Em agenda com Biden, Bolsonaro diz que Brasil está à disposição para construir saída para guerra na Ucrânia

Jair Bolsonaro e Joe Biden em encontro bilateral

O presidente do BrasilJair Bolsonaro (PL), se reuniu na noite desta quinta, 9, com o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, durante a Cúpula das Américas que está acontecendo em Los Angeles. Durante a parte do encontro bilateral que pode ser acompanhada por jornalistas, os dois comentaram sobre diversos assuntos, como as eleições no Brasil e a guerra na Ucrânia. Ambos ressaltaram a amizade entre os dois países, e disseram ter valores em comum, como a defesa da liberdade e da democracia. Biden citou a preservação da Amazônia e disse que o Brasil deve ter ajuda internacional no financiamento para preservá-la; Bolsonaro afirmou que o Brasil preserva cerca de 2/3 de seu território.

Em outro ponto, Bolsonaro disse que ‘quer eleições limpas, confiáveis e auditáveis, para que não sobre nenhuma dúvida’. “Tenho certeza que será realizada nesse espírito democrático. Cheguei [ao cargo] em uma democracia e tenho certeza de que deixarei em uma democracia também de forma democrática”, projetou Bolsonaro, antes de dizer que os dois países se complementam e poderão se integrar comercialmente. Ao citar a invasão da Rússia à Ucrânia, Bolsonaro destacou os efeitos econômicos que o Brasil sofre por causa do conflito e disse que, assim como o resto do mundo, o país deseja o fim da guerra, e está à disposição para ajudar na construção de uma saída negociada entre os dois países.

Jovem Pan

Leave a Comment