Category: Política

Assembleia discute importância e valorização da Terapia Ocupacional no RN

A Assembleia Legislativa promoveu, na tarde desta terça-feira (15), uma discussão sobre a importância da atuações dos terapeutas ocupacionais em unidades de saúde no Rio Grande do Norte, assim como a necessidade de valorização dos profissionais da área. Proposta pelo deputado Hermano Morais (PMDB), o encontro mostrou números sobre a profissão no estado e propôs ações para ampliar a possibilidade de formação de novos profissionais e absorção pelo mercado de trabalho.

A terapia ocupacional é uma profissão da área da saúde que promove prevenção, tratamento e reabilitação de pessoas com alterações cognitivas, afetivas, perceptivas e psico-motoras, que podem ser decorrentes ou não de distúrbios genéticos, traumáticos ou de doenças adquiridas. A atividade de um terapeuta ocupacional é voltada para a pessoa e seu grupo social, com objetivo de ampliar o campo de ação, desempenho, autonomia e participação, considerando recursos e necessidades de acordo com o momento e lugar, estimulando condições de bem-estar e autonomia. Por meio do fazer afetivo, relacional, material e produtivo o profissional contribui com os processos de produção de vida e saúde.

Apesar da importância da atuação dos profissionais, o espaço ocupado pelos terapeutas ocupacionais nas unidades de Saúde do Rio Grande do Norte é pequeno, assim como também ocorre a formação de poucos profissionais no estado. Para Hermano Morais, é preciso que esse cenário seja alterado.

“Sabemos da importância da profissão, mas ainda vemos poucos hospitais com terapeutas ocupacionais em número suficiente em seus quadros. Além disso, é importante que se formem mais profissionais da área, o que só será possível com a abertura de novos cursos”, disse o deputado Hermano Morais.

Com diversos representantes da categoria no auditório da Assembleia Legislativa, os profissionais falaram sobre o momento atual da profissão no estado. Segundo o presidente da Associação dos Terapeutas Ocupacionais do Rio Grande do Norte (Atorn), Igor Daniel, nenhum hospital no estado, seja na esfera municipal, estadual ou federal, tem número adequado de profissionais da área nas escalas de trabalho.

De acordo com a Atorn, o hospital João Machado, em Natal, conta com somente um terapeuta ocupacional, enquanto há mais de 350 leitos na unidade. Já no Hospital Universitário Onofre Lopes, onde mais de 25 mil atendimentos são realizados mensalmente, também há somente um terapeuta ocupacional atuando.

“É um hospital onde temos grande número de pacientes que chegam com acidentes vasculares cerebrais. Não está se preocupando com o paciente após a operação. Infelizmente, não há como o terapeuta ocupacional desenvolver seu trabalho nessa situação”, criticou o representante da categoria.

Se por um lado há a falta de espaços para os profissionais atuarem, também há a queixa quanto à falta de um curso na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) voltado para formar profissionais da área. O diretor da Faculdade de Ciências da Saúde do trairi (Facisa/UFRN), Edvaldo de Carvalho Filho, concordou com a necessidade de se implantar o curso e disse que, inclusive, já há o projeto para implantação da graduação na universidade. No entanto, de acordo com ele, ainda restam trâmites burocráticos junto ao Ministério da Educação (MEC), que devem ser alvos da atuação dos parlamentares federais potiguares para que a implantação tenha andamento.

“Sabemos do trabalho do deputado Hermano Morais em contribuir com o tema, mas queremos também que os deputados federais e senadores, que têm trânsito em Brasília. É um curso extremamente importante para o estado e precisamos clamar aos nossos representantes para que atentem para a importância de implantação do curso na UFRN”, disse Edvaldo de Carvalho Filho.

Ao fim da reunião, quando diversos profissionais apresentaram dados que mostraram a necessidade de valorização da profissão, os representantes da audiência concordaram em buscar encontros com prefeituras, Estado e com a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH) para discutir a possibilidade de ampliação das vagas aos terapeutas ocupacionais. Além disso, também buscarão a implantação de novo curso em Natal.

“É uma atividade extremamente importante e podem contar com nosso apoio para a valorização dos profissionais terapeutas ocupacionais no Rio Grande do Norte”, disse Hermano.

