Category: Política

Privatização dos Correios será tema de Audiência Pública na Assembleia Cai

A Assembleia Legislativa vai debater em uma Audiência Pública, proposta pelo deputado estadual Francisco do PT, a iminência da privatização dos Correios e as consequências para a sociedade brasileira.

Segundo Francisco do PT, estima-se que a venda da estatal levaria ao fechamento de 2 mil agências, aumentos nas tarifas, demissão de funcionários, entre outros problemas. “Diante de tudo isso, reiteramos a importância dos Correios para o Brasil e a urgência em barrar a sua privatização e iniciar o processo oposto: o resgate e a valorização da Empresa”, disse.

A Audiência Pública será realizada nesta sexta-feira (24), às 9h, na Assembleia Legislativa do RN. A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) é um patrimônio do Brasil. Com mais de 300 anos de existência, figura entre as estatais de maior importância em termos de prestação de serviços à população brasileira. “A ameaça de venda continua como uma constante, estando ainda mais evidente desde o início do governo Bolsonaro, que inclina-se cada vez mais para concretização deste propósito”, alertou o deputado Francisco do PT.

Além das entregas de correspondências e encomendas, os Correios desempenham um papel fundamental nos municípios do interior, onde os Bancos Postais representam a única possibilidade para a população realizar o pagamento de contas e efetuar o recebimento de pensões, aposentadorias e outros benefícios.

Assessoria

Ezequiel homenageia Bebeto do Detran na Central do Cidadão de Currais Novos

O deputado estadual Ezequiel Ferreira (PSDB) apresentou um Projeto de Lei que dá o nome de Adalberto Antônio do Nascimento (Bebeto do Detran) à Central do Cidadão de Currais Novos. A obra é uma luta antiga do parlamentar, que chegou a apresentar um requerimento neste sentido e por muito tempo defendeu a construção de uma sede própria para a Central do Cidadão no município. A construção foi iniciada em 2018, após articulação de Ezequiel junto ao Governo do Estado, e está perto de ser entregue a população.

Nascido em 28 de agosto de 1962, Bebeto do Detran, dedicou anos de sua vida profissional ao órgão. Em 2001 foi eleito vereador, sempre se dedicando aos interesses da comunidade. Em 2019 acabou falecendo a partir de complicações da diabetes.

“Partiu muito jovem, porém nos deixou um legado de bondade, fraternidade e humanidade, mostrando que a vida deve ser permeada de pequenos gestos de bondade e amorosidade. Por sua trajetória devida e dedicação ao município de Currais Novos, peço a aprovação desta singela homenagem ao propor este projeto”, disse Ezequiel Ferreira.

A Central do Cidadão de Currais Novos funcionava em um prédio alugado e de forma improvisada. A partir de uma solicitação do deputado estadual Ezequiel Ferreira, as obras de sua sede própria foram iniciadas no ano passado.

“Com uma sede própria e bem estruturada, a Central vai poder realizar um atendimento eficaz no atendimento de uma boa parte da população do Seridó e ainda desafogando as demandas nos demais municípios vizinhos”, justifica o deputado.

Ezequiel Ferreira lembra que a Central do Cidadão é um órgão de suma importância para o município, tendo em vista que oferece diversos serviços à população, por meio do Sistema Nacional de Emprego, PROCON, Banco Pag Fácil, Delegacia do Trabalho e DETRAN.

“Além de passar a ter uma melhor infraestrutura para o atendimento da população, com a construção da sede para a Central do Cidadão, o Governo vai reduzir os gastos com o pagamento de aluguel”, reforça Ezequiel Ferreira.

Assessoria

Hospital da Mulher e a Saúde do RN serão debatidos durante audiência pública em Mossoró

O funcionamento do Hospital da Mulher será debatido durante audiência pública em Mossoró nesta sexta-feira (24). Proposto pela deputada Isolda Dantas (PT) e com o tema “Hospital da Mulher em Mossoró e a Saúde Pública do Estado do RN”, o debate vai girar em torno da maior obra do Governo do Estado em construção na cidade para atender à demanda da população da região.

