Category: Policial

‘Governo do RN quer barrar lei que isenta imposto na compra de armas de fogo’, reclama Fórum de Segurança

Fórum de Segurança reclama que muitos aperadores trabalham com armas velhas (Foto: Cedida/Foseg)
Fórum de Segurança reclama que muitos aperadores trabalham com armas velhas (Foto: Cedida/Foseg)

O Governo do Rio Grande do Norte, por meio da Procuradoria Geral do Estado, analisa a constitucionalidade da lei que dá aos operadores da segurança pública do estado direito à isenção de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS) na compra de armas de fogo. Para a presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários, Vilma Batista, que também integra o Fórum de Segurança Pública do RN (Foseg), esta é uma tentativa de “barrar” a lei.

“Com a aprovação da lei, a Secretaria de Tributação fez uma minuta de um decreto que institui um convênio com as empresas fabricantes de armas. Este convênio ainda está sob análise e falta regulamentação. Só que, antes disso, vem a Procuradoria Geral do Estado e entra com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADIn) por entender que, como a lei trata de impostos, ela deveria ter sido proposta pelo Executivo, e não pelo Legislativo“, explicou Vilma.

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/governo-do-rn-quer-barrar-lei-que-isenta-imposto-na-compra-de-armas-de-fogo-reclama-forum-de-seguranca.ghtml

Detento é encontrado morto dentro da Cadeia Pública de Natal

Técnicos recolhem corpo de detento encontrado morto na Cadeia Pública de Natal (Foto: Marksuel Figueredo/ Inter TV Cabugi)
Técnicos recolhem corpo de detento encontrado morto na Cadeia Pública de Natal (Foto: Marksuel Figueredo/ Inter TV Cabugi)

Um homem que estava detido no Presídio Provisório Doutor Raimundo Nonato Fernandes, conhecido como Cadeia Pública de Natal, foi encontrado morto dentro da unidade na manhã desta terça-feira (17). Peritos do Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) acreditam que ele morreu asfixiado. A vítima ainda não foi identificada.

O corpo foi achado próximo à grade de entrada do Pavilhão B da cadeia pública, que fica no bairro Potengi, na Zona Norte da capital potiguar.

Com ele, são pelo menos cinco os presos morreram dentro da unidade, desde o início do ano. O último caso aconteceu há cerca de um mês, no dia 14 de setembro. Outro caso havia acontecido no dia 1º do mesmo mês.

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/detento-e-encontrado-morto-dentro-da-cadeia-publica-de-natal.ghtml

Suspeito é baleado e morre em tentativa de roubo a malote na Zona Sul de Natal

Um suspeito morreu no final da manhã desta segunda-feira (16) durante uma tentativa de roubo a um malote na Zona Sul de Natal. Segundo o Batalhão de Choque da PM, o tiroteio entre criminosos e um policial civil aconteceu na Av. Prudente de Morais, no bairro de Lagoa Nova, em frente a uma agência do Bradesco.

O homem ainda não foi identificado. Um outro homem, que passava no local na hora da troca de tiros, também ficou ferido e foi socorrido pelos funcionários de uma loja próxima, que o levaram ao hospital.

O trânsito ficou parado na região. De acordo com o sargento Wildemark Araújo, um policial civil passava em frente ao banco, perto do supermercado Hiper Bompreço, quando presenciou a tentativa de assalto. Os criminosos abordaram uma pessoa que saia da agência com um malote.

As informações oficiais são de que o policial civil interveio e na troca de tiros baleou um dos suspeitos. Um dos tiros atingiu a cabeça dele. Os outros suspeitos conseguiram fugir em um carro modelo Onix de cor branca.

As polícias Civil e Militar fazem buscas na região.