Senadora Simone Tebet defende decisão rápida sobre candidatura do MDB

Senadora Simone Tebet
Simone Tebet: “É uma eleição atípica, onde qualquer candidato com 12% as intenções de voto já está no segundo turno com o outro candidato” (Wilson Dias/Agência Brasil)

O ex-ministro da Fazenda Henrique Meirelles reuniu-se nesta quarta-feira com a bancada do MDB no Senado para tentar vender sua candidatura ao Palácio do Planalto pela legenda, e a líder da bancada, Simone Tebet (MS), disse que é preciso ouvir outros postulantes e defendeu que a definição da candidatura seja feita no início do prazo legal, no final de julho.

Ao mesmo tempo, a líder da bancada emedebista exaltou Meirelles e fez a avaliação de que ele reúne “todas as características” para concorrer. Na saída do encontro, Simone Tebet afirmou que Meirelles demonstrou “claramente” disposição para concorrer e elogiou o fato de ele ter falado sobre outros assuntos que não a economia, área em que o ex-ministro fez carreira.

Mas a líder do MDB disse que o partido tem que escolher o nome para o Planalto no primeiro dia marcado para as convenções partidárias –dia 20 de julho. Ela defendeu candidatura própria ao Planalto.

 

Fonte: https://exame.abril.com.br/brasil/senadora-simone-tebet-defende-decisao-rapida-sobre-candidatura-do-mdb/

Hermano alerta para suspensão dos plantões nas delegacias do RN

No pronunciamento que fez durante a sessão plenária desta quarta-feira (16), o deputado Hermano Morais (MDB) chamou a atenção para o problema da segurança pública no RN. O parlamentar citou um comunicado da Associação dos Delegados da Polícia Civil (Adepol) informando sobre a suspensão dos plantões em vários municípios.

“Recebi este comunicado, que gera uma preocupação. Se a insegurança já está grande, imagine com essa suspensão dos plantões que os delegados já faziam de forma voluntária”, alertou o parlamentar.
Hermano citou que os profissionais que atuam na segurança pública do Estado estão acumulando problemas, como o déficit nos efetivos. “Têm delegados que respondem por vários municípios, pois há um grande déficit e profissionais e eles estão cansados de aguardar pelo concurso anunciado. Chegaram ao ponto em que a categoria resolve tomar essa decisão e a população fica ainda mais desassistida”, preocupa-se o deputado.

Hospitais
O deputado também reforçou convite para a audiência pública que irá acontecer na tarde desta quarta-feira, na Assembleia Legislativa, sobre o fortalecimento dos hospitais. O debate é uma proposição conjunta do seu mandato juntamente com os deputados Gustavo Fernandes (PSDB) e Márcia Maia (PSDB).

“O clima anda pesado, em locais como João Câmara e São Paulo do Potengi, onde as prefeituras estão sem condições de receber os pacientes, como propõe a Secretaria Estadual de Saúde”, afirmou Hermano. O deputado também citou que a própria gestão estadual está com déficit de recursos humanos e sem recursos para abastecimento.

Hermano Morais relatou que no caso de João Câmara, as gestantes precisam se deslocar a Macaíba, com dificuldades de transporte e de recursos. “Temos que avaliar essas medidas, não podemos deixar a população desassistida. Por isso o debate é importante para ouvir a palavra dos técnicos, gestores e servidores, mas o interesse maior é a prestação de serviços à população que depende do SUS, por não ter plano de saúde”, afirmou.

 

Assessoria

Ezequiel Ferreira solicita infraestrutura, segurança e esporte para Brejinho

O presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), solicitou ao Governo do Estado intervenções que vão reforçar a infraestrutura, a segurança e a oferta de lazer e esporte para o município de Brejinho, na região Agreste.

“São ações que não demandam grandes investimentos, mas que terão impacto significativo para a população da cidade. Reparos na delegacia, recuperação da malha viária e restauração do ginásio da cidade podem promover a melhoria na qualidade de vida da população”, destacou o parlamentar.

Para as ações, o parlamentar propôs que sejam firmados convênios com o município, de modo a dividir as responsabilidades pelas ações. As solicitações do presidente da Assembleia Legislativa podem gerar benefícios para cerca de 13 mil pessoas, população estimada da cidade.

