Comitê promete resolver problemas na Vila Olímpica até quinta-feira (28)

Vila-Olimpica

G1 Hora 1 – Tudo estará pronto e em bom estado já nesta quinta-feira (28). É essa a promessa do Comitê dos Jogos do Rio, depois das reclamações de delegações estrangeiras com relação os apartamentos da Vila Olímpica. Ontem, mais atletas chegaram ao país.

De uma certa forma, é na Vila Olímpica que a Olimpíada começa. E por lá, já chegaram os tailandeses, os dinamarqueses, os suecos. Dos 206 países que disputarão nos Jogos Olímpicos, 96 já chegaram ao Rio de Janeiro.

A Vila está enchendo. E, de acordo com algumas reclamações, há vazamentos, entupimentos e curtos-circuitos. Uma sequência de problemas elétricos e hidráulicos que fizeram a delegação da Austrália se transferir para um hotel. A chefe do grupo disse que o local era inseguro, mas um dia depois, disse que a Vila estava progredindo.

Os quenianos também foram velozes nas reclamações: “Por favor, consertem o nosso banheiro”, pediram em um bilhete.

O problema virou assunto na imprensa internacional. Tantos transtornos exigiu a convocação de uma delegação inesperada: de eletricistas, encanadores e faxineiros – que agora, terão de ajeitar tudo em tempo recorde.

Os recém-chegados preferiram adotar um tom mais ameno: “Em nível de conforto básico, temos tudo. Temos água quente, cama, lençóis, tem tudo”, afirmou um atleta português.

A Vila Olímpica custou quase R$ 3 bilhões e foi construída pela Carvalho Hosken e Odebrecht, com recursos da Caixa. O governo federal e a prefeitura do RJ afirmaram que a responsabilidade, no momento, é do Comitê Organizador. “Não é uma área que a gente tenha que cuidar. A prefeitura, há três meses foi entregue a Vila pro Comitê Organizador, fez o check list, tava tudo bem encaminhado e não havia reclamações. Então são ajustes que têm que ser feitos”, declarou Eduardo Paes, prefeito do Rio de Janeiro.

O ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, também se pronunciou: “O governo brasileiro não tem absolutamente nenhuma participação nisso, vamos deixar bastante claro. Claro que não é agradável a declaração que nós tivemos que ouvir, e nós temos que corrigir isso imediatamente, naquilo que possa ser feito, eu acho que pode ser feito imediatamente, para virar essa página”.

O Comitê Rio / 2016, que recebeu os apartamentos no dia 15 de junho, não esperava tantas reclamações. A promessa é fazer todos os reparos o mais rápido possível. “Estamos entregando 21 prédios e os próximos 10 prédios serão entregues nos próximos três dias, a gente espera que até quinta-feira, todos os prédios e apartamentos tenham sido entregues para os comitês”, afirma o diretor executivo de operações do Comitê Rio – 2016, Rodrigo Tostes.