Em 12 meses, furtos de cabos da rede elétrica causam 320 horas de falta de energia no RN

Cabos furtados no município de Ceará-Mirim, grande Natal. (Foto: Cosern/Divulgação) 

Na última quinta-feira (14), a Companhia Elétrica do Rio Grande do Norte (Cosern) registrou uma suspensão no fornecimento de energia elétrica no município de Barra de Maxaranguape, Litoral Norte potiguar. No mesmo dia, a Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern), reduziu em 35% o abastecimento de água na Zona Norte de Natal. As duas situações têm uma mesma explicação: o roubo de cabos da rede elétrica.

O crime tem sido recorrente na região nos 12 últimos meses e, segundo a Cosern, já causou 320 horas de interrupção no abastecimento de enérgia elétrica, o que equivale a mais de 13 dias sem energia.

Moradores dos municípios de Ceará-Mirim, Extremoz e Barra de Maxaranguape já foram prejudicados por este tipo de crime. Ainda segundo a companhia, os cabos roubados nesse período somam 25 quilômetros e prejuízo superior a R$230 mil para a empresa.

A população pode ajudar na identificação do problema e denunciar a prática pelo número 116.

Fonte: https://g1.globo.com