Coitado de Bolsonaro. Ele tem esperança que STF reveja decisão que empoderou (inconstitucionalmente) governadores e prefeitos

Na life de ontem (01), Bolsonaro voltou a dizer que alguns decretos “têm poderes mais restritivos que estado de sítio”. “Alguns governadores e alguns prefeitos estão baixando decretos que têm poderes mais restritivos que estado de sítio. E olha que o estado de sítio, se eu baixo o decreto, só entra em vigor se o Congresso disser sim. Hoje em dia, qualquer governador, qualquer prefeito, tem os responsáveis, mas tem aqueles que abusam. Baixam o decreto e que se exploda o mundo”, disse. “A gente espera que o Supremo Tribunal Federal reveja certas decisões”, acrescentou.

É de dar pena, ver o presidente acreditando que uma corte totalmente política, que hoje estende sua mão contra a Constituição, e dita as regras nos conformes dos interesses de algusn membros vai voltar atrás de suas decisões inconstitucionais.

Na verdade o Senado é responável por essa desordem, pois é o senado que tem as condições de julgar os crimes causados por ministros do STF. Mas nada fazem em favor da moralidade legal do Brasil.

Leave a Comment