Category: Policial

Durante assalto, criminoso aponta arma para boca de bebê de 11 meses

Quatro criminosos invadiram a casa localizada no bairro da Redinha, na Zona Norte de Natal (Foto: Sérgio Costa/ Portal BO)
Quatro criminosos invadiram a casa localizada no bairro da Redinha, na Zona Norte de Natal (Foto: Sérgio Costa/ Portal BO)

Um criminoso apontou a arma para a boca de um bebê de 11 meses durante um assalto a uma casa no bairro da Redinha, na Zona Norte de Natal. O crime aconteceu no dia 19 de agosto, mas só foi registrado nesta segunda-feira (22). Outros três homens participaram da ação.

De acordo com o dono da casa invadida, que preferiu não se identificar, os criminosos agiram com muita violência. Segundo o homem, um dos criminosos ameaçou atirar na boca de um bebê de 11 meses quando este começou a chorar quando viu o homem e a esposa sendo amarrados pelos bandidos.

Ainda de acordo com o homem, os criminosos invadiram a casa por volta das 20h. Depois de amarrarem o casal, eles começaram um arrastão dentro da casa, levando pertences das vítimas. A ação durou cerca de 10 minutos.

A quadrilha fugiu levando o carro da família, um Corsa Classic, e uma motocicleta cinquenta cilindradas. A polícia foi acionada, mas os suspeitos conseguiram escapar.

Fonte: http://g1.globo.com/

Cinco mulheres são assassinadas durante o fim de semana no RN

Maria do Socorro Morais, esfaqueada em São João do Sabugi, tinha 37 anos (Foto: Arquivo Pessoal)
Maria do Socorro Morais, esfaqueada em São
João do Sabugi, tinha 37 anos
(Foto: Arquivo Pessoal)

Cinco mulheres foram assassinadas durante este final de semana no Rio Grande do Norte. Em Natal, São José de Mipibu, Parnamirim e São João do Sabugi, as vítimas foram mortas na madrugada deste domingo (21). Na região Oeste, uma doméstica que havia sido baleada na quarta-feira (17) em Governador Dix-Sept Rosado não resistiu aos ferimentos e morreu na madrugada do sábado (20) no Hospital Regional Tarcísio Maia, em Mossoró.

Com mais estes cinco casos, chega a 11 o número de mulheres mortas nos últimos onze dias no estado. A maioria, vítima de feminicídio – que é quando uma pessoa é morta pela condição de ser do sexo feminino.

Domingo
Em Natal, Roberta Nogueira da Silva, de 35 anos, foi encontrada morta no meio de uma rua no bairro Pajuçara, na Zona Norte da cidade. Policiais do 4º Batalhão relataram que a mulher foi encontrada na rua Castelo Branco, por volta das 4h deste domingo, e que ela tinha perfurações nas costas. Também há informações de que a vítima teria sido jogada de um carro em movimento.

Em Parnamirim, o corpo de Emília Miranda da Silva, de 29 anos, foi encontrado por volta das 4h. Estava na rua Dom João, no bairro de Santos Reis. A polícia disse que ela foi morta a pauladas, mas que não tem pistas dos criminosos.

Em São José de Mipibu, Elidiane Felipe de Souza, de 25 anos, foi morta a facadas dentro de um condomínio na comunidade Pau Brasil. Vizinhos relataram ter ouvido os gritos da vítima durante uma suposta discussão com o companheiro dela.

Já em São João do Sabugi, também nesta madrugada, a vítima foi uma comerciante autônoma de 37 anos. Maria do Socorro Morais estava em casa com o atual companheiro quando o ex-marido dela arrombou a porta, invadiu a residência e atacou o casal com goles de faca. Ferida no peito e em um dos braços, Maria foi socorrida para um hospital em Caicó, onde morreu por volta das 9h. O assassino fugiu. O companheiro da vítima, que também foi esfaqueado, permanece internado. Segundo o sargento Adriano Azevedo, o estado de saúde do homem é grave, mas estável. “Ainda fizemos buscas pelo criminoso, mas ele conseguiu fugir”, acrescentou. Ainda de acordo com o sargento, a faca usada no crime foi apreendida.