Os requerimentos estabelecem que as ações de infraestrutura sejam para a malha viária das comunidades de Parque do Sol, Alto Paraíso e João Paulo II. O deputado justifica a escolha desses três locais como necessários para a promoção da distribuição de recursos e ações governamentais.

Já o ginásio poliesportivo da cidade e a delegacia de polícia passam por deterioração que demandam urgentes reparos para que tenham continuidade nos serviços que ofertam.

O silêncio de Carlos Eduardo pode está apontando para sair para deputado federal

Resultado de imagem para Carlos Eduardo Alves
Foto: da Internet

Depois que o ex-prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT) saiu da prefeitura houve um silêncio nunca visto por um possível pré-candidato ao governo do Estado do Rio Grande do Norte. Carlos pode está pensativo e refletindo que se perder a campanha vai amargar por mais de dois anos no esquecimento. Visto que um político sem mandato é como um rei que não tem a coroa.

Carlos Eduardo viu e assistiu bem de perto sua colega política, Wilma de Faria (in memoria), que saiu na frente das pesquisas, em 2014, para o senado, e findou perdendo para a candidata do PT. Ademais, a última pesquisa aponta sua principal adversária com quase o dobro de pontos que ele tem.

Carlos está pensativo e pode decidir sair para deputado federal que poderá ter uma cadeira acertada, já que seu fiel escudeiro, Álvaro Dias está mantendo todos os cargos indicados por ele.

Carlos Eduardo não vai trocar o certo pelo duvidoso.

Campanha de combate ao abuso infantil é lançada pela Assembleia Legislativa

O abuso infantil é motivo de 18 mil novas denúncias a cada ano no Brasil. Para combater a violência sofrida em silêncio pelas crianças – seja violência física, sexual ou psicológica – a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte lança a campanha de combate ao abuso infantil. A campanha será lançada em audiência pública na próxima sexta-feira (18), às 9h, com proposição do presidente da Casa, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB), da presidente da Frente Parlamentar da Criança e do Adolescente, deputada Márcia Maia (PSDB) e o deputado Hermano Morais (MDB).

A temática de combate ao abuso infantil tem destaque na sociedade pelos números crescentes e os traumas na vida dessas crianças. Para o presidente Ezequiel Ferreira (PSDB) é preciso debater o tema. “Ao longo dos anos a Assembleia tem se aproximado cada vez mais da população e das questões que envolvem a sociedade. Foi assim que desenhamos a campanha da adoção de crianças em 2015; de combate ao mosquito Aedes Aegypt causador da microcefalia em 2016 e a campanha da doação de órgãos em 2017. Este ano e com o aumento da abuso infantil contra a criança, abordamos o tema pra chamarmos a atenção da sociedade, conscientizar e coibir os números”, destaca o parlamentar.

A campanha fará uso de um vídeo elaborado pela agência Criola com animação gráfica em 3D, desenvolvido pela produtora Roxa com o slogan “Para algumas crianças, monstros existem”. A história traz a reflexão de abusos sofridos por duas crianças, Bia e Artur, vítimas de pessoas conhecidas pela família ou por meio de abordagens na internet de maneira virtual. A narrativa será abordada também em gibis com cenas em que as crianças, de aproximadamente 5 e 6 anos, falam sobre o tema e resolvem contar aos pais. O objetivo é que o público infantil, de maneira lúdica, aprenda a identificar atitudes que caracterizam abusos e sinta-se à vontade para falar sobre a agressão vivida.

A campanha também será veiculada em rádios no Rio Grande do Norte, alertando os pais ou responsáveis sobre a educação das crianças e a importância do diálogo. “Optamos por canais de comunicação usados por crianças e adolescentes como o gibi como material para explicar as crianças e aos pais a abordagem ao tema abuso infantil. Muitas vezes a criança prefere o silêncio e convive com abusadores que frequentam o mesmo ambiente familiar, de escola ou grupo de esporte das crianças. É preciso debater o tema e despertar atenção da sociedade. A campanha estará em ônibus e em lugares onde as vítimas frequentam como centros comerciais, shoppings e redes sociais”, argumenta a Diretora de Comunicação da Assembleia, a jornalista Marília Rocha.

