Category: Política

Presidenciável Jair Bolsonaro começa a agir no RN como um ditador

Resultado de imagem para Bolsonaro
Deputado Federal Jair Bolsonaro/ Foto: da Internet

Segundo noticia veiculada no site Agorarn.com.br, em uma entrevista com o ex-presidente do antigo PEN, hoje o Patriota, o Dr. Luiz Gomes afirma que as ações do deputado federal Jair Bolsonaro é de truculência e ditadura, ferindo os princípios da democracia pela qual o Brasil lutou para se manter nesses últimos trinta anos.

O partido PEN foi transformado em o Patriota que é patrocinado pelo presidenciável Jair Bolsonaro, mesmo ele ainda não tendo se filiado ao novo partido, que está em segundo lugar nas pesquisas para presidente do Brasil.

As informações de Dr. Luiz Gomes dão conta de que por influência de Bolsonaro toda a diretoria do antigo PEN foi destituída sem nem uma consulta nem explicações; uma ação totalmente autoritária e fascista.

A direção do partido foi entregue à militares da reserva, sem nem um respeito ao trabalho construído pelos antigos dirigentes, que na última eleição conseguiram mais de 60 mil votos no RN.

Começamos a perceber que Jair Bolsonaro não tem a mínima condição de presidir este país. Não podemos concentrar uma presidência apenas no desejo da vingança, na força arbitrária, no julgamento sumário, sem respeitar o devido processo legal.

Se antes de ser presidente, Bolsonaro agiu sem respeito ao trabalho de pessoas que representam o Rio Grande do Norte, pessoas que gozam do respeito da sociedade; o que iremos vê caso viesse a ser presidente do Brasil? Não basta sair por aí matando bandidos, como pregado por Bolsonaro, para ser considerado a melhor opção para o Brasil. Se faz necessário ter conhecimento de economia, de diplomacia, do diálogo democrático, o que parece que este pré-candidato não tem.

Bolsonaro é uma febre que vai passar. O Brasil não vai se entregar a agonia.

Resultado de imagem para Luiz Gomes
DR. Luiz Gomes ex-presidente do PEN

Veja parte da entrevista: 

JARN – Como o senhor analisa o processo de mudança do partido?

LG – Levamos cinco anos para construir o partido. Estamos consolidados hoje em 89 cidades, temos 16 parlamentares, fizemos mais de 60 mil votos em 2016. Isso nos dá segurança de que construímos um projeto político para o Rio Grande do Norte dentro de um partido que se chamava Partido Ecológico Nacional. Não rasgamos as nossas bandeiras, diferente do PEN, que rasgou as suas bandeiras, o estatuto e os princípios. Assumidamente, pelo estatuto, agora é um partido de extrema direita, que é contra os direitos humanos e sociais, que defende a violência no combate à criminalidade, inclusive a intervenção militar, com o que não vamos concordar. É outro partido. O PEN acabou.

JARN – O senhor acredita que o deputado federal Jair Bolsonaro teve participação nessa “intervenção”?

LG – Eu acho que isso é orientação e direção do próprio Jair Bolsonaro, em que pese ele não seja membro do partido.

JARN – O que o senhor diz desse estilo de ação?

LG – Eu acho que isso retrata o pensamento e a postura dele. Retrata o que ele sempre defendeu: a tortura, a ditadura militar, o autoritarismo. Acho isso radical demais. Levamos 30 anos para chegar à democracia e foi contra esse tipo de postura que nós lutamos.”

 

Alckmin ameaça punir os parlamentares que não votarem a reforma da previdência

Resultado de imagem para Alckmin
Foto: da Internet

Com uma sinalização pífia nas pesquisa de intenções de votos para uma possível candidatura a presidente do Brasil, Geral Alckmin, presidente nacional do PSDB, está dando um tiro no pé ao pressionar seus parlamentares para que votem a favor de Temer no caos da previdência. com essa declaração duvidosa do governador de São Paulo, de dizer “que puni, mas que o momento é de diálogo de convencimento”. É uma tremenda contradição. Isso só o desqualifica como capaz de presidir o Brasil.