Antônia Edinete de Oliveira tinha 37 anos (Foto: Arquivo Pessoal)
Antônia Edinete de Oliveira tinha 37 anos
(Foto: Arquivo Pessoal)

 

 

Sábado
No sábado (20), a vítima foi a empregada doméstica Antônia Edinete de Oliveira, de 37 anos. Ela morreu no Hospital Regional Tarcísio Maia, em Mossoró, onde tentava se recuperar dos tiros que sofrera na última quarta-feira (17) na cidade de Governador Dix-Sept Rosado. O irmão dela, que tem 35 anos, também foi alvo dos disparos. Ele continua hospitalizado. A polícia ainda não tem pista dos criminosos.

Edinete e o irmão foram baleados quando chegavam em casa, no Sítio Ipueira. Os assassinos são dois homens que chegaram à comunidade de moto, obrigaram as vítimas a ficarem de costas e atiraram. Segundo a Polícia Militar, não houve anúncio de assalto.

Os irmãos receberam os primeiros atendimentos médicos em uma unidade de saúde do município. Em razão da gravidade dos ferimentos, foram transferidos para Mossoró.

Do G1RN

Homem é assassinado dentro de carro em Nova Parnamirim, na Grande Natal

Com os tiros, o João Maria, que estava ao volante, perdeu a direção e bateu o automóvel no muro de uma casa. Ele morreu na hora. (Foto: Polícia Civil/Divulgação)
Com os tiros, o João Maria, que estava ao volante, perdeu a direção e bateu o automóvel no muro de uma casa. Ele morreu na hora. (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

G1 – Um jovem foi assassinado e outro ferido a tiros na noite desta sexta-feira (19) no bairro de Nova Parnamirim, em Parnamirim, cidade da Grande Natal. Segundo a Polícia Civil, os dois estavam dentro de um Gol, passando numa rua próxima ao shopping Ayrton Senna, quando foram atingidos pelos disparos. Os assassinos fugiram. João Maria Tales dos Santos, de 21 anos, morreu na hora. O amigo, socorrido com um tiro na perna, aparentemente não corre risco de morte.

Delegado da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Marcos Vinícius disse ao G1que os criminosos atiraram de dentro de um outro veículo, que emparelhou com o carro das vítimas. “Disseram que foi um Corola, mas não conseguimos ter certeza desta informação. O fato é que este outro veículo emparelhou e os ocupantes atiraram para dentro do Gol. Com os tiros, o João Maria, que estava ao volante, perdeu a direção e bateu o automóvel no muro de uma casa. Ele morreu na hora. O outro rapaz, que estava no banco do carona, foi levado para o hospital. O ferimento na perna não foi de muita gravidade”, relatou. Ainda de acordo com o delegado, foram disparados pelo menos seis tiros de pistola calibre 380.

Doméstica baleada juntamente com o irmão morre em hospital de Mossoró

Antônia Edinete de Oliveira tinha 37 anos (Foto: Arquivo Pessoal)
Antônia Edinete de Oliveira tinha 37 anos
(Foto: Arquivo Pessoal)

G1 – A empregada doméstica Antônia Edinete de Oliveira, de 37 anos, que foi baleada na última quarta-feira (17) em Governador Dix-Sept Rosado, cidade da região Oeste potiguar, não resistiu aos ferimentos e morreu na madrugada deste sábado (20). A mulher estava internada no Hospital Regional Tarcísio Maia, em Mossoró. O irmão dela, que tem 35 anos, também foi alvo dos disparos. Ele continua hospitalizado. A polícia ainda não tem pista dos criminosos.

Edinete e o irmão foram baleados quando chegavam em casa, no Sítio Ipueira, zona rural de Governador Dix-Sept Rosado. A cidade é vizinha a Mossoró. Os assassinos são dois homens que chegaram à comunidade de moto, obrigaram as vítimas a ficarem de costas e atiraram. Segundo a Polícia Militar, não houve anúncio de assalto.

Os irmãos receberam os primeiros atendimentos médicos em uma unidade de saúde do município. Em razão da gravidade dos ferimentos, foram transferidos para Mossoró.

Sete mulheres mortas em 10 dias
A violência contra a mulher tem marcado os últimos dias no Rio Grande do Norte. Contando com a morte registrada neste sábado, sete mulheres foram assassinadas nos últimos 10 dias no estado. A maioria, vítimas de feminicídio – que é quando uma pessoa é morta pela condição de ser do sexo feminino.

