Ezequiel Ferreira leva representação do PSDB potiguar para a Convenção Nacional em Brasília

Presidente regional do PSDB no Rio Grande do Norte, o deputado Ezequiel Ferreira de Souza participou nesta sábado (9) em Brasília, da 14ª Convenção Nacional da sigla, que escolheu por consenso, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, presidente da Executiva Nacional. O deputado federal Rogério Marinho e a deputada estadual Márcia Maia, também acompanharam o evento, que reuniu os principais nomes do partido pelo Brasil.

“Geraldo Alckmin tem governado pela quarta vez São Paulo com zelo e medidas econômicas, que tem contribuído para o desenvolvimento daquele Estado. No Rio Grande do Norte, o PSDB tem crescido e ocupado um espaço importante em todas as regiões do Estado. Temos um deputado federal, formamos a maior bancada na Assembleia Legislativa, tem um suplente de senador, 30 prefeitos e vices e mais 107 vereadores espalhados em todas as regiões”, enumerou o deputado Ezequiel Ferreira, que também preside a Assembleia Legislativa.

Na representação potiguar em Brasília, também prestigiado o empresário mossoroense Tião Couto, vice-presidente estadual do PSDB, o prefeito de Caicó, Robson Araújo, o Batata, além da Secretária das Mulheres, Carla Lopes, vereadora de Maxaranguape e o universitário Albert Einstein, presidente da Juventude Tucana. A deputada Márcia Maia, presidente de Honra das Mulheres também foi indicada na representação potiguar para o Diretório Nacional da sigla, assim como os deputados Ezequiel Ferreira e Rogério Marinho, além do empresário Tião Couto e do jornalista Rodrigo Rafael.

No Rio Grande do Norte, o PSDB é considerado hoje o terceiro maior partido em termos de representação no Congresso Nacional, Assembleia Legislativa, Prefeituras e Câmaras Municipais. Atualmente conta em seus quadros com 1 deputado federal (Rogério Marinho), um senador suplente (Valério Marinho), cinco deputados estaduais (Ezequiel Ferreira, Gustavo Carvalho, José Dias, Raimundo Fernandes e Márcia Maia), 107 vereadores, 30 prefeitos e vice-prefeitos, e ainda com 150 diretórios e comissões Provisórias nos municípios.