Category: Política

Ezequiel requer ações nas áreas de Estradas, Educação e Segurança para Parnamirim

Crédito da Foto: João Gilberto

Ações efetivas nas áreas de Infraestrutura Rodoviária, Segurança e Educação estão contidas em requerimentos encaminhados ao Executivo Estadual pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB). Os pleitos buscam benefícios para o município de Parnamirim, na região metropolitana de Natal, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida de uma população superior a 254 mil habitantes. Dentre as solicitações, consta a execução de uma operação tapa buracos na avenida Maria Lacerda.

“A avenida Maria Lacerda é uma via de fundamental importância para o deslocamento da população de Parnamirim, principalmente no sentido de Natal. A via contém alguns trechos em más condições, o que configura um iminente risco de acidentes para motoristas e pedestres. É preciso que sejam tomadas as medidas cabíveis, com a máxima brevidade, visando um bom e correto fluxo do tráfego”, justifica Ezequiel Ferreira.

Também no setor de Estrada, Ezequiel solicitou do Executivo a sinalização, recuperação e construção de acostamento na rodovia RN-313, na localidade de Pium, em Parnamirim. A estrada, segundo o parlamentar, necessita de reparos imediatos em razão das crateras na via.

Na área da Segurança, Ezequiel Ferreira solicitou a implantação do Projeto Ronda Cidadã em Parnamirim. O Projeto trabalha a questão do policiamento em duas frentes: a reativa e a proativa. “Os bairros de Parnamirim estão vulneráveis quanto à segurança pública. A população reivindica a implantação desse Programa no município”, justifica o deputado.

A reforma das escolas da rede estadual, Apolinário Barbosa e Antônio Basílio, além da revitalização do telhado da escola Maria Araújo, também foram solicitações de Ezequiel ao Governo do Estado no setor de Educação. Os pleitos buscam assegurar um melhor ambiente escolar, beneficiando estudantes e professores de Parnamirim.

Vivaldo Costa sugere entrega gratuita de alevinos para proprietários de açudes

Com o objetivo de contribuir com a agricultura familiar e a geração de renda, o deputado Vivaldo Costa (PSD) sugeriu, durante sessão ordinária na Assembleia Legislativa, nesta quinta-feira (26), a entrega de alevinos para proprietários de açudes. O parlamentar pediu providências do Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural do RN (Emater).

“Após oito anos de seca, as chuvas do mês de abril encheram os açudes do Estado. Estamos dentro de um quadro de inverno regular, onde os açudes têm água, mas estão sem peixes. Diante dessa realidade, faço um apelo ao Governo para produção e distribuição de alevinos”, disse Vivaldo, lembrando que essa foi uma das ações de seu mandato quando foi governador do Rio Grande do Norte.

De acordo com a sugestão do parlamentar, a distribuição de alevinos pode ser gratuita ou a preço simbólico. Vivaldo Costa comemorou o período chuvoso e chamou a atenção também para a paisagem que, com a chuva, começou a crescer e alimentar o rebanho, além das fruteiras que estão em destaque após serem dizimadas pela seca.

Alevinos 

São peixes que acabaram de deixar a fase de larva, exatamente quando começam a se alimentar no ambiente externo.

Comissão de Educação pede esclarecimentos sobre municipalização de escolas

Crédito das Fotos: Eduardo Maia

Os deputados que foram à Comissão de Educação, Ciências e Tecnologia, Desenvolvimento Econômico e Social vão oficializar pedido para esclarecimento de informações em relação ao processo de municipalização de três escolas do Alto Oeste Potiguar. Os termos que levaram à publicação dos decretos que transferem as matrículas dos alunos de duas escolas estaduais em São Miguel e outra em Doutor Severiano para as respectivas Redes Municipais de Educação, foram debatidos em reunião realizada na manhã desta quinta-feira (26), na Assembleia Legislativa.

“Precisamos saber quais os estudos que foram feitos para que o Estado autorizasse essa transferência”, questionou o propositor da reunião, deputado Fernando Mineiro (PT) . O parlamentar já havia feito esse questionamento em plenário, por isso reuniu representantes do Sindicato dos Trabalhadores em Educação, Secretaria Estadual de Educação, Procuradoria Geral do Estado e servidores do estado no município de São Miguel.