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia

Mães de meninas reconhecem roupas das filhas desaparecidas na Zona Leste

Movimentação próximo a local onde corpos de crianças foram encontrados (Foto: Reprodução/TV Globo)
Movimentação próximo a local onde corpos de crianças foram encontrados (Foto: Reprodução/TV Globo)

As mães das duas meninas de 3 anos que moravam na mesma região e estão desaparecidas desde o mês passado reconheceram as roupas das filhas nas crianças encontradas mortas em um carro na favela Jardim Lapena, em São Miguel Paulista, Zona Leste de São Paulo, na noite de quinta-feira (12).

As meninas moravam a cerca 150 metros do local onde foram encontrados os corpos. Elas sumiram enquanto estavam brincando na frente de casa.

Os corpos estão em estado avançado de decomposição e por isso a confirmação das vítimas será feita somente após exames no IML (Instituto Médico Legal), como reconhecimento da arcada dentária.

Os corpos estavam dentro de uma Fiorino branca roubada. Vizinhos desconfiaram e acionaram a polícia após sentirem um cheiro forte do veículo.

O caso foi registrado no 63º Distrito Policial, na Vila Jacuí. O DHPP vai investigar o crime.

Do blog: Não podemos descartar a possibilidade de religiões de satanismos ter usado as crianças para rituais de sacrifícios . Nesse caso, dizem que os religiosos dessa linha sacrificam crianças a entidades pagãs. Bastam lembrar da exibição de cenas na novela da Record, Terra Prometida”, onde havia intenção, nas cenas, de apresentar crianças sendo sacrificadas aos deuses da região, na época.

Resultado de imagem para Rituais de sacrifícios de criança na novela terra prometida
Cena da novela onde a sacerdotisa reverencia seu deus. Nestes mesmo local é apresentado cenas em que crianças eram sacrificadas, fazendo regência ao costume da época.

 

Fonte: https://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/maes-de-meninas-reconhecem-roupas-das-filhas-desaparecidas-nos-corpos-encontrados-em-carro-na-zona-leste.ghtml

Centenas prestam homenagem em último adeus a agente penitenciário assassinado a tiros em Natal

Agentes do curso de formação de agentes penitenciários também foram ao cemitério prestar condolências (Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi)
Agentes do curso de formação de agentes penitenciários também foram ao cemitério prestar condolências (Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi)

Centenas de pessoas, entre elas familiares, amigos, colegas de trabalho e alunos do curso de formação, prestaram homenagens e deram o último adeus ao agente penitenciário Thiago Jefferson Bezerra de Lima, de 33 anos, assassinado a tiros nesta terça-feira (10) no bairro Bom Pastor, na Zona Oeste de Natal. O enterro aconteceu na manhã desta quinta (12) no Cemitério Morada da Paz, em Parnamirim, na região metropolitana da capital potiguar.

Thiago, que por muito tempo foi do Grupo de Operações Especiais (GOE), unidade de elite da Secretaria de Justiça e da Cidadania (Sejuc), trabalhava atualmente no Hospital de Custódia de Natal, unidade que abriga presos com problemas mentais. Ele deixa mulher e dois filhos pequenos.

Investigações

Embora o nome e a foto de um suposto suspeito estejam circulando nas redes sociais, a Polícia Civil ainda não se pronunciou quanto às investigações. Sabe-se apenas que o agente estava entrando em casa, no bairro do Bom Pastor, quando foi atacado por homens armados. Thiago levou vários tiros no rosto. A arma dele, uma pistola, foi levada pelos assassinos. O agente ainda foi levado para uma UPA, mas já chegou à unidade sem vida.

Do Blog: A polícia deve se pronunciar o mais rápido possível no caso desse compartilhamento da foto de um suposto suspeito com a finalidade de que não venha acontecer uma injustiça. Onde alguém pode fazer justiça com as próprias mãos. Isso tem urgência. Os próprios assassinos podem usar a rede social para confundir as investigações.