Logo ele que foi aprovado como governador de São Paulo por quatro vezes.

Do G1SP

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), afirmou neste sábado (16) que haverá punição para deputados que votarem contra a reforma da Previdência, mas que o momento atual é de convencimento. Alckmin é presidente da sigla.

“Terá punição. Mas, nós vamos estabelecer… O nosso momento não é de discutir punição, é convencimento. É convencimento”, afirma Alckmin.

O PSDB fechou questão a favor da reforma da Previdência na última quarta-feira (13), na primeira reunião da executiva sob o comando de Alckmin. Ele falou sobre a decisão em visita à cidade de Americana (SP), mas não especificou qual e quando será estabelecida essa punição.

Alckmin assumiu a presidência do partido há uma semana, e havia deixado em aberto a possibilidade de haver um “castigo” aos tucanos que fossem contrários.

PMDB, PTB e PPS também já fecharam questão a favor da reforma da Previdência. As três legendas já tinham decidido punir os deputados que desobedecerem a orientação do partido.

PT vê risco de ‘rebeldia popular’ se Lula ficar de fora em 2018

O ex-presidente Lula durante encontro com artistas e intelectuais no Rio de Janeiro - 09/12/2017
O ex-presidente Lula durante encontro com artistas e intelectuais no Rio de Janeiro – 09/12/2017 (Reprodução/Facebook)

Na verdade o PT promove uma retaliação caos o Lula seja preso com o intuito de vitimizar o ex-presidente. Querem militantes nas ruas para promoverem descordes contra o Brasil. 

Da Veja

O Diretório Nacional do PT aprovou neste sábado, 16, uma resolução política na qual reafirma a defesa da pré-candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Diz que a eventualidade de o petista ser barrado pela Justiça pode levar à “rebeldia popular” e alerta para o risco de “desobediência civil” diante de suposta “arbitrariedade” do Judiciário.

A decisão do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) de marcar para o dia 24 de janeiro o julgamento que pode tornar Lula inelegível – chamado de “casuísmo” no documento – dominou os dois dias de reunião da cúpula petista realizada em São Paulo. Durante o encontro, o partido reiterou que vai insistir na candidatura de Lula até o fim, rejeitou um plano “B” e ouviu advogados para criar uma narrativa na qual a possível condenação do ex-presidente pelo TRF-4 não encerra a disputa jurídica pelo direito de o petista disputar o Planalto pela sexta vez, em 2018.

Para o PT, a pré-candidatura de Lula está “consolidada de tal forma que não pertence mais ao PT; pertence ao povo brasileiro”. Por isso, segundo o partido, a oposição promove uma campanha para impedir que o petista seja candidato e, “para evita-la, é preciso que nosso presidente continue liderando as preferências populares, como demonstrado nas caravanas, é preciso que avancem a organização e a mobilização do povo, e que deixemos claro que a escalada do arbítrio não apenas ampliará a crise e a instabilidade política, como também poderá resultar em rebeldia popular”.

Na resolução, o PT chama seus militantes à mobilização. A transformação dos diretórios municipais do partido em Comitês em Defesa da Democracia e de Lula foi anunciada na sexta-feira, 15, com a criação de uma comissão de mobilização e um calendário de manifestações que começa na terça-feira, 19, com uma aula aberta de advogados na frente do TRF-4, em Porto Alegre, e prevê grandes atos em São Paulo e na capital gaúcha.

Assembleia aprova projeto que reconhece importância econômica do sal no RN

Crédito da Foto: Eduardo Maia

Durante votação realizada esta semana na Assembleia Legislativa, foram aprovados, em plenário, dois projetos de lei da deputada Larissa Rosado (PSB). O primeiro deles reconhece a utilidade social e econômica da extração e do beneficiamento do sal no Rio Grande do Norte. O segundo declara o espetáculo teatral Natalis, encenado em Mossoró, como patrimônio cultural, imaterial e histórico do Estado.

“A aprovação do projeto referente à extração salineira é um reconhecimento à atividade e ajudará a sensibilizar os governos estadual e federal no sentido de mostrar a importância econômica e social do sal para todo o país”, argumenta Larissa.

