana os condutores estão sendo abordados por agentes do Comando do Policiamento Rodoviário Estadual em blitzen que são montadas em pontos estratégicos do litoral. Nesses pontos, há uma equipe de educação ambiental do Idema que orienta os visitantes das praias sobre a importância de depositar o lixo no lixo e distribui entre os motoristas uma sacolinha para o descarte dos resíduos.

A Operação Verão Consciente conta ainda com a parceria da Cosern e será realizada até o último final de semana do mês de fevereiro.

G1

Procurador-geral de Justiça do RN é denunciado a conselho nacional

O procurador-geral de Justiça do Rio Grande do Norte Rinaldo Reis foi denunciado por dezoito procuradores na tarde desta segunda-feira (25). A denúncia foi feita à Corregedoria do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP). De acordo com nota emitida pelos procuradores, os motivos da queixa são “vícios” praticados por Rinaldo Reis para a aprovação de leis pela Assembleia Legislativa do estado, além do interesse em investigações do Ministério Público.

Rinaldo Reis, procurador-geral de Justiça do RN (Foto: Divulgação/Assessoria MPRN)
Rinaldo Reis, procurador-geral de Justiça do RN

A nota informa que “diante da gravidade dos fatos noticiados pela imprensa local – que informaram o interesse da Assembleia Legislativa em investigações promovidas pelo Ministério Público – e a dispensa de formalidades regimentais no trâmite de projetos de lei de iniciativa do Procurador-Geral de Justiça, que padecem de “vício na origem”, foi encaminhado, em 25 de janeiro de 2016, pelos subscritores pedido de providências ao Corregedor Nacional do Ministério Público, com cópia ao Presidente do Conselho Nacional do Ministério Público”. A ação foi encaminhada ao procurador-geral da República Rodrigo Janot, que também preside o CNMP, e a Cláudio Portela, corregedor nacional do Ministério Público.

Por meio de sua assessoria de comunicação, a Procuradoria Geral de Justiça informou que só vai falar alguma coisa sobre a denúncia após o CNMP se pronunciar.

O G1 mostrou, em matéria publicada no dia 5 de janeiro, interesse de Rinaldo Reis em investigações promovidas pelo Ministério Público que resultaram na operação Dama de Espadas.De acordo com o áudio (ouça ao lado a íntegra da interceptação da ligação entre Rinaldo Reis e Rita das Mercês), o procurador-geral buscou junto a Rita das Mercês, a então procuradora-geral da AL, informações sobre o andamento e a votação de um projeto de lei encaminhado por ele mesmo para a Assembleia Legislativa. Às 10h20 de 25 de agosto, Rinaldo telefonou para Rita e perguntou sobre o projeto, que muda a forma de indicação de desembargadores do Tribunal de Justiça pelo Ministério Público.

Dama de Espadas
A operação Dama de Espadas foi deflagrada em 20 de agosto de 2015, e prendeu Rita das Mercês e a assessora dela, Ana Paula Macedo de Moura. As duas foram soltas três dias depois, por decisão do Tribunal de Justiça. A ação investiga um suposto esquema de desvios de recurso na Assembleia Legislativa do RN. Segundo o MP, os envolvidos utilizavam cheques salários como forma de desviar recursos em benefício próprio ou de terceiros. Os cheques eram sacados, em sua maioria, pelos investigados ou por terceiros não beneficiários, e o esquema contava com apoio de funcionários do banco que mantém contrato com a Assembleia. Em dezembro passado, o Tribunal de Justiça determinou a remessa dos autos do processo para o Supremo Tribunal Federal (STF).

No RN, Senac oferece 386 vagas para cursos gratuitos em fevereiro

Curso técnico de logística é oferecido pelo Sisutec na Estácio Resende (Foto: Fernanda Leal/Ascom Universidade Estácio)
Inscrições vão de 25 a 28 de janeiro (Foto: Fernanda Leal)

O Senac está com inscrições abertas a partir desta segunda-feira (25) para 386 vagas gratuitas em cursos profissionalizantes nos municípios de Natal, Mossoró, Caicó e Assú. As inscrições podem ser feitas de 25 a 28 de janeiro, exclusivamente pelo site do Senac.

Para o mês de fevereiro são oferecidas 13 opções de cursos, nas áreas de Saúde e Beleza, Turismo e Hospitalidade, Gestão e Negócios, Informática e Comunicação. Entre as capacitações disponíveis, estão: Assistente Financeiro, Operador de Computador, Promotor de Vendas, Almoxarife, Manicure e Pedicure, entre outros.

