Category: Policial

Após cair em barranco, motociclista goiano morre na BR-226 no RN

Segundo a PRF, Renato Nery Garcia, de 50 anos, perdeu o controle da motocicleta e caiu em um barranco (Foto: Divulgação/ PRF)
Segundo a PRF, Renato Nery Garcia, de 50 anos, perdeu o controle da motocicleta e caiu em um barranco (Foto: Divulgação/ PRF)

G1 -Um motociclista morreu após cair em um barranco na manhã desta segunda-feira (18), na BR-226 em Currais Novos, no Seridó potiguar. De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o homem fazia parte de um grupo que fazia um passeio motociclístico de Goiás até o Rio Grande do Norte. A suspeita é de que o motociclista tenha perdido o controle em curva e caído no barranco.

O motociclista foi identificado como Renato Nery Garcia, de 50 anos. Segundo a PRF, o homem vivia em Goiânia, mas a placa da motocicleta era da cidade de Jataí, também em Goiás. Com a força da batida, o eixo da moto partiu.

Após o acidente, Garcia ainda foi socorrido com vida por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhado ao Hospital Regional Mariano Coelho, mas não resistiu aos ferimentos.

O corpo de Garcia foi reconhecido por integrantes do clube de motociclistas que acompanhavam a vítima e encaminhado ao Instituto Técnico-Científico de Policia (Itep) de Caicó, também no Seridó potiguar. O destino final do grupo era Natal.

Homem rouba carro, colide contra viatura e é preso pela PM

noticia_139899

Policiais do 1º Batalhão de Polícia Militar (1º BPM) prenderam na manhã desta segunda-feira (18), no bairro de Brasília Teimosa, Maicon Willian Pereira, de 21 anos, que estava em posse de um veículo Corolla, de cor branca e placas QGA 1618. O automóvel havia sido roubado pelo infrator em um condomínio do bairro de Nova Parnamirim, na Grande Natal.

Após o roubo, o infrator seguiu pela Avenida Senador Salgado Filho, sendo acompanhado pelos policiais de diversas unidades até o Bairro de Brasília Teimosa, na zona Leste de Natal.

MaiconWillianPereira

Durante a fuga, o suspeito perdeu o controle do veículo e colidiu com uma viatura da Polícia Civil, que estava estacionada próximo 2ª Delegacia de Polícia. Após o acidente, ele acabou sendo detido pelos policiais militares.

Maicon Willian foi encaminhado à Delegacia Especializada na Defesa da Propriedade de Veículos e Cargas (DEPROV), onde será autuado pelos crimes de roubo a mão armada, direção perigosa e dano ao patrimônio.

Sobre o roubo

No início da manhã desta segunda-feira (18), o infrator chegou em um condomínio fechado, no bairro de Nova Parnamirim, onde de posse de uma faca, rendeu o motorista do veículo e realizou o assalto. Câmeras de segurança no local identificaram o infrator que acabou sendo detido minutos depois.

Do Nominuto.com

Calamidade na segurança: Direção da maior penitenciária do RN confirma nova fuga

Saída do túnel foi encontrada na manhã deste sábado (16) por policiais militares da Força Nacional (Foto: Divulgação/Força Nacional)
Saída do túnel foi encontrada na manhã deste sábado (16) por policiais militares da Força Nacional (Foto: Divulgação/Força Nacional)

G1 – A direção da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, maior presídio do Rio Grande do Norte, informou na manhã deste sábado (16) que houve uma nova fuga na unidade. Policiais militares da Força Nacional encontraram um túnel aberto do lado de fora. A quantidade de fugitivos, no entanto, ainda não foi confirmada.

Vice-diretor de Alcaçuz, Juciélio Barbosa da Silva disse ao G1 que a fuga aconteceu por um túnel escavado a partir do pavilhão 1. Uma recontagem deve ser feita ainda nesta manhã. Alcaçuz fica em Nísia Floresta, cidade da Grande Natal. Atualmente, a unidade possui 1.100 detentos. A capacidade, no entanto, é para 620.

Fugas
O sistemal prisional potiguar passa por uma grave crise. Sem contar com a fuga deste sábado em Alcaçuz, 153 detentos já conseguiram escapar de unidades prisionais do estado somente este ano. Na última segunda (11), quatro presos fizeram uma ‘pirâmide humana’ e fugiram da CadeiaPúblia de Mossoró, na região Oeste do estado.

