Category: Trânsporte

Natal amanhece sem ônibus nesta sexta-feira (14)

Terminal de Felipe Camarão ficou lotado de pessoas aguardando ônibus — Foto: Ednaldo Lima/Inter TV Cabugi

A capital potiguar amanheceu sem ônibus nesta sexta-feira (14). Somente por volta das 7h os ônibus começaram a sair das garagens. Os rodoviários aderiram à manifestação que acontece em várias cidades do país contra a reforma da previdência.

Até às 7h30 os ônibus da empresa Guanabara ainda não estavam circulando. Já os ônibus das empresas Conceição, Cidade do Natal e Santa Maria começaram a rodar por volta das 7h.

Na quinta (14) a Justiça determinou que pelo menos 40% da frota circulasse durante a paralisação.

Durante a paralisação, a Secretaria de Mobilidade Urbana de Natal (STTU) autorizou a operação dos permissionários do transporte opcional no mesmo itinerário das linhas de ônibus. Também foi permitido que os veículos do serviço de transporte escolar, táxis, de transporte da Região Metropolitana e de turismo autorizados pelo Departamento de Estradas de Rodagens (DER) possam operar no itinerário das linhas de ônibus.

Ônibus começaram a sair das garagens às 7h — Foto: Alessandro Sousa/Inter TV Cabugi
Ônibus começaram a sair das garagens às 7h — Foto: Alessandro Sousa/Inter TV Cabugi 

Fonte: https://g1.globo.com

Publicado decreto que reajusta tarifa do transporte público de Natal; aumento entra em vigor no domingo (19)

Passagem de ônibus em Natal fica mais cara a partir deste domingo (19) — Foto: Mariana Rocha/Inter TV Cabugi.

Foi publicado na edição desta sexta-feira (17) do Diário Oficial do Município de Natal, o decreto que reajusta o valor da tarifa de ônibus na capital potiguar. A passagem sobe de R$ 3,65 para R$ 4, caso o pagamento seja feito em dinheiro, e será de R$ 3,90 para pagamento com vale-transporte, ou seja, com cartão magnético. O aumento entra em vigor no domingo (19).

De acordo com o decreto, o aumento foi necessário para manter o equilíbrio econômico-financeiro do Sistema de Transporte Público de Passageiros do Município do Natal.

Valores em Real das tarifas do Sistema de Transporte Público Coletivo de Passageiros do município do Natal

Modalidade Valor
Tarifa inteira em espécie R$ 4
Tarifa estudantil em espécie R$ 2
Tarifa inteira em cartão R$ 3,90
Tarifa estudantil em cartão R$ 1,95
Tarifa social (cartão) R$ 1,95
Tarifa inteira das linhas de bairro R$ 3,20
Tarifa estudantil das linhas de bairro R$ 1,60
Tarifa social das linhas de bairro R$ 1,60

Tarifa Social

A prefeitura destaca que a tarifa social do Sistema de Transporte Público Coletivo de Passageiros do município, no valor de R$ 1,95, só poderá ser paga por meio do cartão eletrônico.

Linhas de bairro

No caso das linhas de bairro, o valor a ser cobrado será 80% da tarifa inteira cobrada em espécie, ou seja, R$ 3,20. Na tarifa das linhas de bairro, não haverá diferenciação entre o valor cobrado no cartão eletrônico e em espécie.

Fonte: https://g1.globo.com

Conselheiros deixam reunião e discussão sobre aumento da tarifa de ônibus em Natal é suspensa

Reunião do Conselho Municipal de Transporte de Natal acabou suspensa nesta sexta-feira (10). — Foto: Dioclécio Neto/Inter TV Cabugi 

Dois membros deixaram a reunião do Conselho Municipal de Transporte de Natal e acabaram suspendendo a reunião extraordinária convocada para a manhã desta sexta-feira (10), onde era discutido o reajuste da tarifa de ônibus da capital.

No encontro, havia 16 conselheiros presentes, sendo que o quórum mínimo para votação é de 15. Como não concordaram com a proposta apresentada, os representantes dos conselhos municipais do Idoso e dos Deficientes, André Arruda e Ronaldo Tavares, respectivamente, deixaram o encontro.

A proposta apresentada na reunião era de que a tarifa subisse para R$ 4, quando houvesse pagamento em dinheiro, e R$ 3,90 no cartão de transporte.