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/centenas-participam-de-adeus-a-agente-penitenciario-assassinado-a-tiros-em-natal.ghtml

Assustador: Quatro mortos no Oeste do RN, em menos de duas horas

Noite de crimes foi movimentada em Mossoró (Foto: Marcelino Neto/O Câmera)
Noite de crimes foi movimentada em Mossoró (Foto: Marcelino Neto/O Câmera)

A matança continua no Rio Grande do Norte. na noite de ontem, 12, foram mortos mais quatro pessoas, em menos de duas horas, na região Oeste do Estado. Foram três assassinatos em Mossoró e um em Areia Branca.

Com sempre é dito na ineficiência do Estado: ninguém foi preso.

O primeiro caso aconteceu por volta das 20h30. Emanoel Messias dos Santos Silva, de 24 anos, foi encontrado baleado no bairro Santo Antônio. Pessoas que viram o homem ferido ainda o socorreram para uma UPA, mas ele não resistiu. O segundo caso, foi do garoto Pedro Lucas da Silva, Areia Branca,  de 17 anos. Segundo o 1º tenente Abrantes, comandante da PM no município, o adolescente foi baleado na cabeça. Testemunhas disseram que viram um casal fugindo em uma motocicleta, perto do Mercado Público, logo após os disparos. Luquinha, como era conhecido, ainda foi socorrido para o Hospital Regional Tarcísio Maia, em Mossoró, mas também não resistiu. 

Depois foram mortos mais dois rapazes próximo ao aeroporto de Mossoró. Segundo a PM, os dois saíram de casa para ir até a casa da avó de um deles, no bairro Belo Horizonte. As vítimas foram identificadas como José Vitor Ferreira da Silva, de 17 anos, e Francisco Sandiano Peixoto, de 19.

Os dois foram encontrados com marcas de tiros na cabeça. Ao lado dos corpos, estava uma moto. Ainda não há informações sobre os assassinos ou motivação do crime. Os adolescentes não tinham passagem pela polícia.

A Divisão de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) de Mossoró vai investigar os casos.

Os casos são assustadores por não se ter evidência de que os mortos tinham dívidas com a justiça ou polícia, nem se tinham envolvimentos com o tráfico.

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/quatro-sao-mortos-em-menos-de-duas-horas-na-regiao-oeste-potiguar.ghtml

Bandidos estão caçando agentes de segurança, diz sindicato

Thiago Jefferson Bezerra de Lima tinha 33 anos (Foto: Divulgação/Sindasp-RN)
Thiago Jefferson Bezerra de Lima tinha 33 anos (Foto: Divulgação/Sindasp-RN)

Em nota, a presidente do Sindasp-RN, Vilma Batista, além de lamentar o ocorrido, destacou que “os bandidos têm caçado os operadores de segurança”, em especial os agentes penitenciários.

“Sabemos que toda a população está sujeita à insegurança que tomou conta do estado. No entanto, essa insegurança para nossa categoria é muito maior, pois os bandidos têm caçado os operadores de segurança e, em especial, os agentes penitenciários, que lidam diretamente e diariamente com os criminosos nas unidades prisionais. Esse caso é o retrato triste dessa realidade”, comentou.

“Além dos riscos da profissão, os agentes penitenciários estão abandonados pelo estado e o resultado, infelizmente, é esse. Enquanto os operadores da segurança não forem valorizados e reconhecidos pelo governo, os criminosos continuarão tendo a ousadia de nos enfrentar e atentar contra nossas vidas”, complementou Vilma Batista.

Segundo o Fórum de Segurança Pública do Rio Grande do Norte – entidade que reúne instituições de segurança pública do estado – Thiago foi o 19º agente de segurança pública assassinado este ano no RN. Além dele, foram mortos 16 policiais militares, um agente penitenciário federal e um guarda municipal.