O RN é um dos maiores polos da extração de sal marinho do país, tendo a região Oeste como principal centro de produção e beneficiamento do produto no Estado. A atividade salineira envolve uma vasta cadeia de serviços, sobretudo nas cidades do litoral norte potiguar, mais especificamente nos municípios de Mossoró, Macau, Areia Branca, Galinhos, Grossos, Porto do Mangue e Guamaré. Segundo informações do Sindicato das Industrias de Extração do Sal do Estado, são gerados cerca de 15 mil empregos diretos e 70 mil indiretos.

Reivindicações de Ezequiel visam beneficiar municípios de seis regiões do Estado

Por entender que saneamento básico, programas de moradia, aumento de efetivo policial, reforma de escolas e de ginásios de esporte são importantes para os municípios do interior do Estado, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB) encaminhou ao governo do Estado solicitações para proporcionar esses benefícios para cidades de seis regiões Agreste, Trairi, Seridó, Central, Médio Oeste e Vale do Açu.

“O saneamento básico é um item essencial para toda a sociedade para que sejam evitadas doenças que provém dos esgotos a céu aberto. O saneamento proporciona uma situação higiênica saudável para os habitantes de uma cidade, além de ser relacionado com o abastecimento de água potável, o manejo de água pluvial, a coleta e tratamento de esgoto e a limpeza urbana”, assim justifica Ezequiel Ferreia a solicitação que fez para que a Companhia de Águas e Esgotos (CAERN) faça um estudo de viabilidade para a execução do saneamento básico em Espírito Santo, na região Agreste.

Ainda para essa região, o deputado solicitou a implantação do programa Moradia Cidadã Servidor e Cidadã Municípios e programa Cartão Reforma para beneficiar os moradores de São José de Campestre.

Para o Trairi os requerimentos foram para os municípios Tangará com a recuperação do ginásio poliesportivo vereador César Barbosa de Lima, enquanto que para a região Central o deputado Ezequiel Ferreira solicitou o programa Cartão Reforma para Pedra Preta.
Reformas das escolas professor Gerson Lopes Ferreira Pinto e professor Antônio Dantas foram requeridas para Apodi e da escola Francisco Regis Filho, em Rodolfo Fernandes na região Médio Oeste.

Para o Vale do Açu o deputado Ezequiel Ferreira reivindicou a reforma das escolas Adalgiza Emídio da Costa, em Carnaubais e João Francisco da Costa, Maria da Glória de Azevedo e Coronel Ovídio Montenegro, no município de Ipanguaçu. A solicitação para o Seridó foi o aumento do efetivo policial e melhorias das condições de trabalho para a Polícia Militar em São Vicente.

Ronaldinho Gaúcho vai se candidatar ao Senado, diz jornal

Ronaldinho Gaúcho candidato ao Senado
Ronaldinho Gaúcho (Denis Doyle/Gatty Images/Getty Images)

Da Exame

O jogador de futebol Ronaldinho Gaúcho vai disputar uma vaga no Senado pelo mesmo partido de Jair Bolsonaro, o PEN (que vai mudar de nome para Patriota).

Segundo a coluna de Lauro Jardim no jornal O Globo, ele deve oficializar sua candidatura por Minas Gerais em março do ano que vem, quando o deputado Jair Bolsonaro também deve oficializar a sua.

Ainda de acordo com o jornal, o suplente da chapa será o ex-jogador Somália, que já jogou no América Mineiro e no Fluminense.

 

Gustavo Fernandes apresenta projeto que institui Janeiro Branco no calendário do RN

O deputado estadual Gustavo Fernandes (PMDB), protocolou esta semana, na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte (ALRN), um projeto de lei que institui o Janeiro Branco no calendário oficial de atividades do Rio Grande do Norte. O mês já é reconhecido nacionalmente pela luta da saúde mental e emocional da população.
O parlamentar destacou que o objetivo da iniciativa é promover ações de saúde mental, alertar a população para a importância do tema e provocar reflexões para identificar e combater todos os problemas de saúde mental.
“A Campanha Janeiro Branco pode ajudar o mundo a ser um lugar melhor. Trata-se de uma campanha dedicada a convidar as pessoas a pensarem sobre suas vidas, o sentido e o propósito das suas vidas, a qualidade dos seus relacionamentos e o quanto elas conhecem sobre si mesmas, suas emoções, seus pensamentos e sobre os seus comportamentos. Quem cuida da mente, cuida da vida”, alertou.
O projeto vai tramitar nas comissões de trabalho da casa e, em sendo aprovado, será encaminhado para apreciação do plenário da Casa. O parlamentar acredita que o projeto pode ser aprovado ainda em 2018.