“Convidamos gestores de municípios e universidades, secretarias de saúde, estudantes e professores da área para fazer um amplo debate porque sabemos que é preciso pensar uma gestão que possibilite o bom funcionamento do hospital. Tenho certeza que será de grande importância para melhorar a questão da saúde em Mossoró e Região”, afirma a deputada Isolda.

A unidade hospitalar deve ofertar cerca de 118 leitos, entre eles, unidades para observação no pronto-socorro, leitos de internação e de suporte para mulheres vítimas de violência, leitos de unidade de terapia intensiva e cuidados intermediários e unidades funcionais para centro obstétrico. O hospital funcionará ainda como campo de estágio, em parceria com a Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN), para áreas de saúde e afins.

A audiência acontecerá a partir das 14h, na Câmara Municipal de Mossoró.

Assessoria

Justiça do RN condena ex-prefeita de Mossoró por se promover em publicidade institucional

Fafá Rosado foi condenada por improbidade administrativa — Foto: Divulgação 

A Justiça condenou a ex-prefeita de Mossoró Fafá Rosado por improbidade administrativa. A decisão aponta que ela promoveu a própria imagem através de propagandas institucionais pagas com dinheiro público na época em que estava no cargo. Além disso, ela também teve seus direitos políticos suspensos por três anos.

Fafá Rosado terá de pagar multa civil que corresponde a cinco vezes o valor da sua última remuneração quando era prefeita de Mossoró. Ao G1, a ex-prefeita disse que ainda não foi notificada sobre a condenação e iria entrar em contato com o advogado para saber mais detalhes.

A condenação foi resultado de uma ação civil pública do Ministério Público.

Segundo apuração feita pela 7ª Promotoria de Justiça de Mossoró, Fafá Rosado vinculava o seu nome, sua imagem e o slogan de sua gestão à publicidade do Município quando realizava divulgação de obras, programas e serviços. Segundo o MP, isso fere o princípio da impessoalidade, já que desacata orientação constitucional que indica que essa divulgação deve ter caráter exclusivamente educativo, informativo e de orientação social.

Nos autos do processo, a 7ª Promotoria apresentou reportagens publicadas na imprensa, entre as quais um encarte de um jornal de Mossoró, que aponta foto estampada da ex-prefeita na divulgação de obras e serviços.

Fafá Rosado foi prefeita de Mossoró em duas oportunidades, entre 2005 e 2008 e entre 2009 e 2012.

Mesmo com a condenação, o Ministério Público ofereceu apelação, porque entendeu que foi reconhecida a prática de dano ao erário, mas não se aplicou a sanção respectiva de ressarcimento dos prejuízos causados aos cofres públicos.

Fonte: https://g1.globo.com

Matérias em defesa da mulher predominam na pauta da Comissão de Direitos Humanos

Mais da metade das matérias constantes na pauta da reunião da Comissão de Defesa dos Direitos Humanos e Cidadania, discutidas e votadas na reunião  realizada nesta quarta-feira (22), abordavam temas relacionados com criação de mecanismos de combate da violência contra a mulher.
“Essas providências constantes nos projetos são muito importantes. Eles criam penalidades para os agressores. No entanto nós devemos nos antecipar com políticas que respeitem as mulheres, para que não se fique só na defensiva. Enquanto não se consegue alcançar esse patamar de igualdade esses projetos contribuem para a inibição da violência contra a mulher”, disse a presidente da Comissão, deputada Isolda Dantas (PT).
Um dos projetos, de autoria do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB), institui o Mecanismo de Inibição da Violência Contra a Mulher, através da multa contra o agressor.
Projeto de Resolução de autoria da deputada Cristiane Dantas cria a Procuradoria Especial da Mulher na Assembleia Legislativa. Já o projeto de iniciativa do deputado Hermano Morais (MDB) dispõe sobre  a Campanha Permanente de Combate aos Crimes de Violência Contra a Mulher e o de autoria do deputado Albert Dickson (PROS) cria a Lei Karol  Álvares, instituindo o dia 20 de janeiro das mães  que sofrem da Síndrome dos Braços Vazios, em razão da violência urbana. Todas as matérias foram aprovadas.
Participaram da reunião os deputados Isolda Dantas e Kelps Lima (SDD). Um grupo de agentes penitenciários tendo a frente a presidente do Sindicato da Categoria, Vilma Batista compareceu à reunião para pedir apoio dos deputados  para que se mobilizem no sentido de solicitar do governo os agentes concursados, que já fizeram o curso de preparação e estão na espera da nomeação pelo Governo do Estado.