O slogan “Para algumas crianças, monstros existem” também será divulgado em cartazes fixados em escolas e centros de treinamentos de esporte para crianças e adolescentes, buscando chamar a atenção não só de pais de vítimas, mas de toda a sociedade.

A visualização do enredo e desenvolvimento da campanha também poderá ser feita nas redes sociais, através do perfil @assembleiarn.

George solicita concurso para Polícia Civil e questiona número de delegacias

O deputado estadual George Soares (PR) solicitou, em pronunciamento realizado na Assembleia Legislativa na manhã desta terça-feira (15), que o Governo do Rio Grande do Norte dê continuidade ao concurso público para a Polícia Civil do Estado e a ativação do plantão da delegacia da cidade de Assu. De acordo com o deputado, uma média de 300 mil habitantes da região do Vale do Açu e região salineira do RN, não tem assistência nos fins de semana.

“A Assembleia já aprovou recursos para a realização do concurso na Polícia Civil. Precisamos dar assistência à população pois é lamentável essa situação que está a segurança pública do Estado. Gostaria também de fazer um apelo maior que é ativação do plantão da delegacia de Assu”, disse.

George Soares destacou que o Rio Grande do Norte possui apenas cinco delegacias de plantão, enquanto a Paraíba possui 43. “Nosso Estado só consta plantões em Mossoró, Caicó e outros três na Grande Natal. Hoje temos delegados acumulando entre quatro e cinco cidades”, enumerou.

Municípios do RN recebem projeto para ajudar crianças com dificuldades de relacionamento

A pré-candidata à governadora pelo Solidariedade e vereadora de Grossos, Clorisa Linhares, tem visitado os municípios potiguares para apresentar e expandir o funcionamento da de uma lei que ajuda crianças especiais com psicomotricidade relacional, com dificuldades de relacionamento.
Clorisa contou que é mãe de uma criança com o problema e as dificuldades enfrentadas a levaram a apresentar a lei, que obriga o município a instituir atividades de psicomotricidade relacional nas áreas da saúde, educação, infraestrutura e assistência social. Esse projeto já está em vigor nas cidades de Grossos, Tibau e Mossoró. Ela espera que outras mães potiguares também possam ser beneficiadas.
“Eu sou mãe de uma criança especial e sei das dificuldades que nós, mães, enfrentamos quando não tem apoio do Poder Público. Por isso estamos levando esse projeto para todos os municípios que tenham interesse em atender melhor os seus cidadãos, sejam eles mães, pais ou filhos”, contou.
Clorisa intensificou a agenda pelo interior para apresentação do projeto nos últimos dias. Somente nesta terça-feira (15),  ela visitou os município de Cruzeta, Carnaúba dos Dantas e Caicó. Amanhã ela estará em Jucurutu e Caraúbas.
“O importante é que essa lei seja uma política de Estado e não uma política de governo. E o melhor de tudo é que, por onde tenho passado apresentando o projeto, estou sendo bem recebida. Como mãe, só tenho a agradecer a todos pela receptividade e pelo apoio ao projeto”, finalizou.

CCJ aprova encaminhamento de notícia de fato para a Comissão de Finanças

Em reunião realizada na manhã desta terça-feira (15), a Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ), com base em relatório do deputado Dison Lisboa (PSD), aprovou o arquivamento da Notícia de Fato encaminhada pela Procuradoria Geral da República  sobre a prestação de contas do Governo Robinson Faria (PSD), referente ao exercício de 2016, que o Tribunal de Contas do Estado (TCE) encaminhou à Assembleia Legislativa com desaprovação por unanimidade no plenário daquela Corte.
“O ofício encaminhado  à presidência do Legislativo e remetido para análise nesta Comissão não contem nenhuma denúncia. É apenas uma notícia de fato. Não há representação por qualquer crime. Como já há matéria sobre a prestação de contas tramitamos na Comissão de Finanças e Fiscalização (CFF), vamos remeter ao presidente desta Casa para que seja anexada a matéria que tramita na CFF”, disse o deputado Dison Lisboa logo após aprovada a decisão, por unanimidade.
Ainda na reunião foram analisadas e votadas 14 matérias, entre elas cinco vetos governamentais a projetos aprovados. Dois projetos foram arquivados pela invasão de iniciativa, de acordo com votação unânime dos deputados. A matéria que autoriza o Poder Executivo a ceder a instituições financeiras públicas, créditos decorrente de royalties e participações especiais, relacionados à exploração de petróleo e gás natural e autoriza a substituição da fonte de recursos para constituição de garantia de contraprestação do fundo garantidor das parcerias  público-privadas do Rio Grande do Norte.
Participaram da reunião os deputados Dison Lisboa, Albert Dickson (PROS), Nelter Queiroz (MDB), Larissa Rosado (PSDB), José Adécio (DEM), George Soares (PR) e Márcia Maia (PSDB).