George Soares recebe homenagem de Parlamentar do Ano de 2017

O deputado estadual George Soares (PR) recebeu, na noite desta quinta-feira (14), a homenagem do Comitê de Imprensa da Assembleia Legislativa pela escolha do seu nome como Parlamentar do Ano de 2017. O presidente do Comitê de Imprensa, Oliveira Wanderley e os jornalistas Aldemar de Almeida, Anna Ruth Dantas e Larisse de Souza fizeram a entrega ao homenageado.

“Estou no sétimo ano como deputado estadual e este título tem grande importância para mim. Renova o espírito público e a vontade de estar na política, principalmente pra mim, que faço parte da nova geração. Divido essa indicação com meus colegas, pois todos buscam trabalhar pelo Estado. Esta homenagem levo para o Vale do Açu”, declarou o deputado, que relembrou, no seu discurso, o início da sua trajetória política.

A eleição acontece desde 1972 e tem como votantes os jornalistas que cobrem as atividades da Assembleia.

Participaram da entrega o presidente da Casa, Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), e os deputados Gustavo Carvalho (PSDB), Albert Dickson (PROS), Tomba Farias (PSB), Hermano Morais (PMDB) e Cristiane Dantas (PCdoB), eleita no ano passado, além do vice-governador do Estado, Fábio Dantas (PCdoB).

Luiz Gomes é destituído da presidência do PEN e deixa o partido

O advogado Luiz Gomes oficializou a desfiliação junto ao Partido Ecológico Nacional (PEN) após a direção nacional destituir o comando estadual do partido sem qualquer diálogo.
Luiz Gomes lembrou que a atitude foi desrespeitosa, antiética e desleal diante do trabalho feito durante os cinco últimos anos no Rio Grande do Norte, em que o partido, que não tinha representatividade, passou a estar presente com diretórios em 89 municípios e elegeu dezenas de vereadores em todo o estado nas últimas eleições.
“Com profunda decepção, tristeza e indignação, pela forma desprezível com que a direção nacional do partido tratou toda a trajetória da Executiva Estadual do PEN do RN, comunicamos nossa saída. O PEN já não existe mais. Não há razão de ser. A direção nacional mudou o nome da sigla, o estatuto, o programa, os ideais, tudo. Simplesmente se esqueceram da sua história”, contou.
O jurista lembrou que continuará lutando pelo caminho da renovação e participação na política, na defesa da democracia e no combate à corrupção, mas com um futuro que ainda está sendo estudado junto aos outros ex-integrantes da legenda.

O jogo das aparências por trás da crise na reforma da Previdência

camara-deputados-rodrigo-maia-20170215-028
Rodrigo Maia: “acho que hoje a gente tem uma situação bem melhor do que tinha nas últimas semanas e ela vai continuar melhorando”

Volta hoje à Praça dos Três Poderes o lema do governo Temer: “ares de normalidade”. Depois do bate-cabeça entre o Palácio do Planalto e o líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), na noite de ontem, foi montada a operação abafa para amenizar os efeitos do adiamento da votação da reforma da Previdência no mercado e valorizar o início das discussões sobre a proposta, nesta quinta-feira.

O depende de Brasília começa no hospital paulistano Sírio Libanês. Michel Temer passará por nova avaliação na manhã desta quinta-feira, depois de procedimento cirúrgico para obstrução urinária, e, se liberado, ruma à capital para reunião com os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE).