 

Assessoria

Assembleia Legislativa apoia realização da Marcha para Jesus no RN

O presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira (PSDB), recebeu na manhã desta quarta-feira (22) uma comitiva formada por representantes das igrejas católica e evangélica, vereadores de Natal, representantes da Prefeitura de Natal e coordenadores da Marcha para Jesus. Marcada para o dia 3 de agosto próximo, o evento, que este ano tem “Jesus, o resgatador” como tema, pretende levar pessoas de todas as religiões para as ruas de Natal. Os deputados Coronel Azevedo (PSL) e Kleber Rodrigues (Avante), integrantes da bancada evangélica na Casa, também participaram da reunião.

“A Assembleia Legislativa apoia a realização deste evento através dos quatro deputados que compõem a bancada evangélica e da minha pessoa. Estamos abertos a ajudar no que for possível”, afirmou Ezequiel Ferreira.

A retomada do evento que passou três anos sem acontecer no Rio Grande do Norte será marcada pela união de todas as religiões. “Não queremos placas de igrejas, nem de políticos. Queremos carregar somente o nome de Jesus”, destacou a vereadora de Natal, Carla Dickson (PROS).

É ainda a primeira vez que a organização busca apoio de instituições como a Assembleia Legislativa, explica Ivanuza Ferreira, coordenadora da Marcha no RN. “As igrejas patrocinavam todos os custos, mas nosso objetivo é fazer com que a marcha aconteça com o apoio de instituições como a Assembleia e prefeitura, de empresas e também com a venda de camisetas”, disse.

A Marcha para Jesus será no dia 3 agosto com concentração a partir das 14h, em frente ao Praia Shopping e seguirá até a Praça da Árvore do Mirassol, onde será montado o palco principal. Ao longo do caminho os fiéis serão animados por diversas atrações musicais do RN e de outros estados.

A bancada evangélica na Assembleia é formada pelos deputados Albert Dickson (PROS), Alysson Bezerra (SDD), Coronel Azevedo (PSL) e Kleber Rodrigues (Avante).

Assessoria

Comissão de Educação aprova projeto que trata de benefícios da Isenção do IPVA

Aprovado pela Comissão de Educação, Ciência e tecnologia, Desenvolvimento Econômico e Social, em reunião extraordinária realizada na manhã desta quarta-feira (22), o Projeto de Lei de autoria da deputada Cristiane Dantas (SDD) que  dispõe sobre a inclusão das pessoas com deficiência física, visual, mental severa ou profunda ou autistas, nos benefícios alusivos à isenção de IPVA na aquisição de veículos automotores. O projeto agora segue para o plenário da Assembleia Legislativa para votação final.
“O Projeto aprovado hoje amplia os benefícios para pessoas que não tinham sido contempladas com a Lei que está em vigor. É uma matéria que se for aprovada em plenário vai ter um longo alcance”, disse o presidente da Comissão, deputado Hermano Morais (MDB).
A redução atual é concedida às pessoas com deficiência física, condicionada ao requisito do automóvel ser adaptado para o seu uso, porém exclui os demais portadores de deficiência.
“O nosso projeto encerrou a sua tramitação nas Comissões Permanentes e agora vai para a votação final no plenário da Assembleia Legislativa. Ele tem um grande alcance social e por isso vamos solicitar o apoio dos colegas deputados para que ele seja aprovado, ampliando os benefícios da isenção do IPVA.  Pelo Projeto busca-se a igualdade entre aqueles que possuem outras deficiências, seja física, mental ou sensorial”, justificou a deputada Cristiane Dantas.
Na reunião foram aprovadas mais seis matérias que chegaram à Comissão para os seus relatores. Participaram da reunião os deputados Hermano Morais, Cristiane Dantas e Francisco do PT.