Atualmente, a passagem de ônibus na capital potiguar tem o custo único de R$ 3,65. Portanto, o aumento em relação ao preço atual da tarifa é de 6,7%, se considerado o pagamento em cartão, ou de 9,5%, tendo em vista o pagamento dinheiro.

Uma nova reunião precisará ser marcada para que a proposta seja analisada. De acordo com a Secretaria de Mobilidade Urbana, que preside o conselho, ainda não há data prevista para o encontro.

Se aprovado, o reajuste ainda precisa ser decretado pelo prefeito da cidade para poder passar a valer.

Fonte: https://g1.globo.com/

Passagem de trem terá seis reajustes até chegar a R$ 2 em março do ano que vem no RN

Trem da CBTU, indo a Parnamirim, na Grande Natal — Foto: CBTU/Divulgação

Em menos de um ano, o preço da tarifa de trem em Natal vai passar por seis reajustes até chegar a R$ 2. O valor pago atualmente pela população é de R$ 0,50. O Tribunal Regional Federal – 1ª Região (TRF1), em Brasília, autorizou, em decisão na segunda-feira (22), o aumento da passagem na capital potiguar e em Belo Horizonte, João Pessoa, Maceió e Recife.

O primeiro acréscimo está previsto para o dia 5 de maio, quando a tarifa vai a R$ 0,70. O valor bate R$ 1 em julho e aumenta R$ 0,25 a cada dois meses, até março do ano que vem, quando atinge os R$ 2.

Na nova decisão que libera o reajuste, o desembargador federal Carlos Moreira Alves justificou que a CBTU não consegue cobrir nem a metade dos custos de operação com os recursos próprios.

Confira o aumento mês a mês:

  • Maio/2019 – R$ 0,70
  • Julho/2019 – R$ 1
  • Setembro/2019 – R$ 1,25
  • Novembro/2019 – R$ 1,50
  • Janeiro/2020 – R$ 1,75
  • Março/2020 – R$ 2

Histórico

A CBTU havia aumentado a passagem para R$ 1 no dia 11 de maio do ano passado, na Grande Natal. Na época, a Companhia alegou que a medida era fundamental para continuidade da operação e manutenção do serviço prestado. Os reajustes também aconteceram em outras cidades brasileiras.

No entanto, uma decisão divulgada pela Justiça Federal em novembro de 2018, a juíza Maria Edna Fagundes Veloso suspendeu o acréscimo na passagem do metrô em Belo Horizonte e ampliou a medida para quatro capitais do Nordeste: João Pessoa, Maceió, Natal e Recife. Com isso, a passagem voltou ao patamar de R$ 0,50 no estado.

A CBTU recorreu, alegando que não promoveu mudanças no preço da passagem nos últimos 12 anos e, por isso, sofre com os efeitos da inflação.

Fonte: https://g1.globo.com

Empresas de ônibus pedem passagem de R$ 4,37 em Natal

 

 

De 2011 a 2018, o custo da tarifa de ônibus de Natal subiu 65,9%, passando de R$ 2,20 para R$ 3,65. No mesmo período, a frota de veículos que cobrem as linhas do transporte público da capital caiu 14,2%. Ainda assim, o Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos (Seturn) afirma que o cálculo dos últimos reajustes está errado e pede um aumento da tarifa para R$ 4,37 – um acréscimo de quase 20% sobre o preço atual.

O pedido foi formalizado em um ofício encaminhado pelo consultor técnico do Seturn, Nilson Queiroga, à Secretaria de Mobilidade Urbana de Natal, na última terça-feira (23). Apesar da previsão, o tema não foi tratado em uma reunião do Conselho Municipal de Transporte que aconteceu na manhã desta sexta-feira (26).

“Existe um equivoco crucial na metodologia, que faz com que a tarifa não traduza a realidade dos custos que as empresas vem enfrentando. Somente nos últimos anos, há um prejuízo de R$ 49,5 milhões”, diz o consultor.

Em fevereiro, o Seturn havia pedido aumento da tarifa para R$ 3,90.

A secretária de Mobilidade Urbana, Elequicina Santos, discordou dos empresários e afirmou que o cálculo feito nos últimos anos é correto, “baseado, inclusive, em dados repassados pelas empresas”.

Fonte: https://g1.globo.com

 

Feriado da Semana Santa altera funcionamento de trens na Grande Natal

Trem da CBTU, indo a Parnamirim, na Grande Natal — Foto: CBTU/Divulgação

A Companhia Brasileira de Trens Urbanos informou nesta terça-feira (16) que o feriado da Semana Santa causará mudanças no funcionamento das linhas ferroviárias da região metropolitana de Natal. De acordo com o órgão, não haverá circulação de trens na sexta-feira (19) e no domingo (21).

