Category: Policial

Tiro no ouvido mata jovem no RN; polícia suspeita de disparo acidental

Raysla da Silva Costa tinha 18 anos (Foto: Arquivo Pessoal)
Raysla da Silva Costa tinha 18 anos (Foto: Arquivo Pessoal)

Uma jovem de 18 anos foi morta com um tiro no ouvido no início da tarde desta sexta-feira (14), em Caraúbas, no Oeste potiguar. De acordo com a Polícia Civil, a jovem estava na casa de um primo, no bairro Leandro Bezerra, quando foi atingida pelo disparo. A polícia suspeita que o disparo tenha sido acidental.

De acordo com o chefe de investigação da delegacia de Caraúbas, Alysson Godeiro, a vítima foi identificada como Raysla da Silva Costa. O fato aconteceu por volta do meio-dia. Além de Raysla, um casal de adolescentes estava na casa no momento do crime. Os dois fugiram com a arma.

Segundo Godeiro, os depoimentos iniciais indicam que a jovem e os adolescentes estavam em um dos cômodos da casa, manuseando uma arma. Ainda de acordo com Godeiro, de acordo com o relato da mãe do adolescente, o tiro teria sido acidental.

“As conclusões não podem ser tomadas a partir de agora, uma vez que o casal fugiu do local com a arma. Mas a versão que colhemos até agora é que teria sido acidental. O Itep Instituto Técnico de Perícia) está no caso e as perícias realizadas vão esclarecer melhor as condições em que esse homicídio aconteceu”, disse o chefe de investigação.

Ainda de acordo com Godeiro, o primo da jovem, um adolescente de 15 anos, já foi apreendido pela polícia por atos infracionais análogos aos crimes de furto e tentativa de homicídio. A adolescente, que também estava da cena do crime, tem 14 anos. Até o momento, o caso está sendo tratado como homicídio culposo – quando não há a intenção de matar.

Do G1RN

Homem é morto e outro ferido em atentado a tiros na Zona Norte de Natal

mortos
Crime aconteceu na Av. Pompeia, em frente a uma igreja evangélica (Foto: PM/Divulgação)

Um homem foi morto e outro ferido durante um atentado a tiros na manhã desta sexta-feira (14) no bairro Pajuçara, na Zona Norte de Natal. Segundo a Polícia Militar, cada um estava em uma motocicleta quando foram surpreendidos pelos criminosos. Ninguém foi preso.

O crime aconteceu por volta das 10h na Av. Pompeia, loteamento Nova República, em frente a uma igreja evangélica. Em contato com o G1, o tenente João Santos, oficial de serviço do 4º Batalhão da PM, contou que o homem que morreu ainda não foi identificado, “mas pelo fato dele estar usando uma tornozeleira eletrônica, sabemos que cumpria pena no regime semiaberto”, afirmou.

Ainda de acordo com o tenente, o ferido foi socorrido para o Hospital Santa Catarina, mas não há informações sobre o estado de saúde dele.

A PM fez buscas pelas região, mas nenhum suspeito foi encontrado.

Casal é encontrado morto no rio Potengi

FOTO: CEDIDA/ http://portalbo.com/
FOTO: CEDIDA/ http://portalbo.com/ 

Um casal ainda não identificado foi encontrado morto na manhã desta quinta-feira (13), boiando nas águas do rio Potengi, na comunidade Passo da Pátria, zona Leste de Natal. A polícia acredita que as vítimas foram baleadas e arrastadas até o local.

Os corpos foram localizados por moradores por volta das 5h. A Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros foram acionados para o resgate e isolamento da área. Uma equipe da DHPP (Divisão de Homicídios e Proteção a Pessoa) colheu várias informações, uma delas levanta a suspeita de que as vítimas foram baleadas e em seguida arrastadas até o mangue.