 

Assessoria

Novas publicações do Instituto Histórico do RN são apresentadas ao presidente da Assembleia

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB), recebeu na manhã desta quarta-feira (22) visita de cortesia do presidente do Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Norte (IHGRN), Ormuz Simonetti. Dentre os assuntos abordados, o dirigente destacou as iniciativas em andamento e as novas publicações lançadas pelo IHGRN.

“O Instituto Histórico e Geográfico do RN é o guardião da memória do nosso Estado. Carrega consigo a nobre e árdua missão de preservar a história e a cultura da nossa terra e do nosso povo. Por isso, tem na Casa Legislativa um parceiro permanente no resguardo da memória potiguar”, disse Ezequiel.

Na oportunidade da visita, Ormuz Simonetti entregou ao presidente da Assembleia um exemplar da publicação ‘Institutos Históricos e Geográficos do Brasil’, trabalho considerado por ele como de suma importância da história de cada um dos institutos do País.

“Outro marco importante de registro é que, com a publicação deste livro, retomamos, para além da publicação regular da nossa revista, às publicações bibliográficas de importância para o Estado e para o Brasil”, avalia.

Além da publicação, também foram entregues exemplares da Revista do IHGRN e um encarte que registra a fundação da instituição e a atuação de seus fundadores. “Os documentos são resultado do nosso papel de promover o conhecimento, a história e a cultura, objetivos do novo Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Norte”, afirma Simonetti.

A chefe de gabinete da presidência da Assembleia, Larissa Rosado, e o historiador Augusto Maranhão também participaram da reunião.

Convênio

Por meio de convênio firmado junto ao IGHRN, a Assembleia Legislativa vem contribuindo para que a instituição possa digitalizar parte do seu acervo, que com isso poderá ser acessado por estudantes, pesquisadores e pelo público em geral.

Assessoria

Comissão de atualização da Constituição apresenta cronograma de trabalho à Mesa Diretora

A Constituição do Estado do Rio Grande do Norte será atualizada ainda este ano. Esse é o objetivo da Comissão de Atualização da Constituição, formada por servidores da Assembleia Legislativa do Estado. Nesta quarta-feira (22), os integrantes da Comissão apresentaram o cronograma de trabalho e os detalhes jurídicos da atualização ao presidente Ezequiel Ferreira (PSDB) e deputados integrantes da Mesa Diretora.

A construção política do Estado já contou com Constituições políticas, para seguir o rito das mudanças nas constituições brasileiras. “A atualização é necessária para que se estabeleçam regras atuais dos poderes em um Estado”, afirma o presidente Ezequiel Ferreira.

Conhecida como “lei estadual maior do processo legislativo estadual”, o documento segue os padrões da Constituição Federal do Brasil e estava sendo reeditada anualmente. “A reciclagem da constituição estadual é fundamental para que tenhamos uma democracia respeitada com os avanços do tempo”, destaca o procurador geral da Assembleia Legislativa, Sérgio Freire.

A proposta é que no mês de outubro seja aprovada e disponibilizada a constituição atualizada.

 

Assessoria

Comissão de Saúde visita Hemocentro do RN em busca de melhorias no atendimento

Os deputados que integram a Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte realizaram mais uma visita técnica em unidade de saúde do Estado em busca de melhorias no atendimento e de infraestrutura para a saúde pública dos Norte-rio-grandenses.

Na manhã desta terça-feira (21), o deputado Galeno Torquato (PSD) e a deputada Eudiane Macedo (PTC) estiveram no Hemocentro do RN Dalton Cunha, localizado na zona sul de Natal. Acompanhados do diretor-geral da unidade, Rodrigo Villar, os parlamentares conheceram as instalações físicas e os processos de hemoterapia e hematologia deste que é o Hemocentro Coordenador da Hemorrede Estadual, que conta com dois Hemocentros Regionais (Mossoró e Caicó), duas Unidades de Coletas (Currais Novos e Pau dos Ferros) e quatro Agências Transfusionais (Apodi, Parnamirim, Santa Cruz e Santo Antônio), completando a Hemorrede potiguar.

A Hemorrede potiguar tem uma média de 30% de doações da sua capacidade, estatística que é alterada positivamente em período de campanha, e vem perdendo doações após o fechamento do ponto de coleta fixa da zona Norte da capital e a desativação das unidades móveis de Natal e Mossoró.