No primeiro caso, a vítima foi a técnica em enfermagem Ana D’Ávila Gomes de Oliveira, de 47 anos, esfaqueada dentro de casa. O crime aconteceu no dia 10. Ela trabalhava como socorrista do Samu. Ana ainda foi socorrida, mas morreu ao chegar ao hospital. Apontado como responsável pelo crime, o ex-companheiro dela fugiu. Porém, misteriosamente, apareceu morto dois dias depois. O corpo de Josinaldo Gomes da Silva, mais conhecido como ‘Vaqueiro’, foi encontrado na zona rural de Lajes Pintadas, a 130 quilômetros da capital. De acordo com o delegado Silva Júnior, o cadáver tinha marcas de dois tiros no peito. Uma pistola foi encontrada ao lado do corpo. O delegado solicitou perícia, mas afirmou que existem indícios de suicídio. A polícia acredita que Josinaldo matou a ex-companheira porque ela não aceitava retomar o relacionamento.

Suspeito de matar mulher com facada em Mossoró é preso em Tibau

Franciscris Silva Fernandes (Foto: Arquivo Pessoal)
Franciscris Silva Fernandes (Foto: Arquivo Pessoal)

G1 – Policiais civis da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Mossoró cumpriram um mandado expedido pela Justiça e prenderam, na manhã desta quinta-feira (18) na cidade de Tibau, na região Oeste potiguar, Alberto Sinésio de Melo, de 41 anos. Montador de móveis, ele é apontado como suspeito de matar a própria companheira, crime ocorrido neste último final de semana. Dona de casa, Franciscris Silva Fernandes, de 24 anos, levou uma facada durante uma discussão.

O crime aconteceu sábado (13) no bairro Planalto 13 de Maio, em Mossoró. A mulher foi levada para o Hospital Regional Tarcísio Maia e submetida a uma cirurgia, mas não resistiu ao ferimento e faleceu na madrugada do domingo (14). A faca usada no crime foi encontrada sob o telhado da casa e apreendida.

Alberto Sinésio de Melo chegou a se apresentar à polícia na terça-feira (16) acompanhado de um advogado. Em depoimento, ele disse que agiu em legítima defesa, já que a mulher teria tentado esfaqueá-lo durante a discussão. Após ser ouvido, foi liberado. O delegado Rafael Arraes informou que o inquérito foi concluído e remetido à Justiça juntamente com um pedido de mandado de prisão contra o suspeito.

“Com o mandado expedido na quarta, fomos à residência da família dele na manhã desta quinta, em Tibau, e o prendemos. Ele agora vai responder pelo crime de feminicídio, que é quando acontece uma morte intencional de pessoa do sexo feminino”, explicou Arraes. Ainda de acordo com o delegado, Alberto também responderá pelos agravantes de ter assassinado a companheira por motivo fútil e impossibilidade de defesa da vítima.

Mulher é morta com tiros na cabeça em Macaíba, na Grande Natal

Ao lado do corpo, ficaram as sandálias, a bolsa da vítima e uma latinha de cerveja (Foto: PM/Divulgação)
Ao lado do corpo, ficaram as sandálias, a bolsa da vítima e uma latinha de cerveja (Foto: PM/Divulgação)

G1 – Uma mulher de 21 anos foi assassinada na madrugada desta quinta-feira (18) em Macaíba, na Grande Natal. Natural da Paraíba, Andreza Diana de Freitas levou tiros na cabeça. Segundo a Polícia Militar, ninguém foi preso. Esta é sexta mulher morta no estado em uma semana.

De acordo com o sargento Danilo Moura Cavalcante, do 11º Batalhão da PM, o crime aconteceu pouco depois da meia-noite na rua Luiz Gonzaga, no Ferreiro Torto. “Como levou tiros na cabeça, a suspeita é de que tenha sido uma execução”, disse.

A polícia ainda não tem informações sobre os criminosos e nem sobre a motivação do crime.