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/bandidos-tem-cacado-os-operadores-de-seguranca-diz-sindicato-apos-morte-de-agente-penitenciario-em-natal.ghtml

MP denuncia Raniere Barbosa e mais oito na Operação Cidade Luz

Resultado de imagem para Ranieri Barbosa
https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/mp-denuncia-raniere-barbosa-e-mais-oito-na-operacao-cidade-luz.ghtml

O Ministério Público do RN denunciou o vereador de Natal Raniere Barbosa e mais oito pessoas supostamente envolvidas em desvios de dinheiro público na Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur). A informação foi confirmada pelo próprio MP nesta terça-feira (10). Raniere Barbosa era presidente da Câmara Municipal e está afastado do cargo pelas suspeitas de envolvimento no crime no período em que ele estava à frente da Semsur, entre 2013 e 2015. O Ministério Público diz que os desvios atingem quantia superior R$ 22 milhões.

O vereador foi afastado no dia 24 de julho passado, quando o MPRN deflagrou a operação batizada de Cidade Luz, que investiga o desvio. Segundo o Ministério Público, há indícios de que o montante desviado é decorrente de superfaturamento e pagamento de propina relativos a contratos firmados entre empresas e a Semsur para a prestação de serviços de manutenção e decoração do parque de iluminação pública da capital potiguar.

Os mandados foram expedidos pelo juiz da 7ª vara Criminal de Natal e são cumpridos nas cidades de Natal e Parnamirim, no Rio Grande do Norte, e Recife, Olinda, Jaboatão dos Guararapes e ainda em Fernando de Noronha, em Pernambuco. Os gabinetes de Raniere Barbosa e da Presidência da Câmara Municipal de Natal também foram alvo dos mandados.

Ainda de acordo com o MP, dados da Controladoria Geral do Município de Natal demonstram que entre os anos de 2013 e 2017, oito empresas sediadas em Pernambuco foram beneficiárias de pagamentos no montante de R$ 73.433.486,86 de contratos coma Semsur. A estimativa é de que o superfaturamento médio foi de 30% no valor dos contratos celebrados.

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/mp-denuncia-raniere-barbosa-e-mais-oito-na-operacao-cidade-luz.ghtml

Agente penitenciário morre após ser baleado dentro de casa em Natal

Thiago Jefferson Bezerra teve a casa invadida por criminosos, que atiraram contra ele (Foto: Cedida)
Thiago Jefferson Bezerra teve a casa invadida por criminosos, que atiraram contra ele (Foto: Cedida)

O agente penitenciário Thiago Jefferson Bezerra de Lima foi baleado dentro da casa onde morava, na Zona Oeste de Natal, na noite desta terça-feira (10), e morreu após dar entrada no hospital. A informação foi confirmada pela presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários do RN, Vilma Batista.

De acordo com ela, Thiago Jefferson estava dentro da residência no bairro Bom Pastor, quando os criminosos invadiram o imóvel e atiraram contra ele. O agente penitenciário ainda foi socorrido à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Cidade da Esperança, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/agente-penitenciario-morre-apos-ser-baleado-dentro-de-casa-em-natal.ghtml

Em Natal, família sofre arrastão enquanto instalava câmeras de segurança em casa

Câmera era instalada no muro de residência no bairro Petrópolis, quando arrastão aconteceu (Foto: Mauro Terayama/ Inter TV Cabugi)

Uma família sofreu um arrastão dentro de casa, no bairro Potilândia, Zona Sul da capital potiguar, durante a manhã desta terça-feira (10). O crime aconteceu enquanto trabalhadores instalavam câmeras de vigilância no imóvel. As vítimas já temiam a criminalidade e compraram os equipamentos após terem um carro levado em um assalto há cerca de dois meses.

O crime aconteceu por volta das 10h. Um casal de idosos, um filho deles e outras pessoas estavam na casa, quando dois homens armados chegaram ao imóvel e abordaram todas as pessoas, mandando entrarem. Outros dois assaltantes chegaram em seguida. Um deles ficou do lado de fora da casa, em um carro.

Após renderem a família e os trabalhadores, os criminosos levaram três televisões, dinheiro, cinco aparelhos celulares, relógios, micro-ondas, aparelho de rádio e até a carne que estava no freezer.

O material de trabalho dos homens que instalavam as câmeras também foi levado no assalto. A família vai registrar o caso na Polícia Civil.