Na quinta (18), mesmo diante dos decretos de pontos facultativos em algumas prefeituras e fechamento de escolas, o sistema irá operar normalmente a partir das 5h20 na Linha Norte, no percurso Ceará-Mirim/Natal e das 5h40 na Linha Sul, no percurso Parnamirim/Natal;

Não haverá circulação de trens na sexta (19). Já no sábado (20), haverá trens para as linhas Norte (Natal/Ceará-Mirim) e Sul (Natal/Parnamirim). O primeiro trem sai de Ceará-Mirim com destino a Natal às 5h20 e o último sai de Natal com destino a Ceará-Mirim às 15h26. Já na Linha Sul, o primeiro trem sai de Parnamirim com destino a Natal às 5h40 e o último de Natal com destino a Parnamirim às 14h.

O domingo não terá circulação de trens e os trens voltam a circular normalmente na segunda-feira (22).

Fonte: https://g1.globo.com

Contra reforma da previdência, rodoviários param ônibus em Natal

Motoristas de ônibus paralisam em dois pontos de Natal em protesto contra reforma da previdência — Foto: Mariana Rocha/Inter TV Cabugi

Os trabalhadores rodoviários pararam os ônibus das linhas urbanas de Natal na manhã desta sexta-feira (22) em manifestação contra a reforma da previdência. Os protestos começaram por volta das 9h30, em dois pontos da cidade, e se encerraram por volta das 10h30.

Os motoristas estacionaram os ônibus nas proximidades do Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários (Sintro), na região do viaduto do Baldo, na Cidade Alta. O outro ponto de manifestação foi no cruzamento das avenidas Bernardo Vieira e Prudente de Morais, no bairro Tirol.

De acordo com a Secretaria de Mobilidade Urbana de Natal, a manifestação gerou atraso em todas as linhas do transporte público da cidade.

Fonte: https://g1.globo.com

Tarifa de ônibus de Natal pode chegar a R$ 4, diz Seturn

Reajuste tarifário do transporte coletivo de Natal foi debatido em audiência pública na Câmara Municipal — Foto: Klenyo Galvão/Inter TV Cabugi

O Sindicato dos Empresários do Transporte Urbano de Passageiros de Natal (Seturn) afirma que a passagem de ônibus pode chegar a R$ 4 se a prefeitura não conceder isenção fiscal do ISS e ICMS. O consultor técnico do Seturn, Nilson Queiroga, declarou a necessidade de aumento em audiência pública realizada nesta terça-feira (19) na Câmara Municipal. A tarifa atual é de R$ 3,65.

O valor da passagem superaria o valor que foi solicitado para este ano pelos próprios empresários, que era de R$ 3,90. O motivo seria a alta dos combustíveis. Com a proposta de isenção fiscal, entretanto, o Seturn diz que é possível reduzir a tarifa em até mais R$ 1.

O interesse na redução do custo da passagem de ônibus por parte dos donos das empresas que operam o serviço, de acordo com Nilson Queiroga, também se dá pelo fato de que o número de usuários tem caído.

O vereador Maurício Gurgel (PSOL), propositor da audiência pública, defende que o reajuste proposto pelo Sindicato dos Empresários é injusto diante do serviço que é ofertado às população. “Nós provocamos essa audiência porque querem conceder um aumento, em menos de um ano, acima da inflação, num transporte que não melhorou em nada a sua qualidade”, argumenta.

Apesar do início das discussões, a Secretaria de Mobilidade Urbana (STTU) diz que não há confirmação do aumento. Nilton Filho, engenheiro que representou a pasta na audiência pública, alega que toda a situação ainda será “estudada”.

Sobre a isenção fiscal, o engenheiro afirma que, do jeito que vem sendo proposta, não é viável. “Isenção de imposto não torna subsídio viável. Existe discurso fraco sobre subsídio, mas precisa de um embasamento técnico”, defende.

Fonte: https://g1.globo.com

Em Natal, linhas 24 e 35/85 mudam de itinerários aos domingos e feriados

Em Natal, linhas 24 e 35/85 mudam de itinerários aos domingos e feriados — Foto: Josenilson Rodrigues/Busão de Natal

As linhas 24 e 35/85 vão mudar de itinerário nos domingos e feriados. A informação é da Secretaria de Mobilidade Urbana de Natal (STTU). A mudança entra em vigor neste domingo (17).