Calamidade
O governo do Rio Grande do Norte renovou por mais seis meses o decreto de calamidade no sistema prisional potiguar. A renovação, assinada pelo governador Robinson Faria, foi publicada na edição do dia 17 de março do Diário Oficial do Estado (DOE). O documento diz que a renovação tem por objetivo “legitimar a adoção e execução de medidas emergenciais que se mostrarem necessárias ao restabelecimento do seu normal funcionamento”.

Seis homens armados assaltam loja de eletrônicos em Natal

Assalto aconteceu na tarde desta sexta-feira na Zona Leste de Natal (Foto: Kléber Teixeira/Inter TV Cabugi)
Assalto aconteceu na tarde desta sexta-feira na Zona Leste de Natal (Foto: Kléber Teixeira/Inter TV Cabugi)

Um loja de móveis e eletrônicos foi assaltada na tarde desta sexta-feira (15) no Barro Vermelho, na Zona Leste de Natal. Seis homens armados invadiram o estabelecimento comercial que fica na Avenida Prudente de Moraes e roubaram pelo menos 80 celulares, segundo a gerência do local.

De acordo com a Polícia Militar, testemunhas contaram que os seis homens entraram na loja armados, dois ficaram no salão se passando por clientes enquanto outros quatro foram para o depósito. Eles roubaram os celulares novos e fugiram em seguida. A polícia fez diligências na região, mas ninguém foi preso.

G1

Criminosos fazem reféns durante série de assaltos na Zona Sul de Natal

presos
Dois dos quatro suspeitos foram presos durante confronto com a PM na Praça das Flores, na Zona Leste de Natal (Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi)

G1 – Criminosos armados fizeram uma série de assaltos entre a noite da quinta (14) e manhã desta sexta-feira (15) na Zona Sul de Natal. De acordo com a PM, dois carros foram roubados e uma casa invadida durante um arrastão. Em uma das ocorrências, um advogado chegou a ser levado pelos assaltantes. Ele foi libertado sem ferimentos e o carro recuperado. Em outro caso, uma idosa foi feita refém dentro de casa. Um dos bandidos chegou a pedir benção pra ela. Por fim, dois suspeitos foram presos. Uma pistola foi apreendida com os assaltantes.

Segundo a PM, o primeiro crime aconteceu na noite desta quinta no Bar do Violão, no bairro de Candelária. Quatro criminosos roubaram um Ford Fiesta do irmão de um farmacêutico. Já na manhã desta sexta, os criminosos usaram o veículo para ir até o conjunto Potilândia, no bairro de Lagoa Nova. Lá, eles invadiram uma casa e fizeram de refém uma idosa de 76 anos. Durante o arrastão, um vizinho percebeu o crime e gritou pela polícia. A empregada doméstica contou que um dos ladrões chegou a pedir benção à idosa antes de sair correndo.

Assustados, um dos criminosos fugiu do local no Fiesta. Os outros três correram em direção ao campus da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), onde o trio abordou um advogado de 55 anos que estava deixando a filha no setor de aulas próximo à Residência Universitária. A jovem foi deixada no local e os criminosos levaram o carro, um Nissan Sentra, com o advogado dentro.

Em seguida, o advogado foi liberado com o veículo na Praça das Flores, em Petrópolis, já na Zona Leste da cidade. Na ocasião, houve troca de tiros com a PM, que fazia buscas pelos assaltantes. Um deles conseguiu fugir e os outros dois foram presos.

Homem é suspeito de matar irmã e balear ex-namorada na Grande Natal

G1 – Uma mulher de 32 anos foi morta com um tiro na cabeça, crime ocorrido na noite desta quinta-feira (14) em Monte Alegre, cidade da Grande Natal. De acordo com a Polícia Militar, o irmão da vítima, que tem 27 anos, é o principal suspeito. A ex-namorada dele, uma adolescente de 16, também foi baleada e socorrida ao hospital. O homem também tentou matar outra irmã, de 18 anos, mas a arma falhou.

Segundo a PM, o crime aconteceu por volta das 19h no bairro de Boa Esperança, na casa da ex-namorada. Armado, ele tentou entrar na residência, mas a irmã mais velha impediu. Ele atirou e ela foi atingida na cabeça. Em seguida, o homem atirou na ex-namorada. Antes de fugir, ele também tentou matar a irmã mais nova. O suspeito atirou duas vezes, mas a arma falhou.

De acordo com o tenente Moisés de Almeida, do 3º Batalhão da PM, a irmã do suspeito, que foi baleada na cabeça, morreu no local. Ela foi identificada como Maria de Fátima Fidelis da Silva e deixou três filhos. Já a ex-namorada do suspeito, que também foi atingida pelos disparos, foi socorrida ao hospital.