“Essa notícia foi uma grande e terrível surpresa para todos nós. Pedidos similares já haviam sido solicitados em anos anteriores, mas sempre foram negados pela Secretaria de Educação”, disse a professora da Escola Estadual Padre Cosme, localizada em São Miguel, Rita de Cássia. “Não há motivos para essa transferência. Nossa escola foi a que mais conseguiu medalhas no Rio Grande do Norte na Olimpíada Nacional de Matemática, aumentou o número de matrículas e é muito bem avaliada no Ideb”, finalizou ainda emocionada.

A secretária adjunta de Educação do RN, Mônica Guimarães, explicou que a transferência seguiu o trâmite padrão. “Foram gerados três processos distintos. Depois ofícios foram encaminhados ao Gabinete Civil, eles foram analisados e depois publicados os decretos”, pontuou. Sustentando a fala da secretária, o procurador Maurício de Oliveira frisou que os decretos atendem aos princípios legais.

O deputado Raimundo Fernandes (PSDB) questionou o ato que vai “entregar” servidores e uma estrutura do Estado ao município. “Como ele entrega 70 servidores quando a gente vive ouvindo que os atuais são poucos? Como ele vai entregar mil alunos quando todos sabem que o Estado precisa de dinheiro? É preciso calma e prudência nos processos”, questionou.

MAIS
Três decretos que transferem as matrículas dos alunos de duas escolas estaduais em São Miguel e outra em Doutor Severiano para as respectivas Redes Municipais de Educação foram publicados no Diário Oficial do Estado. Os decretos autorizam a Secretaria Estadual de Educação a ceder aos municípios o uso de bens móveis e equipamentos do seu patrimônio que se destinem à prestação de serviços educacionais. Além disso, permitem a transferência dos servidores estaduais e a cessão via convênio dos imóveis onde funcionam as respectivas escolas.

Jacó faz alerta sobre acidentes de trabalho e importância do Abril Verde

Crédito das Fotos: João Gilberto

A necessidade de prevenção e combate aos acidentes e doenças no local de trabalho foram o destaque no pronunciamento do deputado Jacó Jácome (PSD) durante a sessão plenária desta quinta-feira (26). O deputado é autor da lei que institui o “Abril Verde”, no Rio Grande do Norte, para a realização de ações de prevenção.

“O Brasil tem um alto índice de acidentes e doenças no local de trabalho. O Abril Verde é importante para reforçar o caráter de prevenção e de combate. Precisamos dizer ao trabalhador e às empresas que, para certos trabalhos, existem os equipamentos corretos. Muitas empresas não fornecem e, por sua vez, o trabalhador não sabe nem que tem o direito de usá-los, aí cria-se uma cadeia onde muitas pessoas são prejudicadas no Brasil”, afirmou.

Jacó Jácome fez um alerta sobre as consequências dos acidentes para a economia e também para as famílias do trabalhador. “Esses acidentes geram uma cadeia improdutiva, desemprego e são um problema muito sério no Brasil. Muitas vezes o trabalhador é o sustentador de toda uma família e numa hora dessas se vê num leito de hospital, com dificuldades para si e sua família”, preocupa-se o parlamentar.

O deputado ressaltou o movimento nacional do Abril Verde, que está se ampliando em vários Estados, como uma ação importante para conscientizar trabalhadores e empregados.

Ezequiel requer do governo do Estado recuperação da sinalização na Via Costeira

Crédito da Foto: João Gilberto

Preocupado com o número de acidentes registrados na RN-304, mais conhecida como Via Costeira, o deputado e presidente da Assembleia Legislativa Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB) encaminhou requerimento ao governador Robinson Faria (PSB) solicitando a renovação de sinalização vertical e horizontal e a reativação dos radares naquela via.

“Sem dúvida, a Via Costeira é uma das vias mais importantes da Capital, fazendo a ligação entre as zonas Sul e Leste de Natal. Contudo, a rodovia está há meses sem os radares de fiscalização e o DEETRAN-RN está há seis anos sem equipamentos para monitorar a velocidade dos veículos que por ali trafegam. Só este ano foram registrados 29 acidentes na Via, resultando em duas mortes e 13 pessoas feridas”, justifica o deputado Ezequiel.