Feminicídio
A Polícia Civil também investiga cinco casos de mulheres assassinadas no estado, todas supostamente vítimas de crimes passionais. Mykaella Ruanna Pereira Fagundes, de 21 anos, Ana D’Ávila Gomes de Oliveira, de 47, Franciscris Silva Fernandes, de 24, Josefa Ferreira da Silva, 41 anos, e Naiara Régia Noemi da Silva, de 18, foram mortas a facadas ou a tiros nos últimos dias.

Caminhão e carro são incendiados na Zona Oeste de Natal

fogo
Um caminhão foi incendiado em Felipe Camarão (Foto: PM/Divulgação)

Criminosos incendiaram um caminhão e um carro na madrugada desta segunda-feira (15) na Zona Oeste de Natal. De acordo com a Polícia Militar, os casos foram registrados nos bairros de Felipe Camarão e Bom Pastor. Até o momento ninguém foi preso.

Segundo a PM, o primeiro crime foi registrado por volta das 3h30. Lá, um caminhão foi incendiado em frente a uma oficina na rua Mar e Céu, em Felipe Camarão. O Corpo de Bombeiros foi acionado e apagou as chamas. Populares informaram à polícia que os criminosos gritavam o nome de uma facção, que reivindica os recentes ataques ocorridos no estado.

Pouco depois das, por volta das 4h, um carro também foi incendiado. Aconteceu na rua Tenente Petrolino, no Bom Pastor. O proprietário do veículo ouviu quando os criminosos fugiram. Os bombeiros foram ao local e apagaram o incêndio.

Ataques
De acordo com o governo, 111 atos criminosos já foram registrados em 40 cidades do estado desde o início dos ataques. E, até o momento, 109 pessoas já foram presas suspeitas de envolvimento nos crimes.

A razão dos ataques é a instalação de bloqueadores de celular na Penitenciária de Parnamirim, na Grande Natal,  feita no dia 28 de julho. Uma facção, formada dentro dos presídios, reivindica os ataques. O primeiro aconteceu na tarde de 29 de julho, quando um micro-ônibus foi incendiado em Macaíba, também na Grande Natal.

Desde então, as forças de segurança vêm registrados atentados a ônibus, carros, prédios da administração pública e bases policiais em todo estado. Um dos acessos ao Aeroporto Internacional Aluízio Alves, e até mesmo a vegetação do Morro do Careca – um dos principais cartões-postais do RN – também foram alvos dos atentados.

Do G1RN

 

Mecânico é executado com 12 tiros dentro de carro em Natal

14001893_580148462155251_1645562295_o
Mecânico levou 12 tiros, segundo a polícia (Foto: Eduardo Rodrigues/Inter TV Cabugi)

G1 – Um mecânico de 22 anos foi assassinado a tiros na manhã desta sexta-feira (12) dentro do carro no bairro Bom Pastor, na Zona Oeste de Natal. De acordo com a Polícia Militar, Robson Souza da Silva levou 12 tiros. Até o momento ninguém foi preso.

O crime aconteceu na travessa da rua dos Paiatis. Robson estava dentro do carro estacionado na frente de casa quando dois homens em uma motocicleta se aproximaram e atiraram. Os criminosos conseguiram fugir.

Robson trabalhava como mecânico mas estava desempregado há 1 mês porque o dono da oficina foi assassinado. A Polícia Civil vai investigar se os casos têm relação. Segundo a polícia, Robson tinha passagem pela polícia. Ele havia sido preso no carnaval deste ano após roubar um celular, mas respondia em liberdade.

Mulher é morta com tiros na cabeça em Natal; ex-namorado é suspeito

Mykaella Ruanna foi morta com 5 tiros na cabeça (Foto: Arquivo pessoal)
Mykaella Ruanna foi morta com 5 tiros na cabeça (Foto: Arquivo pessoal)

G1 – Uma mulher de 21 anos foi assassinada a tiros na noite desta quinta-feira (11) em frente a uma academia no bairro das Rocas, na Zona Leste de Natal. De acordo com a Polícia Militar, Mykaella Ruanna Pereira Fagundes estava conversando com uma amiga quando foi baleada na cabeça. O ex-namorado da vítima é o principal suspeito do crime.

Segundo a PM, o crime aconteceu por volta das 20h30. Mykaella e uma amiga estavam em frente a uma academia quando um carro prata se aproximou e o criminoso que estava no banco do passageiro atirou. A amiga não foi atingida, mas Mykaella levou cinco tiros na cabeça.