As duas pessoas mortas não foram identificadas e nenhuma testemunha foi localizada para esclarecer dúvidas sobre o ocorrido. Os corpos foram removidos para o prédio do ITEP no bairro da Ribeira onde serão necropsiados e liberados após a identificação.

http://portalbo.com/

 

Dois PMs são baleados em atentados no RN; outro, tem carro queimado

carro_queimado_materia
Em Natal, PM teve o carro incendiado após ser assaltado (Foto: PM/Divulgação)

Dois policiais militares foram baleados durante atentados ocorridos na noite desta quarta-feira (12) no Rio Grande do Norte. Os casos aconteceram em Natal e na cidade deMartins, na região Oeste do estado. Ainda durante a noite, também na capital, um outro PM teve seu carro incendiado após ser assaltado. Os policiais feridos não correm risco de morte. Ninguém foi preso.

Um dos atentados aconteceu no bairro de Igapó, na Zona Norte de Natal. De acordo com o 4ºBPM, um sargento da reserva foi atingido de raspão por um homem já identificado, mas que conseguiu fugir. O nome do criminoso não foi divulgado para não atrapalhar as investigações.

Já em Martins, dois homens em uma motocicleta desciam a serra quando abordaram e atiraram no policial. O soldado da PM foi atingido no lado esquerdo das costas. Mesmo ferido, ele revidou. Contudo, os criminosos conseguiram escapar por dentro da mata. A moto foi apreendida. “O policial foi socorrido para um hospital de Mossoró e está fora de perigo”, contou o tenente Agostinho.

Assalto e carro incendiado
Ainda na noite desta quarta, também em Natal, um policial militar sofreu um assalto e teve seu carro incendiado. Aconteceu no prolongamento da Av. Prudente de Morais. Segundo informações da própria PM, o policial furou o pneu do carro e teve que parar o veículo. Ao sair do carro, ele foi rendido por dois homens que se aproximaram em uma motocicleta. O policial reagiu, efetuou alguns disparos contra os assaltantes e correu para dentro do mato. Os criminosos, que não foram  atingidos, roubaram os pertences do PM. Na fuga, a dupla ateou fogo no automóvel.

Do G1RN

Pai é preso em flagrante ao tentar vender filho no Facebook

pai-e-preso

 

Um homem de 26 anos foi preso em flagrante nesta quarta-feira (5) na rodoviária de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, após tentar vender seu filho de 4 meses através do Facebook. As conversas foram apreendidas no próprio celular do homem e incluídas ao inquérito.

Segundo o delegado Paulo Sergio Lauretto, responsável pelo caso, a família, que é de São Gabriel do Oeste, interior do Mato Grosso do Sul, estava na rodoviária pedindo ajuda para embarcar para São Paulo e, ao serem abordados por assistentes sociais, a mãe demonstrou desespero e confessou que o bebê seria vendido por seu marido para uma mulher que mora em São Paulo. Além do bebê, o casal tem uma filha de cinco anos.

A polícia prendeu o homem em flagrante. De acordo com o delegado, o pai confessou a tentativa de venda e disse que havia se arrependido da negociação. Em depoimento, a mãe disse que o homem havia tentado negociar a venda da criança antes mesmo do seu nascimento, mas havia desistido. A mulher que aceitou a negociação é estudante de Direito e mora em São Paulo. Ela ainda não se apresentou à polícia.

Foi decretada a prisão preventiva do pai, que passou por audiência de custódia nesta sexta-feira em Campo Grande. De acordo com o delegado, o pai e a estudante de Direito deverão responder criminalmente por “prometer ou efetivar a entrega de filho ou pupilo a terceiro, mediante paga ou recompensa”, de acordo com o artigo 238 do Estatuto da Criança e do Adolescente, com pena de um a quatro anos de prisão, e multa.

Na delegacia, o pai relatou desespero após perder o emprego e passar por dificuldades financeiras e, por isso, retomou a ideia de vender o filho. Segundo o delegado, ele trata a negociação como doação e ajuda de custos. “O pai da criança não usa o termo ‘vender’, ele alega que daria a criança por não condições de criá-la, mas confessa que pediu uma ajuda de custo de 3.000 reais, aceita pela mulher com quem negociava”.