O deputado registrou ainda que a rodovia está com parte considerável de sua sinalização prejudicada, deteriorada pela maresia, contribuindo para a ocorrência de acidentes. Ezequiel lembra na sua propositura que em 2015 ocorreram 66 acidentes com 27 pessoas feridas. De acordo com a Companhia de Polícia Rodoviária Estadual (CPRE), responsável por atender as ocorrências na Via, os motivos que levam ao aumento do número de acidentes são, principalmente, o desconhecimento dos que trafegam a respeito do caminho sinuoso e a imprudência dos condutores que sabem que os radares de velocidade não estão funcionando e por isso ultrapassam o limite de velocidade.

Gustavo Carvalho pede regularização de escala de professores no interior

Crédito das Fotos: João Gilberto

A fim de solucionar o problema da falta de aulas na Escola Estadual João Soares de Souza, localizada no município de Venha Ver, Oeste Potiguar, o deputado Gustavo Carvalho (PSDB) solicitou medidas para ajustar a escala de professores da referida instituição de ensino.

De acordo com o parlamentar, a escola vem enfrentando diversos problemas relacionados à falta de docentes. “Desde o início do ano letivo que os alunos estão sem aula nas disciplinas de português, inglês, espanhol, artes e química”, elenca Gustavo Carvalho.

A instituição escolar, que conta com aproximadamente 150 estudantes de ensino médio, atende tanto a zona urbana quanto a rural. “Essa escola pública é a única da região que oferece ensino médio. Portanto, essa situação precisa ser solucionada urgentemente”, explica o parlamentar.

O documento será encaminhado ao Governo do Estado através da Secretaria de Estado da Educação e da Cultura (SEEC).

Mineiro descreve relatório do TCE sobre prestação de contas do governo Robinson

Crédito da Foto: João Gilberto

O deputado estadual Fernando Mineiro (PT), detalhou nesta quarta-feira (25) relatório do Tribunal de Contas do Estado (TCE-RN) que aponta 14 irregularidades cometidas pelo governo Robinson Faria e ainda estabeleceu 21 recomendações para ajustes na prestação de contas do Poder Executivo no ano de 2016.

“Faço esta leitura do relatório que inclusive anexei no meu site para que as pessoas possam ter acesso e verificar os vários crimes de responsabilidade fiscal cometidos pelo governo Robinson Faria.  Parte da mídia tenta escamotear as informações contidas no relatório do TCE. Falam somente em problemas de suplementação. Quando este é apenas uma das 14 irregularidades apontadas pelo TCE”, esclareceu Mineiro.

O deputado petista leu os 14 itens apontados pelo TCE que apontaram para a reprovação das contas do governo estadual e que serão analisadas pela Assembleia Legislativa, cuja relatoria ficou a cargo do deputado estadual José Dias (PSDB).

Mineiro leu em plenário que o relatório aponta que Poder Executivo Estadual utilizou fontes de recursos cuja existência não foi comprovada, na função Previdência Social, foi constatado que o IPERN não realizou a reavaliação atuarial no exercício de 2016, deixando dessa forma de mensurar o equilíbrio financeiro e atuarial do Regime Próprio de Previdência Social do Estado do Rio Grande do Norte, não houve o registro na contabilidade das Provisões Matemáticas, no demonstrativo de apuração da Dívida Consolidada Previdenciária, o Estado apresentou o valor do passivo atuarial zerado e também não atualizou as demais dívidas, a projeção atuarial das receitas e despesas previdenciárias apresentada na LDO pelo Instituto de Previdência dos Servidores do Estado do Rio Grande do Norte refere-se ao Fundo Financeiro do ano de 2013, época em que existia a segregação da massa e a existência de dois fundos, no exercício em análise foram verificados lançamentos na Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico, no total de R$ 67.840.739,06 relativos a pagamentos de despesas com o PROADI e realizados por meio de ofícios, sem autorização orçamentária, os Poderes e Órgãos Estaduais do RN iniciaram o exercício de 2016 com o valor de R$ 561.931.684,44 de dívidas a título de restos a pagar e, ao final desse exercício, 2016, computando o saldo pendente de pagamento (a pagar) mais as despesas inscritas em 31 de dezembro de 2016, passaram para o exercício de 2017 o montante de R$ 1.014.275.977,08 de despesas inscritas em Restos a Pagar; entre outros.

Ao final do pronunciamento o deputado Fernando Mineiro disse que na sessão desta quinta-feira (26) voltaria ao tema, desta vez para ler as 21 recomendações estabelecidas pelo Tribunal de Contas do Estado ao Governo Robinson.

