Category: Policial

Bandidos promovem terror em Macaíba para assaltar banco

G1RN – Bandidos arrombaram a agência do Banco do Brasil em Macaíba, na Grande Natal; explodiram caixas eletrônicos, e também, na fuga, incendiaram três carros, e disparam tiros contra uma base da PM. Por fim, os assaltantes ainda bloquearam os acessos à cidade, espalhando grampos pelo chão.

Os carros destruídos foram usados pelo bando. Um foi incendiado na frente do banco. Os outros, durante a fuga, em estradas da região.

A PM fez buscas, mas ninguém foi preso. Ainda não há informações sobre o valor levado pelos bandidos.

O Rio Grande do Norte continua entregue aos bandidos.

Um dos carros destruídos foi incendiado na frente do banco (Foto: Polícia Militar/Divulgação)
Um dos carros destruídos foi incendiado na frente do banco (Foto: Polícia Militar/Divulgação)

Mais um PM morto no RN; é o 18

Policial Militar foi morto na Grande Natal ao tentar evitar assalto (Foto: Polícia Militar/Divulgação)
Policial Militar foi morto na Grande Natal ao tentar evitar assalto (Foto: Polícia Militar/Divulgação)

G1RN – Um sargento da Polícia Militar foi morto na noite desta terça-feira (10) ao tentar impedir um assalto a uma conveniência no bairro Quinta da Figueira, em Extremoz, município da Grande Natal. Este é o 18º policial morto em 2018 no Rio Grande do Norte.

Jailson Sipriano da Silva, de 56 anos, estava na loja que pertence à família dele, quando dois criminosos chegaram em uma motocicleta e anunciaram o assalto. O PM tentou impedir. Foi quando houve a troca de tiros.

Atingido no braço e nas costelas, Sipriano foi socorrido ao hospital do município, onde sofreu uma parada cardíaca. Ele foi reanimado e transferido para o Hospital Santa Catarina, na Zona Norte de Natal, mas não resistiu aos ferimentos.

Os criminosos fugiram e levaram a pistola do policial militar. Até o momento ninguém foi preso.

“Até agora ninguém foi preso” – é o que é dito em quase todos os crimes que ocorrem no RN

“Até agora ninguém foi preso”. Esta é a palavra que constantemente é divulgada pelos jornais ou blogues do Rio Grande do Norte. O Estado está impotente diante do crime organizado. Com salários de funcionários atrasados, além do décimo terceiro salário, o governo segue sem saber qual o dia que começará  a pagar a folha do pessoal.

 

Dois vigilantes são mortos a tiros na Grande Natal

Nesta madrugada, dois vigilantes foram mortos a tiros na madrugada desta quinta-feira (5) em Ceará-Mirim, na Grande Natal. De acordo com a Divisão de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), os homens estavam trabalhando quando criminosos dispararam contra eles.

O crime aconteceu na Travessa São Francisco, no bairro Carrasco. Ainda segundo a DHPP, os vigilantes estavam circulando na região quando foram baleados. Uma das vítimas foi identificada apenas como Leonardo, a outra ainda permanece sem identificação. Os dois homens prestavam serviços de segurança para os moradores do bairro.

A polícia ainda não tem informações sobre a motivação do crime. Até o momento ninguém foi preso.

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/dois-vigilantes-sao-mortos-a-tiros-na-grande-natal.ghtml

Baleado na cabeça, homem morre após confronto entre facções criminosas na Grande Natal

G1RN – Um homem morreu após ser baleado na cabeça e no tronco, em um confronto entre facções rivais na comunidade dos Barreiros, em São Gonçalo do Amarante, região metropolitana de Natal. Ele chegou a ser socorrido ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos. De acordo com a PM, uma facção tentava invadir a comunidade, quando foi recebida por tiros pelo grupo rival, que domina a área.