Robson Pires

No RN, dois presos são mortos dentro da Penitenciária de Alcaçuz

alca
Penitenciária Estadual de Alcaçuz, maior unidade prisional do Rio Grande do Norte (Foto: Ney Douglas)

Dois presos foram mortos dentro da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, a maior unidade prisional do Rio Grande do Norte, nesta sexta-feira (7). Os corpos foram encontrados no início da manhã. Os detentos foram mortos com arma branca, possivelmente um estilete, segundo a Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejuc). Com esses dois homicídios, chega a 26 o número de detentos encontrados mortos dentro das unidades prisionais do estado.

Os presos foram identificados como Geraldo Neto de Souza e Romneilson Cardoso de Lima. Ambos foram presos por assalto a mão armada. Os corpos foram encontrados no setor denominado ‘Novo Horizonte’, onde ficam os detentos que prestam algum serviço na unidade prisional. Ao todo, o setor abriga 32 presos.

Apareceram mosrtos com perfuração de arma branca artesanal. O Itep vai fazer identificação oficial. Neste momento acontece uma intervenção em Alcaçuz.

Do G1RN

Baixista é morto durante tentativa de assalto na Zona Norte de Natal

musico_2
Guilherme Mendes Brandão tinha 20 anos (Foto: Arquivo Pessoal)

Um jovem de 20 anos, estudante e baixista, foi morto no final da noite desta quarta-feira (5) no bairro de Igapó, na Zona Norte de Natal. Segundo a Polícia Militar, Guilherme Mendes Brandão estava chegando na casa da namorada quando foi surpreendido por dois homens que tentaram roubar a motocicleta dele. O rapaz teria se negado a entregar o veículo, sendo baleado na testa. Os criminosos fugiram sem levar a moto.

Tenente do 4º Batalhão da PM, João Santos contou ao G1 que o crime aconteceu por volta das 23h na travessa Acaraú. “Ele tinha saído da escola e estava indo ver a namorada. Os dois assaltantes também estavam de moto. Se aproximaram e tentaram levar a motocicleta dele. Ele deve ter reagido. Então atiraram”, relatou. Baleado na testa, Guilherme morreu na hora. “A moto do rapaz não foi levada. A encontramos a alguns metros do corpo”, acrescentou o oficial.

Uma amiga de Guilherme, que pediu para não ser identificada, contou que ele tocava em uma igreja, mas que atualmente também estava cantando em uma banda. “Ele era muito querido. Tinha um coração enorme. Estamos todos arrasados com essa violência”, disse ela.

No RN, agências dos Correios são invadidas em Pureza e Campo Grande

correios_materia

G1 – Agências dos Correios nas cidades de Pureza, distante 60 quilômetros de Natal, e em Campo Grande, na região Oeste potiguar, foram arrombadas por criminosos na madrugada desta quarta-feira (5). Nos dois casos, ninguém foi preso.

Em Pureza, o cofre foi levado. Na fuga, os criminosos ainda artiraram nos muros da delegacia da cidade. Já em Campo Grande, segundo a Polícia Militar, ainda não há informações se o dinheiro foi levado. Na fuga, no entanto, vários veículos foram atingidos por disparos de arma de fogo. Não há feridos.

VERGONHA NACIONAL: Três seguranças da Presidência da República são presos por roubo no DF

Armas, celulares e distintivos apreendidos com militares do Exército suspeitos de roubo em Ceilândia, no Distrito Federal (Foto: Polícia Militar/Divulgação)
Armas, celulares e distintivos apreendidos com militares do Exército suspeitos de roubo em Ceilândia, no Distrito Federal (Foto: Polícia Militar/Divulgação)

G1 – Três militares do Exército que atuam na segurança de instalações da Presidência da República, em Brasília, foram presos na noite desta sexta-feira (30), suspeitos de assaltar pelo menos seis pessoas. De acordo com a Polícia Militar, o grupo usava pistolas das Forças Armadas para roubar dinheiro, celulares e objetos pessoais de pedestres em Ceilândia.

