Combate à mortalidade materna será tema de debate na Casa Legislativa

A Assembleia Legislativa promove nesta terça-feira (28), às 14h, no auditório da Casa Legislativa, audiência pública em alusão ao Dia de Combate à Mortalidade Materna. De acordo com a deputada Cristiane Dantas (SDD), propositora da ação, a data é dedicada à discussão sobre os problemas que causam as mortes maternas e os direitos das mulheres.

“As mortes maternas podem resultar de complicações que surgem durante a gravidez, o parto ou o puerpério (período de até 42 dias após o parto), decorrentes de intervenções, omissões ou tratamento incorreto. Por isso, o pré-natal é tão importante, tanto para a saúde do bebê como para a da mãe”, justifica a parlamentar em requerimento apresentado à Mesa Diretora da Casa.

Pressão alta, comum durante a gestação, hemorragias, infecção e anormalidades da contração uterina são exemplos de condições causadoras de complicações que podem levar ao óbito materno. “Se todas as mães fizessem o pré-natal, com consultas regulares ao médico e realização de exames indicados na gravidez, muitas mortes seriam evitadas”, observa Cristiane.

Assessoria

Leave a Comment