Segundo a Polícia Militar o homem estava no meio do tiroteio, mas ainda não se sabe se ele estava envolvido no confronto ou não. A vítima, que ainda não foi identificada, chegou a ser socorrida ao o Hospital Dr. José Pedro Bezerra, no Conjunto Santa Catarina, Zona Norte da capital, mas morreu poucos minutos após dar entrada na unidade com parada respiratória.

Próximo ao local onde houve o confronto, um carro também foi incendiado. Segundo a polícia, o incêndio foi criminoso, mas ainda não é possível dizer se as duas ações têm relação.

Homem morreu após dar entrada no hospital no conjunto Santa Catarina, na Zona Norte da capital potiguar (Foto: Acson Freitas/Inter TV Cabugi)
Homem morreu após dar entrada no hospital no conjunto Santa Catarina, na Zona Norte da capital potiguar (Foto: Acson Freitas/Inter TV Cabugi)

PF apreende 277 kg de cocaína e prende 4 homens suspeitos de tráfico na Grande Natal

Polícia Federal apreendeu os 277 quilos de cocaína em Monte Alegre, na Grande Natal (Foto: Divulgação/Polícia Federal)
Polícia Federal apreendeu os 277 quilos de cocaína em Monte Alegre, na Grande Natal (Foto: Divulgação/Polícia Federal)

G1RN  – A Polícia Federal apreendeu 277 quilos de cocaína em um caminhão, e prendeu quatro homens em Monte Alegre, Grande Natal, nesta sexta-feira (29). A apreensão foi a maior já feita pela PF no Rio Grande do Norte.

De acordo com a Polícia Federal, a ação foi originada do desdobramento de uma prisão realizada no último dia 5 de junho, pelo Batalhão de Operações Especiais (Bope). Na ocasião, um mossoroense, foragido do Sistema Prisional do Acre, foi preso junto com outras 9 pessoas.

Com o aprofundamento de dados passados pelo Bope, a PF conseguiu informações de que uma dupla de acreanos que estava em um hotel em Ponta Negra, na Zona Sul de Natal, articulava uma grande remessa de cocaína para a capital.

Os policiais, então, passaram a acompanhar os passos dos suspeitos, assim como os possíveis locais em que a droga seria entregue.

Nesta manhã, na estrada de Monte Alegre, já adentrando em um sítio, foi identificado um caminhão suspeito de ter sido adaptado para o transporte do entorpecente. O veículo foi abordado e levado para a sede da PF. Por lá, os policiais federais encontraram em um compartimento falso na boleia os quase 300 quilos de droga.

Os presos foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico. Um deles, o responsável por levar a carreta para o sítio, estava utilizando uma tornozeleira eletrônica, ou seja, cumpria pena em regime de prisão domiciliar. Já um dos donos da carga fazia uso de documentos falsos.

Policial civil é morto a tiros ao tentar evitar assalto na Zona Sul de Natal

O policial civil Newton Brasil de Araujo Junior foi socorrido, mas não resistiu (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Um policial civil foi morto a tiros na madrugada desta quinta-feira (28) ao tentar evitar um assalto nas proximidades da 5ª Delegacia de Polícia, localizada no bairro Lagoa Nova, Zona Sul de Natal. O agente estava de serviço.

De acordo com a Polícia Civil, o crime aconteceu pouco depois da meia noite em uma praça. O policial, identificado como Newton Brasil de Araújo Júnior, de 38 anos, estava a caminho da delegacia com o colega de trabalho para devolver a viatura quando visualizou dois criminosos assaltando um casal.

Uma troca de tiros foi iniciada e o policial Brasil foi atingido. Ele foi socorrido ao Pronto Socorro Clóvis Sarinho, mas não resistiu. Ninguém foi preso.

Este é o 17º agente de polícia morto em 2018 no Rio Grande do Norte. Ao todo, foram 15 PMs e dois agentes de Polícia Civil.