A vítima trabalhava como diarista. A mãe da jovem informou à polícia que a filha havia terminado recentemente com o namorado, que está preso. O detento teria ligado para Mykaella para avisar que mandaria dinheiro para o filho do casal, que tem 3 anos. Na hora marcada do encontro para receber a quantia, os criminosos atiraram na mulher.

A Polícia Civil vai investigar se o crime tem mesmo motivação passional. Até o momento ninguém foi preso.

Socorrista do Samu é morta a facadas no RN; ex-companheiro é suspeito

Ana D’ávila Gomes de Oliveira (Foto: Arquivo Pessoal)
Ana D’ávila Gomes de Oliveira
(Foto: Arquivo Pessoal)

Uma técnica em enfermagem de 47 anos foi assassinada a facadas na noite desta quarta-feira (10) em Santa Cruz, a pouco mais de 110 quilômetros de Natal. De acordo com a Polícia Militar, Ana D’ávila Gomes de Oliveira trabalhava como socorrista do Samu na cidade. O principal suspeito do crime é o ex-companheiro da vítima.

Segundo o sargento Juvanildo Camarão de Oliveira, do destacamento da cidade, o crime aconteceu por volta das 18h30 dentro da casa da vítima, que fica na rua Nossa Senhora dos Remédios, no conjunto Cônego do Monte. “As agressões começaram no primeiro andar da residência. Tinha muito sangue no corrimão. Eles desceram e Ana foi morta no andar de baixo”, informou o sargento.

Após o crime, o homem conseguiu fugir. A PM ainda fez buscas, mas ele não foi encontrado. A vítima foi levada para o hospital da cidade, mas não resistiu aos ferimentos. “Ela levou facadas no pescoço, abdômen, braços”, disse o sargento.

A polícia acredita que a motivação do assassinato é que o ex-companheiro tentava reatar o relacionamento com Ana, mas ela não aceitava.

Do G1

Grupo armado tenta incendiar ônibus em Natal; adolescente é apreendido

mae_luiza_I7PheRl (1)
Apreendido, adolescente foi levado pela PM para a Delegacia Especializada de Atendimento ao Adolescente Infrator (Foto: PM/Divulgação)

Um adolescente foi apreendido na manhã desta terça-feira (9) suspeito de tentar incendiar um ônibus no bairro de Mãe Luíza, na Zona Leste de Natal. Armados, outros três homens conseguiram fugir. A Secretaria Estadual da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) ainda não confirma se o crime tem relação com os ataques criminosos que aconteceram no estado nos últimos dias.

De acordo com a polícia, três criminosos estavam armados dando apoio ao adolescente, que espalhou gasolina dentro do ônibus. Uma equipe da PM que fazia ronda na região conseguiu impedir a ação dos bandidos. O trio conseguiu fugir e o adolescente foi detido ainda dentro do veículo.

O adolescente foi levado para a Delegacia Especializada de Atendimento ao Adolescente Infrator (DEA).

Base policial
Uma base da PM foi incendiada na madrugada desta terça (9) no conjunto Parque das Dunas 6, no bairro de Pajuçara, na Zona Norte de Natal. A Sesed também não confirma se o crime não tem relação com os ataques criminosos.

Ataques
Os últimos dias são de tensão dentro e fora do sistema prisional potiguar. Nas ruas, 107 ataques criminosos já foram registrados em 37 cidades, e 108 pessoas já foram presas suspeitas de envolvimento direto ou participação nos atentados – tudo em razão dainstalação de bloqueadores de celular na Penitenciária de Parnamirim, na Grande Natal. Uma facção, formada dentro dos presídios, reivindica os ataques.

 

 

Do G1RN

Presos são mortos a facadas na maior penitenciária do RN

Penitenciária Estadual de Alcaçuz, maior unidade prisional do Rio Grande do Norte (Foto: Ney Douglas)
Penitenciária Estadual de Alcaçuz, maior unidade prisional do Rio Grande do Norte (Foto: Ney Douglas)

G1 – Três presos foram mortos a facadas na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, maior presídio do Rio Grande do Norte. A informação foi confirmada na manhã desta terça-feira (9) pela Coordenação de Administração Penitenciária (Coape). Os mortos, no entanto, ainda não foram identificados. A hora em que foram mortos e a causa também são desconhecidas. Alcaçuz fica em Nísia Floresta, cidade da Grande Natal.