A polícia ainda fez buscas pelo suspeito, mas até o momento ele não foi localizado.

b86894eabb5193d980339d680f3b2ee1-e1454021395706

Segurança no RN: operação desarticula quadrilha de traficantes comandada por preso

Operação foi realizada na manhã desta quinta-feira (14) em João Câmara (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
Operação foi realizada na manhã desta quinta-feira (14) em João Câmara (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Uma operação conjunta das polícias Civil e Militar resultou na prisão de 12 homens e 5 mulheres  suspeitos de integrarem uma quadrilha que comandava o tráfico de drogas na cidade de João Câmara, na região Agreste do Rio Grande do Norte. De acordo com a Polícia Civil, o grupo era comandado por um preso que está custodiado na Penitenciária Estadual de Parnamirim (PEP), na Grande Natal. Realizada na manhã desta quinta-feira (14), a ação foi batizada de ‘Operação Viajante’ – uma alusão ao apelido do detento.

Diego da Silva Lima, de 24 anos, ficou conhecido como ‘Viajante’ após fugir da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, em Nísia Floresta, em dezembro de 2015. De acordo com a Polícia Civil, Diego não mantinha residência fixa para dificultar o trabalho da polícia em localizá-lo.

Preso novamente em dezembro de 2015, e já cumprindo pena no PEP, a polícia afirma que ele Diego continuava comandando o envio de drogas de Natal para João Câmara. Com os suspeitos presos durante a operação foi apreendida uma quantidade ainda não pesada de maconha e crack. Também foram apreendidos três coletes balísticos, uma espingarda, três revólveres, munições, joias, equipamentos eletrônicos e materiais usados para comercializar drogas. Cerca de 190 policiais civis e militares participaram da operação.

Drogas, espingarda, revólveres e munição foram apreendidos com os suspeitos (Foto: Divulgação/ Polícia Civil)
Drogas, espingarda e munições foram apreendidas com os suspeitos (Foto: Divulgação/ Polícia Civil)

Vigilante é esfaqueado e tem arma e colete roubados na Grande Natal

b86894eabb5193d980339d680f3b2ee1-e1454021395706

Um vigilante foi esfaqueado durante um assalto na noite desta quarta-feira (13) na estação de tratamento da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) em Parnamirim, na Grande Natal. De acordo com a Polícia Militar, os criminosos levaram a arma e o colete da vítima. Ninguém foi preso.

A estação de tratamento do Jiqui fica na Av. Ayrton Senna. O vigilante estava fazendo uma ronda quando seis homens saíram do mato e anunciaram o assalto. Os colegas do vigilante informaram que os criminosos estavam com facas e uma espingarda.

O vigilante sofreu duas facadas nas costas e foi socorrido ao Pronto-socorro Clóvis Sarinho. Segundo a equipe médica, ele está consciente. Os assaltantes não foram encontrados.

Assaltos a vigilantes
Este é o terceiro caso de assalto a vigilantes em nove dias. No dia 4 de abril, um vigilante foi baleado no pescoço dentro de uma farmácia na Avenida João Medeiros Filho, uma das mais movimentadas da Zona Norte da capital potiguar. Ele estava trabalhando na segurança do estabelecimento quando dois criminosos o renderam e roubaram a arma e o colete dele. Na fuga, mesmo sem que Jeimyson Nunes de Azevedo tenha esboçado qualquer reação, um dos assaltantes apontou a arma e atirou.

A bala atingiu a coluna cervical e o vigilante ficou paraplégico. Na última sexta-feira (8), um adolescente de 16 anos se apresentou à 12ª Delegacia de Polícia Civil e confessou participação no assalto. O suspeito foi ouvido e liberado.

Já nesta segunda-feira (11), dois homens armados renderam o vigilante de um cartório no bairro Igapó, na Zona Norte de Natal e levaram o aparelho celular, a arma e o colete balístico que ele usava. Na fuga, os criminosos ainda levaram a motocicleta de um cliente.