Policiais assassinados em 2018

  • 1 – Cabo Carlos Alberto Araújo da Costa, de 48 anos. Foi morto a tiros no dia 7 de janeiro no bairro das Rocas, na Zona Leste de Natal. Ele era lotado na Companhia Independente de Policiamento de Turismo (CIPTUR).
  • 2 – Sargento André Mário Dantas Siqueira, de 40 anos. Foi morto a tiros no dia 15 de janeiro em uma festa no bairro Golandim, em São Gonçalo do Amarante. O policial trabalhava na Companhia Independente de Policiamento de Guardas.
  • 3 – Sargento José Ailton de Lira, de 51 anos. Foi morto a tiros no dia 26 de janeiro na comunidade de Jacaré Mirim, em São Gonçalo do Amarante. Ele trabalhava no patrulhamento da cidade de Ceará-Mirim.
  • 4 – Sargento da reserva Itagibá Maciel de Medeiros, de 54 anos. Foi morto a tiros na manhã do dia 29 de janeiro no município de Extremoz, na Grande Natal.
  • 5 – Cabo Darlan Santana Carvalho, de 40 anos. Morreu na tarde do dia 29 de janeiro após ser baleado na cabeça, pela manhã, em uma tentativa de assalto a uma farmácia no bairro Planalto, na Zona Oeste de Natal.
  • 6 – Cabo William Soares, de 40 anos. Foi morto no dia 28 de fevereiro no bairro Pajuçara, na Zona Norte de Natal. Ele assistia a um jogo de futebol na casa de um amigo quando trocou tiros com criminosos.
  • 7 – Sargento da reserva Luiz Valdécio Faustino, de 57 anos. Foi morto no dia 23 de março em Mossoró. Ele transitava de moto, ao lado do aeroporto da cidade, quando foi perseguido e assassinado.
  • 8 – Soldado Caroline Pletsch, de 32, era da PM de Santa Catarina. Ela e o marido, que também é PM, foram alvos de um assalto a uma pizzaria na Zona Norte de Natal e baleados. O crime aconteceu no dia 26 de março. Ela ainda foi socorrida, mas não resistiu. O marido sobreviveu.
  • 9 – Cabo Dioclécio Ferreira da Lima Júnior, de 40 anos. Foi morto durante um assalto na saída de um banco na Zona Sul de Natal, crime ocorrido no dia 4 de abril. Um dos bandidos levou um malote de dinheiro que estava com ele. O cabo ainda foi socorrido, mas não resistiu.
  • 10 – Sargento da reserva Helton Cabral da Silva, de 42 anos. Foi morto a tiros no dia 8 de abril em São Gonçalo do Amarante, na região metropolitana de Natal. O dono da cigarreira onde ele estava também morreu.
  • 11 – Sargento José Edivaldo do Nascimento, de 46 anos. Foi morto no dia 21 de abril. Baleado durante uma tentativa de assalto no bairro Alecrim, na Zona Leste de Natal, ele ainda foi socorrido, mas não resistiu e morreu no hospital.
  • 12 – Subtenente da reserva Raimundo Ribeiro da Silva, de 65 anos. Foi executado a tiros no dia 4 de maio. O crime aconteceu dentro de uma granja na zona rural de São Gonçalo do Amarante.
  • 13 – Cabo Waldembergue Cruz de Lima, de 45 anos. Foi morto a tiros na noite do dia 8 de maio ao sair de um salão onde havia acabado de cortar o cabelo. O crime aconteceu no conjunto Nova Natal, na Zona Norte de Natal.
  • 14 – Soldado Kelves Freitas de Brito. Foi executado na manhã do dia 2 de junho. O crime aconteceu no bairro Cohabinal, em Parnamirim, na Grande Natal.
  • 15 – Cabo Melqui Djalcy Rodrigues, de 41 anos de idade. Foi morto no dia 8 de junho com tiros na cabeça, em uma loja de materiais de construção no bairro Cidade Nova, Zona Norte da capital.
  • 16 – Policial civil aposentado José Renildo Santos Moraes, de 54 anos. Foi morto a tiros no dia 23 de junho após reagir a assalto na Av. das Fronteiras, Zona Norte de Natal. O policial ainda foi socorrido, mas não resistiu.
  • 17 – Policial civil Newton Brasil de Araújo Júnior, de 38 anos, foi morto a tiros na madrugada do dia 28 de junho ao tentar impedir um assalto nas proximidades da 5ª DP, na Zona Sul de Natal. Ele estava de serviço e ainda foi socorrido, mas não resistiu.

