Em pronunciamento Ezequiel solicita providências para crise hídrica no Estado

O deputado e presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), durante pronunciamento do deputado Vivaldo Costa (PROS) sobre a crise hídrica no Estado, nesta quinta-feira (26), lembrou que a seca sempre foi um dos temas discutidos com frequência pelo Legislativo Estadual e ressaltou o sofrimento da população das regiões mais secas, causados pela “ineficiência do poder público” para resolver os problemas que a natureza não consegue solucionar, já que as chuvas que caíram foram tímidas e insuficientes para reabastecer os mananciais do Estado.

“Construíram uma adutora de engate rápido que de rápido não teve nada pois durou mais de quatro anos”, reclamou o presidente, ressaltando que quando a adutora foi concluída e foi testada, “teve vazamento para todos os lados”. De acordo com Ezequiel, “por incompetência da empresa que terminou por trazer prejuízos para a população de Currais Novos”, disse se referindo à adutora construída para abastecer os municípios de Currais Novos e Acari.

“Se existe uma frustração; é você ver a população sofrendo pela falta d´água em pleno 2017. Já não basta o povo estar sendo castigado pela falta de empregos”, criticou o parlamentar que também preside o Comitê de Combate à Seca na Assembleia Legislativa e que concluiu o aparte chamando atenção para o DNOCS prestar esclarecimentos para as obras executadas com recursos do governo federal.

 

Assessoria

Leave a Comment