Homem é preso por importunação sexual contra criança de 10 anos na Zona Norte de Natal

Pais da criança contaram a PM que a menina de 10 anos foi vítima do suspeito pela segunda vez — Foto: Sérgio Henrique Santos / Intertv Cabugi
Pais da criança contaram a PM que a menina de 10 anos foi vítima do suspeito pela segunda vez — Foto: Sérgio Henrique Santos / Intertv Cabugi

Um homem de 35 anos foi preso em flagrante pela Polícia Militar, nesta quarta-feira (10), no bairro de Nova Natal, na Zona Norte, por importunação sexual contra uma criança de 10 anos. Os pais da criança contaram à polícia que essa é a segunda vez que o homem comete o mesmo crime contra a menina.

De acordo com a família da vítima, o homem se masturbou na frente da criança. A menina gritou, a mãe viu a cena e chamou a Polícia Militar. “A primeira vez ele tinha feito, só que meu esposo expulsou ele de lá. Ele tinha sumido. Aí hoje ele apareceu fazendo a mesma coisa”, disse a mãe que preferiu não ser identificada.

O suspeito fugiu, mas foi localizado e preso em flagrante pelos policiais, próximo à estação de trem do bairro. Ele foi reconhecido pelo pai e pela mãe da criança. Outros moradores também afirmaram conhecer o suspeito e contaram a PM que ele já assediou várias mulheres na mesma localidade.

Suspeito foi preso pela PM próximo a Estação de Trem no bairro Nova Natal, na Zona Norte — Foto: Sérgio Henrique Santos/ Intertv Cabugi
Suspeito foi preso pela PM próximo a Estação de Trem no bairro Nova Natal, na Zona Norte — Foto: Sérgio Henrique Santos/ Intertv Cabugi

O suspeito prestou depoimento na Delegacia de Atendimento à Mulher da Zona Norte. De acordo com a Polícia Militar, ele já responde por outros crimes como furto e dano ao patrimônio público. Em depoimento, ele também admitiu ter cometido outros crimes sexuais. A PM informou ainda que ele tem um mandado de prisão em aberto no estado de Minas Gerais.

Na última terça-feira, (9) um homem de 29 anos foi preso por importunação sexual, em Parnamirim, na Grande Natal. Ele foi acusado de perseguir mulheres e praticar atos libidinosos no bairro Nova Esperança. O caso foi registrado por câmeras de segurança.

G1RN