Segundo a STTU, as linhas 24 (Planalto/Ribeira, via Av. Prudente de Morais) e 35/85 (Soledade/Candelária, via Av. Prudente de Morais) passam a retornar para suas origens a partir do shopping Midway Mall, somente nos domingos e feriados.

Ainda segundo a STTU, a mudança acontece “devido a baixa demanda de passageiros existente em alguns trechos que essas linhas passam atualmente nesses dias”.

Com as mudanças, a linha 24 passa a fazer o itinerário Planalto/Lagoa Nova, via Av. Prudente de Morais e realizará o seguinte itinerário: a linha vem do Planalto pelo itinerário já praticado pela Av. Prudente de Morais e entra na Av. Bernardo Vieira, acessando a Av. Sen. Salgado Filho, Av. Miguel Castro e retorna para Av. Prudente de Morais, de onde segue o itinerário atualmente praticado com destino ao Planalto.

Já a linha 35/85 passa a fazer o itinerário Soledade/Lagoa Nova, via Av. Prudente de Morais e realizará o trajeto praticado pela Av. Prudente de Morais até a altura da Av. Nascimento de Castro, onde entra e segue para a Rua São José, Av. Antônio Basílio, Av. Xavier da Silveira, Av. Bernardo Vieira e volta para Av. Prudente de Morais, onde segue com destino ao Soledade.

Fonte: https://g1.globo.com

Transporte público de Natal tem alterações durante o carnaval; confira mudanças

Transporte público de Natal opera com frota reduzida no carnaval; confira mudanças — Foto: Igor Jácome/G1

A Secretaria de Mobilidade Urbana de Natal (STTU) informou que o sistema de transporte público de ônibus e alternativo da cidade funcionará com frota reduzida durante os dias de carnaval. Por outro lado, algumas linhas vão ter horário estendido até meia-noite.

Alegando a diminuição da demanda de passageiros, a prefeitura definiu que na segunda (4) e terça-feira (5) as linhas do sistema de transporte funcionarão com os horários e itinerários programados para os domingos, quando os ônibus rodam com menor frequência. Já na quarta-feira (6) de cinzas, a operação iniciará com horários de domingos, mas passará para horários de sábado a partir do meio-dia.

Haverá tarifa social no transporte na terça-feira de carnaval, quando o valor da passagem cai de R$ 3,65 para R$ 1,85 nos pagamentos em dinheiro. Quem pagar com os cartões NatalCard não usufrui do benefício.

Viagens especiais

Durante os dias de folia, algumas linhas de ônibus terão seus horários estendidos até a meia-noite, com o objetivo de facilitar o deslocamento dos foliões. São elas: 08 (Redinha/Mirassol, via Rodoviária), 10/29 (Nova Natal/Nova Descoberta, via Campus), 22/71 (Felipe Camarão/Petrópolis, via Rocas), 37 (Rocas/Cidade Satélite, via Praça Cívica), 41 (Cidade Nova/Ribeira, via Av. Prudente de Morais), 50 (Serrambi/Santa Catarina), 54 (Rocas/Ponta Negra, via Alecrim), 60 (Pajuçara/Mirassol), 64 (Nova Natal/Ribeira), 72 (Vale Dourado/Mirassol), 75A (Parque das Dunas/Ribeira – ida Ponte Newton Navarro/volta Ponte de Igapó), 77 (Parque das Dunas/Mirassol) e 83 (Felipe Camarão/Ponta Negra, via Cidade Satélite/Neópolis).

Além das linhas convencionais, os usuários poderão contar com as linhas corujões, que são: a linha A (Ribeira/Alecrim/Redinha/Brasil Novo/Parque das Dunas/Pajuçara) que sai do terminal na Ribeira às 00h15, 01h45 e 03h25; linha B (Ribeira/Midway Mall/Amarante/Parque dos Coqueiros/Nova Natal/Gramoré), que sai do terminal na Ribeira às 00h25, 01h55 e 03h25; linha C (Ribeira/Via Costeira/Ponta Negra), que sai do terminal na Ribeira às 23h40, 00h50, 02h30 e 03h45; linha E (Felipe Camarão/Cidade Nova/Ponta Negra, via Av. Bernardo Vieira) que sai do terminal em Felipe Camarão às 00h20, 01h20, 02h10, 03h10 e 04h10; e a linha 33 (Planalto/Ribeira/Praia do Meio/Mãe Luíza) que opera 24h.