A seleção dos candidatos ocorrerá de acordo com a ordem da inscrição efetuada no site do Senac, onde também será divulgado o resultado, no dia 29 de janeiro. Os interessados devem possuir renda familiar mensal de até dois salários mínimos federais, por pessoa. Além disso, deverão preencher os requisitos de escolaridade e idade exigidos pelo curso escolhido, conforme apresentado no edital disponível no site.

Calendário
Inscrições: 25 a 28/01/2016
Divulgação dos selecionados: 29/01/2016
Período de matrícula: 01 a 03/02/2016
Início das aulas: a partir de 15/02/2016

Cinco planetas aparecerão alinhados no céu por um mês; saiba como ver raro fenômeno.

Fanáticos por astronomia tem, a partir desta semana, uma oportunidade rara de acompanhar o alinhamento de cinco planetas. É um evento bastante incomum, que começou na última quarta-feira (20) e vai durar exatamente um mês, até 20 de fevereiro. Pela primeira vez em 10 anos, Mercúrio, Vênus, Marte, Júpiter e Saturno poderão ser apreciados a olho nu, alinhados simultaneamente, entre o horizonte e a lua, conforme informou uma reportagem da ‘BBC’.
Considerando que a rotação em torno do Sol de cada planeta é diferente, esse é um fenômeno que pode ser considerado imperdível. De acordo com o especialista Alan Duffy, da Universidade Swinburne, de Melbourne (Austrália), os planetas mais fáceis de serem vistos são Vênus e Júpiter.
“O grande desafio será Mercúrio”, diz Duffy à publicação Australian Geographic.
Isso ocorre porque o planeta estará muito próximo ao horizonte, assim ele fica facilmente “escondido”. Além disso, ele só aparece durante a madrugada. As horas e os dias em que cada planeta podem ser vistos no céu variam conforme a localização na Terra.
 
A ordem da fila
O primeiro a aparecer será Júpiter. Devido ao seu brilho, será fácil de vê-lo, mesmo em áreas urbanas. O Planeta Vermelho, Marte, virá em seguida; e Saturno estará mais abaixo, seguido de perto por Vênus. O último será Mercúrio.
Especialistas de ambos os hemisférios, norte e sul, concordam que o melhor momento para ver os cinco alienhados é pouco antes do amanhecer.
O site Sky.org recomenda que, entre 27 de janeiro e 6 de fevereiro, as pessoas em todo o mundo usem a Lua como um guia para ver os planetas.
Os planetas estarão entre o satélite natural da Terra e o horizonte.
Alan Duffy recomenda procurar um horizonte aberto e um céu suficientemente escuro – cenário praticamente impossível de se encontrar em áreas urbanas.
Uma vez encontrado um lugar para observar o fenômeno, vale cruzar os dedos para que o céu e o horizonte estejam em condições ideais.
BBC

Promotor diz que irá denunciar Lula por tríplex, afirma Veja

Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva durante evento em São Paulo

Ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva durante evento em São Paulo: ele pode ser denunciado por ocultação de propriedade

São Paulo – O Ministério Público do Estado de São Paulo deverá denunciar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva por ocultação de propriedade depois de ter confirmado que ele é dono de um tríplex reformado e mobiliado pela OAS, uma das empreiteiras envolvidas na Operação Lava Jato.

O promotor de Justiça de São Paulo Cassio Conserino considera ter indícios suficientes para denunciar o ex-presidente por ocultação de propriedade. É o que afirma reportagem da mais recente edição da revista Veja, que traz uma entrevista com Conserino.

Ainda de acordo com a publicação, o entendimento do Ministério Público foi de que o tríplex no Guarujá é a “evidência material” mais visível da ligação de Lula com os empresários denunciados na Operação Lava Jato.

A reportagem cita que teve acesso a um documento que embasa a denúncia que será oferecida contra Lula e que nele há provas de que o ex-presidente é proprietário do tríplex.

Conserino afirmou à revista que, além de Lula, a mulher dele, Marisa Letícia, também será denunciada. Eles serão chamados a depor, diz o promotor.

A construção do prédio em que fica o tríplex foi assumida pela OAS depois da falência da Cooperativa Habitacional dos Bancários de São Paulo (Bancoop). Isso teria ocorrido depois de um pedido de Lula a Léo Pinheiro, ex-presidente da empreiteira condenado pela Justiça com base nas investigações da Operação Lava Jato.