Com mais estes três homicídios, chega a 19 o número de presos encontrados mortos dentro de unidades prisionais do Rio Grande do Norte somente em 2016. Ano passado foram 28. Do total de 2015, 25 foram assassinados a facadas ou encontrados enforcados (mortos em condições suspeitas). Outros dois morreram soterrados após o desabamento de um túnel em Alcaçuz. Ainda houve o caso de um adolescente que foi morto ao ser baleado em uma unidade para cumprimento de medida socioeducativa durante uma tentativa de resgate no Ceduc de Caicó. Os números são da Coordenadoria de Análises Criminais da Secretaria Estadual de Segurança Pública.

Diretor da Coape, Zemilton Silva disse que os presos foram mortos no pavilhão 1, local onde os presos tinham uma boa convivência. “Até então estava tudo calmo”, ressaltou.

Sistema em calamidade
O sistema penitenciário potiguar não passa por um bom momento. E faz tempo. Em março de 2015, após uma série de rebeliões em várias unidades prisionais, o governo decretou estado de calamidade pública e pediu ajuda à Força Nacional. Para a recuperação de 14 presídios, todos depredados durante os motins, foram gastos mais de R$ 7 milhões. Tudo em vão. As melhorias feitas foram novamente destruídas. Atualmente, em várias unidades, as celas não possuem grades e os presos circulam livremente dentro dos pavilhões.

Em perseguição policial, dupla bate carro após assaltar farmácia no RN

ladrao_

G1 – Criminosos assaltaram na noite deste domingo (7) uma farmácia em Ceará-Mirim, cidade da Grande Natal. Na fuga, houve perseguição policial e os bandidos bateram o carro no muro de uma escola municipal já em São Gonçalo do Amarante, também na região Metropolitana da capital potiguar. O veículo foi deixado para trás e os ladrões conseguiram fugir.

De acordo com a Polícia Militar, o crime aconteceu por volta das 21h10. Armado, um assaltante de camisa preta entra no estabelecimento e anuncia o assalto. Um cliente e dois funcionários são rendidos e começam a entregar dinheiro aos bandidos. Em seguida, outro criminoso, vestido de camisa branca, entra na farmácia e leva as vítimas para dentro.

Antes de fugir, a dupla rouba o dinheiro do caixa e alguns produtos da farmácia. Ainda segundo a PM, os criminosos seguiram para São Gonçalo do Amarante e bateram no muro da escola, que fica perto da RN-160.

A polícia fez buscas pela região, mas ninguém foi preso.

Na fuga, criminosos perderam a direção e bateram carro no muro de uma escola. Mesmo assim, conseguiram escapar (Foto: PM/Divulgação)
Na fuga, criminosos perderam a direção e bateram carro no muro de uma escola. Mesmo assim, conseguiram escapar (Foto: PM/Divulgação)

Após dois dias de trégua, RN volta a registrar ataque incendiário

Incêndio destruiu um ônibus, um caminhão e uma retroescavadeira em uma garagem da Prefeitura de Senador Georgino Avelino (Foto: PM/Divulgação)
Incêndio destruiu um ônibus, um caminhão e uma retroescavadeira em uma garagem da Prefeitura de Senador Georgino Avelino (Foto: PM/Divulgação)

G1 – Após dois dias inteiros sem registrar nenhum caso que pudesse ser relacionado aos ataques criminosos que o Rio Grande do Norte vem sofrendo, a Secretaria da Segurança Pública e da Defesa Social do estado confirmou ao G1 que está investigando um incêndio ocorrido na madrugada deste domingo (7) em Senador Georgino Avelino, município distante pouco mais de 50 quilômetros de Natal. As chamas destruíram um ônibus, um caminhão e uma retroescavadeira em uma garagem da prefeitura.