No momento da prisão, os homens estavam com distintivos e crachás do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência da República. O órgão confirmou ao G1 que os suspeitos pertencem ao quadro de funcionários.

Segundo o GSI, os homens eram agentes de segurança das instalações, e controlavam o acesso à presidência da República em prédios como o Palácio do Planalto, o Palácio da Alvorada e a Granja do Torto. Eles não faziam a guarda direta do presidente Michel Temer.

Vinculado diretamente ao Palácio do Planalto, o Gabinete de Segurança Institucional é responsável pela segurança do presidente da República e pela coordenação dos serviços de inteligência federal, entre outras atribuições.

A ocorrência foi registrada na 23ª Delegacia de Polícia (P Sul). Em seguida, os homens foram encaminhados ao Batalhão de Polícia do Exército, onde permaneciam presos até a manhã deste sábado (1º). Segundo o GSI, os militares devem ser afastados da corporação para responder pelos crimes na Justiça comum.

De acordo com o registro policial, os homens admitiram que “saíram para fazerem umas ‘correrias’ (arrastão em via pública) e depois retornavam para o local de trabalho para cumprirem a escala de serviço”.

Os homens têm idades entre 20 e 21 anos e foram abordados na quadra 18 de Ceilândia Norte, por volta das 21h. Segundo a PM, eles tentaram se passar por policiais civis para evitar as perguntas. Com os militares, a polícia encontrou correntes e seis celulares que teriam sido roubados na região. Até o fim da noite, seis vítimas e uma testemunha já tinham reconhecido os suspeitos.

A PM também apreendeu três pistolas 9mm, de uso exclusivo das Forças Armadas, seis carregadores (pentes) para as armas, um colete à prova de balas, cerca de R$ 960 e porções de maconha que estavam com os militares do Exército.

A ocorrência registrada na Polícia Civil lista os crimes de roubo, porte ilegal de arma de uso restrito, usurpação de função pública e porte de drogas para consumo próprio.

Vereador candidato à reeleição é morto a tiros em evento político no RN

cleG1 – O vereador e candidato à reeleição Manoel Clementino do Carmo (PMDB), de 56 anos, foi assassinado a tiros na noite desta segunda-feira (26) durante um evento político em Serrinha dos Pintos, cidade distante cerca de 367 quilômetros de Natal.

O crime aconteceu por volta das 20h. De acordo com a Polícia Militar, Clementino estava em uma movimentação política quando foi baleado. Outro homem, ainda não identificado, também foi atingido. Eles foram socorridos ao Hospital de Pau dos Ferros.

Clementino não resistiu e morreu no centro cirúrgico do hospital. Já o outro homem está internado, mas o estado de saúde dele não foi divulgado. Segundo a polícia, ninguém foi preso. Ainda não se sabe a motivação do atentado.

Subtenente da PM, o vereador Clementino era casado e natural de Caicó.

Clementino era candidato à reeleição em Serrinha dos Pintos (Foto: Reprodução/TSE)
Clementino era candidato à reeleição em Serrinha dos Pintos (Foto: Reprodução/TSE)

PM é baleado durante tentativa de assalto na Zona Sul de Natal

tiroteio
Segundo a PM, policial foi baleado durante uma tentativa de assalto (Foto: Andréa Luiza/G1)

Um policial militar foi baleado no início da tarde desta segunda-feira (26) na Avenida Engenheiro Roberto Freire, uma das principais vias da Zona Sul de Natal. De acordo com a PM, o policial trocou tiros com bandidos para tentar evitar um assalto e acabou sendo atingido. Ele foi socorrido para o hospital.

De acordo com a PM, o policial estava fazendo um depósito em uma agência bancária na mesma avenida quando foi surpreendido por quatro suspeitos. Houve troca de tiros e um suspeito foi atingido, no entanto, todos conseguiram fugir. O PM também ficou ferido.

Ainda de acordo com a PM, o policial foi identificado como José Diniz, cabo do 5º Batalhão da PM. Ele foi socorrido para o Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel. O estado de saúde dele não foi informado.

