Category: Policial

Suspeito de tentar matar ex-companheira com caco de vidro é preso na Grande Natal

Homem de 31 anos é preso pela Polícia Civil por tentar matar ex-companheira com pedaço de vidro. — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Policiais civis um homem de 31 anos, na manhã desta terça-feira (10), suspeito de ter tentado matar a ex-companheira com um caco de vidro – crime que aconteceu no dia 3 de março. A prisão aconteceu no bairro Moinho dos Ventos, na cidade de Extremoz, na região metropolitana de Natal.

Agentes da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM) da Zona Sul e da Delegacia Municipal de Extremoz cumpriram um mandado de prisão preventiva expedido pela 1a. Vara Criminal da Natal, município onde o crime aconteceu.

O homem é suspeito de ter tentado matar a companheira, de 24 anos, usando um pedaço de vidro e uma faca. De acordo com as investigações, ele não aceitava o fim do relacionamento.

Na noite do dia 3, ainda segundo a polícia, ele atacou a vítima no rosto, no peito e nas costas. A mãe da vítima, que estava no local, socorreu a mulher e chegou a receber ameaças do suspeito.

“Ele estava atrás de uma porta e furou ela com um pedaço de vidro. Eu socorri ela na calçada, já toda cheia de sangue e com a orelha toda decepada. Minha filha também está com o olho roxo de uma outra agressão. Ele batia nela demais e me jurou de morte quando tava fugindo”, contou a mãe da vítima após o crime.

Desde as agressões o suspeito estava foragido.

Fonte: Homem de 31 anos é preso pela Polícia Civil por tentar matar ex-companheira com pedaço de vidro. — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Suspeito de atropelar e matar pedreiro após discussão no trânsito se apresenta à polícia em Natal e é preso

Carro do promotor de eventos que atropelou Cícero. — Foto: Ayrton Freire/Inter TV Cabugi

O promotor de eventos Bruno Luís Duarte da Costa Pereira, de 34 anos, suspeito de ter atropelado e matado o pedreiro Cícero dos Santos, de 53 anos, foi preso na manhã desta terça-feira (10). Ele compareceu à sede da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) três dias após o crime.

A defesa do promotor de eventos alegou que ele não teve a intenção de matar o pedreiro. Segundo a polícia, Bruno Pereira disse durante interrogatório que o motociclista derrapou e por isso a colisão teria acontecido. O pedreiro Cícero foi perseguido, atropelado e morto após uma discussão no trânsito, neste sábado (7).

“Para a polícia houve um homicídio doloso [quando há intenção de matar]. As imagens aparentam que ele jogou o carro propositalmente na direção da vítima. Ele foi interrogado e após isso ele se emocionou um pouco e se mostrou arrependido. O carro será apreendido e ficará sob o poder judiciário”, afirmou o delegado Ernani Júnior, que está a frente das investigações.

A vítima foi atropelada após uma discussão de trânsito com o motorista, que estava dirigindo um carro branco. Cícero dos Santos deixou cinco filhos. O vídeo acima o momento em que o motociclista entra em uma rua após a confusão e é violentamente atropelado pelo carro, que acelera na direção da vítima. Cícero cai da moto e chega a ser socorrido ao Hospital Walfredo Gurgel pelos moradores da região, mas não resiste e morre ao chegar na unidade.

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/

Após discussão no trânsito, motorista persegue, atropela e mata motociclista em Natal

Veja o vídeo…

O pedreiro Cícero dos Santos, de 53 anos, morreu depois de ter sido atingido por um carro, na tarde de sábado (7). Ele foi atropelado após uma discussão de trânsito com um motorista no bairro de Neópolis, Zona Sul de Natal.

Minutos antes do crime, imagens de câmeras de segurança mostram uma discussão motivada por uma leve batida de Cícero na traseira do carro branco. Em seguida, a vítima sobe na moto e vai embora.

O vídeo acima mostra o momento em que o motociclista entra em uma rua após a confusão e é violentamente atropelado pelo carro, que acelera na direção da vítima. Cícero cai da moto e chega a ser socorrido ao Hospital Walfredo Gurgel pelos moradores da região, mas não resiste e morre ao chegar na unidade.

