Category: Policial

Banco pega fogo após explosão a caixas eletrônicos em Natal

Com a explosão, as chamas destruíram parte da agência; criminosos fugiram sem levar o dinheiro dos terminais (Foto: Divulgação/PM)
Com a explosão, as chamas destruíram parte da agência; criminosos fugiram sem levar o dinheiro dos terminais (Foto: Divulgação/PM)

A agência do Banco do Brasil da Av. Tomaz Landim, uma das mais movimentadas da Zona Norte de Natal, pegou fogo na madrugada desta quinta-feira (21) durante uma tentativa de explosão a caixas eletrônicos. Segundo a Polícia Militar, os criminosos fugiram após a tentativa frustrada de saquear os terminais.

O Corpo de Bombeiros foi acionado para conter as chamas no local. Pelo menos quatro caixas ficaram completamente destruídos. A Polícia Civil tenta identificar a quadrilha através das câmeras de segurança da agência.

Jovem morta na ZN de Natal na tarde de ontem (20) era uma universitária da UFRN

Maria Karoline Álvares de Melo foi alvejada no peito (Foto: Cedida)
Maria Karoline foi alvejada no peito (Foto: Cedida)

Uma universitária de 19 anos foi morta com um tiro no tórax e outro na cabeça na tarde desta quarta-feira (20) em um assalto na Zona Norte de Natal. Maria Karoline Álvares de Melo caminhava pela Avenida Itapetinga, no bairro Potengi, com a irmã quando foi abordada por dois assaltantes. O crime aconteceu por volta das 16h30. Karoline morreu no local.

De acordo com informações da Polícia Militar, a universitária e a irmã dela caminhavam quando dois homens em uma moto anunciaram o assalto.

Ainda segundo informações da PM, elas entregaram os celulares e mesmo assim um dos bandidos atirou.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas Maria Karoline já estava morta. A irmã dela não foi ferida. Os criminosos fugiram.

G1

Jovem que fazia caminhada na Avenida Itapetinga é morta por causa de celular

 12439263_873560192765453_461732973326730774_n

Uma jovem de 19 anos, que caminhava na Avenida Itapetinga, Zona Norte de Natal, na tarde de hoje (20) acompanhada de sua irmã, foi surpreendida quando terminou sua caminha por dois marginais que as abordaram e anunciaram um assalto.

Segundo informações de populares, a irmã da vítima fatal correu por medo dos bandidos, enquanto a garota assassinada ficou no local, quando foi baleada no peito sofrendo morte imediata.

Como sempre os bandidos estavam em uma moto e capacetes, o que será difícil ser identificados. Caso alguém tenha alguma informação, queiram passar para a polícia pelo 190.

Casais noruegueses são assaltados e espancados em praia do RN

Dois casais de idosos noruegueses foram assaltados e espancados em um condomínio na praia de Maracajaú, no litoral Norte potiguar. De acordo com a Polícia Civil, o arrastão aconteceu na madrugada desta terça-feira (19). As vítimas têm idades entre 60 e 70 anos. Os criminosos roubaram objetos e 5 mil euros.

Ainda de acordo com a polícia, os quatro turistas estavam em dois chalés quando cinco assaltantes armados invadiram o local. A quadrilha pulou o muro do condomínio, que fica em uma área distante do centro de Maracajaú. Celulares, notebooks, relógios e 5 mil euros foram roubados.

A Polícia Civil de Extremoz está investigando o assalto. O delegado Antônio Pinto informou que as vítimas foram agredidas. “Eles apanharam bastante, eu acho que por causa da dificuldade de comunicação, por eles falarem outra língua”, disse o delegado. A polícia suspeita que a quadrilha seja da região. “Eles são de Maxaranguape, e já foram presos outras vezes”.

G1

Criminosos tentam assaltar casa do juiz de Execuções Penais de Natal

Henrique Baltazar, juiz de Execuções Penais do RN (Foto: Ricardo Araújo/G1)
Henrique Baltazar, juiz de Execuções Penais.

Criminosos tentaram assaltar a casa do juiz Henrique Baltazar Vilar dos Santos, titular da Vara de Execuções Penais de Natal, na noite desta terça-feira (19). A família mora na Zona Sul da capital potiguar. O juiz não estava em casa, mas informou que um de seus filhos reagiu e houve troca de tiros.

A tentativa de assalto aconteceu por volta das 19h. Uma veterinária estava saindo da residência quando foi rendida por cinco criminosos. De acordo com o juiz, os assaltantes forçaram a mulher a pedir para entrar novamente na casa. Um dos filhos de Baltazar viu o grupo pelas câmeras de segurança e pegou uma arma.

O filho do juiz percebeu a ação criminosa e reagiu. Houve troca de tiros e a quadrilha fugiu. Estilhaços atingiram um amigo da família que estava no local, mas ele não teve ferimentos graves.

G1