Enem 2018: espelhos da redação estão disponíveis para candidatos; veja correção

Os participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018 podem consultar, a partir desta terça-feira (19), os espelhos da redação – ou seja, a versão digitalizada dos textos corrigidos. É necessário acessar a Página do Participante, neste endereço. Também foram liberadas as notas dos treineiros que fizeram a prova.

O objetivo da disponibilização desse conteúdo aos estudantes é pedagógico: cada participante pode ter acesso às justificativas da nota atribuída pelos corretores em cada uma das cinco competências avaliadas no Enem.

Na edição de 2018, de mais de 4 milhões de candidatos, 55 tiraram a nota máxima (13 homens e 42 mulheres).

As 55 notas mil na redação do Enem 2018 — Foto: Roberta Jaworski/G1
As 55 notas mil na redação do Enem 2018 — Foto: Roberta Jaworski/G1 

Tema da redação

Em 2018, o tema da redação foi “Manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet“. A prova teve quatro textos motivadores: três trechos de reportagens e um gráfico com dados.

Enem 2018 - Prova Amarela - Redação — Foto: Reprodução
Enem 2018 – Prova Amarela – Redação — Foto: Reprodução 

Duas das três reportagens citaram diretamente os algoritmos e foram publicados em 2016. Um deles, “O gosto na era do algoritmo”, foi publicado em 2016 pelo jornal “El País” e escrito pelo jornalista Daniel Verdú. O outro, chamado “A silenciosa ditadura do algoritmo”, é de autoria do jornalista brasileiro Pepe Escobar.

A terceira reportagem, também de 2016, foi publicada pela BBC Future. De autoria de Tom Chatfield, o texto chama “Como a internet influencia secretamente nossas escolhas”. O gráfico que aparece na prova de redação é um organograma de dados produzido pelo IBGE com o perfil dos usuários de internet no Brasil em 2016, com detalhes sobre o uso da internet entre homens e mulheres.

Fonte: https://g1.globo.com