“Era uma pessoa trabalhadora, que ajudava todo mundo. A gente fica com o coração apertado. Era uma coisa simples, era para o motorista ter conversado e resolvido com Cícero, mas ele foi para matar mesmo. Nós queremos justiça.”, diz Edionaldo Silva, que era servente e amigo do pedreiro.

Cícero dos Santos deixa cinco filhos. Ele será sepultado na cidade de Senador Georgino Avelino, distante 50 quilômetros de Natal. A polícia investiga o caso para identificar e prender o motorista.

G1RN

Taxista é morto a tiros na Grande Natal

Um motorista de táxi foi morto a tiros, durante a noite de sábado (7) no centro do município de Macaíba, na região metropolitana de Natal. Segundo a PM, o criminoso teria chegado ao local sobre uma motocicleta e fugiu em seguida.

A vítima foi identificada como Robson Alexandre do Nascimento, de 38 anos. Segundo a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), ele realizou uma corrida de táxi para um casal, quando foi abordado por alguém em uma moto, que efetuou vários disparos de arma de fogo.

O crime aconteceu na rua Areia Branca e a vítima morreu ainda dentro do veículo modelo Siena registrado como táxi no município de Macaíba.

A PM isolou o local do crime até a chegada da Polícia Civil e do Instituto Técnico-Científico de Perícia, para o início das investigações.

A motivação do crime ainda não foi esclarecida e nenhum suspeito preso.

Homem é morto a tiros enquanto bebia na calçada da oficina em que trabalhava em Natal

Um homem foi morto enquanto bebia na calçada da oficina de ventiladores em que trabalhava e da qual era proprietário no bairro Felipe Camarão, Zona Oeste de Natal. O crime aconteceu nesta sexta-feira (6), na esquina entre as ruas Santa Cristina e Santa Verônica.

O assassino se aproximou a pé e atirou contra a vítima. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ainda foi acionado para socorrer o homem, mas ele não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

G1RN

Justiça manda soltar 46 policiais presos durante motim no Ceará

Policiais foram presos no Ceará por abandono de trabalho — Foto: Kid Junior/SVM
Policiais foram presos no Ceará por abandono de trabalho — Foto: Kid Junior/SVM

A vara da auditoria militar da Justiça Estadual do Ceará mandou soltar, nesta segunda-feira (2), 46 policiais militares que foram presos por deserção, após faltarem a uma convocação para trabalhar durante o carnaval.

Nos últimos dias, a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSFDS) listou que eram 47 os PMs presos no período dos motins. Nesta segunda-feira (2), no entanto, o número foi revisto para 50. Desses, 46 ficaram detidos por deserção. Outros 3 foram presos por participação em motim e 1 – já liberado – após incendiar um veículo no interior do Ceará.

G1CE

Polícia fecha oficina de armas caseiras e prende homem no interior do RN

Material apreendido pelos policiais — Foto: PCRN/Divulgação

Uma casa que funcionava como uma oficina clandestina de armas caseira foi alvo da Polícia Civil, na segunda-feira (2), em Passa e Fica, cidade que fica na região Agreste do Rio Grande do Norte.

Os agentes prenderam o dono da casa, um homem de 53 anos. Na oficina foram encontradas dez espingardas de fabricação artesanal prontas, chumbo e pólvora, além de pedaços de madeira e barras de ferros que seriam utilizados na produção de mais armas ilegais.

Ao ser preso, o suspeito disse que fabricava os equipamentos para a prática da caça, versão que não convenceu os policiais da 6ª Delegacia Regional de Nova Cruz. Ele foi encaminhado ao sistema prisional, onde está à disposição da Justiça.

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/

Pai e filho são assassinados a tiros dentro de casa na Zona Oeste de Natal

Crime ocorreu na Rua dos Pajeús — Foto: Luiz Gustavo Ribeiro/Inter TV Cabugi

Pai e filho foram assassinados a tiros na madrugada deste domingo (1º), em Dix-Sept Rosado, bairro da Zona Oeste de Natal. O crime aconteceu por volta das 2h30, quando pelo menos dois criminosos invadiram a casa das vítimas disfarçados de policiais, de acordo com a Polícia Militar.