Fonte: https://g1.globo.com

Criminosos fazem arrastão em ônibus com universitários no Oeste potiguar

Arrastão aconteceu na noite desta terça-feira (26) em Caraúbas, no Oeste potiguar (Foto: Gidel Morais)

G1RN – Criminosos fizeram na noite desta terça-feira (26) um arrastão em um ônibus com estudantes da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa) em Caraúbas, cidade do Oeste potiguar. De acordo com a Polícia Militar, os assaltantes atiraram contra o veículo. Ninguém ficou ferido.

Segundo a PM, o arrastão aconteceu por volta das 18h30 na RN 233. Dois criminosos surgiram na estrada já atirando contra o ônibus, que precisou parar. Em seguida, a dupla roubou celulares, notebooks e bolsas de cerca de 40 estudantes.

Depois do arrastão, os criminosos obrigaram o motorista a digirir até uma estrada de barro, onde outros três bandidos estavam esperando em um carro para fugir. A polícia fez buscas, mas ninguém foi preso.

Polícia Civil e Força Nacional fazem operação na Comunidade do Mosquito, em Natal

Operação na Comunidade do Mosquito na manhã desta terça-feira (26) (Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi ) 

A Polícia Civil e Força Nacional iniciaram uma operação de combate ao tráfico de drogas na Comunidade do Mosquito, na Zona Oeste de Natal, no início da manhã desta terça-feira (26). Um homem foi retirado da comunidade enrolado em um lençol ensanguentado e encaminhado para o pronto-socorro.

A Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) informou que a operação foi de combate ao tráfico. Drogas, balanças e armas caseiras foram apreendidas. Dois homens e uma mulher foram conduzidos a delegacia.

Polícia Civil e Força Nacional fazem operação na Comunidade do Mosquito  (Foto: Kleber Teixiera/Inter TV Cabugi )
Polícia Civil e Força Nacional fazem operação na Comunidade do Mosquito (Foto: Kleber Teixiera/Inter TV Cabugi )

Fonte: https://g1.globo.com

Pelo menos 14 presos fogem da Cadeia Pública de Mossoró

Buraco aberto no teto pelos presos da Cadeia Pública de Mossoró; 14 fugiram (Foto: Cedida)

14 presos fugiram da Cadeia Pública de Mossoró, na região Oeste potiguar, durante a madrugada desta segunda-feira (25). A informação foi confirmada pela Secretaria de Justiça e Cidadania do Rio Grande do Norte (Sejuc). Ninguém foi recapturado até a última atualização desta matéria.

Os fugitivos estavam na cela 1 do Pavilhão 1, junto com outros oito presos que não fugiram. Eles abriram um buraco no teto, subiram no telhado e depois passaram por uma brecha aberta entre a cerca elétrica e a concertina do muro.

De acordo com a Sejuc, o registro da ocorrência policial já foi feito, o local será periciado e as circunstâncias da fuga estão sendo investigadas. O coordenador de Administração Penitenciária (Coape) e o Presidente da Comissão Especial de Procedimento Administrativo (CEPA) da Sejuc foram enviados ao município para fazer as apurações iniciais.

Os presos que fugiram são:

  1. Adriano Bezerra Sátiro (Catatal),
  2. Allison Pereira da Silva,
  3. Caio Erick Ferreira da Silva,
  4. Eduardo de Oliveira Félix,
  5. Erick Francisco de Souza Oliveira,
  6. Francisco Antônio Bernardo da Silva Filho,
  7. Francisco Edson da Silva Soares,
  8. Felipe Marques da Silva,
  9. Italo Magno Costa (Prateado),
  10. João Batista Bezerra,
  11. José Odorico da Silva Júnior,
  12. Júlio Felipe Cruz do Nascimento
  13. Luiz Guilherme da Silva Pereira e
  14. Weslley Lira de Moura

Fonte: https://g1.globo.com

  1. ,
  2. ,
  3. ,
  4. .