Incêndio destruiu um ônibus, um caminhão e uma retroescavadeira em uma garagem da Prefeitura de Senador Georgino Avelino (Foto: PM/Divulgação)
Um dos veículos queimados foi uma retroescavadeira (Foto: PM/Divulgação)

A garagem fica na zona rural do município, em uma comunidade chamada Carnaúba. “Tudo indica que foi um incêndio criminoso, causado por ação humana, mas ainda não podemos atribuir o ato a nenhuma facção”, informou a Sesed por meio de sua assessoria de comunicação. “A suspeita é de incêndio criminoso, mas o delegado de Polícia Civil da cidade é quem vai investigar o caso e dizer o que aconteceu”, reforçou o tenente-coronel Genilton Tavares, comandante da PM na região.

Os ataques que vêm acontecendo no estado são reivindicados por uma facção criminosa insatisfeita com a instalação de bloqueadores de celular na Penitenciária Estadual de Parnamirim, cidade da Grande Natal. O primeiro caso aconteceu na tarde do dia 29 de julho, quando um micro-ônibus foi incendiado na BR-101, em Macaíba, também na região Metropolitana da capital potiguar. Em uma semana, a Sesed registrou 107 atos criminosos em 37 cidades. O último atentado havia ocorrido na manhã da quinta-feira (4). Ao longo deste período, 108 pessoas foram presas suspeitas de participação direta ou envolvimento nos ataques.

Os principais alvos dos criminosos são ônibus, carros, prédios da administração pública e bases policiais. Um dos acessos ao Aeroporto Internacional Aluízio Alves, e até mesmo a vegetação do Morro do Careca – um dos principais cartões-postais do estado – também foram alvos dos atentados.

Anos de descaso
Para o secretário da Segurança Pública e da Defesa Social do Rio Grande do Norte, general Ronaldo Lundgren, afirmou que “tudo isso que estamos passando é resultado de anos de descaso, de falta de atenção e de investimentos em segurança pública“.

Em entrevista ao G1, ele também ressaltou que essa onda de ataques só começou porque o Estado, enfim, decidiu retomar o controle dos presídios. “O Estado começou pela Penitenciária Estadual de Parnamirim (PEP), na quinta-feira (28), a eliminar os escritórios do crime. Já nesse mesmo dia, ficamos de prontidão. Na sexta, assim que soube do ataque a um micro-ônibus em Macaíba, determinei que fosse iniciada a Operação Guardião. Essa ação, que envolve todos os órgãos de segurança pública que atuam no Rio Grande do Norte, tem por objetivo minimizar a reação dos criminosos. Avalio, após esse período, que nosso planejamento foi suficiente”.

Ainda segundo Lundgren, os ataques foram cometidos ou tentados por ‘soldados do crime’. “São pessoas que têm dívidas de droga ou que realizaram ou tentaram fazer ataques em troca de R$ 50, R$ 100. Tudo isso a mando de chefes que estavam dentro de presídios. Para comprovar, todos eles tiveram que filmar o momento do ataque. Isso agora nos serve como prova contra eles”.

PM prende universitárias suspeitas de tráfico de drogas na Grande Natal

Quatro tabletes de maconha prensada foram encontrados nas bolsas das universitárias (Foto: PM/Divulgação)
Quatro tabletes de maconha prensada foram encontrados nas bolsas das universitárias (Foto: PM/Divulgação)

G1 – A Polícia Militar prendeu duas universitárias na tarde deste sábado (6) em São Gonçalo do Amarante, cidade da Grande Natal. Com elas, foram apreendidos quatro tabletes grandes de maconha prensada. A droga estava nas bolsas das estudantes.

As jovens, que têm 18 e 19 anos, foram abordadas enquanto caminhavam por uma rua do bairro Golandim. Uma delas, segundo os policiais, demonstrou bastante nervosismo ao perceber a aproximação da guarnição. A reação chamou a atenção. A primeira a ser revistada foi a mais nova. Na bolsa dela os policiais encontraram dois tabletes de maconha. Os outros dois estavam na bolsa da colega. A droga não foi pesada, mas os policias acreditam que cada tablete pese aproximadamente 1 quilo.

As jovens receberam voz de prisão e revelaram que iriam entregar o entorpecente a uma pessoa desconhecida próxima ao local onde foram abordadas. Elas também disseram que adquiriram a droga em Natal, mas não souberam precisar em que local.

Detidas, as duas foram levadas para a Delegacia de Plantão da Zona Norte, onde foram autuadas por tráfico de drogas e permanecem à disposição da Justiça.