O filho Ismael Felipe Vieira Costa, 23 anos, e o pai Lucinaldo Rodrigues Costa, 43, foram mortos na Rua dos Pajeús. Além deles, duas mulheres estavam na casa e não foram feridas. Segundo a PM, ao entrarem na residência, os atiradores mandaram as duas ficarem quietas.

De acordo com familiares das vítimas, a suspeita é de que o alvo dos criminosos seria o filho. O pai teria se envolvido em luta corporal com os suspeitos e em seguida atingido por tiros nas costas. Após o crime, a dupla fugiu sem levar nenhum pertence da família e ainda não foi presa pela PM.

O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/

Dois homens morrem após confronto com a PM no Oeste potiguar

Dois homens morrem após confronto com PMs em Apodi, RN — Foto: PM/Divulgação
Dois homens morrem após confronto com PMs em Apodi, RN — Foto: PM/Divulgação

Dois homens ainda não identificados oficialmente morreram após entrar em confronto com policiais na manhã deste domingo (23) em Apodi, na região Oeste potiguar. De acordo com a Polícia Militar, a dupla reagiu a uma abordagem durante a operação de rescaldo das festas de carnaval que começaram na noite de sábado (22) e se prologaram pela madrugada.

De acordo com a PM, os criminosos tinham feito um assalto em uma casa por trás da maternidade da cidade, por volta das 6h40. Eles foram avistados pela equipe da PM e tentaram fugir. Durante a perseguição, ainda de acordo com a PM, os dois começaram a atirar nos policiais, que revidaram.

No confronto, os dois foram baleados e morreram. Ainda de acordo com a PM, ambos os suspeitos foram apontados por cometerem cinco assaltos do sábado para o domingo em Apodi, tendo sido reconhecidos por algumas vítimas.

Drogas, uma arma e materiais que tinham sido roubados foram apreendidos e levados à delegacia.

G1RN

Com 37 homicídios, sexta-feira foi o dia mais violento dos últimos 8 anos

Na sexta-feira, duas irmãs foram assassinadas em Pacatuba, após correrem para dentro de casa. A Polícia Civil investiga o crime

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), a última sexta-feira (21) foi o dia mais violento dos últimos oito anos, cuja quantidade de assassinatos somou 37 casos, em um intervalo de 24 horas. Antes disso, só havia sido registrado tantos assassinatos durante a outra paralisação da Polícia Militar, em 1º de janeiro de 2012, quando foram registrados 41. Os CVLIs englobam crimes como homicídios, feminícídios, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte.

O aumento das ocorrências acontece, desta vez, em um contexto de paralisação e amotinamento de policiais militares em diversas regiões do Ceará – que lembram atividades realizadas pela categoria durante o fim de 2011 e o início de 2012.

Desde que o movimento começou, às 18 horas da última terça-feira (18), já ocorreram 93 homicídios, o que dá uma média de quase um crime violento letal por hora. De acordo com a SSPDS, a média em janeiro de 2020 era de seis crimes por dia.

O esperado era que os números caíssem a partir do início da aplicação da Garantia da Lei e da Ordem (GLO), do Governo Federal que, na prática, garantiu a presença de 2,5 mil homens do Exército Brasileiro patrulhando as ruas da Capital. Nesse caso, os soldados têm poder para exercer policiamento.


Conforme o general Fernando da Cunha Mattos, comandante da 10ª Região Militar, “a ausência de ostensividade dá liberdade não só para crimes contra o patrimônio, mas também, infelizmente, aos crimes contra a vida”. Segundo ele, “provavelmente, essa foi a primeira consequência dessa redução do policiamento ostensivo no Ceará”.

Diário do Nordeste

Homem mata companheira esfaqueada e comete suicídio na Zona Norte de Natal

Homem matou a companheira e cometeu suicídio em seguida dentro da casa em que os dois moravam em Natal — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

Um homem matou a companheira e em seguida cometeu suicídio na casa em que os dois moravam no conjunto Vale Dourado, Zona Norte de Natal. Os corpos foram encontrados na tarde desta quinta-feira (20) por um vizinho do casal.