Do G1

Homem tenta invadir casa e morre ao cortar o pescoço no portão

b86894eabb5193d980339d680f3b2ee1-e1454021395706

Um homem de 34 anos morreu nesta terça-feira (12) depois de tentar cometer um furto no bairro de Petrópolis, na Zona Leste. De acordo com a polícia, Klebson do Nascimento Targino sofreu um choque em uma cerca elétrica e depois feriu o pescoço no portão da residência que tentava invadir.
Ainda segundo a polícia, era noite quando Klebson decidiu pular o muro da casa em Petrópolis. Ele teria desequilibrado depois de entrar em contato com a corrente elétrica da cerca de proteção.
Ao cair, ainda de acordo com a polícia, Klebson Targino feriu o pescoço em uma ponta de ferro no portão da residência.
A polícia informou que ele ainda tentou fugir correndo, mas desabou metros depois por conta dos ferimentos. Klebson morreu no local.

Insegurança total:Presos fazem ‘pirâmide humana’ e fogem da Cadeia Pública de Mossoró

cadeia_publica

G1 – Quatro presos fugiram da Cadeia Pública de Mossoró, na região Oeste do Rio Grande do Norte, na manhã desta segunda-feira (11). De acordo com Zemilton Pinheiro da Silva, diretor da Coordenadoria de Administração Penitenciária (Coape), a fuga aconteceu durante o banho de sol.

“Os presos fizeram uma pirãmide humana, se apoiando uns nos outros, tiveram acesso ao telhado e fugiram”, informou o diretor da Coape. A Cadeia Pública de Mossoró tem capacidade para 140 detentos, mas está com 199 detentos. Quatro agentes penitenciários por plantão são responsáveis por tomar conta dos detentos.

O sistema prisional do Rio Grande do Norte passa por uma grave crise e já contabiliza 153 detentos que conseguiram escapar somente este ano. No último domingo (10), seis presos fugiram da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, a maior unidade prisional do estado.

Calamidade
O governo do Rio Grande do Norte renovou por mais seis meses o decreto de calamidade no sistema prisional potiguar. A renovação, assinada pelo governador Robinson Faria, foi publicada na edição do dia 17 de março do Diário Oficial do Estado (DOE). O documento diz que a renovação tem por objetivo “legitimar a adoção e execução de medidas emergenciais que se mostrarem necessárias ao restabelecimento do seu normal funcionamento”.

Presos quebram parede, se arrastam por buraco e escapam de Alcaçuz

Fugitivos foram identificados como Bruno Mitchell Carvalho de Farias, Diego Gregório Meirelles Santos, Francisco Damião Virgilio de Oliveira, Janailson Pereira, Maciel Germano da Silva e Thiago da Silva Bento (Foto: Divulgação/Coape)
Fugitivos foram identificados como Bruno Mitchell Carvalho de Farias, Diego Gregório Meirelles Santos, Francisco Damião Virgilio de Oliveira, Janailson Pereira, Maciel Germano da Silva e Thiago da Silva Bento (Foto: Divulgação/Coape)

G1 – Seis presos fugiram na madrugada deste domingo (10) da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, maior unidade prisional do Rio Grande do Norte. A informação foi confirmada por Zemilton Pinheiro da Silva, diretor da Coordenadoria de Administração Penitenciária (Coape).

Depois que quebraram parede, presos se arrastaram até o pé do muro e escavaram um buraco, por onde escavaram  (Foto: Foto: Divulgação/Coape)

Segundo Juciélio Barbosa da Silva, vice-diretor da unidade, os presos quebraram a parede da quadra do pavilhão 2, entre as guaritas 3 e 4, e rastejaram até o muro da penitenciária. Lá, eles cavaram um buraco e escaparam.

Após a fuga, uma revista estrutural foi feita na unidade e o buraco foi fechado. Os fugitivos foram identificados como Bruno Mitchell Carvalho de Farias, Diego Gregório Meirelles Santos, Francisco Damião Virgilio de Oliveira, Janailson Pereira, Maciel Germano da Silva e Thiago da Silva Bento.

Ao todo, Alcaçuz tem aproximadamente 1.100 presos. A penitenciária fica na cidade de Nísia Floresta, na Grande Natal.

Diretor baleado
O diretor de Alcaçuz foi baleado na frente de casa na manhã de sábado (9). Ivo Freire foi atingido na perna e socorrido para o pronto-socorro Clóvis Sarinho. O crime aconteceu no bairro Cidade Verde, em Parnamirim. Segundo a PM, ele saía de casa acompanhado da esposa quando um carro parou em frente à residência e dois homens desceram atirando. Ninguém foi preso. No início de março, Ivo Freire levou uma pedrada na cabeça durante uma revista no pavilhão 2 da unidade prisional.