No momento, buscas estão sendo feitas na região com auxílio do helicóptero Potiguar 01, da Secretaria Estadual de Segurança Pública e Defesa Social (Sesed). No entanto, ninguém foi preso.

Do G1RN

Candidato à prefeitura de Japeri sofre atentado no RJ e reage com tiros

Andrezinho de Japeri teve o carro alvejado (Foto: Arquivo pessoal)
Andrezinho de Japeri teve o carro alvejado (Foto: Arquivo pessoal)

Um dos candidatos a prefeito de Japeri, na Baixada Fluminense, foi vítima de um atentado no início da madrugada desta sexta-feira (23), quando chegava em casa, no bairro Chacrinha. Andrezinho, do PRP, é policial e estava armado. Ele disse que reagiu ao ataque e baleou dois dos suspeitos.

André Luís de Oliveira Cristino, o Andrezinho, contou que estava seguindo para casa em seu carro particular pela Rua Santo Antônio, próximo do Largo da Chacrinha, por volta de meia noite e meia, acompanhado de um segurança. A cerca de 500 metros de casa, um carro no sentido contrário, com quatro homens armados, o fechou. Em entrevista ao G1, Andrezinho contou como foi alvejado pelos criminosos.

“Por volta de 1h da manhã eu estava voltando para casa, pois tinha acabado os trabalhos da campanha. Um carro passou por mim, manobrou atrás de mim, me ultrapassou e me fechou. De dentro saíram quatro homens, que começaram a atirar, mas provavelmente não viram que o carro era blindado”, explicou o candidato, que atua no Bope.

Obrigado a parar, o carro do candidato foi alvejado por vários disparos. Como é policial, ele estava armado e trocou tiros com os suspeitos, que deram ré e conseguiram fugir.

Eu reagi e consegui balear um, que caiu no chão. Depois atingi outro, que caiu dentro do carro. Ainda troquei tiros com os dois que sobraram. Dei ré e fui buscar ajuda. Quando voltei, eles tinham levado o que caiu no carro e não estavam mais lá”, disse Andrezinho.

O candidato foi até o posto de policiamento comunitário de Japeri, que fica no centro da cidade, para pedir ajuda. Ele disse que abandonou o carro próximo à linha férrea, atravessou a pé e conseguiu chegar ao posto. Andrezinho contou que nunca tinha sofrido um ataque do tipo.

“Primeira vez que isso aconteceu. A política aqui é suja. E eu estou incomodando. Minha imagem é jovem. E tentaram me tirar de cena. Se eu não reajo, eles tinham me matado”, contou Andrezinho, que não ficou ferido.

Os policiais militares foram até o local, mas os suspeitos não foram encontrados. Andrezinho foi na manhã desta sexta (23), registrar a ocorrência no 63ª DP (Japeri). O carro do candidato, com marcas de tiros, vai ser periciado.

Do G1RN

Mulher encomendou morte do próprio marido em Natal, diz polícia

vitima
Juarez da Silva foi assassinado dentro de casa (Foto: Divulgação/PM)

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte anunciou nesta sexta-feira (23) que elucidou o assassinato do comerciante Juarez da Silva, de 59 anos, morto no dia 15 de junho deste ano na comunidade do Leningrado, no bairro Guarapes, na Zona Oeste de Natal. Juarez, que foi morto a tiros dentro de casa, vivia do aluguel de placas de buggy. Segundo a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), o crime foi encomendado pela própria mulher da vítima. Ela teria forjado a invasão da residência do casal e a realização de um falso assalto. Para isso, dois adultos e um adolescente de 15 anos deveriam receber R$ 900. No entanto, o pagamento não foi feito.

Ainda de acordo com a polícia, o adolescente foi quem executou o comerciante. “A investigação descobriu que, no dia do crime, o adolescente levou um Ipad que estava na casa da vítima. Dias depois, ele devolveu o aparelho para a viúva. As investigações prosseguiram e revelaram que a mulher encomendou a morte de Juarez porque ele havia anunciado que iria se separar dela. Assim, ela decidiu simular um roubo para despistar a encomenda do homicídio. O trio de executores subtraiu alguns bens da casa, como eletroeletrônicos. Os objetos foram divididos entre eles”, divulgou a assessoria de comunicação da Polícia Civil.