Policial civil aposentado é baleado e morre após reagir a assalto na Zona Norte de Natal; ladrão também morreu

O policial José Renildo Santos Moraes tinha 54 anos de idade (Foto: Cedida)

Um policial civil aposentado foi baleado e morreu durante uma troca de tiros após uma tentativa de assalto na Zona Norte de Natal, na manhã deste sábado (23). O policial José Renildo Santos Moraes, de 54 anos, foi socorrido ao hospital em estado grave e não resistiu ao ferimento. Ele havia deixado a ativa da polícia em janeiro.

A tentativa de assalto aconteceu em uma parada de ônibus na Avenida das Fronteiras, bairro Nossa Senhora da Apresentação. Segundo uma pessoa que mora próximo ao local, o policial civil foi abordado depois que a esposa dele subiu em um transporte coletivo.

A testemunha disse que José Renildo Moraes costumava deixar a mulher todos os dias de manhã na parada, e ficava esperando até que ela subisse no ônibus. Desta vez, depois que a companheira dele foi embora e o policial já se preparava para ir para casa, foi abordado por um assaltante, que chegou em uma moto.

Renildo e reagiu atirando contra o criminoso. No tiroteio, os dois se feriram. O assaltante ainda subiu na moto e andou 500 metros, até tombar morto. O policial foi levado para o Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel e morreu depois de dar entrada na unidade.

Fonte: https://g1.globo.com

Reação com faca contra assaltantes dentro de ônibus deixa dois baleados

Vítimas foram baleadas dentro do ônibus que faz a linha para São José de Mipibu, RN (Foto: Acson Freitas/Inter TV Cabugi)
Vítimas foram baleadas dentro do ônibus que faz a linha para São José de Mipibu, RN (Foto: Acson Freitas/Inter TV Cabugi)

G1RN – Dois passageiros de um ônibus foram baleados depois que um deles reagiu a um assalto dentro do transporte coletivo na noite desta sexta-feira (23), em Parnamirim, na Grande Natal. Uma das vítimas foi socorrida em estado grave ao hospital.

O crime aconteceu na BR-101, no ônibus que faz a linha para São José de Mipibu, quando dois assaltantes entraram no veículo e anunciaram o assalto.

Um homem que estava no ônibus reagiu e esfaqueou pelas costas um dos criminosos. O comparsa dele viu e atirou contra o homem, o atingindo no rosto. Uma mulher que estava sentada em um banco próximo também foi baleada.

Os dois bandidos desceram do ônibus e escaparam por um matagal à beira da rodovia. As duas vítimas foram socorridas ao hospital. A mulher passou por cirurgia e não corre risco de morrer, já o homem foi internado em estado grave.

Homem é morto a tiros na Grande Natal; segundo homicídio na mesma rua em três dias

Homem de 22 anos é morto a tiros em Monte Alegre na grande Natal. (Foto: Inter TV/Reprodução)
Homem de 22 anos é morto a tiros em Monte Alegre na grande Natal. (Foto: Inter TV/Reprodução)

G1RN – Um homem de 22 anos foi assassinado a tiros na noite desta quarta-feira (20) em Monte Alegre, município da Grande Natal. De acordo com a Polícia Militar, este foi o segundo homicídio na mesma rua em três dias. Até o momento ninguém foi preso.

Segundo a PM, o crime aconteceu na rua Marcos de Souza, no bairro da Esperança. André Barbosa dos Anjos estava caminhando quando foi surpreendido por dois homens encapuzados que chegaram em uma moto. Foram ouvidos sete disparos.