Para Galeno Torquato, a necessidade de reverter os números de doações é urgente e precisa gerar condições para que as coletas sejam intensificadas. “Vamos em busca do apoio do Ministério da Saúde, acionando a bancada federal para viabilizar a aquisição de duas unidades móveis de coletas, adequações e modernizações da infraestrutura de T.I. e retomar as três reformas que estão paralisadas nas instalações do Hemocentro Coordenador”, afirmou Galeno.

De acordo com a direção da unidade, a maior dificuldade é o acesso aos locais de coleta. “Quando levamos as unidades móveis até a população, as nossas doações crescem. Não precisa ter estrutura física em todos os municípios, mas precisamos de campanha que incentivem as doações”, falou Rodrigo Villar.

A deputada Eudiane declarou que as visitas são importantes para conhecer a realidade e contribuir com as mudanças. “Com o relatório que recebemos, vamos estudar a destinação de recursos para melhorar a estrutura do Hemonorte em Natal e no interior, principalmente em relação à tecnologia da informação e às duas unidades móveis que infelizmente estão sem funcionar por falta de condições. Um serviço tão essencial e que salva vidas precisa funcionar bem”, finalizou a deputada

Formada pelos deputados Galeno Torquato (presidente), Getúlio Rêgo (vice-presidente) e Eudiane Macedo (PTC), a Comissão de Saúde busca, através destas visitas, produzir um diagnóstico da atual situação dos equipamentos de saúde pública estadual.

Comissão de Constituição baixa em diligência projeto que altera Lei do IPVA

A comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) da Assembleia Legislativa baixa em diligência o Projeto de Lei 120/2019, de autoria do deputado Allyson Bezerra (SDD) que altera a Lei Estadual 6.967, de 1966, que dispõe sobre o Imposto de Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), na reunião realizada na manhã desta terça-feira (21).
“Essa é uma matéria muito importante porque é um atrativo para que não tem condições de pagar o IPVA. No entanto, como implica em renúncia de arrecadação é preciso saber se o Estado tem condições de assumir as despesas”, disse o deputado Kleber Rodrigues (Avante) que presidiu a reunião.
A diligência solicitada pelo relator deputado Coronel Azevedo (PSL) e aprovada pelos integrantes da CCJ foi com base na falta de informações da estimativa do impacto orçamentário e financeiro.
No Projeto é acrescido o parágrafo 12 no artigo 10 da Lei a ser modificada, segundo o qual “o contribuinte que for servidor público estadual e estiver com o salário atrasado na data do vencimento do imposto será dispensado do pagamento de juros e multa”.
Na sua justificativa o autor do Projeto registra que em razão do desequilíbrio orçamentário vivido pelo Estado, tem sido comum o atraso no pagamento dos salários do funcionalismo público. Porém há obrigações tributárias impostas pelo próprio Estado que são cobradas com juros e caso de atraso, tais como o IPVA, sendo injusta a cobrança de juros ao servidor do próprio Estado, que não está a receber sua contraprestação salarial em dia.
Ainda na pauta desta terça-feira três matérias foram aprovadas, um foi considerado inadmissível e será encaminhado para arquivamento e outro foi anexado a projetos já existentes. É o que concede isenção do pagamento das taxas e custas relativas à renovação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), aos servidores públicos do Estado, dos quais seja exigida Carteira de Habilitação para o exercício das funções.
Participaram da reunião os deputados Kleber Rodrigues, George Soares (PR), Hermano Morais (MDB), Coronel Azevedo e Kelps Lima (SDD).

 

Assessoria

Preço do Gás Natural Veicular será debatido na Assembleia Legislativa nesta terça

Buscando ampliar as discussões sobre o consumo e a composição do preço do Gás Natural Veicular (GNV) no Rio Grande do Norte, a Assembleia Legislativa vai promover audiência pública nesta terça-feira (21), às 14h, para debater o tema junto a entidades ligadas ao setor.

“A discussão de preço acontece no Brasil inteiro e o RN, que é importante produtor, deve viabilizar o debate, enfrentando os desafios contidos na temática e proporcionando a participação popular”, justifica o deputado Coronel Azevedo (PSL), propositor da audiência.