Comissão faz distribuição de matérias sobre prestações de contas do Governo

A Comissão de Finanças e Fiscalização (CFF) em reunião realizada na manhã desta quarta-feira (25) fez a distribuição das matérias relativas às prestações de contas do Governo do Estado, referentes aos exercícios de 2013, na administração da ex- governadora Rosalba Ciarline (PP) e 215 e 2016, nas administrações do atual governador Robinson Faria (PSD).

Os relatórios encaminhados pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) aprovou com ressalvas as contas referentes a 2013 e 2015 e reprovou por unanimidade do plenário daquela Côrte.

“Essas são matérias que estão sendo cobradas pela sociedade. Essa  é uma decisão que precisava ser tomada  e fizemos a escolha dos relatores com celeridade. Os relatores vão fazer a sua análise, nós vamos discutir e votar aqui na Comissão. Depois as matérias seguirão para o Plenário da Assembleia Legislativa, onde haverá a votação final”, disse o deputado Tomba Farias (PSDB), presidente da CFF.

A matéria referente à prestação de contas de 2013 ficou sob a relatoria do deputado Getúlio Rêgo (DEM). A de 2015 foi distribuída para o deputado Galeno Torquato (PSD) e a de 2016 vai ser relatada pelo deputado José Dias (PSDB). Os três relatores  vão entregar os seus relatórios na próxima  quarta-feira (2) para a discussão e votação no plenário da Comissão de Finanças e Fiscalização.

Ainda na reunião foi distribuído o Projeto de Lei 051/2018, que altera a Lei Estadual 6.972 de 1997 que instituiu  o Sistema Estadual de Defesa do Consumidor (SEDC), que vai ser relatado pelo deputado Mineiro Lula (PT).

Assessoria

Vivaldo comemora chuvas no RN e cobra políticas públicas para homem do campo

As chuvas que estão caindo em grande parte das cidades do interior do Rio Grande do Norte deram o tom do pronunciamento do deputado estadual Vivaldo Costa (PSD). Na manhã desta quarta-feira (25), o parlamentar comemorou o fenômeno, citou os benefícios para a população que convive com a situação de seca há mais de seis anos e aproveitou para cobrar a implementação de políticas públicas que ajudem o homem do campo.

“O mês de abril marcou, não só o RN, como o Nordeste todo, com um inverno promissor que está fazendo desaparecer o aspecto de seca e sofrimento. Volto hoje para comemorar as chuvas e a generosidade do mês de abril, mas é preciso que os governantes entendam que houve um forte processo de empobrecimento do homem do campo e eles precisam de um olhar diferenciado e políticas públicas que salvem o sertanejo do fracasso”, destacou.

Vivaldo Costa relembrou os diversos pronunciamentos que fez pedindo proteção divina para o povo sertanejo e destacou o momento de agradecer. “Mas agora temos que fazer nossa parte. Esse inverno que chegou atrasado, salva de imediato, mas o sertanejo está pobre e endividado”, disse.

Em aparte, o deputado Tomba Faria (PSDB) falou da alegria que toma o povo no interior do estado. “Esse é só o começo. Nos meses de maio e junho vai ter muita chuva, é o que esperamos”, afirmou.

O deputado ainda chamou atenção para a necessidade de restaurar a parede da Barragem Passagem das Traíras, um dos mais importantes reservatórios do Rio Grande do Norte. “A barragem foi construída no período em que assumi o Governo do RN ratificando um sonho de 100 anos realizado em 100 dias. Agora, passados 20 anos, não foi feita nenhum reparou ou manutenção”, criticou.

 

Assessoria

Audiência em Santana do Seridó vai debater dignidade da mulher e prevenção da violência doméstica

Os temas que envolvem as políticas públicas de proteção à mulher são pautas constantes da bancada feminina da Assembleia Legislativa. Nesse sentido, a deputada Cristiane Dantas (PPL) irá promover audiência pública na próxima sexta-feira (27) para discutir a temática “A dignidade da mulher e a prevenção da violência doméstica”. O debate acontece a partir das 14h, na Câmara Municipal de Santana do Seridó.

“A proposição dessa audiência pública se dá pelo fato do município de Santana do Seridó apresentar índices preocupantes no que se refere a violência doméstica contra a mulher”, justifica Cristiane Dantas.

