Homem é executado a tiros dentro de carro em avenida na Zona Norte de Natal

Homem foi executado a tiros dentro de carro na Avenida João Medeiros Filho, na Zona Norte de Natal. — Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi

Um homem foi assassinado a tiros, à luz do dia, dentro de um carro na avenida João Medeiros Filho – uma das mais movimentadas na Zona Norte de Natal. O caso aconteceu no fim da manhã desta quarta-feira (7).

Segundo a Polícia Militar, a vítima dirigia um veículo na faixa da esquerda, perto do canteiro central e no sentido de quem sai da ponte Newton Navarro em direção aos bairros da região.

Quando ele parou no semáforo da avenida Moema Tinoco, dois criminosos se aproximaram em uma moto e atiraram várias vezes, fugindo em seguida.

Marcas de tiros ficaram no para-brisa do carro da vítima de execução, na Zona Norte de Natal. — Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi

Marcas de tiros ficaram no para-brisa do carro da vítima de execução, na Zona Norte de Natal. — Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi

O homem foi atingido com vários tiros, inclusive na cabeça. Pelo menos três marcas de disparos ficaram no parabrisa do veículo. A vítima foi identificada como Macel Augusto medeiros, de 26 anos.

A Polícia Militar foi acionada e isolou o local do crime. A avenida ficou bloqueada e o tráfego de veículos teve que ser desviado por ruas próximas, enquanto o corpo permanecia no local e o Itep fazia perícia no local.

Capsulas de pistola foram encontradas na avenida João Medeiros Filho, onde homem foi executado a tiros na manhã desta quarta (7), em Natal. — Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi

Capsulas de pistola foram encontradas na avenida João Medeiros Filho, onde homem foi executado a tiros na manhã desta quarta (7), em Natal. — Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi

Na cena do crime, os investigadores recolheram capsulas de pistola, o que indica o tipo de arma de fogo usada pelos assassinos. A polícia suspeita de que o crime tenha sido uma execução.

Familiares da vítima foram ao local e falaram à polícia que o homem já teve passagem na polícia por tráfico de drogas.

G1RN