José Dias diz que sem as reformas o país pode se transformar num caos

O deputado José Dias (PSDB) disse hoje que o Brasil não pode mais resolver o problema da falta de recursos com outras pedaladas, só havendo um caminho para o País voltar a investir em saúde, educação, infraestrutura e segurança, com a aprovação das reformas trabalhista e previdenciária. Em pronunciamento no plenário da Assembleia Legislativa, nesta quinta-feira (11), o parlamentar disse que se elas não forem feitas agora terão que ser feitas depois de uma forma mais dura.

“Estou numa pregação quase que solitária em defesa das reformas que são necessárias para o País. Ou fazemos agora a reforma que é possível ou vamos fazer uma dolorosa. Sem as reformas trabalhista e da previdência, o País pode se transformar num caos”, asseverou o deputado José Dias.

O parlamentar destacou que o Brasil está vivendo a fase mais perversa que é o que foi deixado pelo Governo anterior com uma taxa de desemprego que é a maior do País.  Ele registrou que, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mais de 13 milhões de brasileiros estão desempregados.

“Esses dados são baseados apenas naqueles que procuram emprego e não conseguem. Somando com os que estão desempregados e que não estão procurando emprego e com o subemprego, vamos para um número estratosférico de 20 milhões de brasileiros”, reforçou José Dias.

O deputado disse que algumas medidas que já forma tomadas pelo Governo fizeram com que o País já mostrasse índices de recuperação favoráveis, afirmando que na última apuração a inflação está superior a 4% e que se as reformas forem concluídas, no fim do ano esse percentual será de 3,5%.

“Lamento que a mídia coloque que os parlamentares são contra a aprovação, embora saibam que é necessária, com medo de não se reelegerem”, concluiu o deputado.