Fátima Bezerra pode está com medo de trocar o céu pelo inferno

Resultado de imagem para Fátima Bezerra
Foto: da Internet

A senadora Fátima Bezerra (PT), mesmo estando em boa cotação nas pesquisa para o governo do Rio Grande do Norte, pode está com medo de trocar o céu –  o senado –  pelo inferno – o governo do RN. A questão é simples. Fátima tem um mandato que dará a ela o direito de reeleição ao senado em 2022, com uma garantia folgada; enquanto, caso viesse a ganhar a eleição para o governo, neste ano, ela só teria a satisfação de fazer a festa de comemoração, já que a situação do Estado do RN está um verdadeiro inferno. Isto é, quem em sã consciência trocaria o céu pelo inferno.

Fátima assumiria de pronto os ônus das dívidas deixadas pelo governo Robinson que ela ajudou a eleger. No dia seguinte, nos primeiros dias de janeiro de 2018, a vida sossegada da senadora se tornaria um terror. As cobranças de seus colegas da educação, da segurança que está um caos, ter que encarar as cobranças do pacientes do Walfredo Gurgel; dos servidores da saúde. Tudo isso pode fazer a senadora a desistir de ser candidata. Pois seria trocar o céu pelo inferno.

NA POLÍTICA

A senadora Fátima Bezerra vem perdendo seus aliados desde que começou sua corrida para sua possível candidatura. Perdeu aquele que seria seu vice, o empresário Haroldo Azevedo, que nos últimos dias se filiou ao PSDB do deputado Ezequiel Ferreira, presidente da Assembleia.

João Maia, irmão da candidata ao senado, doutora Zenaide (PHS), vai levar o PR para apoiar a reeleição do governador Robinson Faria (PSD). João será candidato a deputado federal ao lado de Fábio Faria. Ele deixa Fátima Bezerra sem o apoio de seu partido, favorecendo apenas a sua irmã com a candidatura  da eleição para o senado.

O ex-presidente Lula não terá como apoiar a candidatura de Fátima, já que este está preso. A pre-candidatura de Fátima Bezerra vem se enfraquecendo a cada dia. Mas o maior perigo para Fátima é o de ganhar a eleição em um Estado que nada funciona, que só tem dívidas. Como dizemos no início, de trocar o céu pelo inferno.

Fátima Bezerra pode continuar no senado caso perca a eleição para o governo. Logo,se  ganhar essa eleição para o governo não é lucro político para a petista. Por isso ela, a senadora poderá desistir, e resolver ficar no céu. Isto é, no senado.