Na quarta-feira (21), ocorreram as primeiras as prisões. Um deles, de 18 anos, mais conhecido como ‘o matador do Leningrado’, já responde a seis inquéritos na DHPP pela prática de assassinatos. Ele foi detido na própria comunidade do Leningrado. Na casa de um segundo suspeito, preso na cidade de Angicos, os policiais apreenderam duas espingardas. No dia seguinte, foi encontrado e apreendido o adolescente. Já a mulher da vítima, recebeu voz de prisão ao ser intimada a prestar esclarecimentos na sede da DHPP. A prisão dela também aconteceu na quinta-feira (22), quando ela foi à delegacia.

Os detidos estão detidos sob força de mandados de prisão temporária.

Do G1RN

 

Gerente de seguradora é morto a tiros e tem carro roubado na Grande Natal

Maxswell Santos (Foto: Arquivo Pessoal)
Maxswell Santos (Foto: Arquivo Pessoal)

G1 – O gerente de uma empresa especializada em seguros para motocicletas foi morto a tiros durante um assalto ocorrido na noite desta quinta-feira (22) em Parnamirim, cidade da Grande Natal. Maxswell Santos do Nascimento, de 26 anos, ainda foi socorrido a uma Unidade de Pronto Atendimento, mas não resistiu aos ferimentos. O carro da vítima foi levado pelos bandidos.

Segundo a Polícia Civil, o crime aconteceu por volta das 19h30, no bairro de Nova Esperança. Consta em boletim de ocorrência registrado na Delegacia de Plantão da Zona Sul de Natal que o gerente estava no carro, saindo de casa, quando foi surpreendido por dois homens armados. A dupla se aproximou e anunciou o assalto. Já com o celular e as chaves do veículo nas mãos, um dos criminosos atirou contra o gerente. Testemunhas relataram que os ladrões, já dentro do veículo, ainda fizeram novos disparos contra Maxswell.

A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) deu início às investigações, mas o caso ficará sob a responsabilidade da 1ª DP de Parnamirim.

Empresário condenado por agredir advogada no RN é assassinado em PE

Jovem teve o braço quebrado após se recusar a dar beijo em rapaz no Rio Grande do Norte (Foto: Arquivo pessoal)
Jovem teve o braço quebrado após se recusar a dar beijo em rapaz no Rio Grande do Norte (Foto: Arquivo pessoal)

Condenado pela Justiça de Natal
A Justiça potiguar condenou o empresário Rômulo Lemos, acusado de agredir e quebrar o braço da advogada Rhanna Diógenes, de 24 anos, em uma boate de Natal em 2011.

Ele foi condenado a três anos de reclusão por lesão corporal. O caso ganhou repercussão nacional e foi destaque no Fantástico. De acordo com a advogada, a agressão aconteceu após ela se recusar a beijar o empresário. Na época, Rhanna tinha 19 anos e era estudante de Direito.

Na sentença, o juiz Alceu Cicco, destacou que o crime cometido pelo réu foi fruto do machismo, pois a conduta de Rômulo representa “uma afronta direta aos valores constitucionais relativos à igualdade de gêneros, porquanto referido posicionamento estaria imbuído de uma visão machista e patriarcal de que a mulher é obrigada a aceitar todo e qualquer assédio, conferindo, ainda, ao homem o direito de agredi-la quando rechaçado”, como consta na decisão.

Também na época do fato, o empresário se defendeu dizendo que o braço da estudante teria quebrado no chão. “Ela jogou a bebida na minha cara, segurando a minha gola. Em seguida eu achei que ela iria jogar o copo em mim. Numa ação instintiva, automaticamente eu retirei o braço dela. Ela provavelmente deve ter ido a escorregar pelo fato da bebida ter caído no chão, obviamente. Deve ter quebrado o braço no chão”, contou Rômulo ao G1 em outubro de 2011.

Do G1RN