Este foi o segundo homicídio na mesma rua em três dias. Na madrugada do domingo (17), um homem foi morto a facadas.

Confronto entre PM e facções criminosas deixa um morto na Comunidade Beira Rio, em Natal

Resultado de imagem para Comunidade Beira Rio Natal RN
Foto da Internet

comunidade Beira Rio, na Zona Norte de Natal, viveu mais uma noite de confronto entre facções criminosas. De acordo com a PM, criminosos entraram em confronto por volta das 23h30 de terça (19). Uma viatura do Batalhão de Choque da Polícia Militar, que passava pelo local, foi alvo de disparos e houve troca de tiros. Um homem morreu.

Com medo dos tiros, motoristas que trafegavam pela Ponte de Igapó pegaram a contramão para sair do local. De acordo com o oficial Marco Aurélio, do 5º Batalhão da PM, cerca de 15 homens estavam envolvidos no confronto entre facções.

Um homem foi baleado e socorrido ao Hospital Santa Cantarina, mas já chegou à casa de saúde sem vida. O homem não foi identificado. Os outros envolvidos no confronto conseguiram fugir. Na ação, um revólver calibre 38 e cinco munições, sendo duas deflagradas, foram apreendidos pela Polícia Militar.

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/confronto-entre-pm-e-faccoes-criminosas-deixa-um-morto-na-comunidade-beira-rio-em-natal.ghtml

Criminosos assaltam escritório da Caern em Macaíba, na Grande Natal

Escritório da Caern foi assaltado em Macaíba (Foto: Kleber Teixeira) 

Dois criminosos assaltaram na manhã desta terça-feira (19) o escritório regional da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) em Macaíba, na Grande Natal. De acordo com a Polícia Militar, a dupla conseguiu fugir com vários celulares dos funcionários.

O assalto aconteceu por volta das 7h30 no escritório localizado no bairro Alfredo Mesquita. Os dois criminosos chegaram em um carro, um deles entrou no estabelecimento e, armado, rendeu os funcionários no salão de atendimento.

Ainda segundo a PM, nenhum cliente da Caern estava no escritório durante o crime. Até o momento ninguém foi preso. A diretoria da Caern informou que vai se reunir com a Secretaria de Segurança para avaliar que medidas podem ser tomadas para melhorar a segurança nos postos da Caern.

Fonte: https://g1.globo.com

Caso Iasmin: após 56 dias, corpo de menina de 12 anos é identificado e sepultado em Natal

Corpo da menina Iasmin Lorena, de 12 anos, foi sepultado logo após ser liberado pelo Itep, em Natal (Foto: Julianne Barreto/Inter TV Cabugi)

Quase dois meses depois de a polícia encontrar um corpo enterrado em uma casa na mesma rua onde Iasmin Lorena de Araújo, de 12 anos, havia desaparecido no dia 28 de março, na comunidade da África, Zona Norte de Natal, um exame de DNA identificou oficialmente o cadáver como sendo o da menina. Um homem que trabalhava no imóvel foi preso em abril confessou o crime.

O laudo que confirmou a identidade do corpo saiu no final da semana passada. Após os trâmites, a família foi chamada para liberar o corpo nesta terça-feira (19) e o sepultamento aconteceu por volta das 11h no cemitério da Redinha.

“Hoje é o pior dia da minha vida. É o meu pior aniversário. No dia que em que completo ano, receber essa notícia logo cedo. Vão ficar só as lembranças da minha filha. Era uma menina exemplar”, disse Ingrid Araújo, mãe da menina, durante o enterro da filha.

De acordo com o diretor do Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep), Marcos Brandão, houve dificuldade na identificação da vítima por causa do estado em que o corpo foi encontrado, já em decomposição. Na primeira tentativa de exame de DNA foram usados tecidos da pele, mas o estudo não foi conclusivo. Ao todo, foram três tentativas. Na última, o perito do Itep, que fez o exame em parceria com um laboratório do Ceará, usou uma cartilagem do arco costal.

Fonte: https://g1.globo.com