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia

 

Homem é morto e mulher baleada em cidade da região Oeste potiguar

Um  homem foi morto e uma mulher baleada na madrugada desta terça-feira (10) em Areia Branca, cidade da região Oeste potiguar.

Segundo a Polícia Militar, os dois estavam em uma moto no bairro Nordeste, quando uma dupla passou em outra moto e atirou contra eles. Gildson Jadson Marcelino da Silva, de 25 anos, morreu no local do crime. A mulher foi socorrida para o Hospital Regional Tarcísio Maia, em Mossoró. A PM não tem informações sobre o estado de saúde dela.

Os policiais fizeram buscas pela região, mas nenhum suspeito foi localizado.

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/homem-e-morto-e-mulher-baleada-em-cidade-da-regiao-oeste-potiguar.ghtml

Policiais que conduziam viatura onde mulher foi morta são afastados

Os dois policiais militares que estavam no carro da PM onde uma mulher foi atacada e morta pelo ex-companheiro vão responder por homicídio culposo – quando não há a intenção de matar – , negligência e omissão. Eles também foram afastados de suas funções nesta segunda (9).

O crime aconteceu no sábado (7) quando o casal era levado, dentro do mesmo carro, de Pavão (MG) para a delegacia de Teófilo Otoni (MG). Lais Andrade, de 30 anos, iria registrar uma queixa contra Valdeir Ribeiro de Jesus, de 34, após descobrir que o ex havia instalado uma câmera dentro do banheiro da casa dela. Com uma faca que levava escondido no tênis, o Valdeir atingiu o pescoço de Lais Andrade, que morreu na hora. Ele foi preso.

Segundo o comando do 19º Batalhão da Polícia Militar, além de serem afastados, os PMs também vão responder a processos de caráter administrativo e penal.

O comandante da Polícia Militar de Teófilo Otoni (MG), tenente coronel Fábio Marinho dos Santos, deu detalhes dos procedimentos que foram tomados depois do homicídio registrado dentro da viatura.

“Eu considerei a situação como crime militar, e imediatamente os dois foram presos em flagrante por homicídio culposo e comuniquei a situação à Justiça militar. No domingo, a Justiça Militar concedeu alvará de soltura, dando aos militares o direito de responder ao processo penal em liberdade”.

Ainda segundo o comandante, os militares vão responder um processo administrativo, e estão afastados por oito dias das funções operacionais para acompanhamento psicológico. Medidas disciplinares também vão ser tomadas no âmbito da Polícia Militar.

“Eles vão responder por negligência e omissão. Negligência por não cumprirem os procedimentos padrões na revista do conduzido. E omissão por permitirem que a vítima e denunciado fossem levados no mesmo compartimento da viatura”, esclareceu.

O corpo de Laís Andrade foi enterrado neste domingo (8) em Pavão (MG). O ex-companheiro permanece preso no presídio de Teófilo Otoni (MG).

 

Fonte: http://www.portalodia.com/noticias/policia/policiais-que-conduziam-viatura-onde-mulher-foi-morta-sao-afastados-307255.html

Homem é morto a tiros dentro de táxi na Zona Norte de Natal

PM fez o isolamento do local do crime após o homicídio (Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi)

Um homem foi morto a tiros dentro de um táxi na manhã desta segunda-feira (9) na Zona Norte de Natal. Segundo a Polícia Militar, o crime aconteceu na avenida Santarém, no bairro Nossa Senhora da Apresentação. A vítima ainda não foi identificada.

Ainda de acordo com a polícia, o crime aconteceu por volta das 9h na altura do conjunto Vale Dourado. O homem estava no banco do carona em um táxi de Extremoz, com cinto de segurança.

Ainda não há relatos oficiais de como o crime aconteceu.