Fugas em 2016
Com a fuga de Alcaçuz neste domingo, chega a 149 o número de detentos que conseguiram escapar este ano do sistema prisional potiguar. Antes, no dia 4 de abril, quatro presos serraram as grades de uma cela e pularam o muro no CDP de Patu, no Oeste potiguar.

Calamidade
O governo do Rio Grande do Norte renovou por mais seis meses o decreto de calamidade no sistema prisional potiguar. A renovação, assinada pelo governador Robinson Faria, foi publicada na edição do dia 17 de março do Diário Oficial do Estado (DOE). O documento diz que a renovação tem por objetivo “legitimar a adoção e execução de medidas emergenciais que se mostrarem necessárias ao restabelecimento do seu normal funcionamento”.

Irmãos são mortos a tiros dentro de casa em Natal

G1 – Dois irmãos foram mortos a tiros enquanto dormiam na madrugada deste domingo (10). O crime aconteceu dentro da casa das vítimas no bairro Nossa Senhora da Apresentação, na Zona Norte de Natal. As vítimas foram identificadas como João Maria Santos da Silva, de 22 anos, e José Francisco dos Santos Rodrigues, de 19 anos.

De acordo com a Polícia Militar, dois homens encapuzados entraram no quarto onde os irmãos dormiam e efetuaram os disparos. Os criminosos fugiram. Ainda segundo informações da PM, os irmãos eram usuários de droga.

b86894eabb5193d980339d680f3b2ee1-e1454021395706

Jornalista do Nominuto é vítima de arrastão em pizzaria

noticia_139398_340x295

Uma jornalista do portal Nominuto foi vítima de um arrastão realizado em uma pizzaria na avenida Abel Cabral, em Nova Parnamirim na noite desta quinta-feira (7). Por volta das 21h, três criminosos invadiram o estabelecimento e renderam cerca de 15 pessoas, entre os clientes e funcionários.

Gerlane Lima estava na companhia do esposo quando os criminosos anunciaram o roubo. “É agradecer a Deus por estar viva. Os bandidos o tempo todo dizendo que iriam atirar. Chegou a empurrar um dos garçons, que já era um senhor. Chegou a agredir a moça que estava no caixa. Esnobaram muito, disseram que nem sabia que naquela noite iriam tomar uísque. Na hora de sair ainda deram boa noite”, disse.

Além de agir com violência e roubar todos os pertences dos clientes, os bandidos ainda levaram o aparelho que registra as imagens das câmeras de segurança.

De acordo com a polícia, os bandidos fugiram em um veículo do tipo Punto. Algum tempo depois, o carro foi localizado na localidade de Cajupiranga, em Parnamirim. Ainda segundo a polícia, um dos suspeitos foi apreendido.

Mãe se revolta com morte de filho em Natal; ‘por causa de um celular’

Maria das Graças de desespera ao falar da morte do filho, o estudante de pedagogia Joaquim Zacarias da Silva Neto, de 29 anos, vítima de latrocínio em Natal (Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi)
Maria das Graças de desespera ao falar da morte do filho, o estudante de pedagogia Joaquim Zacarias da Silva Neto, de 29 anos, vítima de latrocínio em Natal (Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi)

12932693_1156401491048261_2521699525494911064_n

“Mataram o meu filho por causa da porcaria de um celular”. O misto de revolta e a tristeza vem de Maria das Graças Silva, mãe do estudante de pedagogia Joaquim Zacarias, morto durante um assalto na noite desta quarta-feira (6). O crime aconteceu no bairro de Nazaré, na Zona Oeste de Natal.

Joaquim Zacarias da Silva Neto, de 29 anos, tinha acabado de deixar a namorada em casa, na rua Raimundo Filgueira, quando foi abordado por dois criminosos em uma motocicleta. Eles atiraram e a vítima foi atingida na cabeça e no tórax. Joaquim ainda foi socorrido, mas morreu a caminho do hospital.

“A sogra dele ligou para mim e disse: dona Graça, chame Djanira que eu quero falar com ela. Eu disse: mataram Joaquim, foi? Ela disse: não, dona Graça. Eu disse: ‘fala, droga! Mataram o meu filho, não foi? Por causa da porcaria de um celular que ele trabalhou para comprar”, desabafou.

Joaquim era estudante de pedagogia e fazia parte de um grupo de teatro da igreja católica. “Era um rapaz gente boa, só vivia na igreja. Saia da faculdade para o trabalho e do trabalho para a casa da namorada. Não vivia em festa”, lamentou um amigo da família.

A polícia não sabe se Joaquim reagiu ou não ao assalto. O caso está sendo investigado pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Do G1