A prefeitura informou que também haverá reforço nas linhas do transporte opcional, que funcionarão até a meia-noite, e as linhas que ligam a Zona Norte até a Zona Sul estenderão seus itinerários até Ponta Negra.

Fonte: https://g1.globo.com

60% das mulheres dizem ter sofrido assédio sexual dentro do transporte público de Natal, diz pesquisa

59,87% das mulheres entrevistadas disseram já ter sofrido assédio sexual dentro dos coletivos que rodam em Natal (Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi)

Uma pesquisa realizada pela primeira vez no Rio Grande do Norte – ouvindo 800 usuárias do transporte coletivo em Natal – revela que 59,87% das mulheres entrevistadas disseram já ter sofrido assédio sexual dentro dos coletivos que rodam na cidade, 36% responderam não ter sofrido e 4,13% não souberam ou não quiseram responder. A pesquisa, que foi realizada pela Secretaria Municipal da Mulher entre os dias 23 e 24 de fevereiro, deve servir como base para políticas públicas de combate à violência contra a mulher.

Os tipos mais citados de assédio foram:

  • Encoxadas propositais (57,41%)
  • Olhares inconvenientes (34,66%)
  • Cantadas inconvenientes (34,24%)
  • Toque em alguma parte do corpo (30,48%)
  • Sussurros indecorosos/indecentes (15,24%)
  • Gestos obscenos, como tocar na genitália/masturbação (8,56%)

Ainda de acordo com a pesquisa, 67,24% das entrevistadas também afirmaram já ter presenciado algum tipo de violência sexual dentro dos ônibus, 30,63% responderam que não presenciaram e 2,13% não souberam ou não quiseram responder.

Entrevistas

Foram realizadas entrevistas individuais através da aplicação de questionários com 11 perguntas fechadas e semiabertas com múltiplas opções de resposta, o que permitiu o cruzamento das informações.

A idade predominante entre as entrevistadas (30,37%) foi entre 25 e 34 anos, seguida por 16 e 24 anos (24,50%) e 35 a 44 anos (23,24%). O nível de instrução mais citado foi o médio (48.99%), seguido pelo fundamental (24,13%) e superior (19,63%).

A cor autodeclarada pelas entrevistadas predominante foi a parda (42,75%) seguida pela branca (28%) e preta (18,75%). A religião católica foi a mais citada (50,86%), seguida pela protestante/evangélica (34,50%). As que declararam não ter nenhuma religião somaram 8,88%.

Zona Norte

As entrevistadas da Zona Norte foram as que afirmaram mais ter sofrido algum tipo de assédio sexual em transportes coletivos, com o equivalente a 80%, seguidas pelas entrevistadas da Zona Leste (64,52%), Sul (51%) e Oeste (44,00%).

Fonte: https://g1.globo.com

Seturn quer reduzir horário de ônibus e suspender circulação aos domingos se não houver aumento de tarifa

Seturn pede reajuste no valor das passagens de ônibus em Natal (Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi)

O Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros do Município (Seturn) ameaçou reduzir os horários de circulação de ônibus em Natal e suspender a atividade aos domingos, caso a tarifa do serviço não seja reajustada. Em nota enviada à imprensa, o Seturn acusou ainda a prefeitura da capital de “prevaricação”, sob a afirmação de que o Município está “postergando” o aumento na passagem.

Os empresários enviaram uma carta ao Conselho Municipal de Mobilidade Urbana de Natal, alegando urgência na majoração, porque, segundo eles, há um “elevado deficit” na operação do transporte. Atualmente o valor é de R$ 3,35 e teve último ajuste em abril de 2017. Antes a passagem custava R$ 2,90.

Ao G1, a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU) informou que não vai admitir qualquer redução no transporte de ônibus, e disse que não há data prevista para uma nova reunião do Conselho, bem como para reajustar o valor da passagem.

“A entidade enquadra a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU) em ato de prevaricação em virtude do retardo ou postergação no reajuste da tarifa de ônibus de Natal para custear o deficit operacional do sistema”, ataca o Seturn em nota enviada à imprensa.