 

Três mulheres, vítimas de violência, são mortas neste final de semana

Três mulheres de lugares distintos foram assassinadas, vítimas de violência no Brasil. Na verdade uma das mulheres é uma jovem médica de 26 anos de idade que foi encontrada morta em uma pousada. Há desconfiança de suicídio. Mas as investigações seguirão em busca de respostas. O que faria uma jovem de 26 anos, médica se matar?

Liliany Caetano morava em Montes Claros, MG, mas foi encontrada morta em Vitória da Conquista, BH. Tudo ainda em fase de investigação.

Médica é encontrada morta em pousada no sudoeste da Bahia (Foto: Reprodução/Facebook)
Médica é encontrada morta em pousada no sudoeste da Bahia (Foto: Reprodução/Facebook)

Uma segunda mulher foi vítima durante tentativa de assalto na Rodovia Presidente Dutra, zona Norte do Rio de Janeiro. Ângela Maria Ferreira da Cunha, de 27 anos, foi morta a tiros na noite desse sábado (7), e era técnica de enfermagem.

Técnica em enfermagem Ângela Maria Ferreira da Cunha, de 27 anos, é mais uma vítima da violência no Rio de Janeiro
Técnica em enfermagem Ângela Maria Ferreira da Cunha, de 27 anos, é mais uma vítima da violência no Rio de Janeiro/ Reprodução 

A terceira mulher foi morta pelo próprio marido, dentro do carro da própria polícia na qual ela deveria se sentir protegida. Os policias erraram em colocar o assassino junto de Laís Andrade Fonseca, que foi golpeada pelo companheiro quando se dirigia para fazer registro de violência sofrida pelo marido. Os dois estavam sendo conduzidos para a delegacia de Teófilo Otoni – quase 100 quilômetros de distância – no banco de trás de uma viatura da PM. Quando estavam próximos do perímetro urbano de Teófilo Otini, na BR-116, o homem atacou a ex-esposa com uma facada no pescoço. O caso aconteceu em Teófilo Otoni- MG.

(foto: Facebook/Reprodução)

 

Mulher foragida há 21 anos no Brasil fazia saques mensais em banco

Lúcia de Fátima Dutra Weisz, de 61 anos, conhecida como
Lúcia de Fátima Dutra Weisz, de 61 anos, conhecida como “Viúva Negra” (Foto: Polícia Civil)

O monitoramento de saques mensais realizados por Lúcia de Fátima Dutra Weisz, de 61 anos, conhecida como “Viúva Negra”, contribuiu para que a Polícia Civil conseguisse prendê-la após 21 anos foragida. Ela era a mulher há mais tempo procurada no Brasil, segundo a corporação, e uma das suspeitas é de que o dinheiro tinha origem em pensão que deveria ser destinada ao filho.

Segundo o Departamento de Polícia Judiciária (Deinter-2), em Campinas (SP), a hipótese ainda será verificada nas apurações, com apoio de investigadores no Paraná, e deve ser relatada ao Judiciário.

Um dos policiais responsáveis pela prisão de Lúcia em Ponta Grossa (PR), na quinta-feira (5), é o mesmo que a encontrou depois do crime pela qual foi condenada a 14 anos de prisão – homicídio qualificado do marido, em Americana (SP). Nesta sexta-feira (6), ela foi apresentada à Delegacia Antissequestro de Campinas, onde prestou depoimento, e na sequência foi levada para uma cadeia no estado. A “Viúva Negra” era procurada desde 1995, quando escapou da cadeia de Sumaré.

Do Blog: A possibilidade de essa mulher ficar presa é mínima, mesmo sendo acusada de matar o marido. Ela ficou mais de 20 anos foragida da justiça e policia. Aí o crime de acordo com o Código Penal, prescreveu. Visto que o tempo de prescrição para homicídio é de 20 anos. Mesmo assim, ela pode ficar presa por receber dinheiro indevido. Mas isso será por pouco tempo, já que só responderá por delitos menores.

Fonte: https://g1.globo.com/sp/campinas-regiao/noticia/mulher-foragida-ha-mais-tempo-no-brasil-fazia-saques-mensais-diz-policia.ghtml