Centro de Zoonoses encontra morcego com vírus da Raiva e começa vacinação de cães e gatos em bairro de Natal

Morcegos podem transmitir Raiva para animais domésticos, segundo Centro de Controle de Zoonoses de Natal — Foto: CCZ Natal/Divulgação
Morcegos podem transmitir Raiva para animais domésticos, segundo Centro de Controle de Zoonoses de Natal — Foto: CCZ Natal/Divulgação

Após encontrar um morcego infectado com o vírus da Raiva, o Centro de Controle de Zoonoses de Natal começa uma ação de vacinação contra a doença em gatos e cachorros de 16 ruas do bairro Barro Vermelho, a partir desta terça-feira (28). De acordo com o órgão, o “bloqueio vacinal” é importante porque a doença pode ser transmitida ao ser humano e causa a morte.

Segundo Dianaldo Lopes, coordenador das operações de campo do centro, o morcego encontrado semana passada foi o 9º registrado na capital potiguar em 2020.

“Eles já foram encontrados em várias regiões da cidade. A partir do momento que encontramos, nós traçamos um raio de 300 metros ao redor desse ponto onde ele foi capturado, às vezes até mais, para fazer o bloqueio vacinal dos cães e gatos, que têm mais contato com o humano”, explicou.

O vírus da Raiva é transmitido entre os animais através de mordedura, arranhadura, ou mesmo contato da saliva com a pele. De acordo com o CCZ, quando transmitida aos humanos, a doença é mortal. Ainda não há cura descoberta. De acordo com Dianaldo, o objetivo das visitas é imunizar todos os animais domésticos da região.

G1RN