A nota do Palácio do Planalto, divulgada ontem para desautorizar Jucá, deixa em aberto a data para que a votação seja realizada, dizendo que se espera a leitura da emenda do deputado Arthur Maia (PPS-BA), programada para hoje. Os debates começam na próxima semana. Nesse vão, haveria a possibilidade de votar até o dia 21 de dezembro, quando deputados voltam a seus estados para o recesso de fim de ano.

Tudo indica, contudo, que Jucá, desautorizado ou não, é quem está com a contabilidade mais afiada. Para colocar o texto em Plenário, líderes da base querem ter de 320 a 330 votos favoráveis. Em enquetes feitas pelos jornais sobre a disposição de aprovar a reforma, os votos negativos chegaram a 244.

Sobram apenas 269 votos dos 308 necessários para aprovação da pauta. Prometeu-se para reverter o resultado pressão nos ministros pelo fechamento de questão e a liberação ainda este ano 2 bilhões de reais em emendas para as prefeituras. Até agora, sem muito efeito.

Quatro partidos fecharam questão (PMDB, PTB, PPS e PSDB), mas não garantem todos os votos da bancada em favor da reforma.

Outro que deve entrar na conta nos próximos dias é o DEM, do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (RJ). “Acho que hoje a gente tem uma situação bem melhor do que tinha nas últimas semanas e ela vai continuar melhorando. Com esse crescimento, chega a 308 votos”, disse Maia.

 

Fonte: https://exame.abril.com.br/brasil/o-jogo-das-aparencias-da-reforma-da-previdencia/?bt_ee=kzDAz64BRip770tt3EWNVgZ/Psg555IKjNn/3Y47SZTVaqugKNvLhY+2fc0GQUSB&bt_ts=1513244445674

Projeto do Orçamento 2018 é aprovado na CFF com encarte de 361 emendas

Crédito das Fotos: Eduardo Maia

Com 361 emendas, sendo 346 individuais, 14 coletivas e uma de texto encartadas pelo relator da matéria, deputado Tomba Farias (PSB), a Comissão de Finanças e Fiscalização (CFF) aprovou na tarde desta quarta-feira (13) o Projeto da Lei Orçamentária Anual (LOA), que estima a receita e fixa as despesas do Estado para o exercício financeiro de 2018.

O orçamento aprovado está reduzido em R$ 2 milhões em relação ao que está sendo executado este ano. O valor total aprovado é de R$ 11 bilhões, 951 milhões, 189 mil, sendo R$ 9 bilhões, 972 milhões, 233 mil do Orçamento Fiscal e R$1 bilhão, 978 milhões e 456 mil do Orçamento da Seguridade Social.

“Para a dificuldade financeira que o Estado está enfrentando, essa peça orçamentária está mais real em relação a deste ano. É bom destacar de que os orçamentos dos outros poderes e órgãos participantes do OGE tiveram os seus repasses congelados. Agora o Executivo precisa entrar nessa realidade porque 64,3% são destinados à folha de pessoal e aos encargos. É lamentável que o Estado só tenha disponível 1,92%, ou seja, R$ 542 milhões para investimentos”, disse o relator da matéria, deputado Tomba Farias.

O parlamentar disse que foi um trabalho detalhado elaborar o orçamento porque somente na terça-feira (12) foi que a Comissão teve acesso ao sistema de controle orçamentário do Estado que mudou do SIAF para o SIGEF.

Tomba Farias disse ainda que as emendas foram destinadas para a saúde, educação, infraestrutura, educação e habitação. No projeto original o Executivo solicitava um percentual de 15% para o remanejamento de verbas, que não foi acatado pelo relator. O percentual para suplementação, sem a necessidade de solicitar autorização da Assembleia, ficou em 10%, conforme consta na Constituição Estadual.

Participaram da reunião os deputados Dison Lisboa (PSD), Tomba Farias (PSB), Getúlio Rêgo (DEM), George Soares (PR) e José Dias (PSDB).

Temer apela a prefeitos por apoio à reforma da Previdência

Michel Temer
Michel Temer / Foto: Jornal do Brasil

O presidente Michel Temer fez um apelo nesta quarta-feira (13) aos prefeitos para que ajudem no convencimento da sociedade e dos parlamentares sobre a aprovação da reforma da Previdência. Em cerimônia no Palácio do Planalto, Temer destacou que ainda há muita desinformação sobre a proposta e os parlamentares “precisam saber que têm o apoio da população e dos prefeitos”.