O debate na cidade seridoense ocorre em parceria com a Câmara Municipal local e será direcionada à população em geral, profissionais das áreas jurídicas, de saúde, assistência social e segurança pública com atuação na cidade, buscando facilitar e promover o tratamento e o acolhimento adequado às vítimas de violência doméstica.

De acordo com dados do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJ), o RN contabiliza 15 mil processos judiciais relacionados à crimes contra a mulher e é o quinto estado do Brasil em casos de violência doméstica. Os maiores índices são registrados nos municípios de Natal, Mossoró e Parnamirim, que atualmente somam 600 casos.

Para Márcia Maia, mudança nos perfis dos hospitais prejudica a população

A mudança que vem sendo feita pelo Governo do Estado nos perfis dos hospitais regionais foi tema do pronunciamento da deputada Márcia Maia (PSDB) na sessão plenária desta terça (24). A parlamentar afirmou que o novo modelo de funcionamento vem prejudicando a população de alguns municípios, como é o caso de João Câmara.

“Estive em João Câmara semana passada e o hospital, que atende não somente a população local, mas a outras cidades do Mato Grande, estava lotado. O hospital é uma das sete unidades que estão dentro do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC). Conversei com os servidores, médicos, com a própria diretoria e a proposta da Secretaria de Saúde não é viável”, criticou a parlamentar.

Márcia Maia afirmou que a proposta do governo é que a unidade tenha os serviços municipalizados para que os atendimentos de urgência e emergência sejam de responsabilidade municipal. “O hospital passaria a ser gerido pela prefeitura e o Estado repassaria em torno de R$ 400 mil, que não dá pra manter um hospital daquele porte”, disse Márcia Maia.

A deputada afirmou que a situação das mulheres em situação de parto está cada vez mais complicada, porque depois das mudanças, elas somente são atendidas na unidade de saúde quando já estão prestes a parir. “Esse foi o relato que ouvi, então é preciso rever essa mudança no modelo de funcionamento do hospital. Quero me colocar à disposição para os servidores que estão revoltados com essa situação de instabilidade por que passa o hospital”, afirmou.

Segurança
Outro tema do pronunciamento da deputada foi a segurança pública. Márcia Maia citou as estatísticas que apontam a morte de 11 policiais no Estado, em menos de quatro meses. “A população está extremamente insegura com essa onda de violência”, disse.

A parlamentar defendeu um reforço nas políticas de repressão e de prevenção para conter a onda de violência que toma conta de Natal, da Região Metropolitana e de todo o RN.

 

Assessoria

Kelps destaca representação que propõe impedir antecipação de receitas ao Governo

O deputado Kelps Lima (Solidariedade) destacou nesta terça-feira (24), em pronunciamento na Assembleia Legislativa, a representação que apresentou ao Tribunal de Contas do Estado (TCE) para impedir que o Governo do Estado faça operação de Antecipação de Receitas Orçamentárias (ARO). O parlamentar explica que a medida se dá em razão do Projeto de Lei enviado pelo Executivo Estadual à Casa para autorizar a antecipação de royalties e participações especiais, decorrentes da exploração de petróleo e gás natural, até 31 de dezembro de 2019.

“Essa operação é ilegal, contrária ao que prevê a Lei de Responsabilidade Fiscal, que proíbe aos gestores públicos a antecipação de receitas no último ano da administração, justamente para que não inviabilize a gestão posterior”, argumenta Kelps.

O deputado fez críticas à administração do governador Robinson Faria (PSD) e lembrou a reprovação das contas do Governo do Estado pelo Tribunal de Contas, o que taxou como fruto da “irresponsabilidade fiscal da administração estadual”.

Na oportunidade, Kelps Lima disse que encaminhará cópia da representação à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia com apelo para que o projeto de autoria do Executivo Estadual seja arquivado. “É importante dizer que essa ação não é contra o governador, mas em proteção ao Estado contra uma gestão irresponsável”, concluiu o parlamentar.

