Em homenagem póstuma, Assembleia concede título de cidadã a Dinorá Simas

Crédito das Fotos: João Gilberto

Uma das mulheres que mais contribuíram para o sistema prisional teve seus esforços reconhecidos em homenagem póstuma na Assembleia Legislativa, em Sessão Solene para entrega de título de cidadão norte-riograndense a administradora Dinorá Simas, natural de Grajaú (MA). A solenidade foi de propositura do deputado Nélter Queiroz (MDB).

“Dinorá Simas foi uma das mulheres mais contundentes de seu tempo. Destemida, enfrentou as adversidades com vigor e sem medo. Nunca recuou diante das ameaças que recebia por ser rígida como tinha que ser ao lidar com a gestão do sistema prisional”, elogiou o deputado Nélter Queiroz.

Simas ingressou nos quadros da Secretaria de Justiça e Cidadina (Sejuc) em 2002. Com seu temperamento peculiar, marcado pela obstinação, logo galgou postos de comando, até chegar à administração do maior complexo penitenciário do Estado, o Presídio de Alcaçuz.

“Sempre intrépida, coragem era seu nome. Teve quatro filhos. Decidiu concluir os estudos e teve nos filhos sua maior riqueza, até que descobriu sentimento tão intenso quanto esse, pelos netos. Será para sempre nossa fonte inesgotável de amor”, relembrou emocionada a filha, Ingrid Ángelica de Lima.

A solenidade reuniu amigos, familiares e representantes do organismos públicos ligados ao sistema prisional. Simas morreu em dezembro de 2016 após complicações de saúde.