O parlamentar explica que a iniciativa atende a uma reivindicação apresentada por consumidores de Gás Natural Veicular no Estado e que, por isso, “a demanda deve ser ampliada no Legislativo em busca do acesso universalizado ao tema”, conclui ele.

GNV

O gás natural empregado nos veículos automotores se configura como uma alternativa eficaz para reduzir a dependência do petróleo, além de ser uma fonte menos agressiva ao meio ambiente. A utilização desse combustível reduz em 65% a emissão de gases poluentes, sobretudo o dióxido de carbono, responsáveis pela intensificação do efeito estufa.

 

Assessoria

Semana Estadual de Adoção é tema de Audiência Pública na Assembleia Legislativa

A temática da adoção de crianças e adolescentes voltou a pauta na Assembleia Legislativa na manhã desta segunda-feira (20). Com o tema “V Semana Estadual da Adoção – Quando Nasce do Coração Tudo se Encaixa”. O evento reuniu autoridades da área, objetivando debater as questões relacionadas ao tema.

A deputada Cristiane Dantas (SDD), autora da propositura, abriu a audiência destacando o objetivo do evento que foi promover a visibilidade, esclarecer e conscientizar a sociedade sobre o tema. “Pelo quarto ano seguido estamos mais uma vez reunidos para tratar sobre a adoção. Ao ter abraçado, junto à Assembleia Legislativa, a abordagem desse tema temos como  resultado um crescimento significativo de adoções”, destacou a parlamentar.

De acordo com dados divulgados pela Vara da Infância e Juventude, hoje em Natal existem 55 crianças aptas à adoção e mais de 300 casais cadastrados, sendo a maioria dessas crianças maiores de 10 anos.

Para o juiz José Dantas de Paiva, titular da 1ª Vara da Infância e da Juventude e coordenador da Coordenadoria Estadual da Infância e Juventude (CEIJ), o que falta são os pretensos pais mudarem o perfil das crianças que estes desejam. Ele convocou a comunidade e os inscritos na Lista Nacional de Adoção, a conhecerem crianças aptas à adoção e as instituições de acolhimento, em uma visita assistida e planejada.

“Adotar é um ato de amor e é preciso não pensar só em si e sim na possibilidade dessa criança ter um lar, uma família. Quando esse pensamento for transformado, não teremos mais adolescentes sem famílias nos locais de acolhimento”, destacou o magistrado.

A promotora e coordenadora do Centro de Apoio Operacional das Promotorias da Criança e do Adolescente (CAOP), Sandra Angélica Pereira Santiago, destacou que é preciso pensar políticas públicas que protejam as mães doadoras, permitindo que essa adoção seja feita de forma consciente e segura.

“Há uma necessidade imensa de se trabalhar com essa mãe que está doando seu filho. É preciso que ela esteja assistida e que todas as normas sejam cumpridas, gerando proteção para ela e para a criança que está sendo doada da forma como manda a Lei”, convocou a promotora.

Aniolli Borges, chefe do setor de alta complexidade da Secretaria Municipal de Assistência Social de Natal, destacou a importância do fortalecimento da rede de proteção e atendimento à criança e ao adolescente, que precisa estar unida para o sucesso do processo de adoção. “A cidade possui hoje três unidades de acolhimento e é muito importante que essa rede funcione plenamente, principalmente enquanto essa criança estiver sob os cuidados do Estado”, ressaltou.

Durante a audiência, o presidente do Projeto Acalanto Natal destacou ainda a importância de se discutir pautas transversais ao se discutir o tema da adoção. “Quando falamos de adoção estamos falando de vários temas transversais. E essa semana da adoção chega como o momento de discutir esses temas de forma mais ampla, para que essa criança e esse adolescente possa ter uma proteção integral e eficiente”, convocou.