PSDB, PR e PP fazem acordo para andarem juntos na campanha de 2018

Três partidos no Estado do Rio Grande do Norte estão fazendo acordo de andarem juntos nas eleições de 2018. Sem ainda terem escolhido o nome para ser candidato ao governo, já que os nomes postos pala direita estão sendo avaliados.

O PSDB, PR e PP escolherão o nome que atenda o anseio da sociedade, do povo, e que venha retirar o Estado do caos que se encontra.

Uma coisa é certa, os candidatos majoritários serão escolhidos pelos membros dos três partidos.

Estão sendo avaliados os nomes do governador Robinson Faria (PSD), Carlos Eduardo Alves (PDT), Fábio Dantas (PSB), e por último, indicado surpreendentemente na última pesquisa Certus/FIERN, Geral Melo do PSDB.

George Soares faz Sessão Solene para homenagear profissionais da Contabilidade

O deputado estadual George Soares (PR) promoveu Sessão Solene nesta segunda-feira, 14, no Plenário da Assembleia Legislativa, para homenagear os Contabilistas e o Conselho Regional de Contabilidade que chega aos 70 anos no Rio Grande do Norte. A sessão proposta pelo parlamentar ocorreu para celebrar o Dia do Profissional da Contabilidade, registrado no dia 25 de abril.

“Além de reconhecer a importância dos contabilistas, também eu sou um Contabilista, e me orgulho de pertencer a esta categoria profissional, que tem dado uma contribuição enorme para o progresso e o desenvolvimento da sociedade brasileira”, justificou George. Ele ressaltou a importância da profissão quando, como presidente da Comissão de Finanças da Assembleia Legislativa, constatou uma falha no Orçamento do Estado.

George lembrou que foi sua a sugestão para “congelar” os repasses do Orçamento aos Poderes, hoje adotada pelo Governo do Estado. “Hoje em dia o profissional de Contabilidade é reconhecido não apenas como um prestador de serviços, que cuida das contas de seus clientes, mas sim como um verdadeiro parceiro, que orienta, aconselha e oferece uma inestimável colaboração no dia-a- dia das pessoas, das empresas e das instituições, quaisquer que elas sejam”, relatou o deputado.

O propositor da Sessão Solene entregou uma placa ao presidente do Conselho, Luzenilson Moreira da Silva, e homenageou com uma Comenda, os seguintes profissionais: Agecy, Francisco de Assis Brito, Hudson Carlos de Carvalho Alves, Ileane Dantas de Araújo, Joaquim de Siqueira Furtado Neto, José Wilson Firmino, Maurílio Alves de Melo, e Rui Cadete.

Presidente do Conselho Regional de Contabilidade, Luzenilson falou da importância da Comenda entregue a profissionais escolhidos com a colaboração do Conselho. “É uma homenagem para ser guardada no lugar mais alto da estante”, disse o contador, afirmando que a homenagem se estende aos 7 mil profissionais ativos no Conselho e aos quase 13 mil contadores de todo o Rio Grande do Norte.

“Nas pequenas empresas do interior, o profissional de Contabilidade funciona como advogado, consultor financeiro, gestor e conselheiro”, disse o presidente, que encerrou o discurso agradecendo ao deputado George Soares pela propositura da Sessão, e citando o slogan “Viver a história, uma nova visão”, como uma forma de acertar no futuro. Depois do presidente, o presidente da Associação de Peritos Contábil, José Jeová Soares falou da importância da profissão, e recitou um poema em homenagem ao Dia das Mães. O contador homenageado Hudson Carlos Carvalho também usou a tribuna para ressaltar a importância dos profissionais da Contabilidade.