O homem esfaqueou a mulher e em seguida se pendurou pelo pescoço com uma corda. De acordo com familiares, o casal brigava com frequência, principalmente quando os dois bebiam. Antônio Marcos Higino de Oliveira tinha 28 anos e era pedreiro e carroceiro. Josefa Ferreira tinha 34 e era dona de casa.

Um filho da mulher, que tem 15 anos, morava com eles. No entanto, nesta quarta (19) foi dormir na casa da avó. Vizinhos estranharam que não viram o casal nesta quinta pela rua, e um deles resolveu subir no telhado do imóvel e destelhar a casa. Foi quando visualizou os cadáveres e acionou o filho da mulher.

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/n

Senador Cid Gomes tenta entrar em batalhão da polícia com retroescavadeira e é baleado

Cid Gomes é baleado em "motim" de policiais em Sobral (CE) — Foto: Reprodução
Cid Gomes é baleado em “motim” de policiais em Sobral (CE) — Foto: Reprodução

O senador licenciado Cid Gomes (PDT-CE) foi baleado na tarde desta quarta-feira (19) em um “motim” no qual um grupo de policiais reivindicava aumento salarial em Sobral (CE). Cid pilotava uma retroescavadeira e tentava furar um bloqueio feito por policiais no Batalhão da Polícia Militar do município.

O Hospital do Coração informou que o estado de saúde de Cid é estável e que não há risco de morte. O senador licenciado está em observação na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), sem previsão de alta. Um boletim médico divulgado nesta quarta-feira, às 19h40, afirma que ele está “lúcido e respirando sem auxílio de aparelhos” e tem “boa evolução clínica”.

Segundo a assessoria da instituição, as duas balas atingiram a clavícula: uma bala saiu e a outra bateu na clavícula e ficou alojada no pulmão (e foi removida do órgão pela equipe da Santa Casa de Sobral). Cid já foi submetido a uma tomografia na Santa Casa de Sobral, que não constatou danos graves em nenhum órgão vital.

O ex-governador Ciro Gomes, irmão de Cid, disse em uma rede social que o senador licenciado “não corre risco de morte”, foi atingido por “dois tiros de arma de fogo” e que os disparos “não atingiram órgãos vitais apesar de terem mirado seu peito esquerdo”.

Inicialmente, a assessoria do senador licenciado Cid Gomes disse que ele havia sido atingido por uma bala de borracha. Depois, a assessoria informou que o tiro foi, na verdade, disparado por uma arma de fogo.

Cid Gomes organizava um protesto contra um grupo de policiais que tenta impedir o trabalho da Polícia Militar. Nesta quarta-feira, policiais esvaziaram pneus de carros da polícia para impedir que o trabalho dos agentes de segurança atuem na ruas.

Alguns vídeos compartilhados nas redes sociais mostram o momento em que Cid Gomes tenta furar o bloqueio com a retroescavadeira e, logo depois, uma pessoa faz os disparos em direção ao senador licenciado, que também quebram os vidros do veículo.

Outras imagens registradas no local também mostram o senador licenciado consciente e com a blusa manchada de sangue após a confusão.

G1Globo


Idoso é morto a tiros na frente da família na calçada de casa em Natal

João Paulino sofreu disparos na calçada de casa — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

Um idoso de 64 anos foi assassinado a tiros na calçada de casa em Felipe Camarão, bairro da Zona Oeste de Natal. O crime ocorreu na noite desta terça-feira (18) e foi presenciado pela esposa e filho da vítima.

João Paulino Sobrinho, que trabalhava como fretista na região, estava sentado ao lado dos familiares quando foi surpreendido por dois atiradores, que passaram em uma moto pela Rua Ferro Cardoso. A dupla abriu fogo contra o idoso, que ainda chegou a correr para dentro de casa. Em seguida ele foi elevado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Cidade da Esperança, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Segundo a família, o fretista não tinha envolvimento com crimes. “A gente não sabe o que aconteceu, todo mundo está muito chocado com essa violência toda. Ele era um trabalhador, não tinha inimigos nem vícios”, comenta uma prima de João Paulino.

