Kelps alerta para necessidade de equilíbrio fiscal no RN

unnamed (8)

O deputado estadual Kelps Lima (Solidariedade) defendeu que seja feito um programa de ajustes das contas públicas no Rio Grande do Norte. Em pronunciamento na Assembleia Legislativa nesta terça-feira (17), o parlamentar cobrou uma medida do Governo para conter o desequilíbrio fiscal.

“É como numa casa, quando o pai de família começa a ganhar R$1,5 mil e gasta R$ 2 mil. Ele vai precisar trabalhar para ganhar mais e tentar diminuir as despesas para equilibrar as contas. O que o Governo tem feito não é isso, tenho informações que o governador está pensando em vender o patrimônio e endividar o Governo com empréstimo ao Banco do Brasil com taxa de juros de 15%”, disse o deputado.

Kelps Lima lembrou ainda que o Governo obteve recursos do Fundo Previdenciário, dos depósitos judiciais, aumentou impostos e mesmo assim, segundo ele, atrasou salários de servidores.  “Temos um grave problema fiscal. Arrecadamos menos que as despesas fixas e a gente não sente o Governo conectado com o que acontece no Brasil”, alertou, defendendo uma profunda discussão sobre o plano de utilização dos recursos de empréstimos pelo Banco do Brasil e no caso do Programa RN Sustentável.

O parlamentar fez uma análise dos últimos anos: afirmou que a década de 80 foi o momento da conquista da democracia no Brasil; a década de 90 foi marcada pela consolidação da moeda e a vitória sobre a inflação; no ano 2000 o Brasil conquistou ganhos sociais e a década atual é a da discussão sobre equilíbrio fiscal. “O RN não é uma ilha no Brasil”, enfatizou.

O deputado Álvaro Dias (PMDB) aparteou o pronunciamento fazendo uma análise sobre o Governo Dilma Roussef (PT). “Dilma errou muito, é verdade, mas é preciso dizer que ela também acertou. Ela recuperou o salário mínimo, acabou a fome no Brasil, diminuiu taxas de juros”, exemplificou o deputado.