Interligação entre violência e saúde mental é tema de debate na Assembleia

Em audiência pública proposta pela deputada Cristiane Dantas (PPL), o tema “Violência gerando transtorno mental” foi debatido na tarde desta segunda-feira (14), na Assembleia Legislativa. A discussão aconteceu, principalmente, em torno das graves consequências que a violência tem gerado à saúde mental e à qualidade de vida da população em geral, vítima da insegurança, como também aos agentes de Segurança Pública, constantemente expostos ao perigo no exercício da profissão.

“A relação entre violência e doença mental é direta e constitui um sério problema de Saúde Pública. Conviver numa condição de iminentes ameaças pode provocar transtornos mentais, como ansiedade, síndrome do pânico, depressão e intenção suicida”, esclareceu Cristiane Dantas.

Para a parlamentar, a questão norteadora do debate seria “o que é possível fazer para prevenir e buscar soluções eficazes no sentido de minimizar os danos da violência, estresse e ansiedade à saúde mental das pessoas”.

A representante da Associação de Psiquiatria do RN, Dra. Patrícia Cavalcanti, relatou que as consequências do crescente clima de insegurança no Estado são constantemente percebidas nos consultórios e ambulatórios.

“A população está sendo cada vez mais acometida por transtornos relacionados à sensação de vulnerabilidade causada pela violência. Essas doenças mentais, a exemplo da depressão e do transtorno de estresse pós-traumático, já atingem 10% dos potiguares. Isso acaba gerando faltas ao trabalho, afastamentos, maior uso de álcool e drogas e aumento da própria violência, devido à irritabilidade constante”, revelou a psiquiatra.

A médica abordou ainda algumas maneiras de se prevenir tais males. “Primeiro vem a prevenção à violência. É preciso melhorar a Segurança Pública, e uma das formas de se fazer isso é dando melhores condições de trabalho aos policiais. Depois vem o acolhimento às vítimas e a tentativa de evitar que elas passem por novos eventos traumáticos. Em terceiro lugar, vem o tratamento adequado e com profissional capacitado”, informou.

Segundo o Diretor Técnico do Hospital Psiquiátrico São Camilo, localizado em Mossoró, Daniel Lima Sampaio, cada vez mais pessoas vem tentando suicídio no RN. “A ponte Newton Navarro aparece direto nos noticiários, não pela sua beleza arquitetônica, mas pelos crescentes casos de tentativa de suicídio”, exemplificou o diretor.

Já Paoulla Maués, delegada e presidente da ADEPOL (Associação dos Delegados de Polícia Civil), informou que os agravos de saúde mental têm sido determinantes para os afastamentos de agentes de segurança pública no RN. “No ano passado, a polícia civil teve 375 licenças relacionadas a saúde mental, um impacto de 30% do efetivo”, esclareceu.

“O papel da ADEPOL nesta audiência é também o de voltar a atenção da população aos profissionais da Segurança e dizer que precisamos de cuidado mental e físico, porque somos nós que cuidamos de vocês o tempo todo”, argumentou a delegada.

A educadora física e idealizadora do projeto social “Mais Vida”, Leila Maia, contribuiu como defensora da atividade física para melhorar a qualidade de vida não só dos policiais, mas de toda a população.

“Se as pessoas não encontrarem uma maneira de externar o estresse através do exercício físico, será no álcool, na comida, em seus familiares. A atividade física é importante não só para a saúde corporal, mas principalmente mental e espiritual”, argumentou Leila.

A respeito do seu projeto social, Leila disse que o programa “Mais Vida” teve, em sua primeira temporada, 150 participantes. “Durante 30 dias, nós realizamos atividades físicas diversificadas, trilhas ecológicas e ações de melhoria de saúde física e mental. Havia pessoas prestes a cometer suicídio, mas que hoje estão mais equilibradas e, inclusive, ajudam outras através de projetos voluntários”.

Por fim, o psiquiatra Emerson Nunes, Diretor Médico do Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL), relatou a importância de a população ir atrás e usufruir dos serviços médicos que tem à disposição, na área da saúde mental, seja nos CAPS (Centro de Atenção Psicossocial), seja nos Postos de Saúde.

“Além de abrir portas para novos convênios e atendimentos, precisamos garantir o acesso da população aos serviços que já existem. É preciso que se busque mais ajuda. Temos que aumentar a interlocução, para que a violência não maltrate mais ainda nossa população”, concluiu Dr. Emerson.