“Quem está no Legislativo deve ecoar a vontade da sociedade. (…)Para o tópico da Previdência é preciso mobilizar a consciência nacional para que os deputados possam ecoar essa postulação na votação da Câmara e do Senado Federal. Em primeiro lugar, para que este eco se dê nestas casas legislativas, é preciso esclarecer o que é hoje a reforma da Previdência. Ela não prejudica praticamente ninguém, trabalhador rural está fora, Benefício de Prestação Continuada está fora”, disse Temer.

O presidente ressaltou que os deputados e senadores costumam ser muito próximos dos prefeitos, que demandam acesso às emendas e benefícios por meio da atuação dos parlamentares. E alertou que a reforma pode beneficiar muito mais aos municípios que precisam aumentar a economia em seus orçamentos.

 

Fonte: https://www.terra.com.br/noticias/brasil/politica/michel-temer-faz-apelo-a-prefeitos-para-que-apoiem-a-reforma-da-previdencia,746971d4a9a3bfa9a88c09de1f0c0a81002gm3sf.html

Aprovado projeto de lei que institui Semana de Incentivo à Doação de Órgãos

Dois projetos de lei considerados de muita importância para o setor de Saúde do Rio Grande do Norte foram aprovados em votação na manhã desta quarta-feira (13) na Assembleia Legislativa. De autoria do presidente da Casa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), o primeiro institui a Semana de Incentivo à Doação de Órgãos para Transplantes, a ser realizada anualmente durante a semana que compreender o dia 27, no mês de setembro. O segundo institui o Cadastro Único de Identificação das pessoas portadoras de deformidade congênita de fissura labiopalatina no Rio Grande do Norte.

“A aprovação desse projeto é muito importante devido a urgência de o RN abraçar essa causa, afinal o índice de recusa de familiares em doar, em nosso Estado, ainda é expressivo. A Assembleia Legislativa, reconhecendo a importância desse tema, não pode se furtar do dever de divulgar a importância da conscientização da população em doar órgãos”, destacou Ezequiel Ferreira.

Além de conscientizar e sensibilizar a população do Estado, o projeto de lei tem como objetivo estimular atividades de promoção e apoio à doação de órgãos, realizar eventos culturais, organizar debates, seminários e palestras, confeccionar cartazes, folhetos educativos, trabalhos escolares e campanhas por meio de órgãos de divulgação alusivas ao tema.

Em julho deste ano a Assembleia Legislativa promoveu debate sobre o tema, através de audiência pública, e também lançou campanha publicitária explicando como pode ser feita a doação, orientando com informações que desmistificam ideias e, claro, incentivam a doação. A lista ativa de espera para transplante de órgãos no Rio Grande do Norte se aproxima de 300 pessoas.

O outro projeto de lei aprovado na manhã desta quarta-feira, que institui o Cadastro Único de Identificação das pessoas portadoras de deformidade congênita de fissura labiopalatina no RN, tem como objetivo alcançar a equivalência, para efeitos jurídicos, entre as pessoas com uma ou ambas as más-formações congênitas fenda palatina e fissura labiopalatina, com os deficientes físicos, especialmente no que concerne aos direitos e garantias.

“No mundo, a cada 800 nascimentos um é de criança fissurada. As causas do surgimento da fissura labiopalatina e da fenda palatina ainda não estão definidas. O que sabemos é que esta deformidade congênita pode causar nas pessoas grande limitação social, sofrimento e profunda angústia a si e a seus familiares. Na adolescência e fase adulta enfrentam dificuldade de acesso ao mercado de trabalho, razão pela qual é justo que se equiparem às pessoas com deficiências físicas para efeitos jurídicos”, justificou.

Após aprovação pela unanimidade dos deputados presentes na sessão plenária, os projetos de lei seguem para sanção governamental.