 

Asessoria

CCJ quer mais informações sobre projeto que trata de redução da alíquota do ITCD

Das 13 matérias analisadas, discutidas e votadas pelos deputados da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ), na reunião desta terça-feira (24), a mais importante foi baixada em diligência pelo relator, deputado Dison Lisboa (PSD). É o Projeto de Lei 50/2018, de autoria do Executivo, que estabelece redução da alíquota do Imposto sobre Transmissão Causa Mortis e Doação de Quaisquer Bens e Direitos (ITCD).
“Esse projeto de desconto alguns estados já fizeram. No entanto a matéria veio sem informações sobre como será a compensação, já que haverá renuncia de receita. Estão faltando as informações sobre os impactos financeiros que precisam estar de acordo com a Lei de Responsabilidade Fiscal. Por isso baixamos a matérias em diligência solicitando as informações ao governo do Estado”, afirma o deputado Dison.
Outras três matérias foram baixadas em diligência. Duas relatadas pela deputada Márcia Maia (PSDB) e uma pela deputada Larissa Rosado (PSDB). Dez matérias foram aprovadas pelo plenário da Comissão.
Ao final da reunião o presidente da CCJ, deputado Dison Lisboa fez um balanço dos trabalhos da Comissão que em quatro reuniões 60 matérias foram discutidas e votadas, numa médica de 15 projetos por reunião.
Dison informou que vai convocar uma reunião extraordinária na próxima quarta-feira (2) para a discussão dos vetos do governo do Estado aprovados pelo Legislativo.
Participaram da reunião os deputados Márcia Maia, Dison Lisboa, Nélter Queiroz (MDB), José Adécio (DEM) e Larissa Rosado.

Larissa Rosado defende melhores condições para gestantes e portadores de hepatite no RN

Crédito da Foto: João Gilberto

Como forma de beneficiar os mais de 9 mil habitantes do município de Marcelino Vieira, no Alto Oeste Potiguar, bem como de cidades vizinhas, a deputada Larissa Rosado (PSDB) solicitou a viabilização de atendimento às parturientes da região. Ainda na área da Saúde, a parlamentar requereu providências para análise da publicação do Comitê Técnico Estadual de Hepatites Virais do Rio Grande do Norte.

“O município de Marcelino Vieira não dispõe de um local especializado para atender as gestantes, pois seu antigo Hospital Maternidade está fechado há mais de vinte anos. Com isso, é necessário que as parturientes se desloquem para Pau dos Ferros ou Alexandria, distantes aproximadamente 25 quilômetros, colocando em risco a saúde das mães e dos bebês”, justifica Larissa.

Já com relação à agilidade na análise do documento do Comitê Técnico Estadual de Hepatites Virais, a parlamentar esclarece que “nos últimos cinco anos, o RN apresentou um aumento significativo nos casos de hepatite, tendo sido diagnosticados 2.251 casos da doença, todos pertencentes ao grupo viral”.

Larissa diz ainda que os pacientes internados em Natal e Mossoró não dispõem de acesso a novos tratamentos, que poderiam ser mais rápidos e eficazes. “Para que as novas metodologias de tratamento sejam acessíveis à população, é necessário que todos os estados da federação tenham seus comitês constituídos”, alega.

A deputada conclui, dizendo que que a medida solicitada por ela “é o primeiro passo para que a instituição possa ganhar corpo e desempenhar suas funções, beneficiando os portadoras da doença em nosso Estado”.

Nelter Queiroz, o deputado que mais vem perdendo apoios no Seridó

Deputado estadual Nelter Queiroz (Foto: Divulgação/Assembleia)

O deputado que sempre ganhava as eleições tranquilas na região Seridó e Vale do Assú, deve estar perdendo o sono. Além da queda da sua popularidade, consequência da péssima e histórica administração do seu filho na cidade de Jucurutu, Nelter Queiroz está cada vez mais sendo abanado pelas lideranças no Seridó e no Estado. É o que escreve a blogueira Emanuella Galvão.

Depois de perder o apoio do médico e vereador caicoense, Júlio Gregório (MDB); o empresário Barra de Isaias e família que sempre votaram em Nelter Queiroz, também fecharam apoio com a pré-candidatura do delegado Adjunto Neto, filho do atual prefeito de Natal, Álvaro Dias.

“O parlamentar que já foi conhecido como todo-poderoso, está com dificuldade de votos na sua cidade natal, na Região Seridó e Vale do Assú. Será que é o fim de carreira do deputado?”, perguntou Emanuella Galvão no seu arremate final.

Fonte: http://blogafonte.com.br/2018/04/23/nelter-queiroz-o-deputado-que-mais-vem-perdendo-apoios-no-serido/