Ezequiel Ferreira visita Passa e Fica no Agreste Potiguar

O deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), presidente da Assembleia Legislativa visitou na noite deste domingo (13), o município de Passa e Fica, no Agreste Potiguar. O deputado foi recebido pelo empresário Danilo Mandu e os vereadores Josinaldo Mandu, Diorge Almeida e Edson Cazuza, além de lideranças do município. O ex-deputado federal João Maia, a prefeita de Messias Targino, Shirley Targino, ambos do PR, os ex-prefeitos Chico de Erasmo (Serra de São Bento) e Giza Rodrigues (Lagoa D’anta), também participaram do encontro.

 

“Chegamos a Passa e Fica para colocar nosso mandato à disposição dos anseios da população. Também seremos uma voz em defesa de melhorias e ações efetivas. Apresentamos solicitações para melhorar a RN 003, que liga municípios do Agreste, a RN-269 de Passa e Fica a Serra de São Bento e a RN 093, que liga Passa e Fica a São José do Campestre. Agora vamos ajudar em outras pautas que contribuem com o desenvolvimento da região”, afirmou Ezequiel Ferreira no encontro com os vereadores e o empresário Danilo Mandu.

 

Após a reunião, o deputado também prestigiou a Festa dos 56 anos de Emancipação Política de Passa e Fica, em Praça Pública. O evento contou com a atração de Henry Freitas e Neco Lobão e Banda, a cantora Márcia Fellipe. Passa e Fica também vive a Festa de Nossa Senhora de Fátima, padroeira do município.

 

Assessoria

Ricardo Motta apresenta projeto em favor de pacientes com câncer

O deputado Ricardo Motta (PSB) apresentou Projeto de Lei na Assembleia Legislativa para que sejam fixados cartazes nos estabelecimentos de saúde que realizam atendimento médico-hospitalar, com divulgação de direitos dos pacientes com câncer. O projeto segue agora para tramitação nas comissões permanentes da Casa Legislativa.

“A despeito de inúmeros direitos assegurados aos pacientes em tratamento contra o câncer, a desinformação termina por constituir obstáculo ao acesso a esses direitos. Assim sendo, o Projeto de Lei em questão tem como objetivo proporcionar o acesso à informação tão importante às pessoas em momento tão delicado de suas vidas”, justifica Ricardo Motta.

Pelo projeto, fica obrigatória a afixação de cartaz, em estabelecimento de saúde que realize atendimento médico-hospitalar, informando sobre direitos dos pacientes com câncer. As informações determinadas são as seguintes: diagnóstico, tratamento e remédios pelo SUS, saque do FGTS, auxílio-doença, aposentadoria por invalidez, isenção de imposto de renda na aposentadoria, quitação do financiamento da casa própria, isenção de IPI na compra de veículos, atendimento judiciário prioritário, cirurgia de reconstrução mamária e saque de PIS/PASEP.

Assessoria

Ezequiel Ferreira visita Bom Jesus no Agreste e presta contas de ações do seu mandato

O deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), presidente da Assembleia Legislativa atendeu convite do prefeito Clécio Azevedo (PSDB) e foi prestigiar os 56 anos de emancipação política, de Bom Jesus, no Agreste Potiguar. O deputado federal Walter Alves (MDB) também participou da programação.

“Bom Jesus é um município importante no Estado e no Agreste. O prefeito Clécio tem feito uma gestão inovadora e nosso mandato tem sido parceiro. Conseguimos a extensão de água do distrito de Lagoa do Mel, reforço de um novo carro modelo gol para a polícia militar e uma ambulância 0Km para atender à população. Também viabilizamos junto a Emater RN a entrega de equipamentos e um veículo para a extensão rural”, enumerou Ezequiel Ferreira.

Clécio Azevedo, prefeito do município recebeu os deputados e agradeceu a parceria de Ezequiel Ferreira. “Na nossa gestão procuramos enaltecer o que Bom Jesus tem de melhor e de mais valioso, a sua cultura e história. Ezequiel tem sido um parceiro da administração em setores de saúde, segurança, infraestrutura e recursos hídricos”, frisou o prefeito de Bom Jesus.