Temer nomeia ex-mulher de Gilmar Mendes para conselho da Itaipu

President of the Superior Electoral Court Mendes smiles during a session where Brazil’s electoral court will take up a 2014 case that could unseat President Temer in Brasilia
Gilmar Mendes: mandato de conselheira da ex-mulher do ministro do STF poderá ser exercido até maio de 2020 (Ueslei Marcelino/Reuters)

Brasília – O presidente Michel Temer nomeou nesta terça-feira, 12, novo diretor e conselheiros da Hidrelétrica de Itaipu. Foi designada conselheira da binacional a advogada Samantha Ribeiro Meyer, ex-mulher do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes.

Em maio, Samantha assinou parecer usado pela defesa do presidente na ação movida pelo PSDB que pediu a cassação da chama Dilma-Temer. O mandato de conselheira poderá ser exercido até maio de 2020.

Também foi nomeado o engenheiro agrônomo Newton Luiz Kaminski para o cargo de diretor de Coordenação de Itaipu, de acordo com decreto publicado no Diário Oficial da União desta terça. Atual superintendente de Obras e Desenvolvimento da binacional, Kaminski entrará no lugar de Hélio Gilberto Amaral, que foi exonerado, a pedido. Amaral havia assumido o cargo em junho.

Outro conselheiro apontado foi o advogado Frederico Matos de Oliveira, que atua como diretor do Departamento de Articulação com os Estados da Secretaria de Governo da Presidência da República.

 

Fonte: https://exame.abril.com.br/brasil/temer-nomeia-ex-mulher-de-gilmar-mendes-para-conselho-da-itaipu/

CPMI da JBS vota o relatório da vingança a Janot

Resultado de imagem para janot
Foto: da Internet

A Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) que analisa a delação feita por executivos do frigorífico JBS deve votar hoje o seu relatório final.

Apresentado pelo deputado Carlos Marun (PMDB-MS), o texto pede o indiciamento do ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot, e do procurador da República Eduardo Pellela, que foi chefe de gabinete de Janot.

Os dois são acusados pelo relator dos crimes de prevaricação, incitação à subversão e calúnia ou difamação do presidente da República.

No relatório de 326 páginas apresentado ontem, Marun também pede o indiciamento dos irmãos Joesley e Wesley Batista, donos da JBS e sócios do grupo J&F, e do ex-executivo da JBS, Ricardo Saud, e do ex-procurador da República Marcelo Miller.

O relator disse que as provas que embasaram as denúncias feitas por Janot contra o presidente Michel Temer são “frágeis e inidôneas”.

Se for aprovado na comissão, o relatório é encaminhado para os órgãos competentes, incluindo o Ministério Público Federal, que era comandado por Janot e hoje está sob comando de Raquel Dodge.

Um grupo de parlamentares formado pelos deputados Delegado Francischini (SD-PR), João Gualberto (PSDB-BA) e Hugo Leal (PSB-RJ) e pelo senador Lasier Martins (PSD-RS) criticou as conclusões de Marun e pediu vistas do relatório, que deveria ter sido votado ontem.

A intenção é tentar apresentar um voto em separado contra o indiciamento dos procuradores. O voto, no entanto, só será apreciado se o relatório de Marun for rejeitado, o que não deve acontecer, visto que a comissão é majoritariamente governista e foi criada como forma de retaliação aos membros do MP.

Marun é um dos principais aliados do presidente e assume amanhã a Secretaria do Governo, órgão responsável pela articulação política do Planalto. Uma espécie de prêmio por serviços prestados, como sua atuação vergonhosa nesta CPMI.

Do Blog: É uma vergonha que nós brasileiros estejamos sendo governados por bandidos que desfaçaram-se de políticos ferindo a nobreza da nomenclatura desse título de cidadania. O Brasil precisa reagir contra esses corruptos que tentam nos transformar em idiotas, dizendo que as provas contra o presidente Michel Temer, presidente do Brasil, é fraca e inidônea. Como inidônea?  Eles queriam que o Joeley Batista tivesse chegado e comunicado ao presidente que iria gravar as conversas deles? Aí é óbvio que o presidente não teria falado nada que viesse lhe comprometer.

 

 

Fonte: https://exame.abril.com.br/brasil/cpmi-da-jbs-vota-o-relatorio-da-vinganca-a-janot/