Pelo tríplex, Lula deverá ser denunciado pelo Ministério Público por ocultação de propriedade. A denúncia contra o ex-presidente decorre da investigação de fraudes em negócios realizados pela Bancoop, informa a reportagem da revista.

Defesa

Lula ainda terá a oportunidad de apresentar sua defesa ao promotor do caso.

O Instituto Lula, presidido por Paulo Okamotto, afirmou, no ano passado, que a mulher do ex-presidente, comprou cotas de um apartamento no edifício, mas disse que a família não é dona do tríplex, que está registrado no nome da OAS.

Segundo a Veja, durante seis meses, os promotores se dedicaram a esquadrinhar a relação entre a OAS e o patrimônio imobiliário de Lula e concluíram que o tríplex no Guarujá é a evidência material mais visível parceria dele com a empreiteira. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Exame

Multidão se uniu na Avenida Itapetinga para protestar pela morte da estudante Maria Karolyne

Uma multidão de gente se uniu em favor da justiça, da paz, e em protesto contra o assassinato da estudante de turismo, da UFRN, que foi vitimada na última quarta feira (20), na Avenida Itapetinga, Conjunto Santarém, Zona Norte de Natal.

Maria Karolyne foi assassinada de forma fria e covarde por um bandido que assaltou seu celular. Ela estava fazendo caminhada, acompanhada de sua irmã, quando foi abordada e cruelmente assassinada.

A mãe de Karol, a senhora Giankarla disse em meio a seu discurso: “eu queria que a secretária de segurança do Estado, Kalina Leite saísse daquela sua pose, com seus cabelos bem alisados e bem tratados, e invés de ficar mentido para a população, dizendo que as coisas vão bem, ela viesse para aqui, onde minha filha foi morta”.

P1020163

P1020165

P1020166

P1020167

 P1020168

A insegurança

Se a segurança do Estado estivesse bem, a Karolyne estava viva em sua casa com seus familiares.

Segundo declarações do próprio bandido que conduzia a moto; ele disse que estava juntamente com o assassino tomando banho na lagoa de Extremoz. Se uma viatura da polícia tivesse passado ali e feito uma abordagem preventiva, esse crime não teria acontecido. Pois os bandidos teriam sido desarmados.

Veja o vídeo em que a irmã de Karol fala muito emocionada sobre a tragédia que vitimou sua família.

 

Vírus Zika matou 49 bebés em 3 meses

Uma assustadora complicação de saúde provocada pelo vírus Zika, a microcefalia, provocou a morte de 49 bebés no Brasil em apenas três meses, confirmou ontem ao Correio da Manhã o Ministério da Saúde brasileiro. Há registos da doença em 21 dos 27 estados brasileiros, mas a situação é mais grave nos estados do nordeste do país, como Pernambuco, Rio Grande do Norte, Bahia e Paraíba.

Os dados referem-se somente ao período entre 22 de outubro do ano passado, quando o ministério passou a monitorar a doença, e o dia 16 deste mês, quando, em todo o país, foram notificados 3893 casos de microcefalia em bebés cujas mães foram contaminadas pelo vírus. A microcefalia faz com que os bebés afetados nasçam com uma forte redução do tamanho do crânio e do cérebro, provocando a morte logo após o parto ou impedindo o normal desenvolvimento dos que acabam por sobreviver.

A assessora do Ministério da Saúde avançou ao Correio da Manhã que em 90% das pessoas contagiadas o vírus Zika não provoca sintomas, mas numa grávida pode mesmo ter efeitos devastadores para o bebé.

Estudos de investigadores do Instituto Carlos Chagas e da Fundação Instituto de Pesquisas Oswaldo Cruz confirmaram esta semana que o Zika é capaz de atravessar a placenta e atingir o feto, com resultados nocivos.

O governo não tem dados exatos sobre o Zika, que é transmitido através do mosquito ‘Aedes aegypti’, o mesmo da dengue, pois a doença, só por si, não é alarmante. Apesar disso, estimativas dão conta de que o Brasil terá entre 400 mil e 1,4 milhões de pessoas contaminadas, que, no máximo, ficam com os olhos avermelhados, sentem desconforto físico e têm pequenas erupções na pele, sintomas que desaparecem no prazo de uma semana.

CM Jornal