De acordo com os empresários, o prejuízo operacional equivalente a mais de R$ 1,3 milhão mensalmente. “E, ainda é mais agravado pelo acréscimo de custo de outros insumos, como elevação do índice de consumo de peças em função do envelhecimento da frota e despesas com pessoal, que terão seu reajuste salarial ordinariamente em 1° de maio”, argumenta o Sindicato.

Ainda na carta, o Seturn sugere, caso não seja concedido o “imediato reajuste ou concessão das isenções fiscais para custear o deficit operacional em caráter emergencial”, as seguintes alternativas para reequilibrar o serviço de transporte:

  1. Encerramento do serviço de transporte noturno, reduzindo a oferta dos serviços de transporte público regular municipal das 06h às 22h;
  2. Funcionamento exclusivo do sistema de transporte complementar (alternativo) nos domingos e feriados, em função do seu menor custo operacional;
  3. Cobrança de complementação tarifaria para a utilização da integração temporal cm pelo menos 50% (cinquenta por cento) do valor da tarifa exigível do usuário; e
  4. Desoneração tributária do setor de transportes com isenção total do ISS e ICMS incidente sobre o óleo diesel consumido pelas empresas do setor.

Fonte: https://g1.globo.com/rn

TRT determina funcionamento de 40% da frota de ônibus em Natal nesta sexta (28)

Decisão quer evitar paralisação integral do sistema em Natal (Foto: Christiane Mussi/G1)

O Tribunal Regional do Trabalho determinou que circule 40% da frota de ônibus em Natal durante a paralisação de sexta-feira (28) contra as reformas trabalhista e previdenciária. O Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário do Rio Grande do Norte (Sintro) aderiu ao ato.

A decisão do TRT quer evitar a paralisação integral do sistema. A audiência foi coordenada pelo vice-presidente do TRT-RN, desembargador Bento Herculano Duarte Neto, com a participação do Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros do Município de Natal (Seturn), Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Rio Grande (Setrans) e Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários (Sintro).

Tarifa de ônibus em Natal tem reajuste aprovado para R$ 3,35

Valor da tarifa de ônibus em Natal deve aumentar de R$ 2,90 para R$ 3,35 (Foto: G1/RN)

O Conselho Municipal de Transporte e Mobilidade Urbana de Natal aprovou nesta terça-feira (18) uma proposta de reajuste de R$ 0,45 para o valor da tarifa de ônibus da capital potiguar. Foram 16 votos a favor. Caso a prefeitura acate o aumento, a passagem passará de R$ 2,90 para R$ 3,35 assim que for publicado no Diário Oficial do Município.

O conselho reúne representantes de várias entidades, incluindo o Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros do Município do Natal (Seturn), Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Rio Grande do Norte (Sintro) e a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU). Entidades estudantis e do comércio também participam do conselho que definiu a nova passagem.

A nova tarifa foi definida por 16 votos, dos 21 conselheiros que votaram. Existiam também outras duas propostas, de R$ 3,30 e R$ 3,50. O valor mais baixo recebeu três votos e o mais alto, proposto pelo Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros do Município do Natal (Seturn), recebeu dois votos: um do próprio Seturn e outro da representante dos Transportes Opcionais.

Passagem de ônibus em Natal havia sido reajustada pela última vez em janeiro do ano passado, quando subiu de R$ 2,65 para R$ 2,90.

Do G1RN

Trens de Natal têm horário diferenciado na Semana Santa

Trens urbanos circulam em horário diferenciado na Grande Natal (Foto: CBTU/Divulgação)

Os trens urbanos de Natal terão funcionamento diferenciado durante o feriado da Semana Santa. De acordo com a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), as mudanças começam já a partir desta quinta-feira (13).

Nesta quinta, o sistema funciona normalmente a partir das 5h20 na Linha Norte, no percurso de Ceará-Mirim a Natal, e a partir das 5h40 na linha Sul, no percurso de Parnamirim a Natal.

No sábado (15), haverá trens para as linhas Norte (Natal/Ceará-Mirim) e Sul (Natal/Parnamirim). O primeiro trem sai de Ceará-Mirim com destino a Natal às 5h20, e o último sai de Natal com destino a Ceará-Mirim às 15h26. Já na Linha Sul, o primeiro trem sai de Parnamirim com destino a Natal às 5h40min, e o último sai de Natal com destino a Parnamirim às 14h.

O sistema não funciona nem na sexta-feira (14), que é feriado nacional da Paixão de Cristo, nem no domingo (16), quando é comemorada a Páscoa. Os trens voltam a circular normalmente na segunda-feira (17).