Números demonstram que no Brasil 3 em cada 4 crianças com mais de 5 anos, aptas a serem adotadas, seguem na fila de espera. O Cadastro Nacional de Adoção, do Conselho Nacional de Justiça, aponta que em janeiro último, quase 10 mil crianças estão disponíveis para a adoção.
Assessoria

Profissionais da contabilidade são homenageados na Assembleia Legislativa

A ciência da contabilidade é essencial para a organização patrimonial e tem o objetivo de avaliar cada passo da instituição em busca de um desenvolvimento organizado e saudável. Cabe ao profissional da Contabilidade a responsabilidade de assessorar o planejamento, organização, controle financeiro, avaliação dos resultados e auxilio na gestão. Ciente disso, a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte realizou Sessão Solene em homenagem aos Profissionais da Contabilidade, na manhã desta segunda-feira (20).

Para o deputado George Soares (PR), propositor da solene, “o contador hoje é visto como um grande parceiro, que aconselha, orienta e colabora com pessoas, empresas e instituições em seu dia a dia. Isso reflete o trabalho excepcional que exerce e nada mais justo que reconhecer a importância dos contadores e homenageá-los, como estamos fazendo hoje, mais uma vez e mantendo o compromisso do nosso mandato parlamentar”, afirma George.

Franklin Vasconcelos, vice-presidente de Administração e Finanças do Conselho Regional de Contabilidade do Rio Grande do Norte (CRCRN), falou sobre a necessidade de reforçar a valorização do profissional de contabilidade. “São muitas atribuições no dia a dia e somente um profissional formado em Ciências Contábeis para executá-las com maestria”, assegura Franklin.

O homenageado, técnico em contabilidade e diretor socioambiental da Academia de Ciências Contábeis do RN, Adauto José de Carvalho Filho, se sentiu honrado em representar os profissionais e ressaltou o extremo senso de responsabilidade da atividade e refletiu sobre o que seria os Estados sem a contabilidade.

O deputado Hermano Morais (MDB), o vereador Raniere Barbosa, o presidente do Sindicato dos Contabilistas no Estado do RN, Ronaldo Cruz e representantes de diversas instituições ligadas a contabilidade estiveram presentes à Sessão Solene.

Homenageados

• Adauto José De Carvalho Filho
• André Evangelista De Oliveira
• Felipe Do Nascimento Silva
• José Pereira Da Silva
• José Pinto Da Silva
• Leila Maria Gomes Bezerra
• Maria Jaqueline Câmara Tavares
• Moizés Manso De Oliveira
• Sílvio Leônidas Batista De Moura
• Túlio Augusto Cortez Do Carmo

 

Assessoria

Debate alusivo ao dia da Saúde marca lançamento da Frente Holística do RN

Buscando debater temas relacionados à Saúde que sejam de interesse da sociedade potiguar, a Assembleia Legislativa lança nesta segunda-feira (20), às 14h, a Frente Parlamentar em Defesa das Práticas Integrativas e Complementares em Saúde. A ‘Frente Holística do RN’, como também será chamada, surge por iniciativa do deputado Ubaldo Fernandes (PTC), em associação com os parlamentares Dr. Bernardo (Avante) e Vivaldo Costa (PSD).

“A Frente será responsável por acompanhar, sugerir e analisar proposições e programas que disciplinem todos os assuntos referentes à inclusão das Terapias Integrativas no Estado”, justifica Ubaldo em documento apresentado à Mesa Diretora da Casa.

Caberá também à Frente Holística, dentre outras ações, realizar eventos com o objetivo de debater as terapias interativas e sua importância para a área da Saúde; articular e integrar as iniciativas e atividades da Frente Parlamentar com as ações de Governo e das entidades da sociedade civil de defesa das terapias integrativas; estimular e divulgar as pesquisas acadêmicas e científicas referentes às terapias integrativas sob a visão de novos paradigmas.

A medicina holística é aquela que visa a reeducação e o reequilíbrio do corpo como um todo, o que implica um conjunto de exercícios e até dietas, proporcionando o equilíbrio natural dos sistemas cardiovascular, respiratório, osteoarticular, nervoso e digestório, além do estado mental, emocional e espiritual – sem recorrer a cirurgias, medicamentos e outros métodos invasivos. Em geral, a técnica é indicada para prevenção e tratamento de desordens ocupacionais, ortopédicas, reumáticas ou posturais.

Na ocasião do lançamento da Frente Holística do RN, nesta segunda-feira, acontece também uma audiência pública alusiva ao Dia Mundial da Saúde, comemorado em 7 de abril.

 

Assessoria