Ninguém foi preso até o momento. O caso será investigado pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil.

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/

Polícia invade festa de suspeitos de integrarem facção criminosa; 31 pessoas são levadas à delegacia

O crime foi registrado no interior do RN. — Foto: Klênyo Galvão/Inter TV Cabugi

A Polícia Civil conduziu 31 pessoas à delegacia em Natal após interromper uma festa, na cidade de Santa Maria, região Agreste do Rio Grande do Norte. Segundo policiais da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor), a comemoração foi produzida por suspeitos de integrarem uma facção criminosa, na madrugada desta terça-feira (18).

Do grupo conduzido à Delegacia de Plantão em Natal, seis pessoas ficaram presas, enquanto as outras foram liberadas. Ao todo, 21 homens e 10 mulheres foram levadas para a delegacia. Ainda de acordo com os agentes, 14 delas têm passagem pela polícia, entre prisões e condenações. Um dos seis suspeitos presos era foragido da Justiça.

Foram apreendidas uma arma de fogo calibre 380, munições, drogas, dinheiro e 11 carros. A operação da Polícia Civil contou com o apoio do Batalhão de Operações Policiais Especiais da Polícia Militar (Bope).

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/

Namorado matou professor universitário em Fortaleza e forjou suicídio, diz polícia

Professor universitário foi achado morto dentro de apartamento no Bairro Montese, em Fortaleza — Foto: Arquivo pessoal

O namorado do professor universitário José Eurânio de Aguiar, um estudante de fisioterapia de 21 anos, foi preso no Bairro Messejana, em Fortaleza, suspeito de matá-lo com um golpe mata-leão. O suspeito confessou o crime, de acordo com a Secretaria da Segurança do Ceará. Conforme a investigação, o aluno enrolou um lençol no pescoço da vítima para que parecesse um suicídio. 
crime ocorreu na noite de sábado (8), em um apartamento do professor na Rua Irmã Bazet, no Bairro Montese, em Fortaleza, após uma discussão entre a vítima e o namorado, segundo depoimento do suspeito. Os vizinhos sentiram mau cheiro vindo do apartamento da vítima e acionaram a polícia, que encontrou o corpo com um lençol amarrado no pescoço nesta terça. 
As câmeras de segurança do prédio mostram o momento em que a vítima entra, juntamente com o suspeito, no local. Cerca de 30 minutos depois, Victor Hugo aparece saindo sozinho do prédio com uma mochila nas costas. Esta foi a última vez que o professor foi visto no prédio. 

Agressões

De acordo com o delegado João Carlos, da 5ª Delegacia do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), José Eurânio mantinha um relacionamento amoroso com o suspeito, identificado como Victor Hugo Mota Gondim. Eles haviam se conhecido em uma sauna no Centro de Fortaleza. Conforme o delegado, o suspeito discutiu com a vítima por ciúmes, deu o golpe no professor. 
O professor, ainda conforme a polícia, já havia relatado para amigos que havia sofrido agressões do namorado e que já havia tentado terminar o relacionamento, mas que acabou perdoando as agressões. Victor Hugo chegou a usar o celular da vítima para incriminar outra pessoa. Ele enviou mensagens para uma amiga do professor se passando por ele.

Depoimento

Menos de 7h após o crime, a polícia conseguiu localizar Victor Hugo no Bairro Messejana. Durante interrogatório, o suspeito entrou em contradição e acabou confessando o crime. No depoimento, o suspeito também alegou que cometeu o crime porque a vítima alegou que tinha uma arma de fogo. 
Victor Hugo foi autuado em flagrante por homicídio qualificado e ocultação de cadáver. 

Professor universitário foi achado morto dentro de apartamento no Bairro Montese, em Fortaleza — Foto: Arquivo pessoalProfessor universitário foi achado morto dentro de apartamento no Bairro Montese, em Fortaleza;

G1